Categorias
Direto da Fonte

Palmeiras fez coletivo até anoitecer



Crédito: Fabio Menotti

Já estava escuro quando o técnico Vanderlei Luxemburgo ainda
comandava um disputado coletivo na Academia de Futebol, nesta terça-
feira (26). A atividade, que foi além dos 45 minutos habituais,
serviu para o comandante palmeirense testar a formação titular para
o jogo de quinta-feira, diante do Nacional-URU, pela Copa
Libertadores.

O time principal treinou com Marcos; Danilo, Maurício Ramos e
Marcão; Fabinho Capixaba, Pierre, Souza, Cleiton Xavier e Pablo
Armero; Diego Souza e Keirrison. A equipe suplente treinou com
Bruno; Wendel, Maurício, Jéci e Jefferson; Mozart, Jumar e
Marquinhos; Lenny, Ortigoza e Obina.

Apresentado como novo reforço nesta noite, Obina citou as qualidades
do Nacional, adversário do Verdão na Libertadores. O jogador
enfrentou o time uruguaio na 1a. Fase da competição sulamericana em
2008, pelo Flamengo. No Rio de Janeiro, o Flamengo venceu por 2×0.
Em Montevidéo, foi derrotado por 3×0.

“É um time que manteve alguns jogadores, mas amadureceu e vai vir
aqui para complicar. Não podemos nos iludir achando que vamos vencer
só porque jogamos em casa. Vamos precisar ter muita atenção e raça,
pois aí sim poderemos largar na frente.”

Obina acredita que o principal segredo do Palmeiras será ter
paciência. “O Nacional não deve vir para se expor. De repente, um
gol aqui será importante para eles. Mas eles vão esperar o Palmeiras
atacar. Vai ser preciso inteligência”, disse o atacante, que falou
da expectativa em poder entrar em campo.

“Estou à disposição e o Vanderlei sabe que já pode contar comigo.
Vinha treinando e jogando normalmente”, comentou.

Relacionados – Foram relacionados 22 atletas para a partida desta
quinta, diante do Nacional. Só ficaram de fora o zagueiro Edmílson e
o atacante Willians, que se recuperam de lesão, e o lateral-direito
Wendel, suspenso.

Os relacionados foram: Marcos, Bruno e Deola [goleiros], Fabinho
Capixaba, Pablo Armero e Jefferson [laterais], Danilo, Maurício
Ramos, Marcão, Jéci e Maurício [zagueiros], Pierre, Souza, Mozart e
Jumar [volantes], Diego Souza e Cleiton Xavier [meias], Keirrison,
Ortigoza, Lenny, Marquinhos e Obina [atacantes].




Crédito: Fabio Menotti

6 respostas em “Palmeiras fez coletivo até anoitecer”

Atenção São Marcos né Pq depender de Marcão e Mauricio Ramos estamos ferrados

Byscaizacu (que nome), é o atacante sensação no time deles, marcou os três gols no último jogo contra o penharol, atenção com ele rapaziada. Avanti Palestra!!!

E isto ai tem que treinar bastante e que de certo no jogo tudo aquilo que foi treinado

Vamos ganhar Porcoooo…

Vamos lá Verdão. Vamos jogar com muita vontade, e fazer um belo placar para colocar pressão nos adversários, no jogo de volta.

Palmeiras 2 x 0 Nacional-Uru

Os comentários estão desativados.