Categorias
Opinião

Vamos entregar a vassoura para o sócio?

POR VICENTE CRISCIO

Meus caros palestrinos, essa tensão pré jogo que se estabelece geralmente aos domingos pela manhã me deixa pouco criativo para explorar qual tema será objeto da coluna.

Mas vagando na edição online da Folha de São Paulo de hoje me deparei com o Painel FC. Em dois parágrafos o colunista reportou que:

i. O Vice Presidente Clemente Pereira organizou jantar para 40 conselheiros articulando (de acordo com a coluna) para “detonar a administração Belluzzo”;
ii. O jantar foi pago por Francisco Busico, aliado de Salvador Hugo Palaia, que sonha em ser Presidente do Palmeiras.

O que mais me surpreende não é a manifestação de alguns já montando sua agenda para a próxima eleição. Surpreende isso sim o fato que Clemente Pereira foi eleito na chapa de Belluzzo. E agor articula contra ele. Mais ainda: Francisco Busico é Diretor de Orçamento, colocado nessa posição pelo Diretor Financeiro Fabio Raiola.

Quem acompanha as alamedas do Palestra (sempre carregando um bom comprimido de Plasil, just in case) sabe que a política do clube não é das mais arejadas. Não é um lugar, digamos, conveniente para abaixar-se para pegar um sabonete.

E a atual administração, que busca recolocar o Palmeiras novamente no lugar dos grandes clubes da América do Sul, tem que lidar com esse tipo estratégia.

Belluzzo não é político. Foi candidato meio a contra-gosto. Mas quando assumiu tentou articular. Chamou Frizzo para perto, colocou um aliado de Mustafá no grupo que acompanha a Arena, e buscou por seus meios ficar próximo de Della Monica. Aparentemente nada deu certo. Frizzo continua atirando contra a Arena, Mustafá continua fazendo oposição e agora – durma-se com um barulho desses – um de seus vice-presidentes e um de seus diretores articularm contra.

Chego a acreditar que o Palmeiras não tem solução (do ponto de vista político). Talvez o caminho seria acabar com a instituição do conselheiro vitalício (hoje ocupa 50% das cadeiras e apresenta o que há de mais fisiológico na política palestrina) e passar o poder ao associado.

E ao mesmo tempo fortalecermos a campanha para enchermos de sócios o clube. Sócios palmeirenses, que cansaram das práticas velhas, das auto-entrevistas, dos tiros no escuro do “fogo amigo”.

Ou talvez a solução seja mais radical: seguindo a linha de meu amigo Afonso Pinto, talvez o negócio fosse a separação definitiva do clube com o futebol. Quem quer cuidar de clube social, boa sorte. O futebol, nossa paixão e razão de existir, que fique na mão de gente competente.

Mas enquanto esse sonho de uma manhã de inverno não vem, vamos fazer o seguinte: guarde os nomes de todas essas figuras. Todas! E – principalmente você que é sócio do Palmeiras e quer fazer a diferença – na próxima eleição vá se preparando para votar. Alguns – os tais vitalícios, que lembra o estado de Fidel – não se assustem. Mas têm outros lá dentro que tem medo de perder o “puder”.

A vassoura da limpeza deve ficar nas mãos do sócio. Por enquanto ela é pequenina. Mas vamos trabalhar para fazê-la crescer, e não deixar que 40 conselheiros, um vice-presidente e um diretor de orçamento acabem com o sonho de 15 milhões de Palmeirenses.

Mas como sempre essa é a minha opinião. E a sua?


A OPINIÃO DO CRISCIO é a nova coluna dominical do 3VV.
Substitui a antiga série Planejo Logo Existo e tem o objetivo de trazer
sempre um tema que provoque a reflexão do amigo do 3VV principalmente
sobre futebol; mas não ficará só nisso.

Sempre assinada por V. Criscio: ex-consultor, ex-marketeiro, ex-reestruturador,
e atualmente … deixa prá lá. mas SEMPRE palmeirense e editor do 3VV.

