Categorias
Direto da Fonte

Histórico do Palmeiras na Copa do Brasil e contra o Flamengo-PI

 
Agência Palmeiras
Fábio Finelli
24/02/2010 14h20
 
Geral: 3 jogos
3 vitórias do Palmeiras [ 8 gols ]
— empates
— vitórias do Flamengo-PI [ 1 gol ]

Na Copa do Brasil: 1 jogo
1 vitória do Palmeiras [ 1 gol ]
— empates
— vitórias do Flamengo-PI [ 0 gol ]

>> No jogo da ida,
realizado no dia 10 de fevereiro, no estádio Albertão, em Teresina-PI,
o Palmeiras venceu por 1×0, gol do meia Diego Souza, aos 29min do 2o.
tempo. O time, então dirigido por Muricy Ramalho, jogou com Deola;
Figueroa (Armero), Danilo, Edinho e Wendel; Pierre, Márcio Araújo,
Cleiton Xavier e Deyvid Sacconi (Lenny); Diego Souza e Robert (Souza).
Já o Flamengo foi a campo com Herivelton; Tote, Serginho Matogrossense,
Marcelão e Wiltinho; Binha, Erivan, Luciano (Zuza) e Antonio Carlos
(Michel); Joniel e Leandro Porto (Jardel). Técnico: Valter Maranhão.

>> Os dois times já se enfrentaram outras duas vezes,
ambas pelo Campeonato Brasileiro. Em 1978, o Palmeiras venceu por 3×0,
no Pacaembu, com gols de Toninho (2) e Zé Mário. Já em 1980, o Verdão
venceu por 4×1, no Albertão, em Teresina, com gols de Polozzi, César
(2) e Lúcio. Na ocasião, o time jogou com Gilmar, Rosemiro, Édson,
Polozzi e Pedrinho; Mococa, Jorginho (Célio), Wílson e Lúcio; César e
Baroninho (Carlos Alberto) – Técnico: Sérgio Clerici.

>> Entre os adversários do Estado do Piauí,
o Palmeiras já encarou três vezes o Flamengo-PI, adversário da 1a. Fase
da Copa do Brasil. A equipe também já enfrentou outros três times do
Estado: foram 4 jogos contra o Tiradentes-PI (3 vitórias, 1 derrota,
16GP, 2GC), 4 jogos contra o 4 de Julho (4 vitórias, 13GP, 3GC) e 3
jogos contra o Ríver (3 vitórias, 11GP, 1GC).

Confira o retrospecto e as curiosidades do Verdão na história da Copa do Brasil:

> Copa do Brasil: essa
é 15a. edição da história do clube na competição. Além de 1989, 1990 e
1991, a equipe não disputou as edições de 2001, 2005 e 2006 pelo fato
de estar na Copa Libertadores.

> Números:
em 15 edições (contando este ano), o Palmeiras já disputou 86 jogos:
são 46 vitórias, 23 empates e 17 derrotas (aproveitamento de 62%). A
equipe marcou 181 gols e sofreu 93. Como mandante, são 41 jogos, com 26
vitórias, 10 empates e 5 derrotas (aproveitamento de 71,5%). O time
marcou 103 gols e sofreu 43. Já como visitante, são 45 jogos, com 20
vitórias, 13 empates e 12 derrotas (aproveitamento de 54%). A equipe
marcou 75 gols e sofreu 46.

> Copa do Brasil 2008:
no ano passado, o Palmeiras foi eliminado nas Oitavas de Final pelo
Sport, após empatar no Palestra, em 0x0, e perder por 4×1 em Recife.
Antes disso, o time havia passado pelo Cene-MS, ao vencer por 2×0, fora
de casa, e Central-PE, após vitória de 5×1, em Caruaru.

> Grêmio e Ceará
são os principais adversários da equipe na Copa do Brasil: foram 6
jogos contra cada um deles. Flamengo, Cruzeiro, Botafogo, Vitória,
Sport e IV de Julho-PI aparecem na seqüência, com 4 jogos.

> O Palmeiras chegou duas vezes à final da Copa do Brasil,
ambas contra o Cruzeiro. Foi vice-campeão em 1996 e campeão em 1998. No
título de 1998, a equipe perdeu de 1×0 no Mineirão, e venceu de 2×0 no
Morumbi, gols de Paulo Nunes e Oséas, o decisivo marcado aos 44 minutos
do 2o. tempo. Do time atual, o único remanescente é o goleiro Marcos,
reserva de Velloso na ocasião.

> Além das duas finais,
o Verdão foi eliminado 3 vezes na semifinal da competição: em 1992 para
o Inter-RS, em 1997 para o Flamengo, e em 1999 para o Botafogo.

> A maior goleada
alviverde na disputa ocorreu na 1a. Fase da edição de 1996, na vitória
de 8 a 0 sobre o Sergipe, em Sergipe. Os gols foram de Luizão (4),
Djalminha (2), Rivaldo e Cafu.

> Evair e Paulo Nunes
são os maiores artilheiros do Palmeiras na história da Copa do Brasil:
10 gols cada um. Evair, por sinal, marcou gol em todas as edições que
disputou: 4 gols em 1992, 2 em 1993, 1 em 1994 e 3 em 1999. Em seguida,
aparece o atacante Luizão, com 9 gols. Ele, por sinal, é o único atleta
a ser artilheiro isolado pelo time na competição, na edição de 1996.
Compõem a lista de maiores goleadores Oséas e Vágner Love, com 8 gols
cada, e Viola, com 7.

> O gol 100 do
Palmeiras na Copa do Brasil foi marcado pelo atacante Oséas, aos 37
minutos do segundo tempo, na vitória de 2 a 0 sobre o Sport-PE, na Ilha
do Retiro, em 1998.

> O Palmeiras disputou 4 classificações nos pênaltis na
história da competição. Saiu vitorioso contra o Goiás (2004) e foi
derrotado contra Ipatinga (2007), Botafogo (1999) e Grêmio (1993).

> O ano em que a equipe fez mais gols foi em 1996 (26 em 9 jogos), seguido pelo ano de 1999 (23 em 10 jogos).

> A edição que o Palmeiras fez pior campanha
foi em 2000, quando em 4 jogos, não obteve sequer uma vitória: foram
dois empates e duas derrotas. Já em 1995 e 1994, o time foi eliminado
nas Oitavas-de-Final sem ter perdido um único jogo: em ambos, foram 4
partidas, com duas vitórias e dois empates.