Categorias
Resenha dos Jogos

Análise da Arbitragem – R09 – Avaí 0x3 Palmeiras

POR DANILO CERSOSIMO

 

Bela vitória na bela
Floripa
(ainda vou morar lá!). O Verdão do sério Jorginho bateu o Avaí por 3×0
e voltou ao G4.

 

O árbitro Evandro Rogério
Roman (PR) teve atuação boa, especialmente pelos lances chave da partida. Sua
única falha deveu-se ao fato de parar muito o jogo assinalando faltas por
qualquer esbarrão ou dividida mais dura.

 

Já aos 8 minutos de jogo
o jogador Wendell do Avaí simulou falta de Danilo na entrada da área e
mergulhou pra dentro da mesma tentando cavar pênalti. O árbitro assinalou falta
fora da área – o lance gerou dúvidas sobre a existência da infração em si; eu
não teria assinalado. Penso até que pela maneira acintosa com a qual o jogador
adversário buscou cavar um pênalti este merecia um cartão amarelo por tentar
iludir o árbitro e jogar a torcida contra ele.

 

Aos 24 minutos Obina
sofre pênalti
após fintar o zagueiro Ferdinando – que sequer reclamou da
marcação do árbitro. Na minha opinião foi um lance difícil – na hora eu teria
marcado, depois no replay fiquei em dúvida e vendo por outro ângulo me convenci
da falta que gerou o pênalty – foi uma falta bem boba, infantil do zagueiro,
mas foi. O árbitro acertou.

 

No final do primeiro
tempo
, aos 40 minutos, Diego Souza é punido com um acertado cartão amarelo – ao
tentar se proteger da marcação sua mão acerta o rosto do adversário – não foi
uma cotovelada, mas sua imprudência merecia ser punida. Não é lance para o
STJD, mas os jogadores precisam perder esse vício ou do contrário ainda vão
acabar machucando seus colegas de trabalho seriamente.

 

No início do 2º tempo
Obina assinalou o segundo gol palestrino – na hora fiquei em dúvida sobre a
posição do atacante e confesso que ainda não tenho convicção sobre a validade
do lance – me pareceu tão difícil quanto a jogada do gol do Santos contra o
Sport.  

 

Como não tive
oportunidade de acompanhar os tira-teimas e os recursos eletrônicos fico com a
convicção do auxiliar e com a orientação da FIFA: em dúvida, pró gol, que foi a
mesma decisão (acertada) do árbitro na Vila Belmiro.

 

Aos 15 minutos o lateral
Armero recebeu uma cotovelada mais no rosto e o árbitro não viu – tal qual a
punição a Diego Souza o jogador do Avaí deveria ter sido punido com cartão
amarelo.

 

***

E em Curitiba o SPFC
perdeu para o Coxa por 2×0. Destaque negativo para o festival de carrinhos
protagonizado por André Dias – que foi corretamente expulso por Leandro Vuaden
ao entrar de maneira violentíssima em jogador adversário.

 

Crédito para imagem:
http://e.i.uol.com.br/090705obinarelato.jpg

14 respostas em “Análise da Arbitragem – R09 – Avaí 0x3 Palmeiras”

Danilo, abrir os braços para trás com as mãos espalmadas não é vício. É um recurso lícito que, se não utilizados por atacantes habilidosos, os defensores adversários chegam fungando no cangote, chutando tornozelo, panturrilha, coxa, quadril e, eventualmente, a bola. Existe um tempo certo para abrir os braços e evitar a chegada por trás. Às vezes o atacante erra o tempo, acerta o peito, pescoço ou rosto do defensor, e aí, fica caracterizada a falta. Todavia, braço esticado e mão espalmada, ainda que para trás, é característica de auto proteção e não vício.

O Penalti ainda não tenho convicção !! Mas o Segundo gol do Obina ele estava em posição LEGAL sim !! abs

11 – Daniel como vc disse o cara só expulsou pq o time nem tem força alguma nos bastidores, pq se fosse um gamba ou bambis duvido que o juiz tivesse expulsado um jogador que esta no banco, nisto eu não acredito mesmo

Faltou comentar o lance da expulsão no fim do primeiro tempo: o atacante reserva do Avaí foi conversar com o juiz e foi expulso.

Eu acho que é o preço que se paga por ser de time pequeno e não ter fama. Se fosse o Luxa indo conversar com o juiz, com seu terninho Armani, o juiz ainda o chamava prá sala dele no vestiário para conversarem melhor e tomarem um cafézinho – hehehehe, exagerei.

Mas o juiz mandou ver! Tem que expulsar essa cambada que fica indo botar pressão, mesmo!

Não importa se é o Luxa de terno ou se é o atacante de colete reserva do Avaí, cazzo!

No mais: Acho que não foi penalti no Obina também, e o segundo gol me pareceu estar um pouco a frente: mas é o negócio que você disse, Danilo: ‘em dúvida, pró gol.’

O árbitro foi bem, o penalti foi indiscutivel, nem o zagueiro que cometeu reclamou. O Jorginho bem, escalou bem e mexeu bem, só faltou do Deyvid no meio, que ele havia colocado para treinar.
Mas o Avai não serve de base para nada, o time é fraquissimo.

Achei que desta vez a arbitragem foi boa, na verdade o jogo foi tranquilo para a arbitragem

Danilo, não me convenci do pênalti, não vi nenhuma imagem boa deste lance. Já o 2º gol do Obina tava na mesma linha, eu vi com a imagem paralisada no momento do toque, gol legal.

Galera, eu estou aqui para azucrinar a vida do Danilo e dos 3VVvistas. Se o juiz marcar 50 pênaltis inexistentes e o Palmeiras for campeão, EU QUERO QUE TODOS SE DANEM QUE EU VOU PARA PAULISTA!!!!!!!!!!! Abraços Danilão!

Cunio,

Também fiquei na dúvida. Mas o zagueiro foi tanto inocente que nem reclamou. Portanto, dizemos que foi pênalti.

E além disso, uma pedalada daquela que o Obina deu não pode passar ilesa.

Cunio, como é dura essa vida de comentar a arbitragem!

Outro dia o Jota disse que no Palmeiras o pessoal estava bravo comigo porque eu disse que não houve pênaltys no jogo contra o Nacional em Montevideo…

Hoje me vem o senhor reclamar também!

FOOMMMMMM!!!!

:o)

Abraço!!
Danilo

ate q enfim o arbitro acertou… e o auxiliar foi bem no segundo gol nosso.. tava na mesma linha…

e o andre dias nao e de hj q ele so da sarrafada em todo mundo… ate q enfim alguem botou ele pra fora… tomara q seja perseguido igual o Kleber foi ano passado…

lembram q essa perseguicao comecou com esse bambi do Andre dias???

COMO É BOM VER OS BAMBIS DANÇAREM. AGORA NOSSO VERDÃO PRECISA DE REFORÇOS POIS O JOGO DE DOMINGO DEMONSTROU QUE O TIME ESTÁ COM VONTADE,MAS FALTA ALGUMA COISA (MURICI JÁ!!

Aê Danilão, o dia em que a juizada abre a caixa de apitos-amigos para nós você sai liso que nem uma cobra! Se aquilo foi pênalti no Obina, EU SOU O ET’OO! E os segundo gol dele, o bandeira só não marcou porque não quis. In dubio, pro réu!

Os comentários estão desativados.