Siga o 3VV no twitter: http://twitter.com/3VV
Siga V. Criscio no twitter: http://twitter.com/CRISCIO

25 respostas em “Vamos entregar a vassoura para o sócio?”

já li por aih que o mustafá está mais forte do que nunca politicamente e que vai vir com tudo pra cima do beluzzo…
não adianta…pode chover canivete a gente pode ganhar o titulo mundial….a politica é algo a parte dentro do palmeiras……
só espero que comece logo a obra da arena para que, pelo menos isso, não seja tirado de nós

essa diretoria me encheu de orgulho de novo….são apaixonados pelo clube…e não podem sair para o cancer entrar….nunca

é ridiculo….o poder de voto tem de estar na mão do sócio!
só aih já dá duas marteladas de uma vez: tira o poder desses conselheiros ridiculos e ainda faz o PALMEIRENSE apaixonado e que não quer poder e sim o que é melhor para o palmeiras. Fora isso ainda iriamos atrair mais sócios para o verdão.

Políticos NOJENTOS!! O que eles querem ?? Devem ser gambás/bambis … não é possivel !! Lutam contra a SEP !! Agora esse negocio de Conselheiros Vitalicios é um PIADA e um ABSURDO !! Temos que acabar com isso logo!!!
E quem mora fora do estado de SP ?!?! Como pode mudar isso ?? não dá pra ser socio sem morar em SP, dá ??

Socio remido nao tem direito a voto? Essa eu nao sabia… So no Palmeiras mesmo…

jOTA

O e) direito de voto do remido

O remido nao e o socio eternos palestrinos??? eles nao tem direito a voto?

– pra mim tinha q acabar com os vitalicios e com as cadeiras tbm… ou seja acabar com 300 conselheiros q temos…

100-150 conselheiros ta de bom tamanho…

b)recategorizar os socios:
BOA… ja seria uma certa divisao do clube com o futebol…

AH ELEIÇÃO DIRETA DO PRESIDENTE… nao seria uma boa??

Gustavo o tema do artigo é sobre passar o poder para o sócio. Mesmo que a coluna Painel FC tenha faltado com a verdade o que estou enfatizando no texto é a necessidade de se tirar o poder de escolher o Presidente das mãos de poucos para passar para as mãos dos sócios em via direta.

Sobre o email do Guilherme, talvez você tenha visto minha resposta a ele. Como citei o Vice Presidente Clemente Pereira da mesma forma que o Diretor de Orçamentos Busico os dois terão o espaço aberto no 3VV, com tamanhos de texto equivalente, para desmentirem o Painel da Folha.
As questões são simples: houve o jantar? se sim, foi para “detonar a administração Belluzzo” (quem disse isso foi o Painel)? foi pago pelo Busico?

Eu aproveitaria para perguntar o seguinte:
é verdade que recentemente os vice-presidentes Salvador Hugo Palaia e Clemente Pereira quiseram montar um Conselho para gerir o futebol, à revelia dos atuais diretores e vice-presidente Gilberto Cipullo? esse tema – você parece ser bem informado – foi conversa de alamedas no Palestra e nunca foi mencionado aqui.

Sobre o jantar, eu particularmente acho uma pobreza de espírito ficar pagando jantar para conselheiros. É tradição no Palmeiras. Todos fazem ou fizeram (Mustafá, Della Monica, Belluzzo). Acho que o futebol de hoje em dia, que movimenta quase R$ 200 milhões por ano, não combina com essa caricatura.

Sobre reproduzir o texto do Guilherme, eu preferiria que fosse assinado pelos citados. Eu citei aos dois, bem como ao Frizzo e ao Mustafá. Logo eu teria que publicar textos deles, e não de pessoas próximas.

Quanto a ler ao Painel, eu também não gosto mas por força do 3VV tenho que ler Folha, Estado, Lance, e outros.

