Categorias
Você manda o Recado

Uma crítica às críticas

POR LUCIANO PASQUALINI

Com todo o respeito às críticas atuais ao time e à Direção do Palmeiras, podemos adotar um viés negativo
ou positivo para analisarmos 2009. É uma questão de escolha do autor.

Falar mal do Palmeiras é a coisa mais fácil hoje em dia. E a cada tropeço em campo
podemos esperar nos dias seguintes um e-mail de oposicionistas da atual administração falando do Balanço, dos
gastos sem conquistas, escolhendo os piores números da contabilidade para
desenhar o caos, o fim do Palmeiras. E neste cenário quem sabe surja espaço
para o messias, o salvador da pátria.

Temos que tomar cuidado pois muitos palmeirenses nos blogs ou nas listas de emails são formadores de opinião. E a postura que eu espero destes é sempre de uma visão crítica com ponderação e
caminhos para solução.

Como teriam sido as mensagens
de sãopaulinos e corinthianos no final da década de 60? Santos bi-campeão
mundial, duas Libertadores, seis títulos nacionais, oito estaduais. Palmeiras: quatro títulos
nacionais, dois estaduais … e o Corinthians ZERO títulos na década e 16 de fila;
São Paulo: ZERO títulos na década e 13 de fila … o futebol é cíclico.

Um exemplo de críticas que ouvimos: “sem a Traffic o
Palmeiras não tem sequer um time para mandar a campo”. Pura desinformação. Para alegria de alguns e tristeza de outros, a Traffic tem cada vez menos
jogadores no Palmeiras. Salvo engano este é o cenário atual:

Contrato

Palmeiras

Parceiro

Marcos

12/2011

100% Palmeiras

 

Figueroa

07/2010

empréstimo

100% Unión San Felipe

Mauricio Ramos

02/2014

50% Palmeiras

50% Iraty

Danilo

12/2013

80% Palmeiras

20% Atlético-PR

Armero

01/2011

empréstimo

100% Turbo Sports

Pierre

12/2012

100% Palmeiras

 

Souza

12/2012

100% Palmeiras

 

Edmilson

12/2010

100% Palmeiras

 

Deivyd Sacconi

06/2011

80% Palmeiras

20% DIS Sonda

Cleiton Xavier

12/2012

empréstimo

100% Traffic

Diego Souza

12/2011

empréstimo

100% Traffic

Vagner Love

07/2010

empréstimo

100% CSKA

Quantos times grandes no País podem hoje encerrar o ano
com salários em dia, com 3 jogadores selecionáveis, com todos os titulares
tendo contratos vigentes, de longo prazo, e apenas 2 vencendo no meio do
próximo ano [Figueroa e Vagner Love]? 

O Palmeiras mudou muito, e para melhor. O Palmeiras 2009
foi um dos melhores desta década, senão o melhor, mas infelizmente falhou nos
momentos decisivos. Se a torcida não tivesse prestado o desserviço de
praticamente expulsar o Vagner Love e o Diego Souza, estaríamos em ótimas
condições para 2010.

Mas continuo confiando e muito no trabalho da Diretoria.
Os erros conheço tão bem quanto os amigos que mais acompanham as coisas do futebol, e poderia ficar aqui enumerando,
listando, etc… mas prefiro continuar dando crédito ao Belluzzo, Cipullo,
Muricy e equipe que PARA MIM, estão há apenas 11 meses no cargo. O mandato
Della Monica/Palaia foi uma transição à La Sarney. O Cipullo era um corpo estranho naquele mandato.

Acreditem Palmeirenses!! 2010 nos reserva grandes
alegrias. Quero terminar 2010 com dois títulos, Arena sendo construída e Estatuto
novo
.

É possível, é viável, e é a razão de viver dos atuais dirigentes do
clube. Gente como a gente, que erra e acerta, dorme mal, faz auto-critica e
sofre como todos e mais um pouco. Eu acredito !! 

Luciano Pasqualini

43 respostas em “Uma crítica às críticas”

Gostei muito do comentário do LUCIANO PASQUALINI, o palmeiras só perdeu o título este ano por incompetência e alter ego de alguns jogadores, em 2010 ganharemos dois títulos e teremos muitas mudanças, pois estes títulos servirão de base para estas mudançs.

Olhando pelo lado positivo da coisa essa questão dos contratos com os jogdores foi algo positivo, mas na verdade temos dois titulares que terminam no meio do ano e dois que podem sair a qualquer momento (D.Souza e C. Xavier)
Precisamos reforçar o banco de reservas e trazer dois grandes nomes…
Ai sim seremos surpreendidos novamente como diz o Zagallo

Nem tanto ao mar, nem tanto à terra.

Tivemos um péssimo resultado no final de ano, a diretoria cometeu os seus erros (recorrentes), o time negou fogo e acabamos com um gosto amargo na boca.
Mas também não estamos nessa merda toda que alguns pintam por aí.
O time, com alguns reforços, é bom e podemos sim sonhar aí com uma Copa do Brasil quem sabe… vamos ver o que vai dar.
Críticas todos têm direito de fazer e é saudável, desde que haja respeito pela opinião alheia.

Pasqualini, Deus te ouça!! Que haja a reforma do estatuto que, pra mim, é a coisa mais urgente pra se fazer no clube.

Abraços a todos e um feliz natal.

Os comentários estão desativados.