Categorias
Direto da Fonte

Marcos avisa que será eternamente Palmeiras

O goleiro Marcos concedeu entrevista coletiva na tarde desta segunda-
feira (25) para explicar oficialmente da renovação do contrato com o
Palmeiras por mais cinco anos, sendo dois como jogador e mais três
como eventual membro da comissão técnica. O anúncio foi feito pelo
vice-presidente de futebol, Gilberto Cipullo. Confira os principais
trechos.

Renovação
“É uma felicidade que não tem tamanho. Há dois anos atrás, eu não
esperava por isso, por causa das lesões. Não tenho palavras para
agradecer, em especial à diretoria. Eles confiaram em mim não pelo
meu tempo de clube, mas porque sabem que eu ainda tenho o que
acrescentar.”

Função fora de campo
“Ainda não sei o que eu vou fazer. Tenho dois anos para pensar. Por
enquanto, quero que as pessoas me vejam como jogador de futebol. Não
estou assinando um novo contrato para ganhar dinheiro do clube.
Quero ser produtivo nesse período. Mas é algo inédito, que a gente
nunca viu no Brasil. Quero pensar primeiro nesses dois primeiros
anos. Depois a gente vê o que acontece. Tem muito tempo pela frente.”

Continuidade como atleta
“Se após esses dois anos eu estiver me sentindo bem e produzindo,
não vejo problema em continuar atuando. Vai depender muito do
momento. Há alguns anos, eu falava em encerrar a carreira ao término
do meu contrato esse ano. Mas as minhas atuações e o fato de eu
estar me sentindo bem fizeram eu renovar. As coisas estão dando mais
certo do que eu esperava.”

Apoio da família e diretoria
“O apoio da minha família pesou muito na minha continuidade. E o
pessoal do Palmeiras sempre acreditou. Fiquei dois anos praticamente
parado. Fiz apenas 26 jogos entre 2006 e 2007. Quem iria esperar que
eu estaria assim agora? Nem eu acreditava muito. Mas a diretoria, os
médicos, os profissionais do clube…Todos confiaram em mim. A
postura dos dirigentes foi decisiva para a minha renovação.”

Luxemburgo
“O Luxemburgo tem um papel importantíssimo no meu retorno e na minha
renovação. Ele me deu a chance de voltar. Poucos treinadores teriam
a coragem de tirar o Cavalieri, que estava numa excelente fase em
2008. As pessoas ainda tentam jogar eu contra ele. É um pena. Isso
não acontece, pois somos amigos. Nossas famílias se conhecem há
tempos.”

Vida no Palmeiras
“Eu até pensava em encerrar a carreira e ir pescar (risos). Sempre
falei isso. Mas vejo que não é bem assim. Após 17 anos jogando no
mesmo clube, vai ser difícil me afastar por completo. Aqui é minha
primeira casa. Fico mais aqui do que com minha família. Vai ser
difícil eu parar de vir aqui.”

Final de carreira no Palmeiras
“A chance é zero de eu atuar em outro clube. Nunca me vi fora daqui.
Sempre me senti feliz e satisfeito, e jamais me arrependi por ter
rejeitado a proposta do Arsenal, em 2003.”

Idolatria
“Não me acho o maior ídolo. Nunca me comparei aos outros ídolos do
Palmeiras. Cada um teve sua época. O Palmeiras é muito grande e
sempre vai ter grandes nomes. Eu apenas faço parte dessa história.”

Fábio Finelli – Assessoria de Imprensa S.E.PALMEIRAS

4 respostas em “Marcos avisa que será eternamente Palmeiras”

Talarico…Perfeita análise sobre o “time mais moderno do brasil”.

Barbagallo….. Eu sonho com isso a muito tempo.

sensacional.. nessa a diretoria acertou e MUITO..

contrato vitalicio nele JA…

-detalhe se essa forma de contrato fosse assinada pelo rogerio bambi aiai viriaia imprensinha.. TIME MODERNO.. ultra mega super gestao profissional…

abracos

Espero que na inauguração da Arena Palestra o goleiro e capitão do time seja São Marcos.
E uma das atrações da abertura da Arena será a inauguração também da estátua do maior ídolo da história do Palmeiras, posicionada na entrada principal.

Os comentários estão desativados.