Quanto à credibilidade, eu fui muito claro no texto: dei a fonte. Por menos fidedigna que ela possa parecer a alguns, foi publicada num jornal de grande circulação e portanto mereceu destaque pela coluna. Se o próprio Painel FC desdizer o que disse eu vou reproduzir aqui.

Abraços,

Terrível hein Sr. Vicente, palmeirense que tanto admiro, ler o Painel da Folha, uma coluna de fofocas anti ética e completamente contra o Palmeiras e publicar sem mesmo consultar os envolvidos no caso para saber a veracidade. Poxa, já está na hora de não acreditarmos em tudo o que lemos por aí. O Guilherme te enviou uma resposta e espero sinceramente que seja publicada por você. Uma pena. Desta forma perde-se credibilidade.
Um abraço.

#6 Tiago, o grupo politico de socios do Palmeiras, FANFULLA, esta entregando à comissão revisora do estatuto as seguintes propostas
a) um ano para votar e mais quatro para ser eleito
b)recategorizar os socios:
-socio total (o que existe atualmente)
-Socio futeobl
-e os usuarios (aqueles que usam o clube como academia que pagariam pelas modalidades que desejassem praticar).
os dois primeiros teriam direito a voto nas eleições diretas para presidente
c) criação diretoria da juventude para formar novos quadros dirigentes para o clube.
d) extinção dos vitalicios gradativamente transformando as vacancias em conselheiros eleitos.
e) direito de voto do remido
f) maior facilidade na formação das chapas eleitorais.
essa sao as principais mudanças solicitadas, ha outras em andamento juntamente com outros gurpos de socios ………..JOTA

Esse “tal” de buzico não é o do light/eletropaulo?????ele tem muitas histórias, “se as paredes tivessem ouvidos”……………………………………………..

A minha opinião é a mesma que a sua, Vicente. Texto irretocável.

Sou contra a idéia de separação do clube e do futebol. Acho que com o clube, vários jovens passam a gostar do clube e da agremiação; seja pelo fato de irem lá fazerem escolinha de natação, indo ao clube de campo nos finais de semana e etc.
O ruim é o clube social dar prejuízo e o futebol ter de bancar. Mas isso é um erro a parte e que deve ser melhor administrado por quem está lá. Querendo ou não cuidar somente do futebol.

Vicente a fatura é a mesma,quando teve aumento foi o mesmo…..mas não temos direito a voto….um absurdo………..

Tenho NOJO da política interna do Palmeiras. Essa corja nefasta deveria SUMIR do Palestra, começando por estes conselheiros vitalícios.

Muito mais importante do que Arena, é o Palmeiras ter eleições diretas.. Já cansou esse negócio de a cada dois anos termos que ”esquecer” o futebol e torcer para alguém ser presidente… Mudem o estatuto, façam o que for preciso, por bem ou por mal, mas basta desta turma que torce contra só por causa de eleição… Vão para os quinto dos infernos esses anti-palestrinos, aproveitadores do clube…E quem aí está , deixem de ser políticos e sejam palestrinos, tenham sangue quente, expulsem esses traidores do clube, re-criem a lista negra, o mal tem que ser banido das alamedas do Palestra Itália, seja de qual forma for…Nós torcedores apoiaremos tudo que for pelo bem do FUTEBOL do Palmeiras !!!

E Vicente a situaçao do palmeiras precisa se organizar melhor politicamente, a oposicao faz isso tao bem,

Muito bem, Vicente!

Espero que você dedique um espaço maior à política do clube a partir de agora, pois vamos precisar de formadores de opinião dessa qualidade. A sucessão no Palmeiras já me tira o sono desde já.

Belluzzo precisa fazer o seu sucessor.

Abraços.

Tiago (#6) as propostas são muito boas. Eu serei candidato ao Conselho (sabe Deus onde vou arrumar tempo) e vou defender o conceito que você apresentou aí.

Fernando (#8) o sócio do interior não tem direito a voto.

André (#6) não sabia que o sócio do clube de campo não tinha direito a voto.

