Categorias
Futebol com Números

Os clubes que REALMENTE faturam com o futebol – 4

Por Luís Fernando Tredinnick
Divulgação autorizada mediante explícita citação do autor e do blog Terceira Via Verdão

 

Amigos, na semana passada vimos que os clubes europeus conseguiram aumentar a sua receita acima do crescimento da economia.

 

Uma das principais razões para esse crescimento foram as receitas provenientes da TV.  Essa é uma daquelas situações que eu já classifiquei como “não dá para competir”.  Vamos entender bem o que isso significa.

 

QUANTO A TV REPRESENTA DO FATURAMENTO DOS CLUBES?

 

Observem no gráfico abaixo a quebra entre os três componentes das receitas dos clubes: Direitos de TV, Bilheteria e Comércio em geral.

 

 

As receitas de TV representam entre 17 (Bayern) e 64% (Juventus) da receita dos clubes.

 

As cotas de TV totalizaram para os clubes a “módica” quantia de 1,6 bilhões de Euros!!! Só para comparação, lembremos que os 20 maiores clubes brasileiros faturaram 462 milhões de Euros NO TOTAL!  É de chorar….

 

Na média a TV representa 80 milhões de Euros de receita para os clubes!!! Ou seja, só as cotas de TV rendem em média R$ 240 milhões, ou 50% a mais do que TODO o faturamento do clube brasileiro de maior faturamento.

 

Ou então, 78% A MAIS do que TODO o faturamento do Palmeiras em 2008.

 

ENTÃO?

 

Eu acredito que devemos aceitar o inevitável para torná-lo útil.

 

Como o nível de competição no mercado de TV do Brasil não deve sofrer mudanças significativas, não se pode esperar que as receitas de TV para os clubes sofram aumentos significativos.

 

Neste caso, ou brigamos por uma cota maior da receita de TV, que é a solução preferida do nosso vizinho de muro, ou buscamos receitas em outros lugares, coisa que o Internacional já provou que é mais do que possível.

 

Na próxima semana vamos nos aprofundar um pouco mais nessa discussão sobre a importância da TV e veremos que nos diferentes países buscaram soluções distintas.

 

Em tempo: alguém aí realmente acredita que as nossas receitas de TV conseguirão competir com as receitas dos europeus?

 

Saudações AlviVerdes

6 respostas em “Os clubes que REALMENTE faturam com o futebol – 4”

márcio te respondo no próximo post. Marco, tentar mudar o tamanho da cota é o equivalente a tirar a mesa. O palmeiras já tem a maior cota. Abs

Um dos canais que é praticamente ignorado pelo Verdão é a internet. Clubes como Manchester United, Chelsea e Arsenal sabem tirar muito mais proveito desse elo de ligação com o torcedor.
Aliás, Luís Fernando, tenho uma dúvida: uma das coisas mais interessantes para os fãs, na internet, seria poder baixar jogos, gols, entrevistas, ou seja, conteúdo histórico do clube. Porém, como esse vende os direitos de transmissão para a dona Globo faz tempo, isso não ficaria inviabilizado? Teremos que ficar recorrendo ao Youtube para sempre?

Temos que mudar o conceitos da Globo que aqui só fatura e o nossos clubes sempre com uma renda muito baixa desta emissora. Temos que brigar pelos nossos direitos, por exemplo. Bambis, Gambas e Urubus brigaram e no tv fechada ganham mais e o verdão não vai correr atras dos seus direitos?

Caro Luís

“Neste caso, ou brigamos por uma cota maior da receita de TV, que é a solução preferida do nosso vizinho de muro, ou buscamos receitas em outros lugares, coisa que o Internacional já provou que é mais do que possível.”

Porque não as duas coisas?

Abraços!

Olhando para os gráficos, notei que Barcelona, Real Madrid, Manchester e Chelsea, por exemplo tem eceitas mais equilibradas, com menos desproporcionaldade, não dependendo apenas de um tipo de fonte de renda majoriatariamente entre as três, aqui para nossa realidade, creio que com a chegada da TV digital, poderiamos ter alguma melhora no sentido do comércio, mas nossa cultura de piratear as coisas e a monopolização da TV aberta, fazem isso parecer apenas um sonho.

Os comentários estão desativados.