Categorias
Resenha dos Jogos

Análise da Arbitragem R37 – Palmeiras 3×1 Atlético-MG

Por Danilo Cersosimo


Numa rodada eletrizante vimos grandes partidas e lindos gols, especialmente o de Diego Souza, mas infelizmente vimos também lances polêmicos e jogos idem.


Sandro Meira Ricci (DF) teve boa atuação na partida entre Palmeiras e Atlético no Palestra Italia. Pelo Palmeiras apenas Sandro Silva foi punido com cartão amarelo, o que não lhe impedirá de jogar a final contra o Botafogo no RJ.


Pelo Atlético 4 jogadores foram advertidos, sendo que Carlos Alberto foi expulso ao levar o segundo amarelo em entrada violenta e proposital em Wendell. Na minha opinião o palmeirense deveria ter  levado amarelo na jogada imediatamente anterior – possivelmente teria evitado o revide acintoso de Carlos Alberto e este não seria expulso. Não creio, no entanto, que isto tenha influenciado o placar.


Sandro Meira Ricci alternou atuações muito boas com desempenhos equivocados durante o campeonato. No jogo do Palestra, no último domingo, foi bem. Falaremos mais sobre os principais árbitros ao término do campeonato.


***


Em Goiânia, numa excelente partida de futebol (sem ironias) vimos um Goiás jogando como time grande (poderiam ter ido muito mais longe!) e derrotando o favorito SPFC, por 4×2. Poderia ter sido 5×2 não fosse um pênalty escandaloso sofrido por Iarley não marcado por Heber Roberto Lopes (PR).


***


Em Recife, na vitória que elevou o Inter ao 2º posto no campeonato, vimos o árbitro Paulo César de Oliveira atuar de maneira irregular mais uma vez – o 1º gol do Sport estava impedido e quando a partida já estava 1×0 para os pernambucanos o goleiro Lauro deveria ter sido expulso ao cometer pênalty no atacante que ia entrar com bola em tudo. O árbitro nada marcou…


***


Já em Campinas… não vamos nem entrar no mérito sobre a postura do time do Corinthians – fosse o futebol brasileiro sério, o Barueri teria sido punido pelo que fez na véspera do jogo contra o SPFC, o STJD não julgaria pela cor das trancinhas e árbitros como Simon, Gaciba e Roman não apitariam.


Mas o Roman apitou e foi justamente em Campinas. Basicamente são três os lances mais polêmicos: o pênalty alegado por Ronaldo, não aconteceu. A expulsão de Chicão, é compreensível, pela maneira como o corinthiano vai na jogada, em que pese não ter acertado o adversário. Ressalte-se que o árbitro estava fora da jogada e foi comunicado pelo auxiliar. Já o pênalty que gerou o segundo gol do Flamengo, na minha visão, não aconteceu. Por mais que a imagem congelada mostre o defensor com os braços nas costas do flamenguista, não creio que isso tenha sido suficiente para derrubá-lo. O atacante, notando o contato, mergulha e cava o pênalty.


A arbitragem de Roman foi ruim como sempre. Se posiciona mal, inverte faltas, trava o jogo a todo instante. Porem, as reclamações de jogadores, treinador e diretoria do Corinthians servem apenas para tentar apagar a má impressão deixada pelos jogadores do Corinthians, que poderiam ter se esforçado bem mais e honrar uma camisa centenária.

6 respostas em “Análise da Arbitragem R37 – Palmeiras 3×1 Atlético-MG”

5 – Marcelo
Vão colocar o BOPE para fazer ronda ostensiva. Caso o flamengo perca o título e a maloquerada fique revoltada, a polícia se diverte descendo a porrada em todo mundo rs

Marcelo.
A transferência do Jogo para outra cidade (também poderia ser para outro dia) foi uma exigência, digamos assim, da Polícia Militar de São Paulo que não pode garantir a segurança em dois eventos simultâneos e próximos.
Já a PM do Rio acha que se garante. Também acho que seria uma boa o jogo ser em Volta Redonda, mas tem que ver o lado do mandante e da importância do jogo para ele também.

Só faço um pergunta.

Quando os jogadores do Botafogo que foram expulsos contra as bambis ( Juninho, Jobson e mais um que não me lembro agora ) serão julgados???

Acho que só depois que o campeonato acabar né…

Nem sei se deveria fazer esta pergunta neste post, mas alguém pode me explicar o motivo do CUrinthias jogar contra o Flaglobo em campinas e nós termos que jogar no engenhão enquanto teremos jogo tbm no maracanã?
Ninguém consegue imaginar o que pode acontecer se, por milagre de San Gennaro, nós levamos o título?
O que a torcida do Flaglobo fará com os pobres e fanáticos torcedores do Palmeiras lá naquela terra sem lei????
Estranho como ninguém se preocupou com isso na imprensa, não?
Ou já está tudo acertado, com vitórias do Botafogo e Flaglobo?????
Olha, o amor pelo Palmeiras continua o mesmo – senão maior – mas o descrédito do futebol aumenta a cada dia…

OUTRA COISA, VAMOS DEIXAR O GUSTAVO IR PARA O VASCO E FICAR COM O MARCÃO????OS BAMBIS COMEÇARAM A CONTRATAR. E NÓS??? BRUNORO JÁ, POIS NOSSA ATUAL DIRETORIA Z.Z.Z.Z.Z.Z.Z.Z

É PARECE QUE OS BAMBIS PERDERAM UM POUCO DE SUAS FORÇAS MALÍGNAS. CHUPA BAMBI.

Os comentários estão desativados.