Categorias
Direto da Fonte

Obina é apresentado e já está relacionado para enfrentar Nacional



Crédito: Fabio Menotti


O atacante Obina foi oficialmente apresentado como novo reforço do
Palmeiras na tarde desta terça-feira (26), na Academia de Futebol.
Aos 26 anos, o jogador assinou por empréstimo até 31 de dezembro
deste ano e recebeu a nova camisa das mãos do presidente Luiz
Gonzaga Belluzzo.

Obina, que foi inscrito com a camisa 24 no lugar do meia Evandro,
participou nesta tarde do seu primeiro treino e inclusive já está
relacionado para a partida desta quinta-feira (28), contra o
Nacional-URU, pela Copa Libertadores.

Bastante tranquilo e bem humorado, o novo atacante palmeirense disse
que chega para ajudar o grupo e respeitar às tradições do clube.
Confira os principais trechos da entrevista.

Expectativa
“É fantástico chegar e vestir a camisa de um clube como o Palmeiras.
Sei do peso dessa camisa, sei das conquistas que o clube possui, e
sei o quanto o torcedor palmeirense é fanático. Meu objetivo é o
melhor possível, de ajudar e ter uma nova vida no clube.”

Jejum de gols
“Atuei 17 jogos este ano. Praticamente metade deles como titular. O
fato de eu não ter feito gols é apenas uma fase. Tive momentos
brilhantes no Flamengo. Vejo atacantes renomados, como o Washington
e o Kléber Pereira, que estão ou já ficaram vários jogos sem marcar.
Acontece. Mas estou preparado para dar a volta por cima. Foi assim
algumas vezes na minha carreira e creio que aqui não será diferente.”

Superando limites
“De vez em quando, Deus faz uma provação para ver se você passa. Eu
passei uma vez e voltei a fazer com que as coisas acontecessem. Para
mim tudo sempre foi dificil e eu sempre trabalhei para dar a volta
por cima. Vou fazer com que as pessoas que confiem em mim se sintam
felizes.”

Pronto para jogar?
“Estou pronto. Fiz todos os exames, estou muito bem. Vinha treinando
e jogando normalmente no Flamengo. Já sei que o Vanderlei
[Luxemburgo] me relacionou. Estou pronto para chegar e jogar. A
adaptação vem com o tempo.”


Crédito: Fabio Menotti

Estrutura palmeirense
“Fiquei encantado. É uma estrutura de primeiro mundo. Sei da
qualidade e da competência dessa comissão técnica também. Aliada à
estrutura do clube, só vai ajudar.”

Recepção do grupo
“Foi a melhor possível. Joguei praticamente um ano com o Diego
[Souza], no Flamengo. E também já conhecia o Marquinhos, o Willians,
o Jefferson, dos tempos do Vitória. Já deu para perceber que o
pessoal é muito bacana, trata-se de um grupo unido. O Marcos também
conversou comigo. Foi uma recepção calorosa.”

Repercussão da contratação
“Sei que tiveram algumas críticas. Eu tenho que encarar de frente e
mostrar dentro de campo que posso vencer. O meu pensamento é
positivo. Estou motivado e querendo fazer história no Palmeiras.
Todo atleta quando chega num clube de ponta precisa pensar em
suportar a pressão, mas também almejar conquistas. Quero fazer com
que as pessoas acreditem em mim.”

Apoio da família
“O apoio da minha família foi fundamental em muitos momentos da
minha vida. Tenho muitos amigos que sempre ajudam. Sou um cara
caseiro, muito família. Sei o quanto é difícil chegar até onde eu
cheguei, ao jogar pelo Flamengo e agora o Palmeiras.”

Flamengo
“Serei eternamente grato ao Flamengo. Foram muitos anos lá, e sempre
tive o carinho do torcedor. Também não tem uma vírgula para falar
mal do Cuca. Ele sempre me incentivou e me ajudou. Espero que
continue sendo feliz no Flamengo.”

Comemoração contra o Flamengo
“Não vejo problema, vou comemorar normalmente. Claro que vai ter o
meu total respeito, mas o gol é uma emoção indescritível na vida de
um atacante. Não vejo motivos para não comemorar.”



Crédito: Fabio Menotti

7 respostas em “Obina é apresentado e já está relacionado para enfrentar Nacional”

Pra compor elenco tem um monte não precisaria trazer Obina mas paciencia

Obina: Não gostei, acho que apenas vai compor elenco, mas, tenho certeza que todos que cornetam, criticam, meu caso, por exemplo, ficam torcendo muito para estarem errados, que o cara jogue muito e cale a nossa boca. Vou torcer muito, mas as perspectivas, o “cartão de visitas” do cara não nos dá grandes esperanças, de qualquer forma, toda a sorte do mundo pra ele.

Palmeiras!!! Palmeiras!!! Palmeiras!!!

Os comentários estão desativados.