Categorias
Notícias

PVC entrevista Fabio Raiola

O jornalista Paulo Vinícius Coelho entrevistou Fabio Raiola, ex diretor financeiro da SE Palmeiras.

A entrevista fala por si só.


Fábio Raiola: “Falta dinheiro, porque o Palmeiras gastou errado”

por Paulo Vinicius Coelho

Fábio Raiola era o diretor-financeiro do Palmeiras no primeiro ano da gestão Luiz Gonzaga Belluzzo. Era, porque anunciou sua saída por problemas particulares em dezembro. Os problemas eram mais políticos do que pessoais. A verdade é que Raiola era um dos vários descontentes no grupo que levou Belluzzo ao poder no Parque Antártica. “Não concordo com a gestão do futebol.” A razão de suas críticas está diretamente ligada ao dinheiro gasto em jogadores que não deram retorno. A lista é imensa e começa em 2007, quando o presidente ainda era Affonso Della Monica, mas o vice-presidente de futebol já era Gilberto Cipullo. Por gastar dinheiro demais com jogadores como Fabinho Capixaba, Gladstone, Jumar, Paulo Miranda, Léo Lima, Edmílson. A quem diz que falta dinheiro, porque o clube se endividou, a resposta de Raiola é que o clube não tem dinheiro porque gastou errado. Abaixo, a conversa com o ex-diretor financeiro do clube.

PVC – Na saída, o Toninho Cecílio disse que faltava dinheiro, por causa do corte de orçamento de 30%. Faltava?

RAIOLA – Não houve corte de 30%, nem de 20%. É só observar quanto estão pagando agora pelos novos jogadores que chegaram e você vai ver que o problema é o dinheiro mal empregado. Desde 2007, foram muitos os jogadores contratados que não serviram e isso sim tem sido um problema. Respeito muito todos os meus colegas de diretoria. Mas o fato é que não concordo com a gestão do futebol. Não quero ficar marcado como o diretor financeiro que atrapalhou o Palmeiras, porque isso não é verdade. O futebol gastou dinheiro demais com jogadores e comissão técnica que sabidamente não dariam retorno. Hoje a dívida está na casa dos 60 milhões de reais.

PVC – A dívida bancária?

RAIOLA – É importante explicar isso. O Mustafá saiu do clube dizendo que tinha deixado dinheiro em caixa. Tinha dinheiro, porque ele não pagava impostos. E, hoje, diferente do passado, o credor que mais cobra é o governo. Se você tem dívidas com o governo, ele tira seu crédito, como aconteceu com o Flamengo. Por isso, a opção foi quitar todos os débitos com impostos e passar a dever a bancos. Em impostos, o Palmeiras só tem um problema de IPTU, também herança dos tempos do Mustafá.

PVC – Procede que você interferiu para a contratação do Muricy Ramalho e foi quem dificultou sua saída?

RAIOLA – O Muricy não precisa de amigos para ser contratado. O currículo dele fala por si só. E mais. Quando ele recusou a primeira oferta do Palmeiras, eu disse ao Toninho Cecílio que o melhor seria manter o Jorginho. Primeiro porque o time estava vencendo. Depois, porque isso representaria uma economia muito grande. Imagina se mantivéssemos o Jorginho e fôssemos campeões… Íamos acabar com a carreira de técnico no Brasil. Ninguém ia ganhar os salários que ganham hoje.

PVC – É verdade que o Muricy Ramalho não pediu nenhum jogador, como diz o Gilberto Cipullo?

RAIOLA – Pelo que eu sei, isso não é verdade. No final do ano passado, o Borges foi oferecido para o Palmeiras e não foi contratado por causa do salário pedido. Mas o clube pagou mais por jogadores de resultado mais questionável. O Muricy pediu o Douglas, que foi para o Grêmio, pediu o Muriqui. O Marquinhos, que agora está no Santos e jogou o Brasileirão pelo Avaí, esse o Muricy pediu também. Nenhum dos jogadores pedidos foi contratado.

PVC – Até que ponto a demissão do Muricy e a contratação do Antônio Carlos aumentou o déficit do Palmeiras?

