Categorias
Italiano

Pausa para o mercado italiano: a visão de fora sobre a demissão de Luxemburgo

POR CARMINE PACIELLO

*   A
bulimia palmeirense regurgitou também o
(ex) herói Wanderlei . O “affaire” Keirrison parece que foi apenas pretexto da
diretoria para cumprir a missão que o povo palestrino (na maioria) aguardava.
Aquela mesma massa que agora, libidinosa, é pronta a idolatrar Muricy. Um
Muricy não mais sem dentes e bambi; não aquele que ganhou os três últimos
brasileiros na base da mídia, do apito-amigo  e com ajudas extra-campo; não mais o técnico
do “gás” e da ”pilha”. Agora ele é um técnico capaz e vencedor,  fundamentalmente  pouco poluído dos purpurinos pois é “palestrino
na alma”. Afinal o “Condutor” ideal para o Palmeiras.

*  
Luxemburgo, que 18 meses atrás chegou como salvador da Pátria
verde,  foi  defenestrado  por ser ultrapassado, por ter um salário
exagerado, por  seu ego enorme,  porque exigiu o “pool” de auxiliares.
Tudo exato! Tudo verdadeiro! A sua última passagem pelo Verdão foi efetivamente decepcionante: só
faturou um mísero Paulista. O “seu” time (que conseguiu a proeza de ser
eliminado de um time muito modesto como o Nacional na Libertadores) nunca
mostrou um futebol de elite, uma estrutura de jogo na base; nunca deu  uma grande confiança aos torcedores.  Então, por acaso o Muricy vem de graça?   

*    Preâmbulo:
comemorei  a eleição de Belluzzo à
Presidente da SEP, um homem  competente e
de grande espessura moral, um presidente que será à altura daqueles que fizeram  a história no clube. Confio  muito nele, para mim deve  ser 
presidente a vida toda. Dito isso e afirmando que não é fácil dirigir um
clube devo também dizer que ele errou na gestão desse caso, como em outros
momentos,  isso é incontestável. Por exemplo,
ele  não entendendo  a importância técnica e de marketing  do negócio, bobeou a não adquirir o passe (apesar
de ser muito alto) de Kleber ou seja um centro-avante forte, esperto,  que se identificava no clube e que,
sobretudo,  não ouvia os cantos das sereias
européias e queria ficar. Todos “argumentos” a favor da permanência do valente
Gladiator no Palmeiras.  De fato, foi
embora!

*    Igualmente Belluzzo errou nessa
circunstância: Luxemburgo foi demitido afirmando aquilo que  um presidente  deveria dizer, diante da falta de respeito  com o Palmeiras  desses “malaquias”  (que tem a mesma cara e a mesma honorabilidade
de… bom deixa prá lá) e do seu assistido. VL afirmou afinal o que todos nós
palestrinos pensamos. Entretanto, quando a maioria dos palmeirenses aceita sua
saída, cientemente entende da declaração do treinador o que quis entender, ou
seja, ratificou a banal motivação da “quebra de hierarquia” como declarou a
diretoria.  

E o “projeto”?  E a estrutura profissional que querem
implantar no clube depois de anos de amadorismo e superficialidade? 
E agora? Novo técnico, elenco reformulado, e o discurso
de um novo “projeto” … a mesma rotina dos tempos mustafianos?  

*  E quanto
ao  pipoKeirrison? Convido os palestrinos a não terem saudades
desse jogador que usou o Palmeiras como trampolim para arrumar um clube Europeu.
Um jogador  sem personalidade e que foi
sempre  indiferente à camisa. Porém ele
mostrou  que, definitivamente,  o futebol 
mudou. Nos anos 60/70 o presidente de um clube tinha poder de vida e de
morte (esportiva) sobre o jogador. Ainda o dono do futebol é o procurador: é
ele que determina se Kaká vai ao Real, se Ibra deixa a Inter, se Fabregas
fica  no Arsenal.  Por isso (com a devidas exceções, de poucos
atletas como o nosso Marcos, como Del Piero na Juve,  Maldini no Milan ou Zanetti na Inter) quando
vejo esses mercenários beijarem o brasão da camisa fico bravo, e dou rsadai
para não chorar!   

