Categorias
Opinião

OPINIÃO DO CRISCIO: detalhes versus o todo

POR VICENTE CRISCIO

Nada como um dia após o outro.

Mas neste sábado, quando aos 43 minutos o Inter de Porto Alegre descontou, me veio à mente a canção de Roberto Carlos, Detalhes.

Nossa vida – pessoal, profissional, afetiva, esportiva – é cheia de detalhes. E muitas vezes por conta de um desses detalhes nós mudamos a história. Pro bem ou pro mal. Justa ou injustamente.

Por exemplo, uma decisão precipitada no seu trabalho e você pode precipitar sua saída. Ao contrário, uma ação às vezes aparentando ser corriqueira, simples, e você ganha pontos com seu chefe e abre caminho para uma promoção.

No futebol também é assim. Aliás, acho que é assim à enésima potência. Vejam os 5 últimos jogos do Palmeiras.

Contra o Grêmio, até os 20-30 minutos do primeiro tempo, o Palmeiras poderia ter feito 2 ou 3 gols. Não os fez por um detalhe de finalização. Em seguida, em uma falta (por sinal mal marcada) Ortigoza reclamou da arbitragem e o Grêmio se aproveitou para atacar. Fez 1×1 e a história do jogo mudou ali.

Contra o Atlético MG, Cleiton Xavier, por duas vezes, teve as chances da vitória. Não marcou por um detalhe.

Contra o Botafogo? O detalhe do lance de D. Souza, livre na cara do gol. E o erro! Coritiba? Bastava Marcão chegar 1 segundo antes na frente de T. Gentil e o pênalti não seria inventado pelo árbitro.

Mas voltando ao jogo de ontem: o detalhe quase nos matou. Depois do gol colorado tivemos dois ou três lances de perigo na área palmeirense. E a bola caprichosamente não entrou. Por detalhes…

Fico imaginando os dois cenários. Qual a repercussão dos posts e comentários se um ou dois detalhes dos jogos anteriores fossem diferentes? O palmeirense ficaria tão frustrado ou crítico? Ou – no caso de ontem – ficaria tão entusiasmado?

E o que mudaria do ponto de vista de desempenho do time palmeirense na tarde-noite deste sábado se o detalhe estivesse contra nós no escanteio aos 48 do segundo tempo?

Já disseram, o diabo mora nos detalhes. E às vezes damos pouca atenção a eles, quando devíamos nos preocupar com o todo.

Ou às vezes damos atenção demais às consequências deles.
Na vitória ou na derrota.

Saudações Alviverdes!
Vamos atrás desse título, porque como diria “Coach Carter” no filme homônimo,
“não é porque merecemos essa vitória que ela será dada a nós;
teremos que arrancá-la”.

17 respostas em “OPINIÃO DO CRISCIO: detalhes versus o todo”

Vicente,

Muito inspirado seu comentário. Sensível.

O detalhe é que: ESTAMOS SENDO ASSALTADOS TODOS OS JOGOS!

Acredito que voce tenha uma opinião sobre o assunto. Por que estamos sendo roubados?

Uma explicação cairia bem.

Saudações alviverdes.

Você está certo, engraçado que pensei algo parecido :)…
Aliás, aquele gol perdido do Diego Souza contra o Botafogo, que fez com que muito torcedor o fizesse de carrasco do time durante a semana, foi numa jogada muito semelhante com aquela do gol que ele fez contra o Sport na ilhinha, naquele jogo em que tornou-se idolo para mim e muitos outros… Estava vendo esse gol no sábado e pensei que por detalhes o goleiro não pegou, como o do Botafogo, o que não iriam dizer hein…

mas voltando ao jogo de sábado, como ganhar é bom hehehehe

Falou tudo Vicente.

Esta vitória foi muito importante, principalmente por que o Inter tem jogos a fazer.

Nossa torcida é feita na maioria de Cavaleiros do Apocalipse, sempre prontos para apontar erros claros que são os mais fáceis de serem apontados, mas este torcedores ficam bem mansinhos quando são pedidas sugestões para a melhoria da gestão, ou seja, destruir é fácil, já construir é que são elas.

Julgar uma gestão, apenas pelos resultados obtidos dentro do campo, me parece uma grande injustiça, como você bem escreveu, futebol se ganha nos detalhes e quem administra o futebol não pode levar em conta estes detalhes, tem que pensar a longo prazo, como o prof. Belluzzo tem feito, sem se preocupar muito com a turma do amendoim do Palestra ou daqui do 3VV, que só aparece quando nosso time perde ou empata em casa.

Como já estou “velho” aprendi com o tempo, a ser torcedor apenas durante os 90 minutos de jogo, depois penso com a cabeça de dirigente, a longo prazo , SEMPRE, assim eu não me iludo com as grandes vitórias, fico muito feliz e comemoro.Já quando perdemos algum jogo ou campeonato, não fico tentando achar culpados e nem enxergando fantasmas onde não existem, foi apenas mais uma derrota, como outras que já aconteceram, sem desepero, começo a analisar o que será necessario fazer para melhorar, para estas derrotas não acontecerem novamente.

Esportista que sou, primeiro aprendi a perder, para depois aprender a ganhar que é muito mais fácil. A derrota mostra claramente os erros e são necessárias para o aprimoramento, as vitórias servem para melhorar o ambiente e unir cada vez mais todos em torno de um objetivo.

Vamos com tudo para cima das bibas(se bem que assim elas gostam) e tentar marcar pontos, já que o Goiás esta encostado, mas pegam o Inter no Beira Rio, com certeza vão perder pontos, temos chance de disparar, já que depois das bibas vamos encarar o Barueri em casa.

