Categorias
Direto da Fonte

Diego Souza será homenageado pelo jogo número 100

Agência Palmeiras
Fábio Finelli

 
O meia Diego Souza completou neste domingo (26), diante do
Corinthians, o jogo de número 100 vestindo a camisa do Palmeiras. A
homenagem pela marca histórica vai acontecer momentos antes do jogo
contra o Fluminense, que acontece nesta quarta-feira (29), às 21h50,
no estádio Palestra Itália -com a entrega de uma camisa comemorativa
e uma placa.

“Não poderia ter sido melhor. Comemorar o jogo 100 com essa vitória
só aumenta minha felicidade. Foi um jogo histórico para mim, pois
hoje posso dizer com propriedade que estou completamente
identificado com o Palmeiras, o clube e a torcida.”

Dos 100 jogos pelo Verdão, 42 foram disputados nesta temporada e 58
em 2008. São 25 gols marcados, sendo 13 em 2009 e 12 em 2008. O
camisa 7 enalteceu o bom momento vivido por ele e pelo Palmeiras no
Campeonato Brasileiro.

“A minha ascensão também tem a ver com o crescimento do time.
Estamos no caminho certo, nos doando muito em todos jogos e abusando
na vontade e na dedicação. Fico feliz de ser uma peça importante
nesse grupo, mas sem o apoio dos meus companheiros, eu não seria
nada”, comentou, esbajando humildade.

Nesta quarta-feira (29), Diego Souza vai encarar justamente o clube
que o revelou, o Fluminense. Pelo time carioca, Diego atuava como
segundo volante. Entre 2003 e meados de 2005, realizou 69 jogos e
marcou 5 gols.

“Comecei nas categorias de base do Fluminense com apenas 15 anos e
subi para o time de cima em 2003 graças ao Joel Santana. Ele achou
que eu tinha potencial e me deu a primeira oportunidade no
profissional. No Flu, eu atuava como segundo volante, era mais
marcador do que armador”, relembrou.

Apesar do momento delicado que vive o adversário no Campeonato
Brasileiro, Diego tem certeza que a partida desta quarta vai ser uma
das mais difíceis da competição.

“É muito duro enfrentar um time do tamanho da tradição do Fluminense
quando está numa situação complicada. Na adversidade, os times
grandes costumam crescer e dar a volta por cima. Mas nós não podemos
deixar isso acontecer. Vamos contar com o apoio do nosso torcedor e
queremos manter essa boa campanha.”