Categorias
Notícias

Valdir é homenageado pelo Departamento de História do Palmeiras

DA REDAÇÃO DO 3VV

No jogo deste sábado o ex-treinador e atualmente consultor da SE Palmeiras, Valdir Joaquim de Moraes, foi homenageado pelo Super Campeonato de 1959.

Jota Christianini – Diretor de Acervo Histórico e Memória da SE Palmeiras – foi quem entregou – dentro do estádio, pouco antes da partida Palmeiras e Mogi Mirim – a camisa número 1 para “seo” Valdir.

O Jota deu essa rápida entrevista para o 3VV:

3VV: Jota, como foi a homenagem?

JC: Impressiona subir as escadas com o estádio com muita gente.

3VV: Como foi essa interação com Valdir e imprensa logo antes da partida?

JC: O repórter da Globo perguntou-me se o super de 59 foi conquistado ainda com o nome de Palestra. Não foi, mudamos o nome no início da década anterior. Alex Muller fez a mais longa entrevista e levou um susto quando expliquei que o Valdir enfrentou o Pele 10 anos seguidos.

3VV: Emocionado?

JC: Correu tudo bem. Apenas a pergunta do repórter da Transamerica, aliás bem preparado, infelizmente não lembro o nome, poderia causar uma saia justa. Perguntou ao Valdir: “todo mundo compara o senhor ao Marcos entre os melhores goleiros, mas porque ele fala tanta coisa quando o time perde, não seria o caso de escolher melhor as palavras?”.

E Jota arremata:

JC: Falar para o estádio todo não foi fácil, mas penso que acabou tudo bem.

Não temos fotos do encontro. O site do Palmeiras tem mas não permite divulgação. O curioso é que as fotos, assinadas por Caio Greco, apresentam o Valdir mas não apresentam o Jota. Numa delas claramente o fotógrafo tira o diretor da cena.

Uma atitude que tira um pouco o brilho de uma iniciativa nota 10.

Se quiser ler sobre o Super Campeonato clique aqui no 3VV.

Saudações Alviverdes!

4 respostas em “Valdir é homenageado pelo Departamento de História do Palmeiras”

Fui ao jogo, vi a homenagem e gostei muito. Foi uma pena nao contar com todos os campeões ainda vivos, pois todos mereciam tal homenagem. Mas, obviamente, entendo que há restrições orçamentárias para eventos maiores. Mas a primeira semente foi plantada, e foi com capricho. Um dia veremos Evair e cia sendo homenageados no campo pelo titulo de 93.

Abraços a todos,

Marcos

Muito legal! Muito boa a iniciativa! Isso deve ser feito sempre: lembrar e homenagear os velhor ídolos do passado! É obrigação da SEP como um gigante!!!

Os comentários estão desativados.