Categorias
Drops

Drops matinal: Zago caiu

Zago caiu.

Pelo menos é isso que apontam a página de esportes do UOL (Antônio Carlos não é mais o técnico do Palmeiras) e do Globo.com (Zago se reúne com diretoria alviverde nesta terça para acertar saída).

A diretoria do Palmeiras estava em festa, quer dizer, na festa da parceira Traffic nesta segunda-feira mas informações dos dois portais dão conta que lá mesmo decidiram pela saída de Zago.

O treinador foi informado pelo telefone e chamado para uma reunião hoje na Academia, quando será formalizada sua saída.

Zago foi contratado para substituir Muricy Ramalho. Tinha sido técnico apenas do São Caetano em 2009 e 2010. Sua maior experiência era como gerente de futebol, onde ajudou a montar o time do Corinthians de 2008.

Quando assumiu o Palmeiras estava em 8o lugar no Paulistão. O treinador levou o time a um lamentável 11o lugar. Na Copa do Brasil foi eliminado nas 4as de final contra o Atlético goianiense. Ficou marcado nessa partida por mandar o time segurar a bola quando perdia por 1×0 e assim a decisão iria para as penalidades.

Na sua chegada Zago afirmava que o Palmeiras tinha elenco para disputar Paulistão e Copa do Brasil. Mesmo assim a Diretoria contratou jogadores como Ewerthon, Lincoln, Vitor, Marcos Assunção, Bruno Paulo e Paulo Henrique.

Em 18 jogos pelo Palmeiras o time fez fez 23 gols e tomou 19. Venceu 8 partidas,  empatou 5 e perdeu 6. Teve 54% de aproveitamento. Em apenas duas partidas o Palmeiras mostrou bom futebol: contra o Santos (4×3 na Vila) e contra o Flamengo do Piauí (4×0 no Palestra). Destaca-se também a partida de estreia do treinador, quando venceu o SPFC no Palestra Itália.

Seu gran finale foi um bate boca e (dizem) chegar às vias de fato com Robert, por conta de um atraso de jogadores (que teriam saído para comemorar vai saber o quê) para a volta do Rio de Janeiro.

Resumo da ópera: mais um técnico para a folha de pagamento. Mais uma consequência desastrosa pro futebol palmeirense por conta de decisões pessoais e não planejadas. Zago nunca deveria ter sido contratado, assim como o Palmeiras deveria ter mantido Muricy Ramalho até o final do contrato.

Coisas de Palmeiras…

Saudações Alviverdes!

146 respostas em “Drops matinal: Zago caiu”

Seraphim:

Seraphim chama Zago de sem-Vergonha
Seraphim – Acusa oito jogadores de atraso e espera a demissão do auxiliar técnico Galeano.

Veja os retrospectos do que aconteceu:

Na capital paranaense, alguns jogadores chegaram atrasados – e com mulheres – ao hotel no qual estavam concentrados. Na ocasião, nenhuma atitude foi tomada, seja por Antônio Carlos ou pelos dirigentes palmeirense que estavam sabendo do caso.
O diretor de futebol do Palmeiras, Seraphim del Grande, negou que tenha tolerado a indisciplina dos jogadores no domingo à noite, após o empate com o Vasco, ao contrário do que disse o técnico Antônio Carlos. Na coletiva desta tarde, a diretoria vai anunciar o que será feito com os jogadores envolvidos no atraso.

“O que mais disse esse sem-vergonha?”, perguntou Del Grande, depois de saber da acusação. O diretor deu uma versão completamente diferente e, segundo ele, tem os testemunhos do gerente de futebol Sérgio do Prado e do segurança Adauto.

Del Grande diz que após a partida foi procurado por quatro jogadores evangélicos que pediram para voltar a São Paulo no domingo à noite. O restante do grupo voltaria às 10h da manhã de segunda, exceto o próprio diretor, que marcou seu voo para as 7h15, em razão de compromissos particulares.

