Categorias
Italiano

Campeonato Italiano Rodadas 18 e 19

POR CARMINE PACIELO

18^ RODADA: “INTER CAMPEAO
DE INVERNO”  

       *     Com
uma rodada em anticipo a Inter conquista esse título simbólico.  Em um gramado péssimo  Balotelli marcou o gol da vitória contra o
Chievo Verona. Era o que queria Mourinho que, praticamente sem meio-campo e com
um banco de garotos da “Primavera” (ou seja o time juniores) escalou o time com
um 4/3/3 com Zanetti e Vieira volantes e Snaijder fazendo a armação de jogo,
Milito como centro-avante e Pandev e Balotelli caindo pelos lados no ataque. Foi
o jogo do adeus de Vieira que jogará no Manchester City do seu ex técnico
Mancini (que parece interessado também a Cassano), do bem-vindo de Pandev e, enfim
o jogo onde o zagueiro Chivu sofreu uma fratura do crânio ao chocar-se com o
atacante Pellisier do Chievo e vai afastar-se do time por pelo menos três meses
.

      *    
 Apos uma série de maus
resultados, inclusive a eliminação na Champions que custou uma forte perda de
dinheiro além de prestígio, a Juventus, puxando só uma vez no gol venceu (1 x
2) com muita sorte contra o Parma. Mas os problemas ficam: o time é muito frágil
com jogadores desoladamente medíocres como Legrottaglie e Felipe Melo e com os
outros jogadores que têm a “síndrome da bola que queima nos pés”. Um time que não
tem uma manobra sequer! Ferrara respira aliviado mas a sensação é que o
jogo-vida dele será o próximo, contra o Milan, o jogo que vai escolher o
anti-Inter.  

       *       Na reestréia
de Beckham o Milan teve uma excelente apresentação e goleou (5 x 2) o Genoa não
obstante o pênalti falho de Ronaldinho ao 10 do 1°tempo e o gol, logo depois de
Sculli. Sem Pato e Seedorf o protagonista do jogo foi Ambrosini, devastador ao
aproveitar dos espaços no lado esquerdo deixado dos meio-campistas do
Genoa.  Com Gattuso e Beckham o time é
muito mais equilibrado entre os setores e acho que Leonardo vai manter esta escalação.

       *     
Também Toni estreou na Roma, mas só para os 10 minutos finais do jogo
que viu o Cagliari conseguir o empate ao 93° graças ao seu capitão, o
meio-campo Daniele Conti, filho daquele Bruno Conti ala “brasileira” da Itália campeã
do mundo no 1982 em Espanha.

       *    
 Outro estreante foi Floccari que
marcou 2 gols na goleada da Lazio (4 x 1) contra o Livorno. A vitória do Napoli
(0 x 2, belíssimo o gol de Quagliarella) fez explodir a raiva dos ultras da
Atalanta; em conseqüência disso Conte foi demitido e a sociedade está na
procura do 4° técnico que será Bortolo Mutti.

19^ RODADA: “DE PROFUNDIS”

      *   
   O diabo mandou para o inferno a Juve. O sonho
acabou. O time que deveria resgatar anos de frustrações culminados na 2^ divisão
e voltar a vencer o “scudetto” já nesta campanha sucumbiu em frente a um Milan não
irresistível e que só jogou o suficiente para ganhar (0 x 3) contra um time em
estado de confusão mental, um time que jogava para não sair derrotado, enfim um
time sem alma. Foi um tremendo fracasso, uma “via crucis” que terminou com os
“carinhos” da torcida (que ainda provocaram incêndios no estádio) contra os
jogadores, em particular Cannavaro e Felipe Melo, contra a diretoria e contra
Ferrara “convidado” a ir embora.

      *      
E, para mim Ferrara já foi!  Percebi isso a tempo e tive a confirmação
nesse jogo, exatamente quando, ovacionado do povo, entrou Del Piero: faltavam
30 min. e com 1 gol a menos ainda dava tempo para reverter a situação. Então Del
Piero não fez nada, andava a passos miúdos, tranqüilo. A verdade é que os
jogadores não acompanham mais Ferrara pois no subconsciente deles se formou a idéia
que ele é um técnico à tempo e o seu tempo vai acabar em junho. 

      *      
Uma idéia, por sinal, criada pela mesma diretoria que já errou ao
demitir Ranieri (que, expelido como um malandro, agora está gozando do espetáculo;
um Ranieri que havia vetado a chegada de Diego porque preferia ter um “novo”
Nedved) e que errou outra vez ao fazer entender que depois do Mundial na África
do Sul Lippi iria voltar à Juventus como manager da área técnica.

      *      
E agora? Agora falam que Ferrara fica, pelo menos até o jogo da Copa Itália
de quarta à noite contra o Napoli e, dependendo do resultado, ele seguirá no
comando. É uma piada pois os jogadores já o demitiram. Agora é só uma
responsabilidade da diretoria: se eles ainda querem respeitar o compromisso com
o Lippi, ele fica ou será tomado um técnico disposto a treinar até a fim do torneio;
mas se estimam que a situação é tão crítica a ponto de não obter nem um lugar
na Champions League, Hiddink já está sentado no banco para dirigir o próximo
jogo.

