Categorias
Corneta do Cunio

Corneta do Cunio – Vítimas de uma fraude?

Logrados alviverdes, esta semana estava conversando com uma amigo
palmeirense, daqueles que não têm “papas na língua” e ele se queixava de várias
coisas do Palmeiras atual. Mas uma delas me deixou num primeiro momento
perplexo, estarrecido e catatônico. Logo em seguida, pensativo, contemplativo e
duvidoso. Minutos depois, novamente perplexo, estarrecido e catatônico.

Teríamos nós todos, palmeirenses de boa fé, que tanto sonharam com uma
mudança radical e positiva pós-trevas da gestão do sultão da Turiassu, sido
ludibriados pela vitória da chapa do atual presidente? 

Como sempre, utilizo nesta coluna de toda a minha franqueza. Já disse e
repito sempre para que todos os leitores não se esqueçam: não conheço ninguém da
atual gestão, nunca conversei com diretores e muito menos com o Presidente. Para
ser 100% verdadeiro, troquei um aperto de mão com um membro da diretoria mais
por acaso do que por vontade. Assim, falar sobre caráter, dignidade e probidade
de qualquer um deles seria leviandade total da minha parte.

O verbete “fraude”, segundo o dicionário Houaiss, implica em lograr
utilizando de má-fé, não cumprindo determinado dever. Definição muito forte,
contra a qual me oponho por admitir ser demasidado forte e até injusta. Mas o
dicionário Aulete admite que, no sentido figurado, esta entrada possa ser
definida como “aquilo ou aquele que não é verdadeiro”.

Eu prefiro deixar o debate sobre uma ou outra definição para vocês, meus
caros leitores, que certamente poderão fazer uma análise mais abrangente sobre o
que nos foi vendido e o que nos foi entregue da atual gestão. Minha opinião antecipada
sobre o resultado de vossa explanação é recheada de ceticismo. 

Para apimentar a discussão, vou colocar um pouco de lenha na fogueira:
tenho em relação ao Palmeiras  a mesma
sensação que milhões de brasileiros que endossaram o atual Governo Federal e
hoje estão chorando por suas agruras. Times competitivos, organização,
investimentos consistentes, Arena, categorias de base fortes…

Percebam que apenas pincelei aqui os meus pensamentos, até mesmo porque
o título da coluna é uma pergunta, a qual não tenho uma resposta.

Enquanto vocês refletem e arriscam uma tentativa, deixo aqui minha
CORNETA para aqueles que se utilizam desta palavra: FRAUDE. É feia e merece
toda reprovação. 

23 respostas em “Corneta do Cunio – Vítimas de uma fraude?”

Paulo Cesar # 22,

Amigo vc foi muito feliz neste seu comentário, assino embaixo, falar é fácil …já fazer…

Tenho 46 anos e vivi cada ano da fila e hoje vivemos algo muito, mas muito diferente daquela época.

De maneira nehuma estou feliz com o momento de hoje,mas com certeza as perspectivas existem e são muito maiores que nos anos 80.

Em se tratando de fraude, eu discorco, considero apenas frustração , quanto aqueles que fazem diversas criticas, gostaria que viessem a publico para fazer alguma sugestão, falar mal é muito facil, para os como eu que tem mais de 40 e que sentiram na pele os anos de jejum sabemos que o trabalho tem de ser de medio a longo prazo para ser duradouro.
Quanto aqueles que dizem que falta “malandragem”, se honestidade e competencia não são suficientes para gerir um clube então eu realmente tenho que me entristecer muito pois na nossa historia sempre tivemos esse padrão como guia, em momento algum tentamos tirar vantajem desse ou daquele para nos favorecer, nossa historia é limpa e assim deve continuar.

O prof Belluzzo merecia melhor sorte. Pessoa correta, ética e ponderada. Talvez esse perfil não sirva para um dirigente comandar um time de futebol. Tem que ter malandragem … no bom sentido se é que isso seja possível.

Essa deve ser a pergunta mais comum nas conversas entre palmeirenses, muitos com quem eu converso acham que a gestão Beluzzo foi mesmo uma fraude. Talvez o mais certo seja: bem intencionada, porém incompetente.