RAIOLA – Não houve um problema pela sua saída. Nós deixamos de pagar uma quantia mensal ao Muricy e passamos a pagar bem menos ao Antônio Carlos. No fundo, há um saldo positivo para o Palmeiras na casa dos 20 mil reais mensais. A reunião da saída do Muricy foi a última de que participei como diretor. Eu havia comunicado ao presidente Belluzzo em dezembro que sairia. Ele me pediu para ficar até a aprovação das contas. Fiquei,mas deixando claro que sairia. Após a saída do Muricy, eu disse ao presidente: “O senhor está trocando o sofá!”

PVC – E a comparação com Luxemburgo?

RAIOLA – O Luxemburgo saiu falando coisas sobre mim. É preciso entender que o Palmeiras gastou 24 milhões de reais por dois anos de contrato com um técnico que tem mostrado resultados que comprovam seu declínio. Os jogadores que indicou também deram nenhum tipo de resultado. São parte desse período em que se gastou demais com jogadores que não dão retorno.

É só olhar os resultados do Santos, Palmeiras, Real Madrid para perceber que é um técnico em declínio.

Se o dinheiro fosse aplicado com um pouco mais de visão, haveria mais dinheiro no clube. Como eu disse, eu deixei o Palmeiras por não concordar com a gestão. Respeito muito as pessoas, mas não concordo com a gestão.

19 respostas em “PVC entrevista Fabio Raiola”

15- Obrigado pela informação Criscio, acho que o Sofá já estava batido, demoraram pra trocar, teria que ser trocado em dezembro e ter reforçado o elenco tambem.

Nota zero pro Presidente.

Sr. Raiola.

Ele não trocou o sofá. Ele trocou toda uma filosofia de trabalho, não é apenas um lugar comum, como um sofá, por exemplo.

Absurdo!

O Palmeiras só vai voltar a ser grande quando houver regra impedindo conselheiro ou parente de conselheiro gerindo o futebol.

Enquanto não tiver gente do ramo lá, gente que entende do riscado, os erros vão se repetir. E o clube não vai conseguir sair do buraco nunca.

Rogerio (10) o Palmeiras pagará ao Muticy 50% do que era previsto em contrato pela demissão. Com a “economia” de 50% dos salários do Muricy vão pagar o Zago. E pode sobrar alguma coisinha.

Mas como disse Raiola e Robson (14), trocaram o sofá.

“o senhor está trocando o sofá”

essa é a mais perfeita definição do que foi a troca de treinador do Palmeiras. podem demitir o AC Zago que tambem não vai mudar nada. o nosso problema não é treinador. o problema é estrutural.

A diretoria do palemiras, representado principalmente pelo sr. cipullo, só fez bobagem. por isso não temos nem dinhiro e nem jogadores para fazer dinheiro.

Alguém poderia fazer a gentileza de me explicar POR QUE O TAL DO BRUNO PAULO ESTÁ SENDO TRAZIDO PELA TRAFFIC?

Não vou entrar no mérito da qualidade do jogador. Não faço a mínima idéia!

O meu ponto aqui é outro.

O moleque é jovem e está sem contrato com o Flamengo. Ele assina com quem pagar mais ou oferecer o melhor negócio.

Se o Palmeiras acha uma boa aposta, por que a Traffic vai intermediar e virar “dona” do jogador?

Quem vai pagar os salários do jogador não é o Palmeiras?

Se o jogador for uma porcaria, quem vai ser obrigado a ficar pagando salário para mais um mico encostado? Não é o Palmeiras?

Por outro lado, mesmo que assinemos um contrato de 10 anos, se o moleque explodir e virar um novo Pelé daqui a três meses, esse contrato de 10 anos vai ser simplesmente rasgado para que alguém encha o bolso de euros. a Traffic!!!

O risco/retorno desse negócio não faz sentido algum! O risco está todo com o Palmeiras, o (potencial) retorno está (quase) todo com a Traffic.

A Traffic está na dela. Ela é uma empresa com fins lucrativos, e se encontrou um clube de otários para encubar seus pupilos, melhor pra ela.

O que não podemos admitir é que ESSA DIRETORIA DEIXE PILHAREM O PALMEIRAS DESSA FORMA!

Não adianta vir aqui xingar a Traffic! O buraco é mais embaixo.

O problema é termos UM PRESIDENTE QUE PERMITE QUE ISSO OCORRA.

O problema é termos UM DIRETOR DE FUTEBOL QUE FRITA TREINADOR DO PRÓPRIO TIME EXATAMENTE PORQUE O TREINADOR NÃO ACEITA QUE ESSE TIPO DE COISA ACONTEÇA!

