Categorias
Você manda o Recado

FALA QUE EU TE ESCUTO: Altos e baixos

POR RAUL RICARDI

Comecei a gostar de futebol muito cedo, no início dos anos setenta, época de ditadura, anos de chumbo, bem diferente de hoje. Meu Pai me levava só a jogos do Palmeiras e em pouco tempo me tornei um palmeirense fanático.

Em 1972 tive o privilégio de ingressar nas categorias de base do E.C. Banespa , começando minha vida esportiva dentro das quadras, jogando Futebol de Salão. Até o começo dos anos 80 enfrentei o Palmeiras muitas vezes, pelo menos duas vezes por ano. Naquele tempo, Palmeiras vs Banespa era o grande clássico do Futebol de Salão paulistano, me lembro como se fosse hoje: o frio na espinha que dava, cada vez que entrava na quadra para enfrentar o Palmeiras. Sempre foi um grande sacrifício, mas jogava com mais vontade ainda.

Naquela época o Palmeiras vivia uma fase de ouro, nosso presidente Pascoal Walter Byron Giuliano, era um homem muito a frente do seu tempo. Lembro que pela cidade havia outdoors com fotos do Palmeiras cumprimentando a torcida e os dizeres:


“PALMEIRENSE COMPAREÇA AOS ESTÁDIOS”

E o time ? O time era a 2ª Academia, uma máquina que destruía o adversário sem pressa, fazia 1X0 e depois ficava tocando a bola, de um lado para o outro. A escalação deste time todo mundo sabe, vou citar apenas um jogador: Ademir da Guia, era o maestro daquela orquestra, fazia o time jogar, dava velocidade quando preciso e cadência quando necessário.

O tempo passou, os anos oitenta começaram e esta fase de ouro se foi. Nosso time se apequenou, os dirigentes vinham a público e falavam: ”Não vamos fazer loucuras” e para tristeza da comunidade alvi-verde, uma fila de anos sem títulos começava ali, times montados sem planejamento algum, e com o único objetivo de só participar, quase sem chances de vencer.

Nos anos noventa, um sopro de modernidade e esperança apareceu com um modelo de gestão totalmente pioneiro: o Palmeiras se juntava a multinacional Parmalat trazida por nosso atual presidente, Luiz Gonzaga de Melo Belluzzo e se iniciava ali a redenção de um time que caminhava para o ostracismo. Grandes contratações eram feitas, sabendo-se que todo custo era um tremendo benefício e em 1993, formamos um time quase imbatível que nos deu um título depois de 16 anos de espera.

Mas justamente ali começava uma ditadura dentro do Palmeiras, o presidente da época Mustafá Contursi se aproveitou do momento de glória e na calada da noite mudou o estatuto permitindo reeleições indefinidas e abrindo condições para se perpetuar no poder. Logo que isto aconteceu nós torcedores não demos muita importância, mas conselheiros e sócios já se prepararam para o pior.

Com a saída da Parmalat e com os cofres cheios, o então presidente reinou sozinho, entre 2000 e 2002 contratou nada menos que 66 jogadores dos mais diversos empresários e não montou um time, sem contar que a Parmalat levou todos os equipamentos de musculação, esteiras e bicicletas ergométricas da Academia e nosso presidente não repôs. Ficamos muito atrás de nossos adversários em tudo, o que culminou com a queda para a segunda divisão do Campeonato Brasileiro de 2002.

Mas como não existe bem que sempre dure e mal que nunca se acaba, conseguimos voltar para o lugar que sempre foi nosso em 2003.

Como esportista que sou, aprendi a perder, a entender uma derrota e a aceitar que o adversário às vezes é superior e merece ganhar, o que não aceito foi o pensamento que se apossou de nosso time, o tal BOM E BARATO, que nos trouxe tanta tristeza.

Um time com a grandeza do Palmeiras não pode se deixar levar por este tipo de pensamento temos sempre que pensar grande e planejar sempre pensando em vitória, títulos e performance.

É por isso que peço aos amigos 3vvistas, um voto de confiança na gestão Belluzzo, que está apenas no começo e a meu ver tem tudo para dar muito certo e nos levar ao topo do mundo.

Tudo que está sendo feito é para o engrandecimento do Palmeiras. Está se construindo uma estrutura para proteger o time de futebol dos altos e baixos tão comuns em nossa história. A Arena, por exemplo, será uma ótima geração de receitas, que irão direto para o departamento de futebol, para não mais dependermos de intermediários na contratação de jogadores.

