Categorias
Corneta do Cunio

A Corneta do Cunio – Mudaram apenas as moscas

POR ALBERTO CUNIO

Ansiosos alviverdes, estou escrevendo a coluna no meio do feriado,
quando até então nenhuma definição sobre os rumos da direção técnica de nossa
equipe de futebol profissional foi tomada. Ao longo desta semana, tivemos
apenas discursos, muita falação, muita especulação, celulares desligados,
jantares fictícios, declarações de incentivo, declarações conformadas,
declarações irritadas, em suma, tivemos de tudo e, não tivemos porcaria de
resultado nenhum, com o perdão da palavra. Assim, de nada adianta falar sobre o
que ainda não se sabe: Muricy, Dorival Jr., Jorginho Cantinflas…

Hoje vou externar mais uma vez minha preocupação com os rumos do nosso
amado Palmeiras, mas não abordando como outras vezes a falta de títulos, nem a
indefinição de técnicos, nem se vamos casar ou comprar uma bicicleta. Vou falar
sobre as pessoas que dirigem o clube.

Adianto, primeiramente, que não conheço pessoalmente ninguém de dentro
do Palmeiras. Funcionários, conselheiros, puxa-sacos, parasitas, secretários,
muito menos os diretores e o presidente. O mais próximo que já cheguei foi
conhecer o filho de um conselheiro.

Apesar de já ter sido estimulado a entrar nos meandros do clube, para me
“enturmar”, virar quem sabe conselheiro e ajudar a mudar alguma coisa, nunca me
animei muito. E digo isso porque tive a mesma decepção quando fui averiguar o
caminho para se chegar a vereador na cidade onde eu moro. É nauseante e não sei
se nasci para isso.

Como torcedor, sócio do Palmeiras desde 1972, posso dar uma opinião
“vinda de fora”, baseado em tudo o que já vi, ouvi, testemunhei e inferi sobre
as pessoas que dirigem o clube. Não diferente de qualquer outra agremiação
futebolística ou clube social, o Palmeiras possui um grupo de pessoas que o
comandam mais preocupadas com seu próprio EGO, com seus interesses pessoais,
com seu poder de influência e com sua ascendência sobre outras pessoas do clube
do que com o Palmeiras em si. Ou seja, qualquer semelhança com um grupo de
senhores engravatados, em qualquer “parlamento” brasileiro, NÃO é mera
coincidência.

Pois bem, onde queremos chegar: essa POLITICAGEM, inerente à cartolagem
brasileira (e mundial), traz como consequência que, todo e qualquer assunto tem
extrema importância, MENOS aqueles que venham a beneficiar a instituição
PALMEIRAS. Radical? Posso até estar sendo radical, mas afinal de contas,
prefeitos, governadores e presidentes também constroem estradas, viadutos e
obras faraônicas para “inglês ver”. Nos clubes, as direções também fazem uma ou
outra contratação bombástica, obras faraônicas, para “torcedor trouxa ver”.

Entre nossos leitores, comentaristas e colunistas, tenho certeza que
existem inúmeras pessoas que transitam pelo mundo corporativo, conhecendo os
mínimos fundamentos de administração, gestão, marketing, etc. E como todos
sabem, os clubes de futebol (e nosso amigo colunista Luís Fernando Tredinnick
pode endossar minhas palavras) não só devem como PRECISAM ser geridos com a
mesma seriedade e competência que uma empresa privada. Pela simples razão que
acabam indiretamente tendo o mesmo perfil, gerando receitas, tendo despesas,
recursos humanos e gestão de pessoas, marketing… Dão lucro e QUEBRAM como uma
empresa. Mas o que vemos dentro deles (e no Palmeiras, evidentemente) ? Um
descalabro total, onde certas atitudes tomadas parecem tão descabidas que nem
sequer compreendemos a sua razão.

Se olharmos a lista dos conselheiros e dirigentes do Palmeiras, vemos o
patriarca, o filho, o neto, o bisneto, numa sucessão nepotista inadmissível,
que não se preocupa com idéias, progressos, gestão competente ou com O
PALMEIRAS, mas sim a quem poderão beneficiar, o que têm para barganhar, com o PODER
e com a perpetuação de sua ingerência dentro das paredes do clube. Isso nos trouxe
resultados assombrosos nas últimas décadas, como colocar na presidência um cidadão
que  deu um golpe financeiro, ou outro
que disse não gostar de futebol. Olha a que ponto chegamos.

