Categorias
Notícias

35 anos hoje

Jota Christianini, Diretor do Departamento de Acervo Histórico e Memória da SE Palmeiras, nos lembra que há 35 anos o Palmeiras conquistava o título de campeão paulista de 1974 diante de seu tradicional rival, o Sport Club Corinthians Paulista.

1×0 gol do Ronaldo.

Veja abaixo a compilação de vídeos do youtube e outras matérias de Roberval Maiomone, também do Depto. de Acervo Histórico e Memória do Palmeiras.

1) Gazeta Esportiva:

Capa: “RONALDO O HERÓI / PALMEIRAS CAMPEÃO”

….. “aos 24 minutos do 2º tempo, o sonho da fiel terminou. Ronaldo marcou o gol do Derby e levava seu time a mais uma conquista do cetro paulista”

Reportagem interna: “RONALDO ACABOU COM SONHO DO corinthians: GOLAÇO !”

……. Dulcidio e seus auxiliares entraram em campo antes. eram precisamente 16:55 hs quando isso aconteceu. O corinthians no mesmo instante estava na boca do tunel mas seus homens ficaram parados lá. Sempre a superstição. O Palmeiras às 17 horas, já estava na boca do tunel também. Acabou o alvi-verde entrando primeiro. Mas os corintianos foram-lhes nas pegadas. E o morumbi começou a estremecer nos alicerces, tamanho o foguetório que por alguns minutos espoucou lá dentro. Da torcida corintiana principalmente. Foi recorde de bombas, sem nehuma dúvida.

…..

…. Os primeiros 10 minutos são de nervosismo. Os jogadores procuram se adaptar ………… a primeira defesa é de Buticce, de um chute de Edu, de um passe de Leivinha ….

…..Os palmeirenses parecem começar a controlar melhor seus nervos nos 15 minutos e Ney tem uma pontada magnífica, depois de uma troca de bola com Ronaldo e Ademir. Não demora e falha a zaga corintiana com Tião furando na área e Ronaldo, que não esperava, não aproveitou …
…. o corinthians volta para o segundo tempo com Pita ocupando o lugar que havia sido de Adãozinho no primeiro tempo. Ronaldo movimenta a bola às 18:25 hs e começa o drama do segudo e decisivo tempo de jogo …

… a torcida corintiana começa a explodir, empurrando seu time. Os alvi-negros respondem ao incentivo e apertam. Palmeiras começa a se retrair. Dudu vai fazer parede diante de sua zaga central por três vezes, Jair gonçalves recua para marcar pita e não está avançando tanto quanto antes …

… e o corintians até os 15 minutos está crescendo, mais agressivo. Rivelino leva um “rapa” de Jair Gonçalves que toma também o seu cartão amarelo … nestes momentos é o Palmeiras quem está procurando jogar só no contra-golpe …

… mas é o corintians que tem a grande oportunidade numa cobrança de falta por Rivelino. a bola bate na cabeça de Dudu e o põe quase a nocaute. O jogo interrompe-se para atender ao “velhinho”, que ficou grogue com a pancada mas salvou o gol que parecia certo. só que a coisa é mais séria e Dudu sai de campo na maca para receber socorros lá fora …

… por uns instantes o Palmeiras fica com 10 homens e o corintians está atacando . Há outra falta perto da área palmeirense. Rivelino vai cobrar e Dudu é o primeiro a se posicionar na barreira …. o tiro sobe muito.

…Mas aos 24 minutos o contra-golpe Palmeirense dá frutos. Jair Gonçalves progrediu. Saiu um centro alto para a área corintiana. Leivinha saltou com Brito. Brito apenas esbarrou de leve na bola, que sobrou um pouco para o lado. Ronaldo vinha correndo e não perdoou. Buticce foi buscar a “menina” nas redes. 1 a 0.

Nas tribunas a torcida palmeirense explode. No campo o time corintiano não se entrega ….

o jogo entra no seu último quarto de hora. O Palmeiras lúcido, domina tecnicamente a partida e quebra o ímpeto da reação corintiana … o alvi-negro tenta sempre na garra ….

mas nos últimos cinco minutos é o Palmeiras que arranca forças e vai para a frente ……… há mais um gol de Ronaldo aos 42 minutos, mas estava impedido … os instantes finais são dramáticos. O corintians ainda tenta. O Palmeiras joga para manter sua vantagem. E o consegue. Com o apito final de dulcídio, surge o novo Campeão Paulista: Palmeiras !

2) Última Hora

capa: “PESADELO CONTINUA: PALMEIRAS CAMPEÃO”

…… um dia cinzento e frio, que rpometia o calor das explosivas emoções guardadas durante 20 anos, foi o cenário adequado para o novo fracasso do corintians, qua caiu ontem diante do Palmeiras por 1 a 0, no morumbi. Uma decepçãom a mais e outro ano de espera para a gigantesca torcida corintiana, que proporcionou a renda recorde de ……. É preciso, no entanto, reconhecer os méritos do Palmeiras que soube resistir ás desordenadas investidas corintianas e decidiu o jogo aos 24 minutos do segundo tempo, com um gol de Ronaldo ….

Reportagem interna:

“Ronaldo Mantém o Tabu: Corintians mais um ano”

Só no começo hove agressividade. Deposi falotou muito da garra corintiana, vibração. E faltou Rivelino na frente mais uma vez. Por isso o gol do Palmeiras e o título de Campeão Paulista de 74 fizeram justiça ao Palmeiras que nesta final de ontem no morumbimostrou sua calma de time experiente e seu toque de categoria. Foi apenas mais um sonho da torcida corintiana que encheu dosi terços do estádio (com 120 mil pagantes e renda de mais de 2 milhoes de cruzeiros) para no fim sair triste e de bandeiras enroladas …

“A vitória de quem soube decidir”

3) e prá finalizar, a narração do Fiori Gilgliotti …

“…… O juiz não entendeu como falta a entrada de Luis Pereira. O baiano vai lá, dá um tapinha nas costas do reizinho do parque …….

… vai descendo o alvi-verde, carrega Ronaldo, abriu na ponta direita para Jair, descendo pela ponta, atenção vai levantar, balão subindo descendo, entrou Leivinha, bola para Ronaldo, chutou é fogo !!!! ………

Melhores momentos da 2a partida. Canal 100. Imperdível.

No vídeo abaixo temos vários jogos. A partir do minuto 4 podemos ver os gols das duas partidas finais de 1974.

4 respostas em “35 anos hoje”

Bom lembrar que os fregueses ‘fieis’ sempre serão nossos eternos fregeueses…

Só nos resta comemorar isso e a defesa do pênalti do marcelinho em 99. Porque depois disso é só desilusão. Será que o pessoal da atual oposição não percebe que desde que eles estão no clube, só no período da Parmalat não fomos ridículos?

Impressionante como a imprensinha ja era nojenta em 1974… 35 anos atras!

Todas as reportagens escritas em tom funebre…

Ah, o derby… pelo menos os nossos fregueses continuam “fiéis”…

Os comentários estão desativados.