Senhores, o Kleine (do PTD), o Conrado (Parmerista), enfim alguns amigos palmeirenses vêm fazendo essa campanha há tempos (aqui no 3VV também): temos que trazer o maior número de sócios possível. Aquele palmeirense que puder pagar precisa se tornar sócio. Só com muito tempo e paciência vamos mudar esse estado de coisas.

Abs

Talarico vc está certo 6 anos é demais 4 já estaria de bom tamanho.
Vc ou o Vicente acham que exista alguma chance da reforma estatutaria ser imposta a a votacao do sócio?
Sei lá se fizessemos um abaixo assinado, ou alguma coisa que seja dentro da legalidade ,tipo que o presidente convocasse uma assembleia geral dos sócios para mudança estatutária.

Acho q vc deve ter mais conhecimento sobre isso que eu , tem algo que vc acha que pode ser feito nesse sentido?

6 – TIAGO …

torço pra q a reforma tenha esses topicos…
so acho q 6 anos pra socio torcedor votar e muito… uns 4 anos estava de bom tamanho…

Vicente..

esse clemente NUNCA me enganou… so se enfiou na chapa do Belluzzo pra aparecer e ganhar poder

esse Busico tinha q ser destituido do cargo… o cara esta tramando contra a chapa q o colocou onde ele esta HJ..

pq os gambas acabaram com os vitalicios de forma facil e rapida e agente nao consegue…

Vitalicio se resume a um bando de velhos chatos q tentam barrar ate venda de ingresso pela Net… retrogrados q nao tem oq fazer e so enchem o saco..
sao raras as exceçoes de bons vitalicios..

isso pq o Mustafa amava dar cadeira de Vitalicio para qq um q o ajudasse ou fosse do interrese do Sapo Boi(musgamba)…

vicente vc sabe se o socio do interior tem direito a voto?? eu acho q nao…

eu moro em santos… e pagar titulo.. taxa de admissao e mensalidade pra nao usar nada seria ruim…

o socio torcedor tem q ter direito a voto… no inter eles elegeram alguns conselheiros .. isso e otimo e a torcida ajudando o clube…

e tirando esses velhotes e sapos bois de dentro do clube…

por mim separava o time do clube social… mas nao para perdemos o clube social…
mas para q cada um tenha um presidente e q cada um pague as suas contas..

O time nao pode pagar as contas da bocha entendem?

cada um tem q se sustentar

Cambada que se acha dono do Palmeiras….que queime no inferno………….
Vicente como já disse algumas vezes aqui….eu moro perto do clube de campo e sou sócio do mesmo clube ou não….parece que não….não tenho direito a voto………..pra quem não conhece o clube de campo existe um condomínio de casas e as instalações do clube…..o sapão tem casa lá e já o ví algumas vezes no clube…..os funcionários são os mesmos da epoca dele….quando ele aparece lá o ar muda….todo mundo lá tem medo dessa figura….parece que estamos no tempo do senhores feudais…………….como voce disse Vicente o prof.Belluzzo não é politico e isso que me preocupa…a ultima eleição já foi acirrada e muitos do grupo da situação ficaram de biquinho….a próxima eleição chega rapidinho o presidente precisa ter pessoas de articulação….muitos desses imprestáveis só querem se sentir importantes………o sapão nos levou a segundona e ganhou a eleição com 200 votos……..

Vicente , a reforma estatutaria nao pode ser submetida aos sócios assim como foi a aprovaçao de arena?

1- Acabar com vitalicios
2-presidente sem direito a reeleicao
3- mandato de 3 ou 4 anos
4- diminuicao do minimo para formacao das chapas
5- 1 ano para ter direito a socio
6- 4 para poder ser conselheiro
7- voto para chapa ao presidente unico
8-socio torcedor com mais de 6 anos com direito a voto
9- ratificacao da votacao feita pelos conselheiros com minimo 50% a favor e outra votacao a a presidencia em caso de minimo 75% contra a votacao do conselho.