*   
Lamento muito por não ter escrito sobre o troca – troca italiano mas sentia
a necessidade de comentar  o afastamento
de Luxemburgo.
E, sempre, força Palmeiras .

*    PS:  nem
Muricy nem tampouco Abel ou Dorival. A melhor opção para o Verdão  seria Mano Menezes.

Abç, Carmine.

35 respostas em “Pausa para o mercado italiano: a visão de fora sobre a demissão de Luxemburgo”

Excelente análise. Só faltou comentar das eminências pardas que ainda influenciam negativamente no futebol do Palmeiras, o famoso o “double” M: Mustafá e MV. O primerio atua no bastidor plantando notícias e inflamando os suas marionetes. O outro insiste em ser porta-voz desautorizado de 15 milhões de palmeirenses, esquecendo-se do Palmeiras e sempre olhando para o próprio umbigo.

Não é simples acaso! Não era uma bola jogada para a área, sem olhar, sem um posicionamento do ataque. Ou você acredita que a coisa era simples e apenas um bom cruzamento do Jorge Wagner desviado ao acaso? Aí sou eu que afirmo não saber se a coisa era bem assim… ou então eles tiveram 3 anos de muita sorte e aí eu retiro o que eu disse.

E a defesa? Não era bem treinada, não era bem postada?

Sei lá. Fez um belo trabalho no Náutico, no São Caetano, no Internacional e no São Paulo.

Difícil criticar ou não enxergar méritos nesse cara.

30- Eduardo que jogada ensaiada o Muricy tinha?
cruzamento na area e gol. Qualquer falta bem batida por Jorge Wagner era ensaiada? não sei se é isto não hein

Carmine, sobre o Muricy, a questão não é COMO ele venceu. Se foi com gás d epimenta, com pilha, com “apito-amigo”… a diferença é que o cara TREINA!

O São Paulo, ganhando roubado ou não, tinha padrão tático definido. Jogadas ensaiadas. O time tinha uma defesa consistente.

Alguém aqui vai contestar isso?

O clamor vindo da arquibancada por Murvi Ramalho não leva em conta se até semana passada ele era bandido ou anti-herói. Leva em conta que é um técnico trabalhador, um cara que coloca ordem na casa, fala grosso com os jogadores e com a imprensa.

Só isso.

Parabens Carmine vc foi sensacional, a respeito do projeto e erros de Belluzzo, o Luxa só falou a realidade com a demissão de Luxa ficou parecendo que o Belluzzo gosta de empresarios. E na verdade ele não teve peito pra fazer o que o Luxa fez, verdade o que vc diz e o projeto? vamos começar um novo projeto pro ano que vem enquanto isto os gambas, bambis e lambaris deitam e rola nos titulos que disputam e a gente sempre entrando com coajuvante. Concordo que Mano Meneses tem um estilo parecido ao de Felipão. E concordo 100% o que falou

Quanto à demissão do Luxemburgo: o erro não foi interromper o projeto no meio. O erro foi no desenho e principalmente na condução do projeto! Porém uma vez que os comandantes finalmente perceberam o erro, a única coisa certa a fazer foi mesmo dar uma guinada pra tentar corrigir o rumo.

Com todo o respeito àqueles que discordam, não mexer no técnico a essa altura do campeonato seria o mesmo que o comandante de um navio decidir não mudar a rota para evitar um iceberg logo à frente, tudo isso sob o pretexto de seguir o plano de navegação à risca.

Infelizmente nossa diretoria de futebol deixou uma raposa tomando conta do galinheiro. Não só isso, a raposa ainda fez uma série de exigências sobre a qualidade de nossas galinhas e do galinheiro, e nossa diretoria as aceitou sem questionamento nenhum…

Infelizmente o brilhante Belluzzo, que está trazendo o nosso Palestra para o século XXI após uma década de atraso, erra demais ao confiar e delegar poderes ilimitados ao Cipullo e companhia. Ele poderia aproveitar a oportunidade e fazer uma limpa na diretoria de futebol também.