Hoje vivemos um momento de reconstrução que levará algum tempo até tudo se ajeitar. Muitos dizem que o Mustafá já saiu faz tempo e que deixou muito dinheiro em caixa, mas estes se esquecem que Affonso della Monica assumiu em 2005 e construiu a sala de musculação na Academia, contratou entre outros Valdívia e Marcinho, o que levou os cofres a ficarem vazios novamente, sem contar que nosso patrocínio na época com a Pirelli era de 6 milhões de reais por ano, valor irrisório se comparado com a nossa marca que vale muito mais.

Prefiro, sinceramente, esperar que uma base sólida seja construída, para que o ciclo de vitórias dure bastante e possamos novamente sorrir definitivamente.

Grande Abraço a todos!

Raul Ricardi

29 respostas em “FALA QUE EU TE ESCUTO: Altos e baixos”

Vicente Criscio,

Muito obrigado pela oportunidade de escrever um arttigo em um blog tão prestigiado e de alto nível como o 3VV

Valeu mesmo!!!

Abração!!

Ivan,

Se conselho fosse bom a gente não dava …vendia!

Você nem de longe sabe o que é uma ditadura e portanto não pode dar este tipo de “conselho”, OK??

Todos perdem em um regime ditatorial!!

Conselho, digo sugestão ao Professor Belluzzo: excesso de Democracia acaba virando “bagunça” onde todos acham que podem e querem exercer o poder, imaginam que suas sugestões são as melhores, passam atuar de modo irracional……….ou seja, Professor Belluzzo, adote a Ditadura…….nossa entidade é repleta de corneteiros.

Obrigado Rodrigo,

Você falou tudo, time de futebol tem que ter elenco e dinheiro só para pagar as contas e salários dos jogadores e funcionários.

Tem que ter time para ganhar campeonatos e para isto tem que arrumar patrocínios, o que nosso atual presidente tem feito muito bem.

As coisas estão se ajeitando e com o tempo tudo vai melhorar, tenha certeza disto.

Abraços!!

Belo texto Raul, parabéns. Demorou para termos um presidente como o Beluzzo. O momento é do torcedor apoiar, pois com certeza este trabalho vai render ótimos frutos.
Acho que o Mustafá queria acabar com o futebol e abrir o “Banco Palmeiras”. De que adianta um monte de dinheiro em caixa e um time ridículo disputando os campeonatos?

Pra mim o maior problema e o lixo q ainda ronda o Palestra..

Conselheiros vitalicios.. em grande maioria sao Musgamba de carteirinha..

O Departamento de futebol ainda nao traz segurança pra torcida…

o toninho aparece na TV com cara de bebe chorao…

nao e essa imagem q queremos ter na midia… ou eh?

mas mesmo assim ele tem conseguido empurrar garganta abaixo desse povo aliado do musgamba coisas boas…

– Site moderno
– comercio eletronico
– socio torcedor de verdade ( saira em breve)
– o vicente ja adiantou q termos novidades no licenciamento de produtos.. ( ainda temos muito poucos)
– Arena caminhando bem…

tudo isso trava muito mais dinheiro pro clube…
com grana se monta bons times… e estes ganham titulos…

abracos

Marcio,

Também penso como vc, acho que ainda vai levar um tempo para termos estas melhorias citadas, como profissionais remunerados em cargos diretivos, mas temos que ter esperança e mais do que isto, saber que temos hoje um presidente que esta fazendo tudo para nos levar para o século 21.

Grande Giovani,

Tenho fé que com 02 reforços que venham para ser titulares, temos todas as chances de ganhar este BR09, não vejo nenhum time assim tão na nossa frente, vamos torcer!!
E vc nem foi correr na praça este semana, né??O prof. Mario Mello vai ficar chateado hahahahaha

Abração e obrigado !!

Fala Raul, grande texto !
Muita coisa ainda precisa ser feita no Palmeiras, sem dúvida, mas acredito que estamos no caminho certo.
Esta década foi péssima até aqui, mas ainda há tempo de tirar um caldo nesse finalzinho…..
a nós torcedores, cabe apoiar o time em campo… a mensagem daquele outdoor ainda vale (e que venha mais uma vitória no sábado !)

Abraço !

Parabéns pelo texto, Raul.
Tenho tanta esperança quanto do você de que o presidente Belluzzo inicie no Palmeiras um processo de modernização que não pare nunca mais. Mas também acho que, devido à maldita política, vai demorar para termos cargos diretivos preenchidos apenas por profissionais capacitados bem remunerados (e palmeirenses, é claro!), o que penso ser o ideal. Enquanto isso, vamos sofrendo um pouquinho com os Capixabas e Jumares, né?

