Categorias
Italiano

Campanha 2010, parte 1

POR
CARMINE PACIELLO    

       *     Na
velha Bota o campeonato está em repouso para poucos dias antes de reiniciar o
seu percurso até o final.  O trabalho
fica agora para os diretores daquelas equipes que erraram a “construção” do
elenco em junho e precisam potencializar o time para evitar campanhas pífias e
perda de dinheiro (às vezes fundamental pela própria sobrevivência) pelo
eventual falhado alcance do “target”.

       *     
Mesmo não necessitando reforçar o elenco assim como os outros times a
Inter está perto de Pandev que obtendo a rescisão do contrato da justiça
esportiva se “liberou” da Lazio. O atleta é cobiçado por meia Europa: Sevilla,
Zenith (o novo time de Spalletti), Juventus, Manchester City, Bayern mas parece
que o macedone escolheu de voltar a Inter, o time onde se projetou na Série A.
Nwankwo Obiorah, meio campista nigeriano de 19 anos é outro nome dado por
acertado. Fala-se também de uma troca com a Roma envolvendo Burdisso (que está emprestado)
e a “Besta” Baptista.

       *    
 Um atleta africano também pelo
outro time de Milão: trata-se do atacante ghanese Dominic Adiyah, 20 anos,
estrela nos últimos campeonatos do mundo de categoria. Enquanto Huntelaar
parece destinado ao Arsenal e Kaladze ao Manchester City o Milan quer o
meio-campo da Servia Milos Krasic que joga no CSKA, o ex time daquela merda com
as trancinhas (como homem antes que como jogador)
que deveria contribuir a nos
dar a alegria do titulo e agora cospe sobre nós palestrinos forçando para sair.
O time vai ganhar ainda mais força graças ao David Beckham que está voltando
dos EUA e de Adriano que ficará no Flamengo “por amor” enquanto o lateral
Rafinha que parecia já acertado com o Milan parece interessar também a
Juventus. Drenthe também é cobiçado, mas é provável que o holandês escolha a
Alemanha (Bayern).

      *   
   Com o recém chegado Bettega como diretor general,
que terá a função de reforçar o time além de ser (principalmente) o “tutor” de
Ferrara, que fica depois que o clube havia sondado o holandês Hiddink e “o
nosso” Felipão Scolari que preferiu ficar no Uzbekistan, muitos jogadores são
indicados como próximos bianconeri: de Rafinha como o lateral esquerdo alemão
Beck, de outro lateral colombiano Zuniga (pouco aproveitado no Napoli) como de
Kolarov, de Pandev como de Luis Suarez o bomber uruguaio do Ajax, de Ranocchia ótimo
e jovem zagueiro do Bari (mas de propriedade do Genoa) como do também jovem e
válido Candreva, meia do Livorno (mas com 50% propriedade da Udinese). Mas o
jogador mais vizinho atualmente é Ledesma que a Lazio pode perder entre um mês
na mesma forma que perdeu Pandev. O argentino cairia bem na Juve permitindo a
“lata de ouro” Felipe Melo de avançar e, junto com Sissoko (ou Marchisio) de
suportar Diego em um meio-campo a losango mais completo e eficaz.  

      *      
 A série invicta de 10 jogos trouxe
um enorme entusiasmo aos torcedores do Napoli que agora sonham de entrar nas
primeiras quatro posições da classificação e assim participar da próxima Champions
League. Tarefa difícil sendo muito mais provável uma chegada entre o 5° e o 7°
lugar com direito de participar à Europa League. Então o problema maior é representado
da ala esquerda já que Zuniga não parece se adaptar bem na posição e o
argentino Datolo é um meio campista externo, não um lateral. Dossena do
Liverpool seria uma boa opção mas parece que o Napoli entrou em contacto com o
CSKA de Moscou para trazer o jovem Georgy Shennikov (1991) ótimo lateral esquerdo.
O ala Hoffer será emprestado ao Chievo.

      *       
Apesar de que nada deve a Lazio o presidente da Inter Moratti,
considerando as boas relações com a diretoria “celeste” pretende dar uma espécie
de “compensação moral” emprestando dois jovens de prospectiva: o meia Joel Obi,
nigeriano, que joga também na ala esquerda e o atacante Mattia Destro. Porem
Lotito prefere o também interessante esloveno Khrin que Mourinho já empregou no
time principal. Com Ledesma que vai para a Juve e Rocchi que é pretendido do
Zenit de Spalletti, alem de Kolarov que Juve, Bayern e Inter querem, a Lazio
responde com os gremistas Maxi Lopez e Rever mais Gonzalo Barreto, um baby
bomber de nem 18 anos que buscaram no Danúbio de Montevidéu e que vem apostado
como o “novo Zarate”.

      *   
    Mas é
a Roma que fez um ótimo negócio ao repatriar o bomber Toni do Bayern: a dupla
de ataque To – Tò é garantia de qualidade e vai atormentar as zaga adversárias.
Para mim a Roma pode aspirar tranqüilamente ao 2° lugar já que creio que o
Milan vai afrouxar o passo em campeonato para convergir todas as forças na conquista
da “Taça com as orelhas” como é conhecida a Copa dos Campeões.  