Por isso, nada me espanta que hoje, ao recebermos o respeitadíssimo
presidente Belluzzo como número um de nosso clube, depositemos nele todas as
esperanças como dignitário de uma tarefa messiânica. Até que ponto ele vai nos
corresponder às expectativas, não sabemos ainda. Espero apenas que aqueles que
deveriam (mas nem sempre o são) ser subalternos nas suas decisões, o respeitem
e colaborem para que ele consiga seu intento. E é para estes MAUS SUBALTERNOS
que eu desfiro o soar de minha CORNETA constitucionalista pós 09/07/2009.

17 respostas em “A Corneta do Cunio – Mudaram apenas as moscas”

Temos um longo caminho à frente e o jeito certo de mudar as coisas é oxigenando o quadro associativo para que isso se reflita no Conselho e na Presidência. A menos que se dê um golpe, como o Mumu deu para se perpetuar no cargo, o processo é demorado.

E ai Cunio esta diretoria hein ta fazendo tudo errado, sera que vamos voltar a ser coajunvantes, e titulos quando sera que aparecera mais um na nossa sala de trofeus, um novinho, pq a dos gambas ta chegando e a dos bambis tambem e a gente só olhando de novo ai é complicado hein?

O problema da SEP é a briga de egos dos parasitas que mais pensam neles mesmos do que pensam no PALMEIRAS !!!

abs

Tem que fazer uma reformulação no estatuto do clube. Os sócios têm que ter o direito a voto em decisões importantes, como a escolha do presidente por exemplo. Senão todos nós torcedores, sócios ou não, seremos reféns dessa maldita briga de poder eternamente. Situação x oposição, oposição x situação. Bando de velho inútil que só fode com o Palmeiras!
Beluzzo, traz de volta o Brunoro. Deixa ele tomar conta SOZINHO do que fazem hoje o Toninho Cecílio, Savério Orlandi e Genaro Marino! Garanto que ele dá conta.

A César o que é de César…

Que o Palmeiras internamente tem todos esses problemas discutidos, isso é fato.

Mas a trapalhada no processo de contratação de técnico tem dois ou três pais, um deles sendo o cara mais admirado por mim e pela maioria absoluta aqui.

Cunio,

A verdade é uma só, o Palmeiras parece um condominio, onde os conselheiros pensam que tem o poder de mudar a cor da parede por onde passa só porque não gosta. Comentei isso outro dia com o Vicente. Vc falou bem quando citou que estas pessoas estão preocupadas com seu próprio ego.

O Palmeiras infelizmente se tornou uma “Vila” velha onde as casas (cadeiras do conselho), são herdadas pelas próximas gerações, como se fossem um feudo.

Concordo com o (#5) Fernando, enquanto não for dado uma oxigenação nos conselhos do Clube, pareceremos um condomionio velho do centro da cidade, precisamos de uma reforma geral, algo de impacto. A mudança deve vir de dentro pra fora.

Enfim é isso, fiz a comparação do clube com um condomio propositalmente, pois quem mora num sabe muito bem do que estou falando. Temos que fazer do Palmeiras uma empresa moderna, oxigenada com novos pensamentos, tendo como nosso principal diferencial um Gestor como o Beluzzo.

abs

PS.: só que as coisas não podem ser tão lentas, não pode parar tem que ir sempre em frente.

Única solução: reforma no estatuto com maior participação dos sócios.

Dando mais poder aos sócios, eles terão o poder de recomecar do zero, destituir os conselheiros, etc, etc. Precisamos de uma mudanca radical na estrutura. Como eh impossivel uma mudanca ser aprovada pelas proprias pessoas que perderao privilegios, temos que fazer isso em dois estagios… (1) criamos meios de se fazer mudancas radicais por votacoes diretas (2) com isso feito, as porteiras estao abertas.

Cunio,

Obrigado pela citação no seu post, que esta excelente.

Por temperamento o Belluzzo não é uma pessoa de fazer mudanças radicais, como ele mesmo disse antes de virar presidente “é preciso respeita a cultura da instituição”.

Talvez ainda não seja a hora de se fazer um choque de gestão. É que a gestão dos clubes de futebol em geral e também a do Palmeiras, é tão amadora que qualquer mudança já traria ganhos significativos.