Beleza Luciano,

Estarei aqui com certeza, toma um leitinho quente para conseguir dormir…

Abração!!

Repito, o que ja disse antes, não sou mustafista e meu pensamento é mais alinhado ao Beluzzo e ao muda palmeiras.
Mas relembro que desde o início do segundo mandato do Della Mônica (janeiro de 2007) a atual diretoria comanda o Palmeiras.Já são 2 anos e 7 meses.

Praqueles que acham que está bom do jeito que está, 10 anos sem ganhar nada importante e tal, assim caminha a mediocridade.

Abraços, amanhã volto pra te aporrinhar

Valter,

O que na minha opinião realmente faltou quando o Mustafá era Presidente, foi um investimento nas categorias de base, a construção de um refeitório e alojamento o que a Parmalat até tentou, propos para o então presidente mas… se ele tivesse feito isto, hoje não estaríamos dependendo da Traffic para contratar jogadores.

Obrigado pelos elogios á minha coluna, nem todos entederam a mensagem mas tudo bem!!

Abraço!!

Luciano,

Você não tem que dar sugestões, seria apenas para ver se vc tem alguma coisa de positivo para falar, mas já vi que não tem… infelizmente assim caminha a humanidade!!

Abração!!

Estou feliz com o o resultado do jogo de ontem e com a atual situação do Palmeiras no compeonato, mas já vi esse filme antes. O que importa é terminar a última rodada em 1°. Estamos apenas na décima rodada, tomara que consigamos manter a boa campanha e ser campeões brasileiro novamente (a última vez que fomos o Itamar era presidente…pra você ver como as coisas estão boas)

Anonimato? Meu nome e sobrenome estão aqui em cima dessas linhas que escrevo. Sou sócio do Palmeiras desde 1980, vai lá no Dep. de Cobrança que você tem minha ficha.

Eu não tenho que dar sugestões pra ninguém. Sou apenas um sócio do clube e um torcedor apaixonado. E nessa situação me sinto no direito de apontar os erros. Quem sabe um dia se eu resolver entrar na vida política do clube eu de alguma sugestão.

Parabéns Raul, belo texto, muito interessante.
Quando estava lendo seu texto, fiquei imaginando o que seria do Palmeiras hoje, se tivessemos qualquer outro presidente na época do Mustafá.
Com certeza, o que o Belluzzo esta fazendo hoje ja teria sido feito a cerca de 10 anos e estaríamos em outro patamar.
Talvez ate com a nossa Arena Palestra Italia pronta e aguardando apenas o convite da Fifa para a Copa de 2014.
E ainda assim, tem gente que critica o Belluzzo com apenas 6 meses de mandato para acertar o Clube dos desmandos de mais de 10 anos de retrocesso.
Um abraço.

Luiciano,

Quanta raiva, amigo, sinceramente todo este rancor faz mal para a saúde.

Eu entendo todo este mal humor, afinal ontem o Palmeiras do Belluzzo ganhou do Flamengo no Maracanã e você deve estar bem chateado, mas fica sossegado que o curintia vai jogar hoje e vc pode vibrar com os gols do Ronalducho.

Não existe nada que mude meu humor hoje nem nunca, já que sempre tento ver o lado bom de tudo, como disse esta gestão comete erros, mas sempre com a intenção de acertar, como vc já viu, confio nas pessoas que estão no comando hoje e vou continuar confiando, não será você que vai me fazer mudar de idéia.

Também não irei responder todas as suas afirmações, pois com certeza tem o único intuito de denegrir pessoas que acima de tudo botam a cara para bater, diferente de você, que se esconde no anonimato da web.

Já que você aponta tantos “erros” desta administração, me mande algumas sugestões para se modernizar o Palmeiras, ou vc só consegue ver os erros???

No aguardo!!

Abraços!!

É moderno aceitar uma cláusula no contrato de um jogador estipulando que certo time pode pagar 15 milhoes pela liberação enquanto para outros times é 30 milhoes? Será que algum time vai fazer ponte com o Barça? Acho que não né, só eu tive essa idéia. Só eu sou malandro…

É modernidade mandar um técnico embora no meio do campeonato com uma desculpa esfarrapada igual foi dada? Ter que pagar uma multa de rescisão altíssima. Esclarecendo que gostei que o Luxa foi pra rua, mas eu não sou da diretoria moderna, sou torcedor e corre sangue quente aqui nas veias. A diretoria, que se diz moderna, não deveria ter feito o que fez. Agiu como torcedor.