*        Em
breve: o italo-argentino Osvaldo (bom prospecto), atacante do Bolonha, é
pretendido do West Ham do técnico Zola. O atacante Pinilla, atualmente no
Grosseto em série B vai reforçar a colônia chilena da Udinese que, por sinal
cedeu o bom defensor central brasileiro Felipe à Fiorentina para 9 ml. de
Euros. Provável troca entre Fiorentina e Genoa com o zagueiro Natali que vai
para o Genoa e o atacante Floccari (sem espaço) que chega a Florença.  Mas o Genoa não para por aí pois é sempre
interessada ao meio campista Fernando Menegazzo, ex Juventude de Caxias e
atualmente ao Bordeaux, bom jogador que já foi em Itália, ao Palermo. Enfim Aleksandar
Dragovic é o zagueiro austríaco de origem servia que também está no olho do
“Grifone” rosso-blù. O ala Cerci será o próximo reforço do time revelação do torneio,
o Bari; ótima aquisição pois o seu estilo de jogo se encarna bem no esquema do técnico
Ventura. Boatos dão o bom zagueiro do Palermo Kjaer ao Manchester United.

Ciao, Carmine

8 respostas em “Campanha 2010, parte 1”

Carmine, sono nato a S.bernardo do Campo, vicino a S.Paulo, connosci? Questo luogo è, come S.paulo, una grandissima colonia italiana anche nei giorni di oggi.

Ho 3 figli ( 2 bambini,1 ragazza) , tutti palestrini.

Mio nonno penchiari é venuto dal veneto, ma mia nonna ( odette menna struchi è nata a napoli !!

Sai che io penso che noi (palmeiras) dobbiamo provare d´avere un allenatore italiano, come quelli che hai scrito. Sono sicuro che le cose vanno essere molto diverse di quelle che abbiamo visto da diego souza, vagner love, etc

Hai raggione, il calcio di oggi non è più romantico , adesso è cosa di mafiosi del calcio , questa gente è peggiore che la `ndranghetta , camorra, puoiche i mafiosi tradizionale almenno hanno rispetto a qualche cose.

scusi ho bisogna di esercitare il mio italiano.

luiz = e entao , o dinheiro usado nos gambas daquele kia (voce lembra, tevez e cia) de onde venia?
o dinheiro sempre circolou no futebol, mas o nosso era um “calcio” epico, de namorados, sem maldade, mas hoje mandam esses sujetos sem etica e a poesia acabou. olha o moggi, um verdadeiro mafioso que em um pais serio estaria jà na cadeia mas que aqui muitos ainda elogiam. alem disso o que esperar se o chefe do futebol mundial troca as regras à pressa para permitir a frança de ir ao mundial?

somos velinhos nè luiz? parecia ontem que jogava fetebol na rua e agora estou com 4 filhos e uma barriga obscena, que desastre! mamma mia!
voce è paulistano?
eu moro na regiao Campania, italia do sul, perto da cidade de Salerno; a minha è uma regiao bela (na minha zona està Amalfi, Positano, as ruinas de Pompei) e de grande historia mas com o cancer da camorra (a mafia napolitana; aquela calabrez se chama ‘ndrangheta, na sicilia è mafia), uma classe politica indecente e pouco trabalho.
nao sei: apesar que a sua passagem na europa (benfica) foi ruim, para mim o diego poderia fazer bem na italia pois tem fisico e tecnica. vaidoso? deixe ele treinar com um tecnico estilo ranieri, gasperini, delio rossi ou o “teu” ballardini, vai logo limpar esse habito.

O Diego souza não tem preparo psicológico e personalidade para jogar na europa, nem na série B da italia, é um cara mimado, vaidoso e sem espirito de grupo.

Carmine, vc mencionou um tema interessante, na Inglaterra os principais times pertencem à mafia russa, shieks árabes e outros pilantras, mas como é na europa ninguém fala nada. vc já imaginou se esses caras fossem donos de times no Brasil? a FIFA ia querer proibir o brasil de jogar a Copa.

hai detto che hai 47 anni. ho 50 anni.

exacto luiz, aquele tempo acabou, nenhum time europeo vai pagar 25 ml x hernanes (e diego souza entao?): um preço exagerado pelos cofres atuais considerando que è um bom jogador mas nada de extra. sò um mafioso russo ou um sheik podem pagar sem problemas essa quantia mas acho que o seu destino serà portugal, alemanha ou um time de 2^ expressao espanhol que vai pagar uns 9/10 ml.de euros.
la lazio resterà in A? boa pergunta. a campanha iniciou bem com a conquista em Pequim da supercoppa italiana contro a Inter mas realmente o time è fraco considerando que 2 bons jog. como ledesma e, sobretudo, pandev foram emarginados; eu creio que fundamental serà a campanha de janeiro: se a sociedade consegue reforçar o time com pelo menos 4 bons jogadores a lazio vai escapar da luta x nao cair, caso contrario vai sofrer muito; vamos ver.

Carmine, parece que este ano, a famosa janela europeia de transferencias vai negociar apenas jogadores que já estão na europa. rium para os bambis , que um dia já se iludiram achando que algum time europeu pagaria 25 milhões de euro no hernanes.

pensi che la lazio resta sulla A ?

Edu – a Rossella Sensi deveria fazer uma estatua ao Moratti pois o interista ajudou muitos a Roma em termos financiarios aceitando de pagar jogadores como Chivu alem da real valutaçao e dando de presente jogadores como o Pizarro e o Andreolli. Acho dificil o negocio sair mas atualmente o jogador mais util à Roma è o argentino e nao Baptista que insiste com um alto salario no orçamento societario. Saude e serenidade no 2010 e, è claro, titulos ao Palestra.

Toni é uma ótima para a Roma. Tem nome, tem porte físico e se torna bom para duas novas opções de jogo: pivô com o grandalhão e as jogadas aéreas, hoje nem tão úteis assim para o time.

Baptista por Burdisso apenas? Não vai ter alguma compensação financeira ($) por parte da Inter? Gosto do Burdisso, mas não abriria mão do Baptista na troca, a menos que venha algum dinheiro para os cofres romanistas.

Ciao, Carmine.

Os comentários estão desativados.