Categorias
Resenha dos Jogos

Análise de Arbitragem R19 – Palmeiras 1×1 Botafogo

Por Danilo Cersosimo

Num Palestra Itália
lotado o Palmeiras vacilou e apenas empatou contra o fraco Botafogo. 

O árbitro Cláudio
Mercante (PE) e seus auxiliares, fizeram uma arbitragem ruim, tanto nos aspectos
técnicos quanto disciplinares. Além disso, é o tipo de árbitro “coluna do
meio”, que reza para o jogo terminar empatado. 

Frise-se no entanto, que
o referido juiz errou para os dois lados e o mau resultado não pode ser
colocado na conta dele.

Três lances me chamaram a
atenção de maneira mais aguda: o pênalti de Pierre sobre Lucio Flavio [que
valoriza, mas que de fato aconteceu a carga do palmeirense], o impedimento
marcado contra o Palmeiras que culminaria em gol [mas que praticamente não teve
repercussão na mídia] e a voadora de Leandro Guerreiro em Pierre [punido apenas
com amarelo].

***

Acompanhei a partida
entre Sport e SPFC e gostaria de destacar a atuação do árbitro Sandro Meira
Ricci, que não teve medo de expulsar (corretamente) os dois zagueiros sãopaulinos
e acertou em cheio ao expulsar o atacante Wilson do Sport numa tentativa tão
patética de simular um pênalti que deveria pegar uns 6 meses de suspensão.

Destaque negativo para a
cera feita por Miranda ao deixar o gramado após sua expulsão – esse tipo de
comportamento também deveria ser punido pelos tais tribunais.

***

Noto reações exageradas
por parte de alguns torcedores do Palmeiras tanto em relação aos últimos 3
empates quanto em relação a arbitragem dos dois últimos jogos.

Não é pra tanto. Sem
dúvida os resultados foram ruins, mas imputar nosso “insucesso” aos árbitros é
um exagero.

Não vi os alegados três
pênaltys não marcados a nosso favor na partida contra o Atlético – eu não teria
dado nenhum.

Também não acho que as
falhas do árbitro do último jogo expostas acima sejam a causa do empate contra
o Botafogo – que veio com o terceiro goleiro e 5 ou 6 desfalques.

Os erros mais graves
desses últimos 2 jogos foram de nossos atacantes, que finalizam muito mal e de
falhas individuais do setor defensivo.

Acredito que tudo isso
vai melhorar assim que o trabalho do treinador começar a surtir efeito, mas até
lá seria bom que os torcedores mais passionais tivessem menos crises com
complexo de inferioridade, de perseguição e coisas do tipo.

Assim que a bola começar
a balançar a rede e as vitórias vierem esses erros de arbitragem serão
minimizados e ninguém mais lembrará de tocar nesse tipo de assunto.

***

10 respostas em “Análise de Arbitragem R19 – Palmeiras 1×1 Botafogo”

Eu não achei penalti do Pierre contra o Botafogo. Ele toca com o biquinho da chuteira na bola. o Lucio Flavio tentou ser malandro.

Olha sinceramente tambem não vi erro na arbitragem não, não podemos maquear os tropeços que tivemos, agora é levantar a cabeça pq temos um jogo muito dificil contra o Coxa, já que temos desfalques importantissimos. Mas vamos atras dos 3 pontos é disto que precisamos, se a gente fizer nossa parte que se dane os outros. Mas se a gente não fizer…

Os impedimentos contra a gambazada foram de doer, mas como demos uma lavada neles, passou batido.
O único erro grave que realmente nos prejudicou muito, digno de punição pesada, que vi nos últimos jogos, foi o pênalti que o Roman marcou para o Goiás.
Teve ainda o pênalti em que o Renan do Atlético-MG botou a mão na bola, mas, como a falta que originou o pênalti não aconteceu, acho que dá pra dar um desconto.

Pessoal, vocês tem razao quanto aos erros apontados acima, realmente alguns deles foram grosseiros e nos prejudicaram [contra os Bambis, Atletico-Pr e Goias], MAS também fomos favorecidos escandalosamente contra Vitória e Cruzeiro aqui no Palestra com uma bola que entrou para o Vitoria e o bandeira nao deu e uma que nao entrou contra o Cruzeiro e o bandeira deu gol pra nós.

Mesmo nos jogos onde fomos prejudicados, os citados acima, cometemos muitos erros e MESMO com os erros da arbitragem tínhamos obrigação de ter jogado melhor (e quem sabe ter tido melhor resultado).

Obroigado pelos comentarios!

Também acho, temos que dar tempo ao Murici que tudo vai se resolver. Sem dúvida temos o melhor técnico do Brasil, e só precisamos do Wagner Love para fazer gols, porque nossos atacantes …..

Danilo, acho que todos os lances de penalti – tanto os 3 contra o Atlético, quanto o a favor do Botafogo e o outro a favor do Goiás – são interpretativos… discutíveis… possíveis… ou seja: realmente não podemos reclamar.
Mas os impedimentos do Palmeiras quase sempre são marcados errados, enquanto os duvidosos a favor dos adversários são milagrosamente sempre acertados…
Acho que esta é a grande diferença… mas você tem razão numa coisa… não são as arbitragens que fizeram o Palmeiras perder vários pontos neste final de primeiro turno… foram os péssimos chutes e dribles de nosso time!
Só espero que o Muricy resolva logo este problema para podermos voltar a dominar este campeonato e exterminar esse Jason de pantufas…
Abraços

Fora o jogo com o freguês fiel, que o placar escondeu as cagadas do juiz.
Fraco demais.

Danilo, calma lá!! Não imputo aos arbitros a sequencia desastrada do verdão nas últimas rodadas, porém, quando o time estava embalado, na era Jorginho, fomos garfados e a torcida apontou os erros de arbitragem como a causa dos tropeços.
Vitórias virão, mas não podemos nos calar, como quando perdemos 2 pontos para o patético na baixada(golaço do Obina anulado), ou quando fomos roubados em casa na sequência (acho que foi Goias), ou mesmo quando nos tomaram 2 pontos contra os bambis malditos em pleno Palestra. (detalhe que o dagobosta tomou penalty parecido porém menos acintoso e foi marcado). Então, não vamos deixar que os resultados nos ceguem diante dos absurdos que vemos por aí.

Danilo, mais uma vez irretocável sua análise. Parabéns. Reclamar de arbitragem agora é farinha no ventilador para fazer “neblina”. Abraço!

Os comentários estão desativados.