No ano passado, eu achava que o Beluzzo vinha acertando nas decisões que tomava, como manter o elenco na janela de transferência, trazer o Vagner Love e demitir o Luxemburgo. A demissão do ménejer acho que foi o divisor de águas. Já que o Beluzzo tomou essa decisão passando por cima do departamento de futebol, neste momento ele deveria ter rompido de vez com o Cipullo e ter feito uma reformulação. E foi ficando cada vez mais claro que os maiores erros eram do departamento de futebol. Aí terminamos o ano de forma patética, e para confirmar o fracasso, o Beluzzo manteve as mesmas pessoas no comando do futebol.

O que está sendo feito de mais positivo é tirar a Arena do papel. O que não é pouco, mas a Era Beluzzo poderia ser muito melhor.

Galera, a pergunta ficou no ar mesmo para ser respondida. Logo, não é uma fraude, mas decepção, incompetência e frustração puras.

Boas sugestões de mudanças, mas uma ninguém falou: contratemos Toninho Empecílio de técnico! Meu Deus… Onde vamos parar?

vamos mudar a estrutura, dar um up G. !

reformar o estatuto, eleições de 3 (ou 4) em 3 anos – sem releição, voto direto para os sócios pagantes acima de 2 anos, fim dos conselheiros vitalícios, reorganização organizacional do clube -incluso colaboradores de “alto nível” remunerados para o grupo gerencial e separar o social do futebol…soj isso rs…..

abrax do Signorini !

Vamos à uma reflexão: o caso do Toninho Empecilio é emblemático. O cara era um looser no Palmeiras e agora está as portas de classificar o Grêmio Barueri? Que diabos acontece no Palmeiras? Parece que as vestes pesam 2 T.

Saiu tudo do avesso.

No curintia o semi-analfabeto que pegou o time na 2a divisão depois de uma era de exploração e maracutais do ex-presidente. E lá foram feitos grandes projetos, realizaram coisas impressionantes

Aqui veio o possível presidente do Banco Central, pegando um time que já vinha se reformulando e sendo modernizado, que melhorava seus resultados nos campeonatos e… e nao fez foi nada. Diminuiu o marketing, nao realizou nada do que estava no plano de governo, deu declarações ridiculas…

Tem alguma palavra mais forte do que frustração, por favor?

Pra mim e muito dificil vc escolher em um caminhao de laranjas podres, alguma que sejam boas, e assim que vejo a situacao do Palmeiras hoje. Um verdadeiro bando de conselheiros vitalicios que apoiam o lado negro da nossa historia , e nao vejo nada como mudar esse panorama.

Como bem disse o #
5 – Luís Fernando Tredinnick,
“ficou muito abaixo das expectativas…”!

Fraudo não. A questão é que todos nós esperávamos uma coisa (boa) e acabemos recebendo outra coisa (nem tão boa assim…). Foi na verdade uma decepção. Uma frustração. Na linguagem da internet: FAIL!

Concordo Cúnio.

Só um detalhe. Com todo o acato, o atual governo não está tão mal a ponto de decepcionar os seus eleitores como o Palmeiras em relação aos seus torcedores.
No caso, não cabe a comparação pretendida.
Saudações Palestrinas

Não creio em fraude, mas sim e INCOMPETENCIA absoluta!
É duro aceitar mas o grande gestor e economista se mostrou fraco e incompetente a frente da SE Palmeiras.
Pode e deve ser por conta dos que o cercam, mas o fato é que exceto pela Arena que parece caminhar para a realidade saindo do papel, nada que nos salte aos olhos foi feito por essa administração que insistiu no Toninho Cecilio quando todos o tinham como exemplo de uma época de vergonha, insiste em Cipullo, que por mais bem intencionado que possa ser, não se faz respeitar pelos rivais que tripudiam do Palmeiras a cada tentativa de contratação e pior, ainda acredita que a TRAFFIC esta agindo em conjunto com os interesses do Palmeiras.
Tudo tem seu limite e a paciencia para essa administração esta por um fio!

Achon que sao apenas despreparados e inaptos a exercer os cargos que ocupam.
Dirigir um time de futebol exige um pouco mais de malandragem.
Pessoas como o Prof. Beluzzo, muito politicamente corretas, geralmente nao dao muito certo no meio futebolistico, pelo menos é o que o trabalho desta diretoria e do Prof. Beluzzo esta deixando transparecer.