É moderno a diretoria fazer a negociação com Muricy em aberto, pra depois que tomar o chapéu ser ridicularizada?

É moderno ter uma reportagem em rede nacional, no telejornal mais visto do país, sendo denunciado um esquema de ingressos falsos em nosso clube?

É moderno anunciar que tem 20mil ingresso pré-vendidos e o público total ser anunciado em 15mil?

É moderno cobrar 100 reais pra tomar chuva? Deve ser, mas torcedor não é burro. Visa só enche em jogos importantes…Enquanto isso nosso caldeirão virou um “banho-maria”.

É moderno anunciar um cronograma pra Arena e o mesmo ser modificado a cada 6 meses, empurrando-se com a barriga?

Quanto as críticas, eu as considero construtivas, mas pra você deve estar tudo um mar de rosas né. Fomos eliminados na Libertadores por um time ridículo. No Paulista por um time de merda. Mas tá tudo bem..

Meu mal humor vai acabar quando eu ver as coisas acontecendo, porquê ai terei certeza que os títulos virão, por enquanto é muita conversa e pouca ação.

Luciano,

Em momento nenhum alguém desta diretoria ou mesmo eu, falamos em revolução, apenas é necessário é uma gestão transparente e voltada para a modernidade.

Erros sempre irão existir, quem não os comete?? Talvez você, que se limita a apenas fazer críticas destrutivas que não servem para nada…

Fica tranquilo amigo, este seu mal humor tem cura, conheço varios psicólogos que dariam jeito nisto hahahaha.

Abraços!!

Que novidade Raul, você usando seu espaço pra defender a diretoria.
Não precisava ter ganho o espaço de uma coluna pra isso, bastava fazer uma compilação de seus comentários.
O negócio é o seguinte, 7 meses se passaram e não vi nenhuma revolução no comando. mas vi trapalhadas vide episódio Keirrison, Luxemburgo, Muricy, Twitter.
Politicamente sou contra o mustafá, e tinha esperança no Beluzzo, mas to vendo que o tempo ta passando e nada de concreto vem acontecendo. Só promessas.

Grande Lourenço,

Com certeza prefiro o Alex no meio e o Jorginho de técnico sem dúvidas, os jogadores são sempre mais importantes que um técnico.

Nossa torcida é muito exigente, mas esta base sólida, na minha visão começou a ser construída este ano, com o aumento considerável dos patrocínios e um elenco jovem para durar muitos anos, e já neste ano podemos ganhar este BR09, se contratarmos , como vc disse, 03 jogadores de bom nível!!

O ano de 2008 serviu para ganharmos o Paulista e ver que com a maioria daqueles jogadores não chegaríamos em lugar nenhum este ano.

Abraço!!

Parabéns Raul… todos nós torcemos para o sucesso da Adminsitração Belluzzo…. é evidente que precisamos construir uma base sólida que permita ao Palmeiras conquistar títulos todo ano… A única questão é que um time com a torcida que temos, não pode todo ano escutar que a base está sendo montada para o ano que vem…
Mas diz aí, vc prefere ver o Jorginho de técnico e o Alex no meio campo, ou o Murici de técnico e o David Sacconi no meio ? fala p/ o Belluzzo trazer 3 jogadores…rsss
Abraço

Alvaro,

Você falou tudo!! Críticas construtivas são sempre bem vindas e pelo que me consta o Grupo Fanfulla, formado por sócios e conselheiros acaba de enviar um documento contendo sugestões para modernização do dep. de Futebol e foi aceito de bom grado pelo prof. Belluzzo.

Estes alicerces citados por vc estão sendo construídos para blindar o time de futebol destes altos e baixos citados por mim no texto, para num futuro próximo recuperarmos nosso poder de compra e nos livrarmos das traffics da vida mas isso leva tempo, não será do dia para noite!!

Abraço!!

João,

Títulos são muito importantes, sem dúvida, mas futebol não é uma ciência exata como disse o Alvaro, mas quem sabe em dezembro de 2009 não estaremos todos gritando É CAMPEÃO!!

Se olharmos os últimos jogos, dá para ter muita esperança, vc concorda??

Abraço!!

Pois é Cunio,

Realmente quem esta abaixo do Belluzzo é que é o problema, vc esta certo, ele esta tendo muita dificuldade em modernizar esta estrutura extremamente arcaica que esta lá há anos, mas penso que alguém tinha que começar este trabalho e acho que não vai terminar tão cedo.

Abraços!!