Eu não duvido da palestrinidade do Belluzzo. Só espero que ele possa deixar por um minuto o Sartre de lado, admitir que está tudo errado (no DEPARTAMENTO DE FUTEBOL), e iniciar uma reformulação radical imediatamente, começando pelo afastamento sumário de todos os diretores.

A arrogância, a auto-suficiência, a pedância, a empáfia dessa diretoria está fazendo com que daqui a 9 meses caiamos no colo da turma do Mustafá. Infelizmente a turminha atual está se demonstrando tão incompetente quanto, ainda que talvez as intenções sejam melhores. Nossa única esperança é que surja uma terceira-via, sangue novo no Palmeiras, por que se os mesmos de sempre continuarem por ali, amigos, o que estamos vivendo não será o fundo do poço. Pode ficar muito pior, acreditem.

———————————-
Alvaro
Em qualquer clube que haja um mínimo de decência, a Traffic já teria levado um enorme chute na bunda, mas, como você mesmo disse, nosso letrado presidente está ocupado com coisas mais importantescomo ler Sarte, por exemplo.
Ah, a situação vair piorar. Nós apenas chegamos ao fundo poço, agora, continuaremos a cavar mais e mais.

Tá bom mais um que quer sair por cima,foi esse senhor que trouxe o Muricy e seu salário de 450 conto e dizer que o cara não precisa de amigo para ser contratado.

10- Diego o Zago ganha 90 mil e o Muricy 450 mil, Mas os caras vão continuar pagando o Muricy até o final do ano. Esta é a grande Administração Belluzzo. Ta arrebentando o Clube.

É isso mesmo… Palmeiras, sempre Palmeiras.
O que mais me surpreendeu foi dizer que do Muricy para o Zago, vão economizar cerca de R$20 mil/mês… Muricy ganhava muito pouco ou estão gastando muito com uma aposta???

Nao tem nada a ver com o post, mas precisa ser mencionado…
A imprensinha colocou: Sao Bambis criam mais, mas nao saem do 0a0.
SE FOSSE O PALMEIRAS
Mesmo com 1 jogador a mais durante quase todo o tempo o time do Palestra Italia nao sae do empate.

AIAIAIAIAI nao sei o que ta pior, o nosso time ou a imprensa. Bom, deixa pra la…

Nao tem nada a ver com o post, mas precisa ser mencionado…
A imprensinha colocou: Sao Bambis criam mais, mas nao saem do 0a0.
SE FOSSE O PALMEIRAS
Mesmo com 1 jogador a mais durante quase todo o tempo o time do Palestra Italia nao sae do empate.

AIAIAIAIAI nao sei o que ta pior, o nosso time ou a imprensa. Bom, deixa pra la…

to pasmo…

borges, douglas, marquinhos, muriqui e fernandinho….!!! estaríamos nas cabeças…!!

qto sera o salario do lincoln e do ewerthon…??

duvido que seja menor que do borges e do douglas no grêmio…

falta visão… sempre disse isso…

A DIRETORIA ATUAL, OS RENOMADOS ACADÊMICOS, ESTÃO TOCANDO BEM SEU PROJETO: PROJETO JUVENTUS/PORTUGUESA/NACIONAL/JABAQUARA.
FORA DIRETORIA INCOMPETENTE!

Como disse o Vicente no pós-jogo, há responsabilidade. E a diretoria deve sim ser cobrada por isso. Falta vivência do futebol…

Palmeiras é uma fogueira de vaidades. Só que agora o fogo está queimando todo mundo.

Grande decepção com a diretoria e presidência. Pelo jeito, Belluzzo é meio”absolutista” e não ouve ninguém, muito triste.

Mais uma boa pessoa que deixa a direção, assim como o Vicente o fez.

Insisto no que falei no pós-jogo: o problema somos nós mesmos, o Palmeiras faz as merdas sozinhos, vamos deixar de entrar no papo de quem quer desviar a atenção pra mídia, pros juízes, e vamos fazer a nossa parte que tudo vai dar certo.

SInceramente, com essa direção (que antes eu via como salvação) não dá.

Ou o Belluzzo dá uma repensada na vida ou vai acabar sozinho e cercado pelos inimigos.

Os comentários estão desativados.