Categorias
Arenas

Novo Estádio da Juventus de Turim; e um status sobre o Morumbi

 

Por Claudio Baptista Jr.

 

Pessoal, hoje falarei brevemente sobre o novo estádio da Juventus de Turim que está em fase de construção e será erguido sobre o antigo “delle Alpi” com previsão de inauguração no verão europeu de 2011. A publicação de hoje contou com a participação do colega Gabriel Manetta Marquezin.

 

Trata-se de uma Arena para aproximadamente 41 mil lugares e ganha destaque no quesito segurança e áreas de circulação. Diz-se que o estádio poderá ser esvaziado em até 4 minutos em uma situação de emergência.

 

Vejam abaixo mais uma foto panorâmica e um vídeo de apresentação.

 

http://www.youtube.com/watch?v=uaD7R8q62fk

 

Alguns dados sobre o estádio:

 

Capacidade: 41.000 lugares
Posteggi: 4.000 posti autoEstacionamento: 4.000 carros
Superficie totale: 355.000 metri quadratiÁrea total: 355.000 m²
Superficie interna allo stadio: 45.000A superfície interna do estádio: 45.000  
Aree dedicate ai servizi: 150.000Áreas dedicadas a serviços: 150.000 m²
Aree commerciali: 34.000Áreas de negócio: 34.000 m²
Aree verdi e piazze: 30.000Áreas verdes e praças: 30.000 m²

8 restaurantes; 24 bares; museu da equipe

 

http://translate.google.com.br/translate?hl=pt-BR&sl=it&u=http://www.juventus.com/site/ita/JPL_newstadium.asp&ei=RXIKS8zxJsyXtgeWnaXJCg&sa=X&oi=translate&ct=result&resnum=3&ved=0CBAQ7gEwAg&prev=/search%3Fq%3Dnuovo%2Bstadio%2Bdella%2Bjuventus%26hl%3Dpt-BR%26rlz%3D1T4GGLL_pt-BRBR340BR340

 

Centro Comercial:

Como mencionado acima, existe uma área de centro comercial de 34 mil metros quadrados contando com shopping, mercado e cinemas que será fundamental para a viabilidade econômica do complexo. Abaixo mais detalhes sobre a mesma.

 

http://translate.google.com.br/translate?hl=pt-BR&sl=it&u=http://www.ilsole24ore.com/art/SoleOnLine4/Sport/2009/03/stadio-juventus-centro-commerciale.shtml&ei=OHQKS4fdGseXtgeE2Zm5Cg&sa=X&oi=translate&ct=result&resnum=4&ved=0CBYQ7gEwAw&prev=/search%3Fq%3Dnuovo%2Bstadio%2Bdella%2Bjuventus%26hl%3Dpt-BR%26rlz%3D1T4GGLL_pt-BRBR340BR340

 

Ventilação:

Na esteira da publicação da última semana quando foi colocado o aspecto de grama natural x grama artificial e seu uso em Arenas, no caso deste novo estádio da Juventus, houve atenção no projeto a fim de permitir a ventilação adequada para a instalação da grama natural.

 

Nova Bilheteria.

A bilhetagem está diretamente ligada às funcionalidades de uma Arena. Mesmo sendo adepto de um sistema que minimize ao máximo a presença de ingressos físicos em bilheteria, achei interessante essa possibilidade adotada pela “Vecchia Signora” que acaba de inaugurar um local de venda em um prédio histórico no centro da cidade de Turim. Lá serão vendidos bilhetes para as várias áreas do estádio com apresentação em vídeos em 3D simulando a visão do local e até mesmo o trajeto desde o estacionamento, contando também com a presença de uma loja do clube. Vejam abaixo a apresentação desta funcionalidade.

 

http://www.tuttosport.com/foto/Calcio/Serie%20A/Juventus/2009/11/19-9468_6/La+Juve+presenta+la+nuova+biglietteria

 

Interessante, ainda mais em uma Arena onde existirá a necessidade de venda de ingressos para vários tipos de evento, criando mais uma alternativa aquela de ter que se dirigir a bilheteria do próprio estádio.

 

Alguns detalhes comerciais:

 

– O Naming Rights da Arena foi vendido para a empresa Sportfive, que pagou 75 milhões de euros por 12 anos, a empresa de marketing esportivo irá apresentar até o fim do ano a multinacional que dará nome a Arena.

 – 39 dos 62 camarotes já foram vendidos, cada camarote comporta 10 pessoas, e o preço varia de 50 a 130 mil euros anuais!!!!

 

Mudando totalmente de assunto. Vocês não estão espantados com tamanha falta de transparência no assunto ligado a investimentos públicos para a Copa de 2014 aqui na cidade de São Paulo? Ninguém questiona. Nem imprensa, nem órgãos controladores, nem opinião pública.

 

Fonte. Painel FC Folha de SP, sexta feira, 20/11/2009.