Abraços!!

Sim, temos que ir em frente, buscar este titulo. Nunca reclamo nem ofendo a instituição Palmeiras ou qualquer um que ali trabalhe, minha única crítica e que vai continuar enquanto ele estiver aqui será contra o JUMAR. É impossivel que pessoas que entendam de futebol mantenham este rapaz, antes achava que era coisa do Luxemburgo mas agora fico preocupado. Conheço gente que conhece de bola e sai do estádio toda vez que ele entra em campo. Para os que entendem mesmo, peço para que assistam as partidas dele e vejam como ele desestrutura o Palmeiras cada vez que entra… o jogo estava morto.. a entrada dele gerou um gol e deu animo para o Inter vir pra cima… vamos cuidar disso enquanto ainda é tempo. Não precisamos do JUMAR, deixa o time com 10 em campo que é melhor… no mais, sem a presença dele, o time será campeão.

É VICENTE, QUASE QUE EU JOGO MEU RÁDIO NA PAREDE. AI COMECEI A PENSAR. SERÁ QUE VAI ACONTECER DE NOVO?? MAS NÃO, AQUI E VERDÃO PORRA. SE CUIDA JASON, DOMINGO É O DIA DE VOCÊS BICHARADA. É HORA DO MURIÇOCA TAPAR A BOCA DO DAGOBERTO (MARTA SUPLICI), HUGO E MIRANDA QUE O CRITICARAM. ABRAÇOS PALESTRINOS.

Por isso que cada ponto perdido ou ganho por causa da arbitragem tem um peso enorme na sequência do campeonato e por isso mesmo devemos exigir sempre arbitragem profissional, com critérios mais claros( e menos esse bla-bla-bla de interpretação) e com auxílio dos recursos eletrônicos cada vez maior, porque detalhe nos olhos dos outros é refresco.

Detalhes decidem um campeonato… principalmente os detalhes consecutivos de arbitragem.

Gilberto #8 se isso realmente acontecer, daí é perseguição mesmo e pior, descaradamente com o intuito de ajudar os bambis.
Mas não acredito que haja neste lance, motivo para levar o Diego a julgamento.
Mas, mesmo assim, temos que ficar atento com esse Paulo Schmidt pois ele não vai com a cara do Diego Souza.

Será que aquele detalhe inúmeras vezes repetido em slow motion do entrevero entre o Diego Souza e o Sandro não vai chamar mais a atenção do Paulo Schimit do que o todo da caçada ao Diego Souza durante todo o jogo?
Um detalhe que pode fazer a diferença já na próxima partida, se uma denúncia conta DS chegar ao tribunal a tempo de ser incluída na pauta de quinta feira. Detalhes…

Um detalhe preocupante e que não deve ser esquecido são as arbitragens. Se o Palmeiras não tivesse sido tão prejudicado como foi até aqui, quantos pontos teríamos de vantagem hoje?
Diretoria, vamos botar uma pressão nessa arbitragem safada e incompetente!

Perfeito. Parabéns.
Detalhes fazem a diferença mesmo…se não tivéssemos perdidos os gols que perdemos nas últimas partidas, estaríamos bem mais folgados. Mas tambem, não sei se o time estaria com o psicólogico de ontem.

Vicente, pra mim a maior qualidade desse time é o espirito de luta de todos e que aflora as vezes alguma genialidade de 2 bons atletas de meio campo.
Por isso fica visível esse detalhe que voce disse ou pra mim o famoso altos e baixos…..no meu caso estou muito feliz pelos 3 pontos…mas temos que ser equilibrados nos comentários e analise do time….ganhou mas pra mim é notório que precisa de reforços……………………se não vamos perder até dezembro o resto dos cabelos………..

Se tivéssemos levado o empate no fim, o pós-jogo teria uns 200 comentários pelo menos.

Ahahaha, Coach Carter, ótima.

Yes, sir!
I want 30 push-ups and 10 suicides, right now!

Oh raios, é claro que damos atenção demais as consequencias dos detalhes que nos tomam 2 ou 3 pontos em um campeonato que o campeão costuma ficar 2 ou 3 pontos a frente do 2o colocado.

Esse time que precisa de reforços é o mesmo que jogou mta bola sob o comando do Jorginho e que deu show nos 1os 10 jogos da temporada. Alias, nessas 2 fases o PALMEIRAS jogou um futebol parecido, de passes rapidos e inteligentes.

E por esse texto, o q se ve é que escapamos de outro empate. Mas assim como não interessa pro campeonato qdo fazemos por merecer uma vitoria q nao vem, tb nao interessa quando QUASE deixamos empatar. VENCEMOS, 3 PONTOS E LIDERANÇA.

Essa sera uma semana longa, vamos limpando a faca de caça, ajustando a mira do rifle e juntando lenha para a caça ao veado.

Perfeito. Essa sequência ruim de 3 empates e uma derrota pela qual o Palmeiras passou foi exatemente isso, foi determinada nos detalhes. E por este momento de oscilação nos resultados, grande parte dos torcedores se esquecem do “todo” que foi feito até aqui, a liderança do campeonato, a grande campanha.
Um momento como agora temos que comemorar. O Palmeiras venceu um concorrente direto, reconhecidamente um dos melhores do campeonato. E num momento importante. Com os pés no chão, temos que comemorar e muito. Por que não acreditar? Só aparecer na hora de xingar?

Os comentários estão desativados.