Ninguém questiona que o Cipullo quer o melhor para o Palmeiras, mas os erros foram tão grandes e grosseiros que ele não pode passar “impune”, até para que os erros não se repitam. Ninguém em sã consciência deixa um cleptomaníaco sozinho com um cofre aberto, mas foi mais ou menos isso que o Cipullo fez. O Luxemburgo deitou e rolou e ninguém levantou a bunda da cadeira pra falar um “a”. Em que outro time do mundo o técnico pode chamar o Diretor de Planejamento de oportunista, comentar o jogo do próprio time na televisão e trazer jogadores de qualidade duvidosa, preterindo pratas da casa de melhor condição técnica, tudo isso sem ser questionado, cobrado, sacado?

Tudo isso sem falar na falta de força do Palmeiras nos bastidores, mas isso é um problema que vem de longa data. Ainda assim, percebe-se que o Palmeiras se mexe com a agilidade de uma tartaruga para resolver esse problema.

__________

Concordo com o Haroldo Zaniboni. Ortigoza de titular já! Ele é muito mais jogador que o Willians (ainda que com características diferentes).

O Post foi muito informativo, porém o que levantei de informação para a saída do “profexô” foi a questão que ele não ganharia nada nesta venda, aí foi que ele ficou irado e ao invés de discutir este assunto apenas internamente abriu a boca, o que em uma sociedade democrática é possível, porém numa hierarquia de empresa é um desacato, há assuntos que devem ser tratados internamente justamente para você não expor sua empresa para os competidores, mostrando assim suas fraquezas.

Com relação ao Mano, é um bom técnico mas não vamos esquecer que é farinha do mesmo saco tem jogador no Gambá que foi contratado por indicação dele, teve amigo do Mano que deu dinheior aos Gambás, como disse farinha do mesmo saco do Luxa, fora que é um retranqueiro de marca maior, sua grande virtude é montar times com excelente sistema defencivo, como o Felipão faz e que em nosso Palmeiras é o lugar mais deficitário, então teríamos alguem para corrigir nossas falhas porém com conteúdo igual ao Luxa, um verdadeiro mercenário.
Quanto ao Keirrison se o Ortigoza começar a jogar não sentiremos falta agora se o TAl de Williams for mantido no time vamos ter muitos posts de reclamação.
Todos estão reclamando do Jorginho mas nem tempo de treinar teve sei que não é hora de efetivá-lo mas pelo menos já apareceram algumas caras novas.

Mais alguém ai questiona o trabalho do mano? Retranca? Vi ontem um time muito determinado, defesa bem postada e boas alternativas de ataque e contra-ataque.

Gostaria de parabenizá-lo pelo post, concordo com tudo, em gênero, número e grau. Quero acrescer que pelos comentários aqui vistos desde já teremos os mesmos problemas, afinal nunca damos crédito a ninguém, de que adianta um currículo invejável se na hora do “vamo vê” o resultado é o pior possível, mal temos o substituto para o VL e já estamos enchendo os candidatos de defeito.

Fora o Felipão, todos os outros técnicos têm seus defeitos:
– Muricy é ruim nas substituições e não gosta de jogadores da base.
– Abel não é nenhuma sumidade tática.
– Dorival Jr. nunca treinou um time realmente grande.
– Mano Menezes é retranqueiro, sim, quando joga fora de casa.
Então, qualquer um será uma aposta com algum risco de não dar certo.
E não adianta falar em DNA Bambi do Muricy. Ele defendia as meninas. Fazia o que tinha que ser feito. Ou ninguém se lembra do que o Felipão fazia quando defendia o Grêmio, antes de vir pra cá?

