Categorias
Notícias

Início do Brasileirão e o astro principal começa a ser o STJD

POR EMERSON PREBIANCHI 

Acredito
que não seja novidade para ninguém, mas cumpre registrarmos que iniciado o
campeonato brasileiro de 2009, o STJD já começa a aparecer como ator
principal do torneio com as tão criticadas denúncias feitas por vídeo
tape que contrariam o entendimento do árbitro da partida.

Temos
pouco mais de um mês de competição e já se somam dez atletas
denunciados com os processos julgados pelas comissões disciplinares do
STJD, sendo que desses atletas, sete foram condenados e três foram
absolvidos.

E adivinhem qual é o time que mais atletas teve envolvido
nesses julgamentos?

Maurício
Ramos, suspenso por uma partida e Diego Souza, absolvido, foram
julgados depois de denunciados em partida contra o SPFC (novidade?); e
Pierre, absolvido após denúncia por jogada violenta em partida contra o
Inter.

Mais
seis atletas aguardam o julgamento de seus processos que estão na pauta
de julgamento do STJD para a próxima semana. Nesse caso nenhum jogador do Palmeiras, exceto por Pierre e Diego Souza que tiveram suas absolvições recorridas pelo
Procurador Geral do STJD  para apreciação do Pleno, ainda sem data marcada para o julgamento.

E
aguarda-se com ansiedade o pronunciamento do STJD em relação ao
ocorrido nesta última rodada em lance que envolveu o Goleiro Lauro do
Inter e o Gladiador Kléber do Cruzeiro onde ambos  foram
expulsos depois do goleiro aplicar uma rasteira semelhante a aplicada
por Diego Souza que lhe rendeu 8 partidas de suspensão.

No
lance, Kléber pisou (acidentalmente segundo ele) no pé do goleiro que
lhe aplicou a rasteira após uma discussão normal do atacante com o
zagueiro colorado – em disputa por espaço na área durante a preparação da
barreira para a cobrança de uma falta favorável ao ataque cruzeirense

E assim
caminhamos acompanhando os acontecimentos no STJD esperando a tão
sonhada isonomia dos seus auditores nos julgamento e principalmente de
seu Procurador nas denúncias.

***

Outro acontecimento que merece ser citado é o confronto entre vascaínos e corintianos na Marginal Tietê que  acabou com a morte de um torcedor na última quarta feira.

Primeiramente
que fique aqui registrado que nenhum dos envolvidos na confusão é santo
ou ingênuo a ponto de não saber dos riscos de se envolver em uma briga
generalizada dessas e por isso, não há que se falar em uma morte
acidental, mas sim na morte de um jovem que sabe-se lá por qual motivo
resolveu entrar nesse confronto armado.

Dito isto, passemos a apreciar o procedimento tomado pela policia paulista.

No que
tange ao pretendido policiamento preventivo da Policia Militar previsto
no plano de jogo onde se estuda o nível de risco da partida, notamos
novamente a falha do sistema que mais uma vez busca transferir para a
sociedade a responsabilidade de sua incompetência apresentando como
solução o banimento da torcida visitante nos estádios de futebol.

Por
outro lado, a mesma policia que falhou na prevenção foi eficaz na
resolução do episódio detendo vários dos envolvidos no confronto e
encaminhando-os para a delegacia de polícia, onde foram presos em
flagrante por diversos delitos tipificados no Código Penal, como por
exemplo, formação de quadrilha e porte ilegal de armas, dentre outros.

E aí é
que podemos notar um fato positivo, se é que se pode ter algo de
positivo em um evento que levou a vida de um torcedor. Pelo menos
nesse caso, houveram torcedores/marginais presos que serão devidamente
processados e muito possivelmente condenados para que sirvam de exemplo
aos jovens que insistem em participar desses combates armados que mais
lembram uma guerra de gangues do que um evento esportivo.

As
mudanças do estatuto do torcedor que estão por vir tornarão ainda mais
duras as penas impostas aos delinqüentes que se fantasiam de
torcedores para cometer ilícitos. Se aplicadas corretamente estas leis tendem a endireitar as
coisas sem a necessidade da medida proposta pelo Ministério Público de
impedir a presença de torcida visitante nos estádios de futebol.

É
aguardar para ver se estamos caminhando rumo a civilização das torcidas
organizadas ou se essa é apenas mais uma cena deprimente que cada vez
mais se torna comum sem que ninguém seja punido de fato.

Saudações Alviverdes!

11 respostas em “Início do Brasileirão e o astro principal começa a ser o STJD”

e os lances do fábio costa..?? maldade pura em todos os lances…

e niguém fala nada…?