Após a liberação desse grupo, outros jogadores pediram para sair à noite no Rio. Segundo Del Grande, o horário de retorno foi fixado às 3h:

– Quando eu acordei de manhã para pegar o avião encontrei no saguão o Adauto e ele me relatou o que tinha ocorrido à noite.

Eis o relato, segundo o diretor

1) Todos os oito jogadores que saíram voltaram depois das 3h da manhã.

2) Os últimos a chegar foram Robert e Ewerthon, que chegaram às 5h30. Eles chegaram acompanhados de mulheres e quiseram subir aos quartos com elas. A recepção do hotel não deixou. Ewerthon então subiu sozinho, mas Robert teve uma violenta discussão com os funcionários do hotel, e com custo foi convencido a subir sozinho.

3) O auxiliar Galeano, ex-jogador do clube pediu a Adauto e Sérgio do Prado que não relatasse aos fatos aos diretores.

Del Grande disse que pediu a Adauto e Prado que elaborassem um relatório do ocorrido, que conseguissem cópia das fitas de segurança do hotel. Marcou reunião para hoje (terça-feira) para decidir o que farão com os jogadores, especialmente Robert. Que ele e Ewerthon serão multados é certo.

Del Grande se irritou mais com a atitude de Galeano, que ficou conhecido como senhor Palmeiras, pela quantidade de jogos disputados pelo clube. Afirma que ele não foi leal ao clube e exige sua saída.

– Se ele não for mandado embora, eu saio. O que ele fez foi imperdoável – afirmando ter ouvido a mesma versão tanto de Adauto como de Prado.

Confusão entre Antônio Carlos e Robert

No início da discussão, no ônibus, Antônio Carlos teria dito: “A hora em que você sarar, a gente conversa”, insinuando que Robert estaria bêbado. E o atacante, revoltado, teria tentado agredir o treinador, que não reagiu. Outros jogadores seguraram Robert, que ainda reclamava de Antônio Carlos por ele ter se dirigido apenas a ele e não aos outros atletas envolvidos no caso, como Ewerthon.

Belluzzo, quando ficou sabendo dessa última confusão, decidiu que iria demitir Antônio Carlos. Porém, aguardaria uma posição do técnico, que poderia pedir demissão, o que era improvável, pois poderia parecer que o treinador tinha culpa de tudo o que estava acontecendo. A sensação entre os jogadores é uma evidente falta de comando no Palmeiras.

Retrospecto ‘Era Zago’

Mais confusão no verdão, a verdade vem a tona os diretores que liberaram os caras pra balada.

PALMEIRASHome > Palmeiras > Notícias

PUBLICADA EM 18/5/2010 ÀS 13:18

Diretor chama Zago de ‘sem-vergonha’
Seraphim Del Grande acusa oito jogadores de atraso e espera a demissão do auxiliar técnico Galeano

Antônio Carlos foi chamado de ‘sem vergonha’ por Del Grande (Foto: Tom Dib)

MARCELO DAMATO
SÃO PAULO

Entre em contato

Na manhã desta terça-feira, após uma reunião entre diretoria e Antônio Carlos, foi definida a saída do treinador. O anúncio oficial vai ser feito no início desta tarde, na Academia de Futebol.

A saída de Antônio Carlos Zago do comando técnico do Palmeiras ocorreu devido a problemas que começaram em Curitiba, em 21 de abril. Após o empate em 1 a 1 contra o Atlético-PR, pela Copa do Brasil, os jogadores tiveram a mesma folga dada no Rio de Janeiro, no último domingo, após o empate em 0 a 0 com o Vasco.

L! na Área: Antônio Carlos não é mais técnico do Palmeiras

Na capital paranaense, alguns jogadores chegaram atrasados – e com mulheres – ao hotel no qual estavam concentrados. Na ocasião, nenhuma atitude foi tomada, seja por Antônio Carlos ou pelos dirigentes palmeirense que estavam sabendo do caso.