Você acha mesmo que a sensação em relação ao mandato do Presidente Belluzzo é a mesma em relação ao Presidente Lula?
Você acha que o Belluzzo goza de 80% de aprovação?
Talvez o que tenha de mais parecido nesses dois casos seja a postura da imprensa! Tucana e corinthiana…

Fraude??? Me parece um exagero Cunio, erros ocorreram, mas na minha visão no ano passado houveram mais acertos do que erros, este ano sim, até agora a gestão tem sido bem ruim.

Penso que o maior ( e talvez único ) legado que o prof. Belluzzo vai deixar é o início da construção da Arena, projeto este que se não houvesse a participação do prof. Belluzzo seria mais um sonho que não sairia do papel.

Hoje a Arena é realidade!!!

O Governo Federal tem 80% de aprovação….. Queria que fosse feita um pesquisa sobre a gestão Belluzzo….Minha decepção é ver que ele cometeu erros infantis, no caso do Simon e da morte às bambis. E que confia no Cipullo, que acha esse time uma maravilha…

Cunio, não acredito em fraude, já que o Belluzzo sempre me pareceu uma pessoa correta. Talvez o correto seja dizer que ficou muito abaixo das expectativas…. no fim, não interessa muito o porquê, já que o resultado é essa bagunça que vemos por aí…

Dias melhores virão!

Belluzzo nunca quis mais do que “conciliar, unir e despertar novas lideranças”.
Fracassou por vários motivos, já conhecidos e interpretados de várias formas!
Ainda nos perguntamos: “Como? Por quê?”
.
Hoje, somos vistos como “otários” na gestão do futebol! Contratos fáceis, altos salários, multas faraônicas, .. enfim, jogando dinheiro fora.
.
A imagem que conseguimos foi a da “torcida mais violenta do futebol”. Basta dizer sobre o episódio ocorrido com a equipe do Caco Bascellos ( intimidada no Palestra)!
.
Onde já foi “berço da genialidade” trocamos por um futebol uruguaio de Muricis e Felipões na busca desesperada por títulos, como se fosse possível “estuprar” os caminhos da glória!
.
Não, Alberto! … Acho que estamos todos errados!
Se não pudermos ver um futebol alegre e moleque continuaremos a ver nossa torcida cada vez mais envelhecida e diminuindo ao longo dos anos!
.
Vou torcer pelos garotos e pelo Antonio Carlos! Esses sim querem alguma coisa para si, apesar de estarem em processo de amadurecimento!
.
Saudações Alviverdes!

Concordo com o Sérgio (#2). Não é uma fraude, mas não é exatamente o que esperávamos.

Alberto, não creio que a atual gestão seja uma fraude, porém, acredito que o presidente Beluzzo está agindo de maneira muito política (internamente falando), ao contrário do que esperavamos. Ele não consegue introduzir grandes mudanças por desejar manter laços políticos com todos. Abraço!

Concordo em dizer que “FRAUDE” é um termo muito forte para as diretorias pós Mustafá…
O que me parece é que a “era das trevas” do Palmeiras funcionou como a ditadura militar, com uma frase que sempre rodou entre pessoas com maior conhecimento político:
– A pior parte da ditadura foi procurar acabar com os antigos líderes e formar uma geração sem eles.
Ou seja, os antigos “líderes” palestrinos acabaram morrendo ou se afastando do clube, assim como os novos ou possíveis líderes não se criaram dentro do Palestra Itália.
Então o que aconteceu? Surgiram lideranças que não estavam (ou estão), preparadas para dirigir o “caldeirão” chamado SE Palmeiras.
Mesmo as pessoas em quem depositamos toda a nossa esperança, estão se perdendo nas idéias e nos planos elaborados… não por má fé, mas simplesmente por não conseguirem implantar as idéias num sistema viciado como o futebol. Algo do tipo Faculdade x Vida Real… ninguém lembra disso quando cursavam seus cursos superiores?
Acho que implantar um “sistema moderno e perfeito” que é maravilhoso no papel, tem vários desvios e correções de rumo – como dizem nossos atuais dirigentes – que devem ser levados em conta durante este processo.
Assim como na política, o Palmeiras precisa encontrar novos e verdadeiros líderes, para que estes possam realmente reconduzir o clube ao lugar que ele sempre mereceu.
Abraços

Os comentários estão desativados.