Categorias
Italiano

Camp Nou

POR CARMINE PACIELLO

* Dando uma aula de tática
a um gigante do futebol como o Barça,  anulado nos 180 minutos  pela raça e a excelente disciplina dos
nerazzurri, a Inter volta depois de 38 anos a disputar uma final na Liga dos
Campeões.  

* Agora, em Madri, que
boatos asseguram será a próxima cidade de Mourinho, o técnico lusitano (que foi
vice de Van Gaal no Barcelona) pode demonstrar  a exatidão  daquele ditado: < o aprendiz superou o
mestre>.

* Vai ser também  a doce vingança de Snajider  que foi expelido à força do Real Madrid para não
fazer sombra a Kaká  e de Lucio que o técnico
holandes  <degolou> do elenco pois,
incrível,  o zagueirão  não inspirava confiança.

* Seja como for a
Inter teve pouco tempo para comemorar: com a possibilidade de conquistar a inédita
Tríplice Coroa,  o time se focou
novamente sobre o campeonato.  Em um Olímpico
surreal onde os torcedores da Lazio apoiaram o time rival e festejaram
juntos  com os interisti os gols de
Samuel e Thiago Motta, os jogadores da Lazio foram condicionados pelo ambiente
particular e devolveram  uma  prestação < ao mínimo sindacal >.

* Epílogo óbvio,
<natural> considerando a feroz rivalidade entre Lazio e Roma e
considerando também que os 5 pontos de vantagem sobre a Atalanta que horas
antes havia empatado contra o Bologna, haviam tranquilizados os laziali que
jogaram  sem particulares estímulos.

* E,  sim! Foi também  <um ajuste de contas>  depois dos polegares pra baixo de Totti, uma
clara provocação esperando a caída para a série B que não foi engolida pelos
laziali.   

* Marcando o gol n°
190 em campeonato depois de apenas 5 minutos, Totti abriu o placar
permitindo  a Roma de ganhar  (1 x 2) um jogo  difícil  contra um Parma que lutou até o fim. O capitão
foi o destaque do jogo e mesmo mostrando uma deficiência atlética (assim como
todo o time) deu a alma no gramado. Foi dele (que ainda atingiu a trave num
chute precedente) o cruzamento que permetiu a Roma de marcar  o 2° igol com a ala Taddei conseguendo a
liderança provisória antes de ser novamente ultrapassada da Inter. 

* No deserto técnico
da Itália que se apresenta na África do Sul com fantasmas como Grosso, Gattuso,
Camoranesi, Zambrotta e <last but not the last> Le Grottaglie  espero que Lippi,  que continua em ignorar Miccoli e
Cassano,  possa tornar-se sensato e
convidar pelo menos um campeáo como Totti. Isso seria um sinal de gratidão pelo
futebol que mostrou em toda a sua brilhante carreira. 

* No jogo que celebrou
as 300 partidas de Dida no gol do Milan, uma falta discutivel de Koldrup sobre
Borriello deu a possibilidade aos rossoneri 
de obter 3 pontos e assim garantir o 3° lugar e a vaga direita na próxima
Champion League.  Ronaldinho (que jogou
bem e deixou o gramado aplaudido pelo público) converteu o pênalti. Aplausos
também para Leonardo, uma pessoa intelligente, educada, um verdadeiro
cavalheiro que deixa o Milan por <incompatibilidade > como ele mesmo  declarou  com Berlusconi, dono do time  que mostrou pouca compreensão para  ele  considerando as dificuldades que o técnico
encontrou  nesta campanha.  
Sorte pelo clube que em
futuro irà  beneficiar-se do seu
competente trabalho.

* Empatando 1 x 1
contro o Catania a Juventus está matematicamente fora da Champions League.  A luta agora  é com o Napoli (que vencendo  contra o Chievo ultrapassou  a Juve) para evitar a 7^ colocação e assim a
disputa da fase preliminar, da Europa League, em julho, um evidente desgaste
considerando que os jogadores teriam um curto período de repouso (e aqueles que
disputarem o Mundial ainda menos) para iniciar a preparação atlética. 

* Uma péssima atuação
do juiz (deu um pênalti ao Bologna, expulsando também um beque da Atalanta que
reclamava para depois riscar a decisão 
sobre a indicação do auxiliar mas confirmando o cartão vermelho para o
atalantino, alucinante) originou muita polêmica no empate (1 x 1) entre
Atalanta e Bologna. Com esse resultado o time de Bergamo, que perdeu também um
pênalti, está perto de ser rabaixado no inferno da Série B enquanto o Bologna e
a Lazio precisam apenas de um ponto para obter a certeza de continuar na máxima
série.

* Seleção da rodada n° 36.

Técnico:  Ventura (4/3/3)  
Muslera   (Lazio; foi vaiado pelos próprios torcedores
ao fazer cinco excelentes defesas)  – Cassani
(Palermo),  Samuel (Inter ),  Silvestre  (Catania) e  Ziegler  (Sampdoria) –  Galloppa (Parma),  Guarente (Atalanta),  e  Lazzari
(Cagliari) – Cassano  (Sampdoria),  Totti (Roma) e  Miccoli (Palermo).

 Ciao
Sempre Palmeiras

5 respostas em “Camp Nou”

resumo da ópera, Messi vai levar o Troféu Pipoca Européia 2010 fácil !! o cara é o rei dos pipoqueiros !!!!

Mala preta: lazio , como era de se prever vence Livorno, já rebaixado, fora de casa e continua na série A.

Mourinho não deveria dexar a Inter. Fazer o que em Barcelona?

Louis van Gaal nunca foi mestre de coisa nenhuma, ele achava que o Zenden era melhor que o Rivaldo, é um esclerosado, só serve pra treinar seleção africana ou asiática, é o Parreira holandês!!

em tempo!

1° – escrevei … barça anulado nos 180 minutos … repito, 180 ou seja no Camp “MOU” e tambem no jogo em Milao onde o barça foi dominado com a inter unico aversario a “devolver” 3 gols ( e poderia ter marcado outros 3 tranquilamente) aos blaugrana.

e ainda existem genios que questionam sobre a capacidade ofensiva da inter?

2° – o poderoso barça jogou 1 hora com 1 homem a mais e teve mais de 70% de posse de bola.

entao, que conseguiu fazer?

quantas oportunidades de marcar teve?

1 chute que giulio cesare defendiu com categoria, 3 lances e 1 gol com piquè impedido.

ah! entendi, queiriam ver a inter atacando em 10 e levando um chocolate assim como occorreu ao arsenal … talvez com outro tecnico mas mourinho nao è idiota e jogou com o regulamento na mao.

o barça è um grande time mas nao foi competente nos 2 jogos, o mesmo guardiola reconheceu isso: aquele TITIC e TITOC que a inter deixou fazer a eles nos espaços vazios mostrou a eficiencia tatica e a disciplina da inter , uma virtude que merece ser esaltada pois futebol nao è apenas ataque.

Mourinho é bom técnico e tem estrela, mas daí a dizer que ficar com todos os jogadores só se defendendo em frente a área é “aula tática”… dá um tempo!

dando aula de tática é de doer hein………….10 caras dentro do gol…………..só não perdeu demais porque ele tem lucio,samuel e julio cesar no time……..o que ganhou a classificação foi o talento dos atletas e não o covarde do treinador.

Os comentários estão desativados.