enqnto isso:
O estudiantes passa facil pelo timeco do nacional…

realmente perder o Kleber foi pessimo…

galera eu nao sabia… mas esses “malaquias” sao os mesmo empresarios do Dagoberto qndo dakele rolo com o Atletico PR…

po e NINGUEM da nossa diretoria nao sabia q esses caras tem a ficha suja e gostam de puxar o tapete….

tem q ter atencao com os empresarios tbm…

ouvio o Benja no estadio 97 dizendo q o andre santos e o Diego Souza ja estavam vendidos para a Europa…

se isso acontecer mesmo… a casa cai de vez dessa diretoria…

abracos

Carmine e amigos Palestrinos

Na minha modesta opinião, não dava mais para continuar com o Luxemburgo. Só achei que a demisão foi em hora errada, o que abriu mais precedentes para que essa decisão tenha sido tão questionada. Devia ter sido demitido quando foi eliminado da Libertadores. E o safado ainda veio fingir que não sabia que o pipoqueiro tinha sido afastado. Como manter um cara desses treinando o Palmeiras? Ele praticamente obrigou o Beluzzo a demiti-lo com as declarações absurdas e mentirosas. Vou mais além, qualquer técnico ganhava o Paulista que o Luxemburgo ganhou em 2008. Olha o timaço que nós tínhamos, só pra lembrar as peças principais: Marcos, Pierre, Valdivia, Kleber Gladiador, Henrique e Gustavo, a dupla de zaga que o manager desmanchou aí a vaca começou a ir pro brejo (deu aval para a negociação do Henrique e dispensou o Gustavo pra trazer Jeci e Gladstone). Vou parar de falar do Luxemburgo, senão o comentário vai ficar do tamanho da lista telefônica.
O Muricy que a torcida quer não é o bambi que ganhou títulos de mentira, comprados. É o Muricy campeão paulista com o São Caetano, eliminando justamente os bambis em pleno morumbicha, é o Muricy que seria campeão brasileiro com o Inter, não fosse o tal de Kia comprar (ou roubar) aquele campeonato pros gambás. Quem vai pro SPFW fica contaminado mesmo, fica deslumbrado, acredita em todas as farsas que os bambis impõem como verdades, com ajuda da mídia. Agora ele saiu dos bambis. Eu creio no profissionalismo dele. A história do gás ainda está muito mal contada até hoje, não podemos julgar o Muricy culpado por nada daquilo na minha opinião. E no caso da pilha pra mim a responsabilidade é toda do Tosco, que devia ter sido banido do futebol como foi o Rojas.

Sobre o Beluzzo, eu também tenho muita confiança na capacidade e competência dele. Mas ele também erra, afinal é um ser humano. No caso específico da demissão do lux… acho que ele errou na demora em demitir, mas errou por tentar manter o tal planejamento, ou pelo menos cumprir o contrato com o treinador. Quem sabe o time não se acertava e brigava de verdade pra ser campeão brasileiro? Aí o ménejer deu uma bicuda no balde. Então não culpo o Beluzzo nesse caso.

Quanto ao pipokeirrison assino embaixo o que você escreveu Carmine.

E só complementando o comentário #14 do Elio, a prova de que foi um erro insistir com o Luxemburgo por tanto tempo são as contratações péssimas escolhidas por ele próprio. Afinal a Traffic trouxe grandes jogadores pro Palmeiras como Henrique, Diego Souza, keirrison (que nos enganou, mas aí a questão é de caráter do jogador), então a questão não é que a Traffic contrata mal, a questão é saber escolher.

Saudações Alviverdes

Realmente, Muricy não dá…. e o pior é q está nos braços duma galera! Gostaria e muito do Mano… mas nossa oportunidade de contratá-lo já passou, e foi há mto tempo… hj não tem chances, mesmo que perdesse a copa do brasil.
Enfim, não sei mesmo q bicho vai dar…
Abraço

A BURRADA DO SÉCULO FOI O KLÉBER..!!!

