Categorias
Arenas

Por que as enquetes?

Por Claudio Baptista Jr.

Pessoal, segue abaixo o resultado das enquetes
da semana passada e alguns comentários sobre o que me motivou a fazê-las.

Enquete
1
– Caso o Consórcio Palmeiras/WTorre tivesse
meios de deixar a futura Arena em condições de pleitear em paralelo ao SPFC a
abertura da Copa de 2014, você apoiaria?

Total
de votos: 68

SIM: 67 (98,5%)

NÂO: 1 (1,5%)


Enquete 2 – Você apóia o Morumbi como sede
paulista para a Copa de 2014?

Total
de votos: 164

SIM: 3 (1,8%)

NÂO: 161 (98,2%)


Era claro que esperava um apoio esmagador para
a primeira e uma rejeição praticamente total para a segunda, então o que eu
pretendia com elas?

Opinião particular e de minha
responsabilidade.

Nós sabemos que o Governo do Estado quer muito
a abertura da Copa aqui na capital, porém, no próximo ano teremos eleições
presidenciais com a possível candidatura do atual Governador do Estado.
Parece-me evidente que a intenção é a do menor barulho possível, pois não é
interessante que SPFC, Palmeiras e Corínthians fiquem travando batalha,
levantando poeira na mídia e conseqüentemente formando a opinião dos seus
torcedores. Caso isso ocorra, seja qual for o estádio ou clube escolhido, uma
enorme quantidade de votos do maior curral eleitoral do país pode ser
influenciada. Quer queiram ou não, um grande barulho criado pelos clubes e
mídia pode sim ter influência política perante suas torcidas.

Já em relação ao início do processo de escolha
do estádio para a cidade, caso o mesmo fosse feito de maneira transparente, não
teríamos o “erro” de base quando não houve preocupação tanto do Governo do
Estado, do Município bem como do questionável Comitê Organizador Local da
cidade (COL) em ouvir as partes, checar a existência de projetos e propostas, e
levar a discussão para a opinião pública. Escolheu-se uma das partes por
“comodidade” sendo que a proposta é da CIDADE e não de um particular.

Por acaso as demais sedes não apresentaram à
FIFA propostas de projetos de estádios ainda não existentes? A FIFA deixou de
aprová-las?

Somente para refrescar a memória, no momento
do envio à FIFA da proposta da cidade de São Paulo para sediar jogos da Copa, o
Palmeiras já havia feito o acordo junto a WTorre e até mesmo o Corínthians
acenava com a construção do seu estádio. Aqui já caia por terra a justificativa
dos governantes do Estado e da cidade de São Paulo pela escolha sob o pretexto
de não colocar dinheiro público direto em estádio de futebol e do menor
investimento em infra-estrutura.

E agora, nos deparamos com uma pesquisa que
vem sendo usada na mídia (http://www.lancenet.com.br/noticias/09-11-13/652903.stm)
mostrando apoio ao Morumbi para a Copa pelas torcidas rivais, na tentativa
clara de se encontrar mais justificativas para a escolha e para o investimento
público absurdo refletido na seção de área pública e construção de
estacionamento mais linha de trem de superfície passando na porta do estádio.

Os argumentos mostrados acima mais o resultado
das enquetes visam apenas mostrar ao Palmeiras a necessidade de se posicionar
honrando sua história e perguntar para si mesmo. O que a entidade tem a ver com
o Governo do Estado ou eleições presidenciais?

Abraço,

Claudio Baptista Jr. – ansioso pela aprovação
da nossa Arena junto a Prefeitura e muito contrariado com a falta de
transparência nas discussões sobre a sede paulista e investimentos públicos na
cidade para a Copa de 2014.

22 respostas em “Por que as enquetes?”

Caros 3VVistas,

Vocês não acham que, caso se viabilizem as reformas no privadão automaticamente teríamos a possibilidade de alteração do projeto dada a similaridade do processo? Será que de algum modo não há expectativa das partes envolvidas sobre isso?

Concordo totalmente Junior. Essa deveria ser a estratégia desde o início. Mesmo que o spfc consiga a reforma do Morumbi, a Arena Palestra terá no mínimo uma estrutura equivalente, com o detalhe de ser muito mais bem localizada. E sem dinheiro público! Não dá nem para comparar.
O spfc ficaria numa situação dificílima, pois além de ter que pagar o empréstimo, teria um concorrente em condições melhores tanto para shows quanto para futebol.
Caso o spfc não consiga a reforma aí vira covardia… rs

Se for só por viabilidade econômica, o Palmeiras e a WTorre pensaram pequeno na questão da capacidade.

Rodrigo, você não acha que eliminar um concorrente como o SPFC seria uma ótima estratégia?

Se eles não conseguirem reformar o Morumbi com esses juros baixos e ajuda do governo, vai ser praticamente impossível ter uma estrutura para shows e jogos de futebol perto da nossa.