O diretor de futebol do Palmeiras, Seraphim del Grande, negou que tenha tolerado a indisciplina dos jogadores no domingo à noite, após o empate com o Vasco, ao contrário do que disse o técnico Antônio Carlos. Na coletiva desta tarde, a diretoria vai anunciar o que será feito com os jogadores envolvidos no atraso.

FORA BELLUZZO!!! essa é a escória !!! não é Cipullo, ACZ, Luxa, Muricy,jogadores covardes….não!! o culpado por essa zona é esse senhor!! sem comando, sem planejamento e principalmente sem coragem…jogou o Palmeiras na lama e agora? quem virá? meu Deus!! estou indignado com essa diretoria e esses jogadores.

Estou contigo Lourenço #142 o momento é esse, seria uma grande sacada, quem sabe nosso presidente acorda.

Pense grande Palmeiras… faça um tratado de PAZ e COLABORAÇÃO com seu torcedor tão sofrido.. Traga FELIPÃO, VALDÍVIA E KLÉBER !!! custe o que custar, peça apoio ao torcedor. são 17 jogos como mandante.. se nesses 17 jogos tiver público médio de 20 mil pessoas, serão 340 mil pessoas.. ingresso médio 50 reais.. 17 milhões de reais !!! será que com 17 milhões não paga o salário dos 3 ? será que é mais comodo continuar tendo o torcedor como ”inimigo” ? pense grande BELUZZO !!!

perde pelo desgaste… a exposicao ruim, bagunca, ingerencia, vergonha pra torcida….

era um tecnico inexperiente, perdido, claro, mas num era o maior dos nossos problemas… fez o time jogar contra os bambis, santos.. e tem um otimo futuro.. pode escrever…

o andrade, oswaldo de oliveira, sao algumas das mentiras, nem tecnicos sao de verdade, nunca foram, mas foram campeoes, com bons times, elencos com jogadores vencedores… tudo isso…

pelo jeito parece que toda a desgraca recente do palmeiras foi culpa do zago…

O Silas seria muito idiota de largar um clube estruturado e com elenco forte como o Grêmio pra assumir esse pardieiro chamado Palmeiras.
Essa imprensa é foda… nem especular eles fazem direito.

cipullo,serafin,genaro,savério,sergio do prado,galeano e agora apareceu o segurança adauto………….
pra que 6 pessoas no depto de futebol profissional…..e todos sabemos que o cipullo é quem manda…..

Rapaziada o Palmeiras não ganhou e tambem não perdeu com a saida do Zago, foi uma tranqueira a menos embora, mas lá ta cheio, tem que limpar aquele lugar que esta imundo, pq senão a vaca vai pro brejo.

128 – Welinton Moura vc pegou este texto do Benja?
Esta igualzinho o que ele escreveu, tambem achei bom. kkkkkkkkkkkkkkkkk

Edison só espero que não seja o trem…….
abraços

Tá tudo errado com o futebol do Palmeiras, qualquer estagiário administraria esse departamento melhor. Aliás qualquer um, mesmo sem formação nenhuma!!!

Não há mal que dure para sempre. Agora estou vendo luz no final do túnel.

nunca vi tanta merd…. em um so lugar. Luxemburgo foi mandado embora no dia que defendeu o clube, tinhamos um monte de motivo para mandar ele embora que ele merecia mais o dia que defendeu o clube mandaram embora ,e o AC pelo que parece foi a mesma coisa , mais esse nem mesmo deveria ter chegado

Novidade?

Nenhuma!

Tudo bem que sua contratação foi um grande erro, ele não era nem de longe o nome ideal, mas nos dois últimos anos o Verdão já teve cinco treinadores, dentre eles Vanderlei Luxemburgo e Muricy Ramalho e todos foram demitidos.

Portanto, será que o problema do Palmeiras é só treinador?

Pelo retrospecto é óbvio que não.

Mas é muito mais fácil jogar a culpa apenas no técnico.

