Categorias
Direto da Fonte

Em fase de adaptação, Love ainda pensa em seleção e conquistar torcida

Agência Palmeiras
Fábio Finelli


 
O atacante Vágner Love concedeu entrevista coletiva na manhã desta
quarta-feira (10), na Academia de Futebol, e admitiu que ainda está
em fase de adaptação no Brasil. Segundo ele, o estágio ideal deverá
ser atingido na partida contra o Cruzeiro, remarcado para o dia 23
deste mês, no Mineirão.

“Na questão do fuso horário, já estou bem melhor. Mas ainda estou me
adaptando a carga de treinos e ao estilo de jogo. Contra o Vitória
já estou prevendo uma evolução, mas contra o Cruzeiro eu espero
estar no ponto certo”, explicou.

Segundo Love, a principal diferença entre o futebol russo e o
brasileiro está na postura dos jogadores dentro de campo. “Lá era
mais contato, mais força. Aqui o futebol está mais dinâmico e veloz.
Era assim quando eu comecei no Palmeiras [2003], mas eu estava muito
tempo fora e preciso me readaptar.”

Seleção – Esbajando bom humor e simpatia, o camisa 9 do Verdão
reconheceu que este ainda não era o momento de ele servir a seleção
brasileira, e aproveitou para elogiar a convocação do atacante Diego
Tardelli, chamado para a partida contra o Chile, nesta quarta-feira,
pelas Eliminatórias da Copa.

“Futebol é momento e, no momento, o Tardelli vive uma excelente
fase. É um dos artilheiros do Brasileiro e está muito bem. É verdade
que eu estava muito bem na Rússia, mas estou retornando agora ao
Brasil e preciso reconquistar meu espaço”, disse, sem descartar as
esperanças de estar na Copa do Mundo de 2010.

“O Dunga está fazendo um grande trabalho e eu fui bem testado
durante a Copa América. Estou chegando agora no Palmeiras, e se eu
for bem, sei que terei chances de ser convocado. A visibilidade aqui
é muito maior, mas é preciso ter calma e paciência para chegar à
seleção.”

Torcida – Passada a euforia de sua reestreia pelo Palmeiras e do gol
marcado diante do Barueri, na rodada do último final de semana,
Vagner Love agradeceu a recepção da torcida, mas admitiu que ainda
precisa de mais para reconquistar a massa.

“Foi uma recepção calorosa, sinceramente não esperava tanto carinho.
Mas sei que falta um pouco mais de mim para eu voltar a ser ídolo.
Só peço para a torcida esquecer qualquer episódio negativo que tenha
fica para trás, pois tive uma primeira passagem excelente pelo clube
e quero voltar a viver este momento.”

Uma resposta em “Em fase de adaptação, Love ainda pensa em seleção e conquistar torcida”

Love vai se entrosar e acredito que vá fazer muitos gols. Eu acredito no titulo e com muitos gols do Love.

Os comentários estão desativados.