Belo texto Prebianchi e resposta no item 8.
Simples.- ctrlc+ctrlv no sistema de aplicação de penas da Lega Calcio.. diminuir ao maximo criterios subjetivos dos tribunais

Alvaro, infelizmente somos refens desse sistema imposto pela CBF ja que o STJD é um órgão da entidade e por Lei é o responsavel pelo controle legal das competições.
Ações judiciais poderiam ser impetradas, mas conforme determina a FIFA, as discussões do futebol devem ser julgadas na esfera desportiva de modo que o máximo que podemos fazer é protestar junto a CAS, mas acredito que nao surtiria muito efeito.
Qualquer aqção no poder judiciario pode causar problemas para o clube na fifa.
Dependemos na verdade de exercicio de força politica para resolver esse tipo de situação e boa vontade dos clubes para exigir a aplicação da lei, o que nao vai acontecer enquanto houverem times beneficiados por eles.

Sou a favor de uma torcida só. Seria muito mais tranquilo assistir os jogos de grande rivalidade, fora que poderíamos jogar todos os clássicos em casa, num caldeirão verde…

Se o Fabio Costa não for julgado por este tribunal, ele torna-se uma absoluta PIADA – como se já não bastasse os recursos…

Quanto ao DS e o Pierre, coisa de circo. Esse(s) procurador(es) do STJD são dignos de trabalhar no Orlando Orfei. Sem comentários.

Já as torcidas… SOU FAVORÁVEL SIM a uma única torcida em campo. Se animais não conseguem se comportar como gente, que fiquem em casa na jaula.

Emerson e advogados de plantão,

Há algo que o Palmeiras possa fazer pelas vias legais para “denunciar” essa palhaçada?

Se o Palmeiras julga que os procuradores estão agindo incorretamente, não existem vias legais onde esses procuradores possam ser contestados?

Os procuradores podem arbitrariamente agir como quiserem sem ter que prestar contas a ninguém?

Não seria possível ir à Fifa e demonstrar os descalabros que acontecem na justiça desportiva no Brasil?

Sinceramente, não aguento mais fazer e ouvir/ler críticas que apelam ao bom senso dos envolvidos. Ora, se os criticados agem consistentemente de maneira que sugere má fé, não será por causa de nossos apelos que passarão a agir com boa fé.

Assim, gostaria de ouvir sugestões para AÇÕES CONCRETAS que o Palmeiras possa tomar para se defender desse tipo de atitude.

Me recuso a acreditar que sejamos 100% reféns da situação e que não tenhamos a quem recorrer.

Por isso, peço auxílio aos advogados aqui…

O QUE O PALMEIRAS PODE FAZER?

O caso do Fabio Costa eh emblematico. Tenho certeza que um video com lances realmente violentos como os do Fabio Costa, constrastados aos lances do Pierre e do Diego Souza, demonstraria cabalmente a qualquer pessoa isenta que não existe a isonomia que o Emerson citou. A questão é: a quem temos que apresentar esse vídeo para que as coisas mudem?

Na boa esses caras mais uma vez vai fazer a diferença ,
vocês todos vão ver os saldos desse tribunalzinho no
fim do ano. Eita porr@ mesmo , tá dificil aguentar esse
tribunalzinho pegando no pé do palmeiras e deixando
casos como o do Fabio Bost@ e desse lauro ae que
parece irmão gemeo do goleiro dos sardinhas impunes.

Estes caras do Stjd são uns palhaços que querem aparecer, ano passado ja nos ferramos por causa deles enquanto nos bambis não tinha punição nenhuma a gente só foi prejudicado espero que nossa diretoria fique de olho nestes caras que são uns verdadeiro imbecis

Falei anteriormente que ate parece perseguição do seu procurador-geral Dr. Paulo Schmitt para com o Palmeiras.
Citando aqui apenas o caso mais recente onde o Pierre e Diego Souza foram absolvidos digamos assim, em primeira instância no TJD.
E não contente, o procurador-geral do STJD recorre por entender que os atletas do Palmeiras terão que sofrer punição, meu Deus, até quando isso vai…
Sem contar neste meio tempo, q teve a participação do juiz em campo que é autoridade maxima q as vezes viu o lance e não puniu por entender q foi um lance normal de jogo.
Tambem tem os juizes/auditores que julgaram e concluiram pela absolvição por entender q nada de grave houve.
Então, se não merece punição mais severa, porque o procurador-geral quer a punição a todo custo? por isso e somente por isso que acredito em perseguição ao meu time.
Abs.

EMERSON,

e AS voadoraS do Fabio costa??? ninguem do STJD se quer pediu a fita do lance…

os caras do mondo palmeiras ate apelidaram ele de 007 da grande area… pq o cara bate e nao acontece nada com ele…

sobre o kleber ele vai acabar se ferrando pelas verdades q disse depois do jogo…

ehhhhh brasill…

enqnto o pau come solto eles se preocupam em rejulgar DS e Pierre…

sao uns ridiculos..

sobre o torcedor morto concordo inteiramente com vc…

e pelo q eu li foi ridiculo a policia estava em “meia duzia” nao seguraria nem a torcida do vasco… qnto mais uma rival vindo de encontro…

pq nao liberamos a torcida visitante primeiro??

assim os caras entram no onibus e vao embora.

pq a torcida local sempre depois dos jogos fica proxima do estadio… as vezes sem intensao de confusao… mas as vezes pra cometer esses absurdos ai..

abracos

Os comentários estão desativados.