Categorias
Direto da Fonte

Pierre esteve em campo em seis dos sete jogos do tabu palmeirense


Agência Palmeiras
Fábio Finelli
29/01/2010 13h32
 
Do tabu de mais de três anos sem perder para o
Corinthians, o volante Pierre é o atleta que esteve mais vezes em campo
contra o rival: dos 7 jogos desde o início de 2007, ele disputou 6, com
5 vitórias e 1 empate. Ele só ficou de fora do empate em 2×2 contra o
Corinthians no 2o turno do Brasileiro do ano passado.

“É uma marca significativa, sou sempre lembrado por isso, mas a verdade
é que esses números não entram em campo. Cada jogo é uma história, e
quando a partida começar, não existe essa coisa de tabu”, minimizou o
camisa 5, que falou do sentimento que tem de enfrentar o rival.

“Quando eu cheguei no Palmeiras no início de 2007, a primeira coisa que
ouvi dos torcedores é que tínhamos a ‘obrigação’ de vencer esse
clássico. Com o tempo, vi o sentimento que proporciona um clássico
entre Palmeiras e Corinthians. É uma emoção diferente jogar uma partida
como essa”, disse.

A última derrota do Verdão para o Corinthians aconteceu em 26/10/06,
por 1×0, pelo Campeonato Brasileiro. De lá para cá, a equipe realizou 7
jogos, com 5 vitórias e 2 empates. Os confrontos foram:

> Em 2007, 3×0 no Paulistão, gols de Edmundo (2) e Osmar, e duas
vitórias no Brasileirão: 1×0 no primeiro turno, gol de Dininho, e 1×0
no segundo turno, gol do zagueiro Nen. Em 2008, os dois times se
enfrentaram apenas no Paulistão, e o Verdão venceu por 1×0, gol de
Valdivia. Todos esses jogos aconteceram no Morumbi. Em 2009, os 3 jogos
aconteceram em Presidente Prudente: no Paulistão, empate em 1×1, com
gols de Diego Souza para o Palmeiras e Ronaldo para o Corinthians. No
1o. turno do Brasileiro, 3×0 para o Verdão, todos os gols de Obina. No
2o.turno, placar de 2×2, gols de Danilo e Maurício (P), e Ronaldo/2
(C).

Além de Pierre, outros dois atletas não foram derrotados para o
Corinthians nesse tabu de mais de três anos: o volante Wendel
participou de todas as cinco vitórias citadas acima e só ficou de fora
Wendel ficou de fora dos empates em 1×1, no Paulistão, e 2×2, no
Brasileiro, ambos em 2009.

Já o goleiro Marcos não perde para o Corinthians desde o 2o.turno do
Brasileiro 2005: de lá para cá, ele esteve em campo em 6 jogos, com 4
vitórias e 2 empates. Ele não atuou na partida em que o time foi
derrotado por 1×0, no 2o.turno do Brasileiro de 2006.

Confira a escalação do Palmeiras nas sete partidas sem perder para o Corinthians:

Brasileiro 2009, 2o.turno
Palmeiras 2×2 Corinthians
Marcos; Danilo, Maurício e Marcão (Marquinhos); Figueroa, Jumar, Souza
(Ortigoza), Diego Souza e Armero; Obina (Bruno) e Vagner Love. Técnico:
Muricy Ramalho

Brasileiro 2009, 1o.turno
Corinthians 0x3 Palmeiras
Marcos; Wendel, Maurício Ramos, Danilo e Armero; Pierre, Souza,
Edmilson (Sandro Silva), Cleiton Xavier (Deyvid Sacconi), Diego Souza e
Obina. Técnico: Jorginho (interino)

Paulistão 2009
Palmeiras 1×1 Corinthians
Bruno; Maurício Ramos, Danilo e Marcão; Fabinho Capixaba, Pierre,
Sandro Silva (Jumar), Cleiton Xavier, Diego Souza (Willians) e Armero;
Keirrison (Marquinhos). Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Paulistão 2008
Corinthians 0x1 Palmeiras
Marcos; Gustavo, Henrique e Wendel (Kléber); Élder Granja. Pierre, Léo
Lima, Diego Souza (Martinez) e Leandro; Valdívia e Alex Mineiro
(Denílson). Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Brasileiro 2007, 2o.turno
Palmeiras 1×0 Corinthians
Diego Cavalieri; Wendel, David, Nen (Edmílson) e Leandro (Valmir);
Pierre, Makelele, Martinez e Valdivia; Caio (Luiz Henrique) e Max.
Técnico: Caio Júnior

Brasileiro 2007, 1o.turno
Corinthians 0x1 Palmeiras
Diego Cavalieri; Dininho, Gustavo e Nen; Paulo Sérgio, Pierre, Wendel
(Makelele), Martinez e Leandro (Valmir); Caio e Luís (Bruno Farias).
Técnico: Caio Júnior

Paulistão 2007
Corinthians 0x3 Palmeiras
Marcos, Wendel, David, Edmílson e Leandro; Francis, Pierre, Martinez e
Valdivia (Cristiano); Edmundo (Michael) e Alemão (Osmar). Técnico: Caio
Júnior