Categorias
Direto da Fonte

‘Senhor’ Libertadores, Marcos vai completar 17 anos de estréia no Palmeiras


Crédito: Fabio Menotti

Considerado um dos maiores ídolos do clube, o goleiro Marcos continua acumulando recordes com a camisa palmeirense. No dia 16 de
maio, sábado, ele vai completar 17 anos de sua estreia pelo
Palmeiras.

O primeiro jogo de Marcos aconteceu num amistoso contra a Esportiva
de Guaratinguetá, em Guaratiguetá. Naquela tarde de 16 de maio de
1992, Marcos, ainda com cabelo, atuou os 90 minutos na vitória de
4×0. O técnico palmeirense era justamente Nelsinho Batista,
eliminado com o Sport nesta terça-feira.

Marcos acumula 431 jogos pelo Palmeiras. É o 15o. atleta a vestir
mais vezes a camisa do clube [Ademir da Guia é o primeiro, com 901
jogos], e o 4o. goleiro que mais vezes defendeu o Verdão [está atrás
de Leão, com 671; Valdir, com 482, e Velloso, com 455].

Recorde na Libertadores – Marcos pode ser considerado o ‘Senhor’
Libertadores do Palmeiras. É o atleta da história do clube que mais
atuou na competição, em 55 partidas. Foram 10 jogos em 1999, 14 em
2000, 12 em 2001, 9 em 2005, 2 em 2006 e 7 em 2009].

Na Libertadores, ele já participou de 9 decisões por pênaltis em
mata-mata. Saiu vitorioso em sete [duas vezes contra o Corinthians,
Deportivo Cáli, Peñarol-URU, São Caetano, Cruzeiro e Sport], e
perdedor em duas [ambas contra o Boca Juniors-ARG].

Nessas decisões, ele defendeu 11 penalidades, sendo que em dois
jogos ele pegou três cobranças -contra o Cruzeiro, em 2001, e Sport,
em 2009. Contando todas as competições, Marcos já defendeu 34
cobranças de pênalti com a camisa palmeirense.

História – Há praticamente 10 anos, Marcos iniciou uma trajetória de
sucesso no gol do Verdão. Ele já havia sido titular por 14 jogos em
1996 -quando inclusive foi convocado por Zagallo para servir a
seleção brasileira, mas foi em 1999 que o então camisa 12
virou ‘Santo’ e se consagrou como ídolo da torcida.

“Naquele ano, tudo aconteceu muito rápido. Comecei os primeiros jogos
da temporada como titular, voltei para o banco e assumi a posição de
vez com a lesão do Velloso. Não queria que tivesse sido daquela
maneira, mas eu agarrei a oportunidade para não sair mais do time”,
recorda o atual capitão palmeirense.

Marcos assumiu de vez o posto exatamente no primeiro jogo das
Quartas-de-Final da Copa Libertadores, contra o Corinthians. O
Verdão venceu por 2×0.

“Eu sabia que não podia falhar. O Palmeiras tinha muitos goleiros de
nível. Uns mais experientes, casos do Velloso e do Sérgio, e outros
também surgindo. Era a minha verdadeira oportunidade e o Carlão
[Pracidelli, preparador de goleiros] me deu muita confiança. Senti um
frio na barriga, mas entrei em campo bastante tranqüilo.”

Após 10 anos e muitas conquistas, entre elas, a de ser eleito o
melhor jogador da Copa Libertadores de 1999, e de comandar o Verdão
de volta à elite do futebol nacional, em 2003, Marcos admite que a
renovação do contrato é algo que está próximo de acontecer.

“Eu a diretoria estamos nos acertando para que isso aconteça. Mas
tudo está sendo feito com calma, sem desespero. Acho que ainda tenho
condições de continuar jogando. Estou me sentindo bem e essa é a
minha maior felicidade”, comentou.

Enquanto isso, o camisa 12 revela os segredos que o mantém em boa
forma e a de relembrar atuações históricas vividas no início da
carreira.

“Não existe exatamente um segredo. Acho que a experiência é o que
mais conta nesse momento. Já não tenho mais a mesma vitalidade de
antes, mas procuro compensar isso com minha vivência.”

3 respostas em “‘Senhor’ Libertadores, Marcos vai completar 17 anos de estréia no Palmeiras”

Boa marcão vc é o melhor goleiro que eu já vi atuando e por isto sempre digo todos tem goleiro mas só nós temos o São Marcos

Alguém do 3VV tem a lista dos 34 penaltis defendidos por Marcão???

Eu li isso no livro do mauro betting (que citava 31, mas não contava os 3 de terça) e fui atrás pesquisar….
Mandei até um e-mail ao maurão mas ainda num tive resposta…

Na minha pesquisa encontrei 22…

Se aguém puder me ajudar nessa…fico muito grato

Valeuuuu

Tomara que esta marca de penaltis defendidos seja aumentada bastante nesta Libertadores. Mas que sejam penaltis com “bola rolando”. Disputa de penaltis eu não aguento mais.

Os comentários estão desativados.