 

Aprovado – Em reunião ontem de membros do governo federal com integrantes do comitê paulista da Copa-14, ficou acertado que o investimento no entorno do Morumbi para facilitar acesso ao estádio será de R$ 3,1 bilhões.

Facilitar acesso ao estádio = Investimento Público no Privado.

 

Abraço e até a próxima semana.

 

Claudio Baptista Jr. – ansioso pela aprovação da nossa Arena junto a Prefeitura.

18 respostas em “Novo Estádio da Juventus de Turim; e um status sobre o Morumbi”

O que me frustra é a passividade do Serra nessa história. Que cazzo de palmeirense é esse senhor?

Do jeito que as coisas estão correndo,será que nossa diretoria será competente para suplantá-los?

Assim espero.

Abraço.

Cássio, os riscos são enormes tanto para Palmeiras como para o São Paulo.

Do outro lado do muro dizem que não precisarão de toda a verba financiada para dar o banho de loja do estádio deles pois já têm engatinhado outros investidores.

Tudo bem, que seja metade do investimento, algo em torno de R$150 milhões e que para convencer os técnicos do BNDES estão fazendo mágica no papel dizendo que as receitas com o estádio irão duplicar, triplicar (os custos também aumentarão). Só sei que hoje, mal e mal conseguem fechar o ano no azul mesmo ganhando nos últimos anos campeonatos importantes.

Mais, se durante o período de pagamento da dívida Palmeiras e Corinthians sejam o mínimo competentes para suplantá-los tecnicamente, as dificuldades de pagamento serão ainda maiores.

Abraço.

Vai ficar muito bonita a nova Arena da Juve!! Feio é o $$$ publico q querem dar pra elas…

Aprovado 3,1 BILHÕES DE REAIS para melhorar o acesso ao estádio do Morumbi.
Enquanto isso a Prefeitura do São paulino Kassab emperra o que pode a aprovação da nossa arena.
E não vemos nenhuma ação de ajuda de nosso governador – o palmeirense Serra.
Muito menos vejo Palmeiras se unir ao Corinthians e ao Santos querendo verbas para melhorar o acesso ao seus estádios ou para construí-los.
Desse jeito vejo um futuro terrivel. O SPFW tomando a presidencia da CBF e ganhando os próiximos 155 campeonatos.

Turma de molóides!!!

Obrigado pela resposta Claudio.

Agora,se os riscos seriam enormes para o Palmeiras,porque não serão para o São Paulo?

Espero que estas pessoas que te falaram para largar a paranóia ligada ao processo de aprovação,tenham plena consciência da importância deste projeto.Não falo apenas da importância financeira.Isto, é claro que eles sabem.Agora, se por um acaso,acontece um “imprevisto” , e vem um comunicado W Torre/Palmeiras, de que o projeto não poderá mais sair do papel seja qual for o motivo, pode acontecer um desastre no futuro do clube.

Isto deixaria a torcida do Palmeiras completamente desmotivada.O impacto psicológico nos levaria a uma crise com consequência difíceis de prever.

Espero que até o fim do ano venham boas notícias para nós,porque a coisa tá feia.

Abraço.

Cássio, em relação a WTorre, até provem o contrário continuo sem questionar sua capacidade de realizar a obra.

Sobre o Palmeiras tentar uma obra com recursos próprios, ex BNDES, minha opinião é que o clube teria enormes dificuldades para honrar os compromissos assumidos do financiamento, simplesmente porque são altíssimos, fora da realidade da geração de receitas pelo clube, mesmo tendo em mãos um equipamento como uma Arena moderna. Os riscos seriam enormes para a instituição.

Quanto ao processo de aprovação da nossa Arena, já ouvi de gente de dentro do Palmeiras ligada ao processo para eu largar de paranóia em relação a influências e interesses terceiros em freiá-la ao máximo. Só que prefiro o sentimento paranóico que me faz agir com precaução, buscando todas as respostas e alternativas de contenção do que ignorar essa possibilidade.

Abraço.

Cássio, em relação a WTorre, até provem o contrário continuo sem questionar sua capacidade de realizar a obra.

Sobre o Palmeiras tentar uma obra com recursos próprios, ex BNDES, minha opinião é que o clube não teria enormes dificuldades de honrar os compromissos assumidos do financiamento, simplesmente porque são altíssimos, fora da realidade da geração de receitas pelo clube, mesmo tendo em mãos um equipamento como uma Arena moderna. Os riscos seriam enormes para a instituição.

Quanto ao processo de aprovação da nossa Arena, já ouvi de gente de dentro do Palmeiras ligada ao processo para eu largar de paranóia em relação a influências e interesses terceiros em freiá-la ao máximo. Só que prefiro o sentimento paranóico que me faz agir com precaução, buscando todas as respostas e alternativas de contenção do que ignorar essa possibilidade.

Abraço.

Sinceramente Claudio,acho que a coisa tá tão nebulosa que começa a duvidar que este projeto sai do papel.