Com isso teríamos o monopólio e deixaríamos os nossos rivais em uma situaçào extremamente delicada…

A “viabilidade econômica” tem que ser analisada de uma forma mais ampla e envolvendo sempre os nossos concorrentes diretos!

abs

Bem observada essa questão do fechamento da ferradura e do tamanho dos anéis superiores. Aparentemente não é tão impossível ter uma capacidade maior para a Arena. Será que o maior problema não é a tal “viabilidade econômica”?

Não adianta nada nosso presidente fazer média com a torcida organizada em baile de carnaval, grita Morte aos BVambis, e depois ser covarde e aceitar passivamente a entrega da sede da Copa ao SP… O mínimo que se espera é que nosso dirigente maior diga em alto e bom som que não aprova a nomeação do estádio delas pra Copa e que conclama todo torcedor palmeirense a demonstrar repúdio ao político que encampar a idéia da Bambinera como estádio da Copa… Se nosso presidente ousar dizer que apóia o estádio delas , eu desisto de apoiar essa direção, e terei todos eles como traidores , e comparáveis aos nossos piores dirigentes… quero só ver o que vão aprontar esse ano de 2010…

Adilson, muito bem colocada essa questão do projeto original.

Sem fechar a ferradura e com a mesma capacidade do projeto atual, supõe-se que o anel superior do projeto anterior, que já havia sido APROVADO, era maior.

Vejam bem, o atual projeto está sendo aprovado para eventos de até 60 mil pessoas, isso nos faz entender que a questão do entorno está resolvida neste sentido, ficando o projeto da Arena em si o alvo das revisões (ex: aumento da capacidade dos anéis, cobertura, áreas de circulação internas, áreas de entrada/saída, …)

Tudo bem, aumentando-se a área interna pode-se ter impacto nas áreas de circulação externa, problemas com a premissão de área construída e tal, tudo para interessados contrários fazerem uso daquela expressão “Aos inimigos, a lei”, só que como disse o Gottardi acima, tem projeto de rival atropelando tudo isso sem nenhum questionamento.

Abraço.

Tambem não entendo como o primeiro projeto sem fechar o gol das piscinas a capacidade era 42 mil e depois no novo projeto com o gol das piscinas fechado a capacidade continua 42/45 mil ???????????? como pode ???? pra que fechar o gol das piscinas então ??????????

outra coisa! acho que deveriam virar aquela piscina olimpica atraz do gol ( não precisar acabar com ela, apenas virar ela e o trampolim) ganhariam mais espaço e não precisariam puxar o campo 7 metros e o contorno ficaria igual ao do lado do placar.

Eu tambem acho isso que o Junior comentou ai em cima. Até mercadinho de esquina peita a CET. Trabalho na CET , mas acho que o Palmeiras devia atropelar a cet, começar logo essa obra, fazer do tamanho que quiser e pronto. Olhem a Bombonera em Buenos Aires, vejam no Google earth, aquilo não tem uma area livre ou permeavel em volta, é tudo construido e tem capacidade para 57 mil lugares. O shopping Bourbon ao lado do Palmeiras, respeitou a lei de uso do solo ??????
construiu em todo o terreno e que se dane o resto.
O Palestra comporta sim um projeto pra 60 mil, só não faz porque vieram com essa conversinha de economicamente viavel……….

Pessoal, o problema é que o SPFC consegue tudo do governo e nós nada…

O que o Mansur falou dos nossos problemas para aumentar a capacidade são os mesmos impecilios que o Morumbi tem também! Engraçado é que eles não estão nem ai para legislação, zoneamento e etc…

Eles vão atropelando todos através da imprensa e nós ficamos pedindo pelo amor de deus para conseguir uma contra partida baixa do CET.

Estou farto dessa posição conformista da nossa diretoria e da falta de visão de longo prazo de eliminar um concorrente direto!

O Claudio está de parabéns pelo excelente texto e pela enquete que provou a opinião de nossa torcida.

abs

É por isso que eu voto na Marina Silva do Partido Verde.

O Serra tá mais preocupado em sentar na cadeira do Lula.O que o Serra fez de bom para o Palmerias até agora que eu saiba?

Recebeu o “doce” Paulo Serdan e os seus no palácio.Muito bom governador.

Brigou com o Felipão chamando ele de retranqueiro.Maravilha governador,brigou com o treinador mais vitorioso do Palmeiras nos últimos 30 anos.

Só deu bola dentro.

O Palmeiras é que tem que se mostrar grande e não aceitar a imposição do Morumbi.Para a própria W Torre seria uma baita propaganda sua primeira Arena abrindo uma Copa do Mundo.

Mas,infelizmente não acredito muito que o presidente faça algo em relação a isso.Ele ultimamente tá mais preocupado em “mata os bambi”.