DIRETORIA BURRA, SEM VISÃO..!!!

ofereceram merreca por ele, foram na laia do professô, os sem visão, burros e inocentes…

o kleber é isso e mais… um baita jogador, não pipoca pra ninguém…

e não quiseram ele não… torcida inocente tb, um time que paga mais de 1 milhão pra uma comissão técnica por MÊS… 2 milhões pra 20% de um pipoqueiro porque num pagaria 10 milhoes por um ídolo…. e hoje ele vale 30…!!

ninguém foi la negociar, propor negócio, nada, e cadê o investidor do toninho..?? ridículo

na visão deles e do professô, willians e k9 seriam campeões do brasil e da américa…
cai na real…!!

Mas tá blz, vamos de Obina de graça, ortigoza, nessa pobreza vamos longe..!!!

E tá certo sobre o mano..!!! campeao paulista e depois mais seriedade … copa do brasil e vão fiar na nossa frente no brasileiro…. podem apostar…
o mano é sério, não como o safado de madureira

aqui o safado ganhou o paulistinha e no segundo semestre foi aquela vergonha..!!!

o marcos foi cabecear na area dos caras aos 28 min do jogo porq…?? tava tudo uma maravilha?

PARABÉNS BELLUZO…!!!

Pipokeirrison (muito bom e adequado) Luxemburgo e a janela aberta. Tem mais alguém que queira cair fora?
Então já pega o boné e se manda, porque a hora é agora.
Desculpem-me os pares, mas eu já não estou mais suportando ouvir a palavra “planejamento”.
Planejamento de quem? Do Clube ou da Parceira? Se for o da parceira tá certinho. Ela não perdeu um único centavo, pelo contrário. Já o nosso, não digo nada. Deve haver um plano para sair do atoleiro. Pensando bem, sem o pofexô e sem o PipoK estamos beirando a meta de redução de custos no departamento. Um técnico na faixa inferior a 100mi/mes vem bem a calhar. Então vale o comentário que fiz anteriormente em outro post, que repito aqui:
“Seja quem for o novo técnico, este deverá saber que o grupo de atletas está unido, tem uma liderança pacífica e incontestável (Marcão) e estará pronto para carregá-lo no colo se precisar.
Inadmissível a postura o Palmeiras diante do Murici, do mesmo modo que inadmissível é a postura do Dorival Jr. diante do Palmeiras. Ambos sabem que são segunda opção.
Devemos nos lembrar que existem bons treinadores disponíveis, que sabem trabalhar bem com o grupo pronto, não inventam e não pretendem ser mais “estrela” que os jogadores, como tivemos em duas recentes experiências.
Se de fato existe um projeto para o futebol do Palmeiras, o novo treinador deverá ser alguém que se encaixe nesse projeto e não se sobreponha a ele.
O time tem que ter a cara do Palestra e não a do treinador do momento.
O Palmeirense não se importa em engolir Wendell, Souza, Lovinho, Felipe, Sacconi, etc… desde que não tenha que engolir Tiago Cunha, Evandro, Preá, Capixaba, Gladstone, Jumar, Mozart, e outras “invencionices de pofexô treinero”.
O Pofexô foi um blefe. Qualquer par de Valetes leva a mesa.”

Belo post!
Parabéns!
Só discordo do Mano Menezes…é bom técnico, mas de canalha e mau caráter que paremos no Luxa!!!

Belo post!
Parabéns!
Só discordo do Mano Menezes…é bom técnico, mas de canalha e mau caráter que paremos no Luxa!!!

Carmine,

Acho que voce lembra de mim. Sou aquele torcedor da Lazio.
Quero dizer que admiro muito voce por tudo que escreveu neste post|!!

Parabens!!!

Esse safado simulou um vomito na nossa casa se dizendo vítima do gás. Maldito!

Estou vendo que esse muda Palmeiras esta mudando o Palmeiras para o mesmo. Ou seja, promessas e mais promessas.

Abraço ao fratello!

Boia Chi Molla!!!

