Categorias
Direto da Fonte

Armero dança cumbia no primeiro gol pelo Palmeiras

Agência Palmeiras
Fábio Finelli
12/07/09 – 13h13

O jogador mais festejado nos vestiários do estádio Palestra Itália
era o lateral-esquerdo Pablo Armero. Abraçado pelos companheiros, o
colombiano marcou seu primeiro gol com a camisa palmeirense e não
escondeu a felicidade por ter sido um dos principais atletas na
vitória de 4×1 sobre o Náutico.

“Estou extremamente alegre. Estava esperando por esse gol há muito
tempo e sabia que uma hora ele iria sair. Aproveitei uma linda
assistência do Diego Souza e fui feliz no momento do chute. Peguei
com firmeza e o chute saiu com bastante força”, contou o camisa 6,
que explicou a comemoração do gol.

“Eu dancei a cumbia. É uma dança típica da Colômbia. No dia-a-dia
com o grupo, eu sempre danço. E já tinha prometido para os meus
companheiros que, quando fizesse meu primeiro gol, dançaria com eles
ao lado da torcida.”

Armero foi um dos atletas mais acionados do jogo contra o Náutico,
com média de 55 passes recebidos. E a objetividade ofensiva se deve
bastante ao técnico Jorginho, segundo explicou o próprio jogador. “O
Jorginho pediu para que eu chegasse mais ao fundo, sem medo de errar
ou arriscar. Foi o que eu fiz no jogo inteiro.”

Quem também comemorou o gol do colombiano foi o goleiro Marcos. “O
Armero é um dos caras mais alegres do grupo e merecia esse gol. Ele
é uma pessoa muito descontraída e sempre falava que dançaria a
cumbia quando marcasse. Está de parabéns não apenas pelo gol, mas
pelo vigor físico e a disposição durante toda a partida.”