      *     
 Uma acrobática cabeçada do
argentino Denis oferece ao Napoli a vitória (1 x 0) sobre uma boa Sampdoria
(mas com Cassano invisível). Com a contemporânea derrota da Juventus, o 12° resultado
útil consecutivo da gestão Mazzarri, que buscou um time depressivo com 7 pontos
depois de 7 jogos enquanto com ele o time fez 26 pontos, o Napoli conquistou o
3° lugar e sonha com a Champions League.  Pena que Lavezzi se machucou e ficará parado
pelo menos por 1 mês.

     
*       Mas a luta será muito rigorosa pois a Roma
venceu (1 x 0, De Rossi depois de 47 segundos) com Toni no gramado do 1° minuto
que ajudou o time a defender o resultado depois da expulsão ao 12° do goleiro
Doni e a Fiorentina, ao seu 2° sucesso em seguida, está determinadas, junto com
o Palermo e o Genoa, em ganhar um lugar na elite européia. A vitória contra o
Bari não foi fácil, não, pois o time de Ventura, um 4/4/2 que na fase de ataque
se transforma em um 4/2/4 com Rivas e Alvarez que empurram nas alas em apoio
aos atacantes Meggiorini e Barreto, é um time bem organizado, exuberante e mordaz,
a verdadeira revelação do campeonato. 
Seja como for, também sem 5 titulares (Gamberini, Jovetic, Zanetti,
Marchionni e Vargas) os “viola” venceram de virada exibindo uma maturidade e
uma força de grande equipe.

       *      A
lanterna Siena com 30 pontos atrás da líder quase venceu contra a Inter pois ao
43° da segunda etapa ainda conduzia 3 a 2 e, merecidamente, como reconheceu o
mesmo Mourinho, pois dominou o rival que estava fora de forma, sem inteligência
e sem Eto’o, Cambiasso, Muntari, Chivu e Balotelli. Mas que teve no comando o
Special One, um técnico que, não obstante a precariedade do time soube reverter
a situação tendo o coragem de injetar no gramado dois garotos como Arnautovic e
Stevanovic e de por, no banzai – final, Samuel como centroavante tendo só o
Zanetti no meio-campo em um 4/1/5 inédito. A ousadia foi premiada ao 88° com o
empate de Sneijder e ao 93° com o gol da vitória de “the wall” Samuel no melhor
estilo centroavante. Três pontos de ouro, inesperados mas conquistados com o coração.


Crédito para a imagem: http://www.corriere.it/gallery/sport/08-2009/campionato/giornata19/giornata-19_4e61765e-fd61-11de-9229-00144f02aabe.shtml#21 ; clique no link e veja as belas fotos da rodada 19 do campeonato italiano.   

9 respostas em “Campeonato Italiano Rodadas 18 e 19”

Carmine, credo che si chiama Tiziana Alla,
domani io vedo reggina x cesena e ti confermo.

Carmine, sono sicuro che ho visto una partita della serie B , in RAI, con una narratrice (no una comentarista), una donna,
non so il nome, ma io scopro.

em tempo e desculpe pela mistura de idiomas: come si chiama? x caso carolina morace? olha luiz, a carolina è uma ex atleta (foi o melhor n.9 da seleçao feminina, muito boa) mas nao è uma narradora pois – APESAR QUE è UM TECNICO FEDERAL e que em teoria pode treinar qualquer time professional – ela acompanha com os comentarios tecnicos o trabalho do telecronista. outras “meninas” seja na RAI (tv nazionale) como na sky e outras tv private fazem o trabalho ou alem das linhas do gramado ou dando intervista a calciatori ed allenatori a fine partite orientate dallo studio centrale. ma che io sappia, nessuna è “a voz ufficial do jogo”.

Vicente, do jeito que vai a Juve vai acabar como o Torino, vicino alla serie B. melhor torcer para a Juve da Mooca, que tem o nome de um e a camisa do outro.

Carmine, ho savuto dal mio cugino italiano (abita in italia) che questa donna è narratrice della RAI già 4 anni fa.

Rsrsrs…. olha, esse comentário do Carmine é dinamite. Se o Cunio lê isso (que é torcedor da Juve) vai dar muita discussão (Carmine, voglio dire chiachere… ) .

Gostei da ideia da mulher narrando.

Ciao
Vicente

luiz: sincermente è una novità anche x me, ci sono molte giornaliste sportive e qualcuna conduce (e bene) anche qualche programma televisivo ma di donne telecroniste, no, non ne sapevo nulla, andrò a verificare ma trovo la cosa molto simpatica.
proprio così: milan = corinthians. e continuando con i paragoni: bambi = juve, x la prepotenza e x vincere gli scudetti con “aiuti” extra (ed infatti senza “aiuti” la juve in campo internazionale è zero) e inter = palmeiras, x la storia e x tutte le prevaricazioni subite in passato dai rivali.

carmine, a Inter já levou o scudetto. Não tem rival na Italia. O Milan para mim é um museu, os milanistas adoram contratar craques decadentes.é o corintians da Italia.

carmine, una domanda: No sábado eu assistí pela RAI a partida Brescia 3 x 2 padova, e notei que o narrador era uma mulher !!! isso é novidade na Italia ou existe faz tempo ?

Olha: o Milan está melhorando e o Ronaldinho está voltando a jogar bem, mas infelizmente, acho que a Inter vai levar o caneco de novo. Bem que poderia ser o Milan hein…

Os comentários estão desativados.