Categorias
Drops

DROPS 16/07/09: efetiva ou não?

EFETIVA OU NÃO?

O dia de hoje foi de “sorrisos” de Monalisa por parte do
palmeirense. No ar não só a alegria do bom resultado mas principalmente porque
depois de muito tempo assistimos o Palmeiras jogar fora de casa com
personalidade.

E aquilo que mais queriam aconteceu: o Palmeiras parece que –
porque treina, e porque os jogadores são valorizados – apresenta opções de
jogadas, pressiona saída de bola, marca forte (veja a foto abaixo: era Jorginho treinando o posicionamento do time do Palmeiras em escanteios no sábado, apenas poucas horas depois da demissão de Luxemburgo; repetiu essa cobrança várias vezes).

O Palmeiras recebeu 40 cruzamentos na sua área na noite desta
quarta-feira. Numa delas, numa falta de Adriano o juiz marcou pênalti. Noutra,
Marcos fez grande defesa.

E só!

E isso é mérito de treinador que chega cedo, conversa com os
jogadores, treina, pára a jogada, manda fazer de novo.

Ou seja, se não é brilhante, é competente nas suas funções e trabalha.

 

MAS, EFETIVA OU NÃO?

Na onda da vitória até o Presidente Belluzzo se confundiu.
Ou cometeu ironias, como sua assessoria de imprensa afirmou. Comentou para o
globoesporte.com que Jorginho já estava efetivado.

Depois a Assessoria de Imprensa desmentiu.

Leia mais clicando nos links abaixo.

http://globoesporte.globo.com/Esportes/Noticias/Times/Palmeiras/0,,MUL1232212-9872,00-BELLUZZO+JORGINHO+JA+ESTA+EFETIVADO.html

 

EFETIVADO OU NÃO?

Bom, primeiro lugar, o Presidente falou uma verdade.
Jorginho já está efetivado. É funcionário do Palmeiras e assim será.

Mas para a vaga de técnico do time principal o nosso
Cantinflas provavelmente deverá esperar as próximas duas semanas. Teremos Goiás
fora e Corinthians em Presidente Prudente.

VAI EFETIVAR OU NÃO?

Minha opinião: os últimos acontecimentos envolvendo técnico
de futebol no Brasil trouxe um tema que não se discutia. Quanto vale um
técnico?

Acompanhe o raciocínio deste sorridente palestrino: um
técnico bom (não disse brilhante, nem falei mágico, e muito menos citei
Felipão) mas um técnico apenas bom pode fazer um ótimo elenco jogar bola.
Talvez erre em uma ou outra substituição, talvez não pressione árbitro, talvez
não seja tão midiático.

Sendo assim o time treinado por esse indivíduo tenderá a
desempenhar bem em campeonatos de pontos corridos. Se temos 20 times, onde
apenas 5 ou 6 são postulantes ao título, é natural que nos jogos mais fáceis (os
outros 14 ou 15) o time vença independente do brilhantismo do técnico.

O único problema que vejo aqui é no mata-mata: aí o técnico
mais experiente, manhoso, sabe fazer a diferença. Adilson Baptista sentiu esse
gosto amargo na noite de quarta-feira no Mineirão.

MAS VAI EFETIVAR OU NÃO?

Mas tem um outro problema: nas alamedas do Palestra, basta
uma derrota – e ela vai acontecer, em alguma momento ou outro – e o treinador
vai tomar muita pancada de amendoins, viseiros, conselheiros e outros que tais.

E há de se blindar o treinador em caso de derrota.

PÁRA! EFETIVA OU NÃO EFETIVA?

Não sabemos. Provavelmente sim, pois o mercado não tem o tal
treinador vencedor e que esteja querendo um desafio vinculando sua remuneração
aos resultados.

Mas já imaginou se alguém efetiva o técnico na quinta e no
domingo seguinte toma um sacode dos co-irmãos da Marginal sem número? Vai ser
um pega prá capar…

Prá evitar isso… muita calma nessa hora.

NÃO PERCAM, 2ª PARTE DO RECORD NEWS

Hoje tem a segunda metade do programa Economia e Negócio na
Record News. Com Vicente Criscio (ops, quem mesmo?), Julio Casares (SPFC) e
Raul Correa (Corinthians).

Foi bem bacaninha, rsrsrs…

Será às 20 horas. Já já…

 

Saudações Alviverdes!

45 respostas em “DROPS 16/07/09: efetiva ou não?”

Novamente sugiro, vamos pegar nossos especialistas em Marketing e adotar para nossa instituição o ENDOMARKETING

Um passarinho me contou que grande parte do CT de Cotia (dos bamys) foi construido com verbas liberadas pela Lei de Incentivo e um dos granders doadores foi o Bradesco, é mole? ou competencia?

Concordo com o Sergio,

Tem que deixar como está, sem pressão para o Jorginho, o trabalho esta fluindo bem, por que mudar???

Time que está ganhando não se mexe, já dizia minha avó!!

O grande mêdo da diretoria é que depois de efetivado,haja um relaxamento do elenco,e depois???

Os comentários estão desativados.