Categorias
Italiano

Campeonato Italiano: campeonato reaberto?

 POR CARMINE PACIELO

* Com 6 pontos descontados em relação à Inter nas últimas  3 rodadas  e tendo o duelo direito no Olímpico, a Roma,
agora a 5 pontos do líder,  sonha com o “scudetto”.  Sem Totti, Pizzarro e Toni machucados,  com De Rossi abaixo do seu nível, mas com
Doni que voltou ao gol e com um Vucinic fundamental  os <giallorossi> conseguiram a 7^
vitória seguida mesmo sem jogar em modo brilhante.  Mas  isso se explica pois o time estava cansado
depois do jogo da quinta-feira (perdido, 3 x 2) contro o Panathnikos pela Liga
da Europa.

* Depois da frustrante derrota
para o Manchester Utd. o Milan soube reagir ao vencer (2 x 0) contra um  Bari em evidente flexão e também sonha com o
título. Agora, com 48 pontos, os <rossoneri>  na tarde pegam  a Fiorentina no recupero do jogo adiado e
caso vençam irão ultrapassar a Roma ficando 
apenas a 4 pontos da Inter.  Com
um Ronaldinho em estado de graça que respeito ao passado jogou  mais encostado aos  atacantes  no centro do gramado e que deu as duas
assistências para Borriello (lindo gol) e 
Pato marcar, o Milan dominou apesar do juiz. Quando o placar estava
ainda 0 x 0,  nao “viu” um claro pênalti
cometido pelo zagueiro Bonera sobre o atacante brasileiro Barreto e também nao
sancionou a expulsão do lateral Abate que cometeu uma
falta assassina sobre Rivas. 
Que sujeito distraído!

* Um Genoa compacto em defesa
e determinado a buscar a vitória voltou a jogar com o brilho de início
temporada e venceu merecidamente (3 x 0)
uma fraca Udinese que resolveu afastar o técnico e com muita fantasia
(assim como aconteceu o ano passado) reintegrar nas funções novamente Pasquale
Marino com a difícil tarefa de melhorar a posição do time, em 16° lugar com 24
pontos. Já o Genoa, com 38 pontos, está a 3 pontos da zona Champions.   

* Mesmo com Lavezzi, que voltou depois de um
mês após sofrer uma lesão, o Napoli não
conseguiu derrotar a lanterna Siena. Os
<azzurri> foram apáticos, descarregados. Parece que quase que  todas as forças  foram injetadas no match contra a Inter. O  próximo jogo será fundamental pelas aspirações
do Napoli pois  recebe uma Roma motivadíssima. Se não ganhar, o
sonho de participar na próxima Liga dos Campeões deve acabar .

* Mas o jogo que teve a maior
repercussão foi com certeza o jogo de sábado da Inter. Uma partida particular que
celebrava o 15° aniversário de Moratti no comando do clube, e onde,  em um dado momento,  se viu também  a “panelada”, aquela forma de contestação típica
dos torcedores espanhóis , mas uma novidade
absoluta na velha Bota!  

* O terceiro empate consecutivo
da Inter teve um sabor de empresa pois foi contra uma Sampdoria  que vinha de 4 vitórias consecutivas, e com os <nerazzurri> jogando com 9 por quase uma hora
devido às expulsões de Samuel ao 30° e de Cordoba ao 38° da primera etapa.

* A
Sampdoria (ainda sem Cassano, que vai voltar na próxima rodada) não soube aproveitar da dupla vantagem; faltou coragem ao time de Del Neri que não teve
nem a força de aumentar o rimo de jogo limitando-se a fazer cruzamentos infecundos
que só serviram a exaltar as qualidades
aéreas de Lucio.

* Depois de um 1° tempo nervoso
e excessivamente agonístico (com Mourinho que no episódio da 2^ expulsão cruzou polemicamente as mãos imitando o gesto
das algemas,  fazendo assim entender que
querem impedir ao seu time de ganhar o título) a Inter foi heróica ao
defender-se com ordem e, mantendo um arranjo de combate, atacando com Snajider
e dois atacantes e até arriscando de ganhar o jogo ao 78° com Eto’o que perdeu um
gol incrível. 

* Então porque os interistas
estão exasperados? Bom. A reflexão que  precisa fazer-se é no
medo deles  de repetir-se a história recente quando o  time foi prejudicados  pelas manobras mafiosas de outras sociedades.
 

* Posto que está claro que a
Inter é sistematicamente punida por
faltas que em outros  momentos e com outras equipes os juizes
placidamente nao apitam. O que a Inter pede é uma coisa só: uniformidade nas deliberações
dos juízes  ou seja o árbitro deve ser
intransigente e rigoroso, mas com todos nao só quando apita os jogos da Inter. Se no clássico Samuel  merece o cartão vermelho com consequente
pênalti para o Milan, pois parou a bola com
a mão, na mesma maneira deveria ser avaliada a mão do zagueiro do Napoli (e daquele
do Bari no jogo precedente) que o árbitro nao sancionou prejudicando os
interisti; se, tocado, Eto’o cai na área mas recebe o amarelo a mesma sanção deve ter 
Ronaldinho, Ambrosini e Del Piero, mestres nesses mergulhos; e assim
por diante.      

* Mas agora é tempo de jogar! Depois das
derrotas para Fiorentina e Milan cabe à
Inter – no delicado jogo contro o Chelseaa missão de celebrar com uma
vitória de prestígio o futebol italiano na Europa.

Ciao.
Palmeiras sempre!

Italiano: Resultados R25, Classificação e imagens:
Fonte: http://www.corriere.it/sport/

4 respostas em “Campeonato Italiano: campeonato reaberto?”

Cunio, note que o Carmine diz que a Inter é sempre prejudicada em lances que não são marcados se fosse “outra sociedade”. xiii, o Carmine não quer nem escrever a palavra Juve no blog dele !!!!

Cunio a foto realmente é impressionante. Aliás, no site do Corriere della Sera tem fotos fantásticas do jogos.

Segura a Juve que ela vai chegar ainda!

E olha essa foto… O cara toma cartão, chama o juiz pro pau e agarra a camisa dele… Queria saber se isso não dá uns 2 anos de gancho na Itália.

Os comentários estão desativados.