Categorias
Direto da Fonte

Vagner Love pode encerrar década atual como o maior artilheiro do Palmeiras

Agência Palmeiras
Fábio Finelli
14/12/2009 09h30

O atacante Vagner Love pode encerrar a década atual (2001-2010) como o
jogador que mais fez gols pelo Palmeiras. No total, foram 54 em 78
jogos disputados, contando os anos de 2003 e 2004, em sua primeira
passagem pelo clube, e a partir de setembro deste ano, quando retornou
do futebol russo.

Em 2009, o atacante palmeirense conferiu 5 gols em 12 partidas e
reconheceu que poderia ter rendido mais do que o esperado. “Fiz gols
importantes, mas talvez não o suficiente para colocar o Palmeiras no
seu devido lugar. Tínhamos o título e a Copa Libertadores nas mãos, mas
deixamos escapar. Espero que 2010 seja muito melhor, pois o torcedor
palmeirense merece que algo de bom aconteça”, afirmou, feliz por ter
estar próximo de encerrar a década como o maior goleador alviverde. “É
uma marca que fica para a história, com certeza. O Palmeiras tem uma
importância muito grande na minha vida e espero continuar escrevendo
meu nome nessa história.”

Vagner Love também acumula outro dado significante em sua passagem pelo
Verdão: ele está entre os principais atletas de toda a história do
clube com melhor média de gols (0,69 por partida). Fica atrás apenas de
Echevarrieta (114 gols em 127 partidas – 0,89), Heitor (284 gols em 330
partidas – 0,86), Luisinho – (123 gols em 163 partidas – 0,75), Mazzola
– (85 gols em 114 partidas – 0,74), Vava (85 gols em 114 partidas –
0,74) e Romeu (106 gols em 150 partidas – 0,70).

Confira os principais atilheiros do Verdão nesta década (2001-2010):

54 gols: Vagner Love
37 gols: Alex Mineiro
35 gols: Edmundo
33 gols: Muñoz e Pedrinho
30 gols: Diego Souza (atual), Marcinho e Osmar
25 gols: Washington
24 gols: Keirrison, Arce, Lopes e Valdivia
23 gols: Magrão
20 gols: Juninho Paulista
18 gols: Alex e Daniel
17 gols: Diego Souza
16 gols: Thiago Gentil
15 gols: Correa
14 gols: Paulo Baier, Ricardinho e Nen
13 gols: Edmílson, Enílton e Leonardo
12 gols: Kléber, Tuta e Obina
11 gols: Fábio Júnior, Itamar, Anselmo e Claudecir