Categorias
Italiano

Lega Calcio: 37^ Giornata

Por Carmine Paciello

* Zero títulos. Esse mantra que virou
marca registrada será lembrado com arrepio pelos torcedores da Juventus e do
Milan pela eternidade. Será o campeonato do Zero títulos ganhos, como Mourinho profetizou em março, ao rebater
as provocações  da mass-media que massacravam 
sistematicamente a Inter enumerando besteiras 
(como faz a Jovem Pan contra nós) e que na mesma entrevista batizou
alguns jornalistas como “prostitutas
intelectuais”.  

Na pequena e linda Udine nem sequer o torcedor mais pessimista do Milan poderia imaginar o que efetivamente  ocorreu. No
jogo onde os jogadores haviam a obrigação de ganhar para consolidar o técnico Ancellotti
na guia do time, na sua guerra fria contra o presidente Berlusconi; no jogo onde deveriam jogar para salvar a
cara, a própria honra  e, enfim, no jogo  que celebrava as 900 presenças do capitão Maldini com
a camisa rossonera, paradoxalmente o Milan, ao ser derrotado sábado na abertura
da 36^ rodada,  não só  deu  como
presente de aniversário ao presidente interista Moratti (64 anos, parabéns) o
“scudetto”  à Inter como  prejudicou o acesso direto à Champions League
(ou seja prestígio mas, sobretudo dinheiro) complicando tudo quando com três pontos e o
Milan teria a certeza do seu lugar no europeu.

* A prestação de Kaká?
Zero!
A mesma do jogo precedente.
Será que estava  ainda em ligação com Deus?
 Pato jogava?
Zero!
Pirlo e Seedorf? Evanescentes! Zero! 
Assim a Udinese privilegiando a rapidez  dos contra-golpes e jogando com simplicidade
obteve  a 6^ vitória consecutiva, um
pequeno e merecido sucesso, sem dúvida  para essa sociedade tão bem organizada tanto
no gramado como do lado administrativo!

*
De um drama a um outro! A Juventus, faltando duas rodadas, demitiu  o técnico Ranieri que foi substituído pelo ex
jogador do Napoli e Juve, Ciro Ferrara, atualmente no staff técnico da
Nazionale de Lippi, onde, assim como será com Hiddink e a Rússia, voltará ao fim
do torneio.  

Finalmente a diretoria
realizou o que era visível a tempo: o técnico não tinha mais o controle do
grupo, rejeitado por boa parte do elenco, em particular e pela velha guarda:
Del Piero, Trezeguet, Camoranesi, que  faziam corpo mole na tentativa de menosprezar-lo
 e assim  forçar a sua saída.  

Conseguiram!  Agora vamos 
apostar uma boa grana que a Juventus  vai fazer  seis pontos? Será uma magia  de Ferrara, novo Napoleon,  ou  a miséria
humana desses pseudo-profissionais?

* Em 
qualquer  lugar da Europa ganhar o
campeonato nunca é fácil!  Mourinho
venceu no 1° ano  na Itália assim como
conseguiu fazer na Premier League com o Chelsea em 2005. Não há dúvida que esse
é o scudetto de Mourinho, um técnico que  já entrou na história da Inter.  Ele teve êxito na gestão do grupo que mandou
com autoridade mas também  teve a
humildade de reconhecer os erros do início quando ele, profeta do 4/3/3 entendeu
que com a falência dos alas, Mancini – e sobretudo Quaresma – não seria possível
jogar com esse esquema e depois de atuar com o 4/4/2 voltou ao velho  4/3/1/2, com o meio campo colocado a rombo e
com Stankovic – vértice alto – atrás dos atacantes. Ou seja o sistema que havia
permitido a Mancini ganhar os títulos de 2007 e 2008.

* Não queria fechar a coluna desse modo mas
ver Rosella Sensi chorar pela feroz e sobretudo ingrata contestação da torcida me
deixou com um amargo incrível! Mas o torcedor é assim: ele logo esquece as
conquistas obtidas e pede sempre novas glórias. Ele percebeu que a velha
propriedade não tem forças econômicas para investir no elenco e, tranquilo, manda
tudo pro lixo! Agora quer uma nova sociedade que invista pesado para não ver
mais esse time que tomou (até agora) 57 gols no campeonato e está a uma distância
sideral de 24 pontos da Campeão da Itália 2008/2009: a Internazionale F.C. de
Milão.        

***

Em tempo: o nosso
Verdão alterna boas apresentações  a outras de manicômio. Para domingo a minha sensação é que
a bambizada  vai chorar, com Dacunto
(Pierre)  ou sem Dacunto, como pode
sugerir o nosso amigo Jota.  Então  camaradas, por favor, tenham  mais paciência com o Marquinhos e/ou os outros
jogadores que até agora deram conta do
recado. A crítica é um arte a exercitar,  mas polemizar de graça é um mau serviço que se rende ao Palmeiras!

Abç, Carmine.

Dados abaixo, tabela e classificação, do site La Gazzeta dello Sport.it
http://www.gazzetta.it/speciali/2008/calcio/SerieA/comphome_c19_s2009.shtml

Classifica
    Casa Fuori Casa Totale
Pos Squadra P.ti G V N P F S G V N P F S G V N P F S Diff
Inter 81  18  13  5  33  13  18  11  4  3  32  14  36  24  9  3  65  27  38 
Milan 71  18  14  3  1  37  18  7  5  6  29  23  36  21  8  7  66  32  34 
Juventus 68  18  10  6  2  36  19  18  9  5  4  28  18  36  19  11  6  64  37  27 
Fiorentina 67  18  14  2  2  29  12  18  7  2  9  23  23  36  21  4  11  52  35  17 
Genoa 62  18  11  5  2  35  18  18  6  6  6  14  18  36  17  11  8  49  36  13 
Roma 57  18  12  4  2  32  21 

2 respostas em “Lega Calcio: 37^ Giornata”

Tomare que vc esteja certo e que o Bambis chorem de verdade e vamos quebrar o tabu este ano contra eles no panetone

Carmine….

O Mourinho é um MALA… mas é um grande vencedor como você mesmo disse. Agora a Inter precisa de um planejamento visando Champions League. Galgar voos mais altos.

Milan…. capaz de vender o Kaká para fazer “caixa” e ficar com Ruinaldinho Gaúcho. Que coisa ridícula!

Juve….. ah Juve! Seis pontos fáceis. Mas o que farão para a próxima temporada com esses jogadores? Caramba…. Não sei se estou ficando mais nervoso, digo ansioso, com o Palmeiras ou com a Juve.

Rosella Sensi !!!!! Que pena….

Os comentários estão desativados.