Complimenti, Carmine!
Boa análise. Mas existem algumas ponderações a serem feitas:
Luxemburgo pregava um profissionalismo que não exercia. Ele deveria dar o exemplo. Deveria ter tido foco, coerência, um pouco mais de dedicação e paixão não só ao clube, mas à sua própria profissão. Há muito tempo ele não era treinador.
O sujeito está claramente debilitado por algo que desconhecemos. Mas é absolutamente evidente.
Quanto ao planejamento, indago: de que adianta ter um parceiro, se o treinador só faz escolhas duvidosas e equivocadas quanto a jogadores? E mais: duvido que, com Luxemburgo, o Palmeiras seria campeão. Não via como. Ano passado nos classificamos na bacia das almas para a Libertadores. Então, para quê esperar o capo d`anno para mandar o sujeito embora?
Se for para mudar, que se mude agora e, pelo menos, há chances de vitória e colheita de um 2010 melhor.
Mas, isso é só a minha opinião.
Avanti Palestra!

Quais ops grandes feitos do Sr. Mano Menezes para tantos o quererem???
Bicampeão da Série B??? sendo a conquista com o grêmio na bacia das almas e graças ao super árbitro…
Campeão gaúcho??? se colocarem um poste treinando inter ou grêmio a chance do poste ser campeão é de 50%!!!
Bi-vice da Copa do Brasil??? na primeira perdendo pro time do nelsinho batista e do carlinhos mala depois de ter vencido em casa por 3a1!!! e hoje se Deus quiser, perdendo pro inter por 4a0!!!!

Não seria bom… Seria ótimo! Não dá mesmo pra chamar de retranqueiro. João, o cara faz milagre… Já que o Felipão não vem MESMO (ele se apresentou hoje pros caras do Uzbeq), um cara parecido com ele, bem que poderia! Ah, ….. esse milagre eu queria!!! (Internacional 4 x 1 Corinthians e Mano no Palestra!!!!) Putz, aí não ia ter quem nos segurasse!

Uma pane igual a 98 Seria bom em Fabiano?

Quanto chamar de retranqueiro um técnico cujo time só perdeu um único jogo em 2009 (tô contando apenas jogos com time titular), acho equivocado.

Entre um técnico Bambi e outro Gambá, o PIOR é que eu fico com o gambá. Ele não é retranqueiro. É só olhar os ultimos jogos dos caras. Nos ultimo 6 meses, os gambá tem tido um aproveitamento muito bom. Ele até pode ser retranqueiro. Se fosse ele, depois de ter marcado 1×0 no Nacional, não teriamos tomado gol achado, pelo menos. Gosto do Mano pelo Milagre que ele fez com aqueles pernas de pau. Os caras hoje tem o que o Verdão não tem: Padrão de Jogo. Eu prefiro jogar bonito, mas quando o Felipão ganhou a Libertadores “na covardia”, nós todos gostamos. Não era o futebol mais vistoso do mundo, mas ao menos, fomos campeões.

João, você tá certo… Acho melhor também torcer pro Ducho ter … Algo assim, parecido com 1998.. numa certa final… Que tal?

Pelo amor… Mano Menezes foi duro de ver… retranqueiro, faz o time jogar de maneira covarde. Peço desculpas, mas se ele for para o Palmeiras, seria a mesma coisa que ver o Dunga na seleção… não da nem vontade de torcer.
Ficar atrás dando chutão para ouvir a torcida gritar é coisa de Gambá… Palmeiras é Academia… prefiro perder buscando a vitória, jogando um futebol vistoso do que ganhar na covardia.

Acho difícil vir o Mano. Porque será igualmente difícil os gambás perderem essa taça (lógico minha torcida é pelo contrario), fundamento essa minha opinião num único jogador: ronalducho! É nestes jogos que sua aura mágica costuma aparecer, num único lance. Espero que hoje não seja dia dele, senão esquece.

Acho que ficou claro porque a demora da autorização final da prefeitura ocorreu, não?

Ainda só mais uma coisa: A Arena saí e vamos sediar jogos da Copa, porqueo GOVERNADOR de um Estado como São Paulo é muito mais forte do que um Prefeibambi da cidade de São Paulo.

