Categorias
Direto da Fonte

Robert faz história com os três gols marcados sobre o Santos

 
Agência
Palmeiras
Fábio Finelli
Fernando Galuppo
15/03/2010
16h13
 
Se não bastasse ter sido decisivo na vitória
de 4×3 sobre o Santos, o atacante Robert também entrou para a história
com os três gols marcados no clássico deste domingo, na Vila Belmiro:
ele repetiu o feito de outros atletas do clube que também balançaram
três vezes a rede santista numa única partida, casos de Ministro,
Imparato, Osses, Luizinho, Echevarrieta, Humberto Tozzi, Ademar Pantera e
Dario.

Robert chegou ao Palmeiras em agosto de 2009 e vem tendo uma ótima
média de gols pela equipe: já são 16 em 28 jogos disputados, média de
0,6 gol por jogo. Em clássicos, o aproveitamento do camisa 20 também é
excelente: em 4 jogos disputados, já marcou 6 gols e só passou em branco
na derrota de 1×0 para o Corinthians, neste ano. Ele marcou um gol na
vitória de 3×1 sobre o Santos, no Brasileiro de 2009, três gols na
vitória deste domingo sobre o Santos, por 4×3, e dois gols diante do São
Paulo, também no Paulistão deste ano.

Robert é o artilheiro do Verdão nesta temporada, com 11 gols em 16
jogos disputados. Já são 9 gols no Paulistão (ele tem um a menos que
Rodriguinho, do Santo André, com 10 gols) e outros 2 na Copa do Brasil.

“Eu sempre mantive tranquilidade e fico feliz em saber desses números.
As pessoas esquecem, mas por onde eu passei, sempre marquei gols e tive
um bom retrospecto. No Palmeiras, não tem sido diferente. Quando
atacante não balança as redes, é cobrado. Mas isso não acontece apenas
comigo. Espero que a torcida também veja as coisas positivas que eu
tenho feito com a camisa do clube”, afirmou o atacante, que fez questão
de elogiar o clube e a diretoria.

“Essa diretoria é competente porque tem transparência. No final do ano
passado, confiaram no meu futebol e renovaram meu contrato por mais um
ano. E eu não fiquei aqui só por ficar. Adoro o clube e a estrutura do
Palmeiras. Assim como eu falei na época da minha renovação, quero fazer
muitos gols e conquistar títulos para deixar meu nome na história.”