Diego,

Concrodo com vc, já que a Academia de futebol estava defasada em termos de aparelhagem e espaço físico e uma das boas coisas que o della Monica fez, foi construir a sala de musculação que como vc disse, vai ficar lá para sempre.

Quanto as contratações citadas por vc, na época que foram feitas ( meio do ano de 2008 ) o Belluzzo não era presidente do Palmeiras ele era Diretor de Planejamento e portanto não teve nada a ver com estas contratações, ja que não se metia no Departamento de futebol, apenas o Mozart que chegou este ano e sinceramente na minha opinião ainda não foi testado, não teve uma sequência de jogos para termos uma opinião formada, mas respeito a sua opinião, com certeza craque ele não é!!

Abraço!!

Joselito,

também gostaria muito que o Muricy fosse contratado, mas ele pediu muita grana, prefiro pegar esta grana e contratar 02 ou 03 jogadores que venham para jogar, acho que com um técnico de ponta teríamos todas as chances de sermos campeões do BR09, mas jogadores são mais importantes no momento, é só lembrar do jogo de ontem, o time foi muito bem .

Abraço!!

Ótimo texto, Raul!

Se por um lado todos nós queremos títulos para ontem, por outro temos que ter consciência da importância relativa das coisas.

O que quero dizer é que o Belluzzo está construindo os alicerces para que o Palmeiras volte a ser o gigante que sempre foi. Se vamos ser campeões esse ano ou ano que vem, só Deus sabe. Pode ser que sim, pode ser que não, futebol não é ciência exata. Mas mesmo que a sorte não nos sorria dentro dos gramados nesse ano e meio que resta na gestão Belluzzo, não podemos nos esquecer do que ele está fazendo pelo nosso futuro.

Isso não significa blindá-lo de toda e qualquer crítica, mas não podemos ser irresponsáveis e tornar a vida dessa diretoria um inferno.

Parabéns Raul, belo texto.

O que acontece no Palmeiras agora é fantástico e temos esperança que seja duradouro. Mas gritar “É CAMPEÃO” com mais frequência ajudaria a torcida a ter mais paciência. Abraços.

OK RAUL, SEI QUE TAMBÉM ANDEI CORNETANDO A NÃO CONTRATAÇÃO DO MURICI,MAS RENDO-ME A VOCÊ, O BELUZO É O CARA. SUMA MUSTAPHÁ MALDITO.

Belo texto, parabéns. Porém como grande palmeirense e corneteiro que sou, não posso deixar este post passar seu dar minha sincera opinião. Com relação ao Musgambá, concordo com tudo, mas tudo mesmo. O Palmeiras, pós parmalat, deveria estar milionário e não foi o que aconteceu. Não sei aonde foi gasto o dinheiro, pois em jogadores é que não foi… o time passou de fantástico a ridiculo e a estrutura era de time do interior. Não sei se você criticou ou apenas foi mal interpretado por mim, com relação ao Della Monica, citando que deixou os cofres vázios… Infelizmente tinha que deixar mesmo, pois a sala de musculação está na academia pra sempre, modernissima, basta dar manutenção e também foi citado a compra do Valdívia, que ao meu ver foi fundamental e gerou lucro, além do título paulista de 2008. O Beluzzo na minha opinião é ótimo e gostaria de ve-lo tendo sucesso frente ao verdão, mas não podemos esquecer que ele viabilizou as contratações de Fabinho Capixaba, Jefferson, Jumar, Mozart, etc… Se realmente passamos por uma fase de planejamento para conquistarmos o mundo, precisamos de um pouquinho mais de critério e não apenas dizer amém aos pedidos de treinadores, pois todos sabemos que a maioria deles lucram nas costas de empresários e seus jogadores.

Raul, muito legal sua coluna. Palmeirenses como você é que construíram esta horda de 15 milhões de fanáticos espalhadas pelo país. Sou sócio do Palestra desde quando mal sabia andar e graças a Deus nunca tive que jogar contra ele.
Apoiar o Belluzzo não é a questão. Creio que todo palmeirense vivo tem esperança nele, apesar de que ele é novato na administração clubística. O problema é o que tem embaixo dele, que cheira mal e não tem caras de que vai mudar.
De qualquer forma, amamos este clube e por ele lutaremos.
Ao amigo Marco acima, não esquente a cabeça: essa torcida vai e apoia no Palestra!

Grande texto ! Parabéns !! Fica uma frase aí pra vcs de SP ( sou de MG ):

“PALMEIRENSE COMPAREÇA AOS ESTÁDIOS”

Os comentários estão desativados.