Acredito que tenha sido esticado mesmo Claudio. Se o prazo ainda fosse 31/01, quase certeza que nenhuma sede conseguiria cumprir. Com certeza vai ter muito atraso, isso acaba favorecendo a Arena Palestra por tabela. Mais tempo para sair as últimas aprovações.

Abraço.

Pobre nós brasileiros, que convivemos com uma Mídia alienadora, vendida, parcial, bairrista, lobista, interesseira e mentirosa!

Rodrigo, se não me engano o prazo foi esticado para março/10, até porque 31/01/10 é quase impossível. Somente como exemplo, a licitação para estádios de algumas sedes sairão apenas em Janeiro/10.

O Maracanã ficará aberto até agosto/10. Sua licitação está atrasada.
O Verdão em Mato Grosso também tem sua licitação adiada para janeiro/10

E ainda acho que mesmo em março, a grande parte dos estadios ainda não terão nem saído do papel.

Abraço

Claudio

A vontade dos caras aprovarem o morumbi é tanta que colocar a Arena a disposição talvez não seja o suficiente. Para o tal COL pelo menos “olhar” o projeto, acho que alguém do Palmeiras/W Torre teria que ir até lá e pedir por favor.

Será que ainda dá tempo? Pesquisei rápido no google e pelo que encontrei o prazo para início das obras é 31/01/2010, confere?
Além do prazo, outro fator contra a Arena Palestra é o número de cidades sede. Se fossem só 10, a possibilidade de uma ou outra cidade ter dois estádios seria maior, como foram aprovadas 12 cidades, talvez isso seja mais difícil.

Mas com a Arena Palestra sendo ou não usada na copa sou contra o Morumbi. Se o panetone for mesmo aprovado, vai ser vergonhoso.

Abraço

Rodrigo.

Apesar do Palmeiras sempre ter colocado que o objetivo principal da Arena não é a Copa, também nunca deixou de colocá-la a disposição. Apenas não a colocou como concorrente do Morumbi em função da cidade querer a abertura e a Arena não possuir a capacidade em seu atual projeto.

Mesmo que tudo esteja caminhando para o Morumbi, principalmente na questão de infraestrutura pública (VERGONHA!!!!!), acredito ainda haver tempo para pleitearmos algo a mais.

Só que tem que ser rápido.

Abraço.

Concordo Claudio. Acho que me expressei mal, na verdade devemos reclamar e muito, o que eu quis dizer é que fica difícil reclamar, pois quem poderia tentar fazer a diferença não o fez. O discurso do Palmeiras desde o começo foi de que o objetivo da Arena não era a copa. Isso ajuda a aparentar que o morumbi é a única opção.

Abraço

Marcio,

Político não tem time, vc não lembra do Tancredo Neves?? Uma vez perguntado sobre que time ele torcia em Minas ele disse:

“Gosto do Atlético, mas também do Cruzeiro e tenho uma simpatia muito grande pelo América””

Estou profundamente decepcionado com o Serra. Ao invés de usar as “ferramentas” que tem para desobstruir o processo de aprovação/construção da Arena, prefere ficar fazendo média com todos (até da parada gay já participou – será que está querendo se associar a outro clube?) para atingir um objetivo pessoal. Que cazzo de palmeirense é esse?

Rodrigo,
Tecnicamente é possível aumetar a capacidade. Claro que isso geraria impactos no projeto, porém, como perguntado na enquete, caso Palmeiras/WTorre tivessem condições….

E podemos sim reclamar muito do COL. Bastaria verificar formalmente a possibilidade junto ao Consorcio visto que o Morumbi demanda enormes investimentos em infraestrutura externa ($$$ público). Não era esse o discurso? Do menor investimento público?

Abraço.

Como sou totalmente leigo no assunto, não questiono as explicações dadas pelo Mansur aqui mesmo no 3vv sobre a questão da capacidade da arena. Ele deixou claro tudo o que impede que a capacidade seja maior. Então…

Uma vez eu estava no Palestra num jogo contra o Flamengo, esse governador apareceu nas tribunas e a ridícula turma do amendoim começou a aplaudir. Teve gente dizendo: “ta aí, esse é um grande Palmeirense”. Melhor ouvir essa do que ser surdo.

Se esse tal COL estivesse um pouco comprometido em escolher um estádio onde não fosse preciso colocar dinheiro público escolheria a Arena Palestra Italia. Mas nesse caso, além da boa vontade do poder público com o jd. leonor, o que pesou foi o fato da Arena Palestra Italia ter sido projetada para uma baixa capacidade de público. Isso descartou qualquer possibilidade do Palmeiras brigar para que seu estádio fosse escolhido como sede. Então acho que nem podemos reclamar de nada. Mas fica a dúvida: tecnicamente seria possível construir a Arena com uma capacidade maior? Ou o que pesou nesse ponto foi a questão da viabilidade econômica para a W Torre?

O Lance é anunciante no morumbicha. Não é de se estranhar que divulguem esse resultado mentiroso na pesquisa.

Os comentários estão desativados.