Enfim, alguem com quem posso compartilhar meus pensamentos!!! No dia que soube da queda do Luxa, meu comentário no post foi exatamente esse!!! Muriçoca, NUNCA!!! Esse cara é impregnado da alma “bambi”. Eu o detestava ontem, e hoje mais ainda!! A “fidelidade” dele aos bambis me enoja! Os caras devem salários e outras coisas, o anão de jardim vai ao rádio falar que o Palmeiras não é time pra ele e o Muriçoca fica quietinho…. Não quer atingir o clube do Privadão… É brincadeira!!! Concordo com todos os sesus comentários, mas ainda acredito no Beluzzo e no Cipullo. Talvez, digo, talvez, eles saibam de algo que nós não saibamos. Meu desejo mais forte é que seja hoje Internacional 4 x 1 Corinthians. Os caras fiquem loucos e amanhã o Mano esteja desempregado… Porque no Sábado ele é do Verdão!!! Repito: Se ele fez milagre com aquele timinho dos gambá da segundona, imgine o que ele não fará por nós!!!! Nossa equipe é 100% superior aos gambá da segundona!!! Aqui tem estádio (em breve ARENA), apóio, estrutura e investimento. Ele vai arrasar!! Vou querer um agasalho do Verdão se eu estiver certo!!! Nessas condições seremos Tri da Libertadores e Bi-Campeões do Mundo!!!!!!! Sei que estou sendo otimista demais… Mas sonhar ainda não paga imposto!

Carmine, por partes:

Preâmbulo: concordo com vc que ele errou, pois é um ser humano, todos nós erramos, ñ é mesmo?? Apenas não concordo quando vc fala que ele bobeou ao ñ adquirir o Kleber! Tenho certeza que ele queria contrata-lo mas como faze-lo sem a grana que os Ucranianos queriam ou seja 8 milhões de euros???

Como vc comemorei e ainda comemoro a eleição dele pois é uma pessoa bem acima da média em todos os sentidos, é um grande palmeirense e tenho certeza que será lembrado como um dos maiores presidentes que nosso time já teve.Prefiro que ele não contrate o Kleber , mas no fim de seu mandato deixe um clube com as contas em dia(muito difícil disto acontecer) em vez de deixar o clube mais endividado do que já está.

Quanto ao projeto, ele continua, o projeto não depende do técnico que saiu, é muito mais abrangente que apenas garantir a permanência do professor de poker e olha que eu era um dos que mais defendiam a permanência do “prefexor”.
A Arena será construída e teremos um fonte de renda para sempre e este sim é o nosso maior projeto, na minha opinião, fora que os patrocínios estão cada vez maiores, tudo isto fruto da credibilidade que nosso presidente empresta para nossa sociedade!!

Com certeza a demissão do Luxa não foi só por quebra de hierarquia, teve muito mais razões, mas agora já faz parte do passado…

Respeito muito a sua posição, já que na maioria das vezes quem esta de fora do olho do furacão, vê as coisas muito mais claras que nós e é muito importante a sua visão de além – mar!!

Grande abraço!!

Excelente texto.
Ótimo nome só que acho muito dificil, ou mais impossivel, sair dos Gambas.

Muito boa análise. Essa esquizofrenia palmeirense cansa. Muricy era o vilão há até poucos dias, agora é herói. Belluzzo chega unânime, mas parece que aos poucos começa a ser tragado pelo moedor de carne que é este “clube de babel”. A falta de profissionalismo em nosso esporte é epidêmica mesmo. Keirrisson desonrou o clube e a torcida, mostrou o que quer. E a penúria de nosso clube abre as portas para aventureiros. Ruim com Traffic, pior sem… Já começamos a ter várias promessas que não se realizam: estádio que não sai do papel, profissionalização do clube idem, time forte idem. A torcida está ávida por amar o clube, mas parece que isso é pouco, o que importa é ser do Conselho, participar das bocas-livres e ver jogos de costas, dentro dos camarotes….

Os comentários estão desativados.