A W Torre não me parece gostar muito de transparência.Se fala muito por aí que ela está no bico no corvo.Não duvido nada que se o Palmeiras oferecer uma recisão amigável eles aceitem.

Quem sabe não seria melhor?Aí a nova diretoria do Palmeiras dá uma prova de ousadia e tenta reformar seu estádio por conta própria e com uma capacidade digna do potencial do nosso torcedor.Quando falo contra própria,falo em BNDES também claro.Se o SPFW vai ter esse crédito porque nós não?
A vantagem é que toda a receita seria do verdão.Já que as meninas vão ter toda essa facilidade para aprovar e construir,porque a arena teria toda essa dificuldade?

Se não tiver espaço para construir um estádio maior onde está o Palestra,porque não usar um dos vários terrenos vazios que existem em toda a região do Palestra.Próximo ao CT, do outro lado do viaduto Pompéia tem terrenos enormes,e lá a vantagem é que o espaço é muito maior para as adaptações no trânsito.

Eu sinceramente esperava que o prof.Belluzzo entrasse mais forte em relação a esta situação da arena e em muitas outras coisa.Mas, o que vejo é que ele briga muito para aumentar nossas receitas.E vem conseguindo.Claro também,aumentando o preço do ingresso de forma pornográfica e criando um plano de sócio torcedor que está fadado a falir se não mudar muito.

Ultimamente tenho tido ainda mais a impressão que todo dia de manhã o Belluzzo acorda,põe a mão na cabeça e diz: ” Meu Deus por que fui aceitar ser presidente do Palmeiras?”

É muita passividade em relação a influência bambi.Tem algo por trás disso.

Infelizmente as coisas ficam difíceis quando se desafia o “status quo”…

Se a Juve que tem a maior torcida da Itália tem uma Arena para 41.000 espectadores, ainda acho que a nossa para 42.000 está de bom tamanho.

Quanto ao Penicão Leonor, mais uma vez vou reiterar aqui o que já disse mil vezes: o governo despejará toneladas de dólares e aquele lixo será sede da abertura da Copa 2014. Não vamos mais gastar saliva aqui sobre isso…

Yzquierdo, já existem alguns trabalhos sendo realizados no clube, porém ainda singelos, como sondagens no solo.

Informalmente, recebi informações que no final de dezembro e início de janeiro começarão a mexer no clube social.

Entretanto, qualquer avanço significativo dependerá da famigerada aprovação do projeto na prefeitura, a qual aguardamos com ansiedade/desespero/esperança…

Abraço.

Gostaria de saber notícias da nossa arena. O Valter Torre criou a expectativa de que as obras poderiam começar ainda este ano, se me lembro bem, e até agora nada. Alguém tem notícias?

Cássio, não sei te dizer sobre o nível de modernidade da nossa Arena simplesmente porque não se divulga e não se detalha nad a respeito, ao menos para quem está de fora. Seria de bom tom do Consórcio Palmeiras/WTorre externar maiores detalhes.

Quanto ao Morumbi, causa-me indginação não apenas o silêncio da imprensa e dos orgão controladores públicos e opinião pública, mas também a postura plácida de Palmeiras e Corínthinas. Não é possível que estes dois clubes assistirão de forma omissa a mais um incremento patrimonial na base da influência política e dinheiro público.

Abraço.

Quanto ao Panetone, já joguei a toalha, a abertura da copa será lá mesmo, COM O NOSSO DINHEIRO, isso é Brasil.

Um dos sintomas das dificuldades burocráticas para a aprovação da arena é o atraso do cronograma (comparativo dos cronogramas):

Arena Palestra: Lançada em dez/2007 com término previsto em 12/2010
status atual: obras não iniciadas (término adiado p/ 12/2012 (assim espera-se…)

Arena Juve: lançada em 11/2008 com término previsto em 12/2012
status atual: Delle Alpi fechado – obras em fase inicial…

O projeto de reforma do Palestra se arrasta.O do Morumbi vai passar como se fosse perfeito em pouco tempo.
Não entendo.

Claudio,a Arena Palestra se aproxima deste estádio em termos de modernidade?

Faço a pergunta porque às vezes o que há de mais moderno aqui,não é o que há de mais moderno lá.

Quanto ao Morumbi,acho que esse JJ tem muita gente no bolso,porque a Fifa já falou um milhão de vezes que o Morumbi não tem condições,mas,mesmo assim, eles conseguem grana pública para reformar o penicão e o entorno.Agora,parece que até a Fifa está se rendendo ao JJ.

Não é possível,que poder é esse que esse cara tem por trás dele?
Ele se impõe ao Lula,ao Serra,ao Kassab,ao Ricardo Teixeira,à Fifa,à imprensa,enfim parece que todo mundo deve algo para ele.Os gambás e o Palmeiras lambem a mão dele neste assum também.Não é possível.Alguma coisa tem.

Sds.

Os comentários estão desativados.