No entanto, por que todos são demitidos menos o grande responsável pelos fiascos do Palmeiras, seu vice-presidente de futebol Gilberto Cipullo???

Um dirigente omisso, que resolve os problemas do elenco sempre da pior maneira possível, que gasta fortunas com jogadores mais velhos como Lincoln e Ewerthon, que despreza as categorias de base do clube e que depois de tantos fracassos permanece firme e forte no cargo!

O presidente Belluzzo não sei por qual motivo, confia cegamente no seu trabalho, que baseado nos seus resultados, já deveria ter saído há muito tempo!

Mas infelizmente assim caminha o Palmeiras, nos últimos dez anos a única conquista foi um título de campeonato Paulista contra a Ponte Preta em 2008 e parou por ai, de resto foram apenas decepções, frustrações, desilusões e seu torcedor está cada vez mais trsite.

Agora para acalmar os ânimos os nomes do Felipão, Valdívia, Kléber serão falados pelos quatro cantos, mas o palmeirense está literalmente de saco cheio e principalmente cansado de tanto papo furado.

luxa murici , jorginho e zago ! qual o proximo da fila ? cuca sei nao daqui 35 dias e mais um chute na bunda ! eta belluzzo e cipulo , vcs dois formaram uma dlupa imbativel.

Como é que é, o Palmeiras perde por ter demitido o Zago?
Sem comentario.

e o belluzzo foi na pilha da imprensinha, principalmente do milton leite e da mídia palestrina….

o ato da briga foi usado pra demitir o zago, mas foi covardia do presidente…

e o vasco por pior que seja perdeu de apenas 2 a 1 do galo no mineirão… o mesmo galo tomou 4 do prudente, que apanhou de 6 do avaí… e um empate fora de casa custa todo esse barulho..???

futebol hoje é assim, e daí, o 11 colocado do paulista meteu 4 no santos na vila…

no domingo o m. araujo preferiu se jogar ao fazer o gol… se o pereba do robert usasse cravo alta na chuteira faria o gol no escanteio, o CX queria tanto ajudar que trombou com o marcos… qual o problema..?? onde está o caos..?? cadê a feiura..??

os jogos contra o santo andre ano passado no abc, contra o proprio flu no gol do obina, contra o flamengo do piauí que o queridinho também escalou 3 volantes… esses sim foram jogos bem piores que o de domingo…

o belluzzo além de ser covarde foi muito ingenuo e caiu na pilha do milton leite… na verdade todo mundo caiu… perde mais uma vez o Palmeiras…

Para sábado, seria melhor colocar o Juninho, da base, que parece ser melhor que o tal Parraga. Como demonstrou na Copinha, o Juninho tem outra filosofia de jogo, mais ofensivo. Por isso sobressairam alguns jovens que todos queremos que tenham oportunidades no time principal.

Com o Parraga aqueles mesmos jogadores sumiram. O time B é muito irregular, não tem conjunto nem esquema.

2000 – Felipão, Murtosa, Marco Aurelio
2001 – Marco Aurelio, Celso Roth,
2002 – Vanderlei Luxemburgo, Levir Culpi
2003 – Jair Picerni
2004 – Jair Picerni e Estevam Soares
2005 – Estevam Soares, Candinho, Paulo Bonamigo, Leão
2006 – Leão, Marcelo Vilar, Tite, Marcelo Vilar, Jair Picerni
2007 – Caio Jr
2008 – Vanderlei Luxemburgo
2009 – Vanderlei Luxemburgo, Muricy Ramalho
2010 – Muricy Ramalho, Antonio Carlos, ?????

Não consigo pensar em mais nenhum nome para técnico do Palmeiras já testamos todos, execeção ao Felipão que saiu junto com a Parmalat em jun/2000 ao final da parceira.
E agora Cipullo? Putz…perguntei para o cara errado…rs
Meus Deus quanta lambança

Os comentários estão desativados.