ESSAS SAO MINHAS IDEIAS MAS PARA ISSO TERIAMOS QUE POR ESSA REFORMA NAS MAOS DOS SOCIOS ISSO E POSSIVEL VICENTE?

ABS…

É por isso que todo palmeirense que puder pagar a quantia de 63 reais por mês deve se associar ao clube.

Vicente,

Como havia dito em posts atrás, sou inteiramente contra a manutenção de conselheiro vitalicio. Principalmente por que eles se acham “donos” do clube e se fazem valer disso para um monte de coisas.

Acredito ser este o maio “CANCER” do clube hoje. Isso sem contar que, por ser um clube de bairro, digamos assim, existem muito sócios que não são palmeirenses (conheço uns 5) e que bem eles iriam querer para nosso futebol. Pra eles bastam a piscina e a churrasqueira.

Acho que o clube deveria fazer uma grande campanha pra torcedores palmeirenses serem sócios e ai sim fazer esta limpeza. Pelo menos dois primos meus se tornaram sócios por isso (um vc conheceu contra o Barueri), pra tirar esta velharia que prefere comer coxinha a ter que pensar em como melhorar o Clube.

Será que não percebem que, quanto mais nome e fama internacional o Palmeiras tiver, o clube será mais valorizado?

Só pra ter uma idéia, estava vendo no Maglia Verde, a lista de jornais no mundo que deram a noticia da nova camisa azul do Palmeiras. Não são poucos. Quem quiser ver, segue o link: http://magliaverde.blogspot.com/2009/09/repercussao-mundial.html

Concordo com vc que temos que lutar para que o clube fique nas mãos dos sócio que são torcedores e não nas mãos de conselheiros vitalicios. Acho que o Palmeiras precisaria de no máximo uns 180 a 230 conselheiros rotativos e que o Presidente fosse escolhido pelos sócios, assim como um condominio normal. É a forma mais democrática que existe.

abs

Concordo com o texto.

O Palmeiras tem que se transformar numa Democracia por completa.
O poder, sim, deve ser dos sócios. E a princípio, àqueles que são sócios do clube. Mais tarde, aos sócios-torcedores. E por que ao sócios-torcedores? Pois, teria uma abrangência nacional.

Temos que rejuvenescer o clube e alterar esse estatuto. Claro, que deve ser feito aos poucos e dentro da lei. Primeiro, eleger conselheiros que queiram mudar o “sistema eleitoral”, e esses novos conselheiros aceitem repassar seu poder de voto presidencial àqueles que contribuem para a manutenção da instituição.

Não consolidei minha proposta de associamento, por diversos motivos. Mas assim que eu resolve-los, será a primeira coisa que farei.

Abs

Vicente, eu nem tinha lido essas noticias do Painel da Folha mas confesso que esse eh um assunto que me tira o sono quase que diariamente. Nada do que foi dito me surpreende, muito pelo contrario, isso so vem a confirmar a impressao que eu tenho da politica palmeirense.

O pior de tudo eh que qualquer solucao (inclusive as que voce mencionou) depende da aprovacao do conselho, ou seja, daquela mesma corja que articula contra o clube e em favor de suas boquinhas e privilegios.

Sei que o grupo Fanfulla esta trabalhando numa reforma do estatuto, mas pragmaticamente, qual eh a chance dessa reforma ser aprovada pelas mesmas pessoas que abririam mao de seus privilegios? Nenhuma!

Fico rezando para que algum advogado genial consiga encontrar alguma brecha no estatuto para submeter a reforma estatutaria diretamente aos socios…

Caso contrario, fica dificil ser otimista com o futuro do clube pos-Belluzzo. E tome Prozac.

Concordo Vicente, esse modelo de politica do Palmeiras tem que mudar, também vejo a separação do clube social como a melhor saída. Em breve gostaria de me tornar sócio para poder participar das eleições, mesmo não podendo ir no clube, já que moro a 450 km de distancia de São Paulo.

Os comentários estão desativados.