A verdade é que precisamos melhorar muito.

Abs,

Cunio
Chegou a hora dos atuais dirigentes do Palestra parapem dde colocar toda a maldita culpa do mundo no Mustafá!…. eu odeio esse senhor …mas temos que parar com isso

Toda essa bagunça dentro da instituição externa a baixa qualidade e nível dos conselheiros, lógico que existem as excessões.

“Se olharmos a lista dos conselheiros e dirigentes do Palmeiras, vemos o patriarca, o filho, o neto, o bisneto, numa sucessão nepotista inadmissível…”
Não precisa dizer mais nada. Eles acabaram com o Palmeiras.

Decepção… Muricy e Palmeiras não chegaram a um acordo financeiro.
Não é possível que ele queria ganhar mais do que o Luxa.
Agora dizem que o nome preferido é do Dorival Jr., não por nada, mas o cara não está conseguindo deixar o Vasco no G4 da série B, o que pode fazer de positivo na Palmeiras?? Pra trazer o Dorival Jr., mantenham o Jorginho que da na mesma.

pq o palmeiras nao faz o mesmo q os gambas??

la acabaram com todos os vitalicios… abriu nova eleicao… madaram os parasitas embora…

tem q fazer uma limpa JA…

tem um monte de conselheiro vitalicio que e do musgamba ( afinal ele criou um monte de cadeiras de vitalicio e deu pra amiguinhos dele)

ta muito lento isso…

pra mim tinha q expulsar de vez esse bando de parasita…

conselheiro vitalicio pra que???

pra ter um mala ate o fim da vida enchendo o saco???

manda tudo embora….
reduz o numero de conselheiros que ganham a cadeira no voto do associado

limpa essa diretoria… pra que 4 diretores cuidando de futebol…

o genaro e um 0
akele q contrataram nao fede nem cheira..
cecilio e mole de mais

estamos fritos

Cunio,

Belo texto novamente.
Uma análise genérica onde encaixa em qualquer grande instituição pública, coletiva ou até particular.
Eu não tenho estômago para aguentar tanta politicagem.

Estamos perdendo o foco principal que é o “mal maior”, vulgo Mustafá. Estamos nos esquecendo dele e ele está preparando a sua volta triunfal para exterminar de vez com o nosso Palmeiras. O caminho para isso está sendo preparado pelos seus seguidores que nos poluem com vazamento de informações financeiras manipuladas e criação de sites mentirosos. Ou combatemos isto ou seremos aniquilados em breve.

DIRETORIA MENTIROSA E MEDÍOCRE. BELUZO E MUSTAPHÁ E DIRETORIA SÃO DO MESMO NÍVEL. JA ERA DE SE ESPERAR QUE NÃO CONTRATARIAM O MURICI. A GRANDE VERDADE E QUE O GRANDE TONINHO CECÍLIO QUER TRAZER SEU AMIGO DORIVAL JR. PARA TÉCNICO, QUE É UMA PORCARIA COMO ELE. E OUTRA O BELUZZO TAMBÉM SÓ É CONVERSA FIADA. PARABÉNS DIRETORIA, VOCÊS SÓ NOS DÃO ALEGRIA. VÃO PARA O INFERNO!!!!

Prezado Cunio.
Recentemente o Presidente Belluzzo concedeu entrevista a um Blogg respondendo as criticas feitas a ele pelo ex presidente (desafeto) Mustapha. Um dos comentários que me chamou a atenção foi sua manifestação de completa decepção com o que encontrou no clube com relação aos relacionamentos e as condutas dos mandatários. Ficou claro que ele reconheceu entrar num ninho de serpentes com um porrete na mão tendo que, muitas vezes, ter de se refugiar em algum canto para não ser envenenado. Quando indagado sobre a possibilidade de reeleição, refutou veementemente alegando um desgaste de sua “imagem pessoal” e notou-se, nas entrelinhas, que foi surpreendido com o ambiente interno, mesmo entre seus partidários. O Amor pelo clube o fez aceitar o desafio e, infelizmente, o mesmo amor o fará se retirar desse meio. Há muito caminho pela frente, para a mudança e uma gestão não é capaz de se andar até a próxima esquina. Abraços e parabens pelos seus posts, sempre muito inteligentes.

Os comentários estão desativados.