Categorias
Futebol com Números

O futebol europeu à beira do buraco

POR LUIS FERNANDO TREDINNICK

O futebol de hoje é uma maneira romântica de se perder dinheiro!

O autor da frase acima sou eu mesmo! Podem me citar por aí (rsrsrsrss….)

Como essa nossa coluna está completando 2 anos (viva!), quer
dizer que faz dois anos que eu fico dizendo que os urubus de plantão estão
errados quando dizem que os times brasileiros são mal administrados e que a
administração moderna está na Europa!

O QUE ACONTECE NA EUROPA?

Passou meio despercebido por aqui, mas a UEFA publicou
recentemente um relatório sobre a situação financeiro de 650 clubes
europeus. Isso mesmo, a entidade
pesquisou 650 clubes, praticamente todos os clubes da primeira e segunda
divisão de todos os países europeus.

Em resumo, a coisa tá feia por lá! 20% dos clubes podem
falir e mais de 300 não conseguem lucro há mais de dois anos! Olhem mais alguns exemplos:

– a maior dívida no mundo do futebol é a do Manchester
United que deve 700 milhões de libras (e tem gente que acha muito o Palmeiras
dever entre R$ 40 e 70 milhões….)

– Oito clubes espanhóis já declararam concordata: Sporting, Levante, Málaga, Murcia, Alavés,
Las Palmas, Celta e Real Sociedad.

– Os clubes espanhóis somam dívidas de 3,4 bilhões de Euros!

O QUE A UEFA PRETENDE FAZER A RESPEITO?

A UEFA quer finalizar em 2010 uma série de leis que obriguem
os clubes a acertar as suas contas.
Basicamente, quem, a partir de
2013 gastar mais do que arrecadar será excluído da Champions League e da Liga
da Europa.

Nas primeiras propostas a solução da UEFA parecia ainda mais
radical: o clube que gastar mais do que arrecadar irá ficar excluído das
competições locais! Ou seja, se o
Manchester gastar mais do que arrecadar, ele iria ficar fora também do
campeonato inglês!

Como as leis ainda estão sendo discutidas com os clubes,
muita coisa pode mudar, mas talvez esse tipo de resolução venha para
ficar.

MAS A COISA É SIMPLES ASSIM?

Não, esse tipo de lei está longe de ser simples. Esse tipo de lei possui alguns “efeitos
colaterais muito ruins” e com impactos relevantes em termos de competitividade
entre os clubes. Não por acaso muitos clubes pequenos já reclamaram.

Nos próximos posts iremos aprofundar a situação europeia, discutir os prós e contras desse tipo de lei e
o porquê desse tipo de lei, se aprovada, poder ser benéfica para o Brasil!

Saudações Alviverdes.

* Luís Fernando
Tredinnick escreve às sextas-feiras no 3VV explicando a quem conhece, e a quem
não conhece, os números do futebol

11 respostas em “O futebol europeu à beira do buraco”

Obrigado Fernando, esse texto é bom eu li ele novamente!

É interessante ver que lá fora não é tão diferente daqui.

torço para todos eles falirem (especialmente os nojentos clubes ingleses e suas lavanderias de dinheiro). foram eles que inflacionaram o mercado e levaram os times brasileiros a se endividarem para acompanhar os valores de mercado . graças a eles o futebol brasileiro hoje é um mar de perebas, com exceção de algumas promessas que logo vão embora e alguns veteranos que não tem mais mercado na Europa e vieram enganar no Brasil.

O problema é que mesmo com os times da Europa falidos, eles ainda “roubam”jogadores dos nossos times!

5-Luís Fernando

Se eles pagarem salários menores,talvez não seja interessante financeiramente para o jogador sair daqui.Cultural e esportivamente sim,mas financeiramente,talvez as coisas se aproximem.

Agora,se passarem a pagar menos nas contratações,os clubes que vão que melhorar e muito suas administrações.A quantidade de jogadores a sair será menor e as receitas sobre a venda dos mesmos idem.Fora que vai tornar o mercado menos interessante para as “Traffic´s” da vida.
Os clubes melhores estruturados e administrados, terão em geral, os melhores elencos e, teoricamente, serão os mais vencedores.

É o momento de se construir o alicerce para estas mudanças que estão por vir lá fora,e terão muito impacto aqui.Espero que o prof.Belluzzo esteja atento a isso tudo.

Paulo Cezar, na verdade o nosso estagiário é que pisou na bola de novo…

Eu estava viajando desde a semana passada e cheguei hoje. Só que na sexta passada o nosso estagiário publicou por engano os dois textos…. Então o de hoje precisou ser publicado novamente.

Pelo visto vamos ter que fazer uma nova campanha para a punição do estagiário…

Rodrigo, muito bom o texto!
Abs,

Cunio, na verdade a resposta é muito simples. Mutretagem.

Vou entrar em maiores detalhes sobre isso…nos próximos posts, é claro!

Cássio, a pergunta que nos interessa é: será que eles vão pagar salários menores, ou vão pagar menos nas contratações? O primeiro é melhor para os times brasileiros, o segundo é pior!

Mas também vamos explorar esses pontos nos próximos posts!

Abs,

Eu já Li esse texto aqui antes Fernando, repetiu o texto essa semana?

Bom pra nós.Eles vão passar a gastar menos com jogadores brasileiros.Só vão na certa.

Tredinnick, quando você escreveu “E o que a UEFA pretende fazer a respeito?”, eu quase de imediato respondi para mim mesmo: VAI CRIAR O TIMEMANIA!

Mas como eles lá, APARENTEMENTE, são sérios, não creio que seja a saída. Agora, você que é da área, me responda uma coisa: COMO DIABOS UM TIME QUE DEVE SETECENTOS MILHÕES DE LIBRAS ainda tem crédito, consegue ter um time daqueles, prestígio, glamour, PANCA e tudo mais, como este time inglês que eu me recuso a pronunciar o nome?

Os comentários estão desativados.