Categorias
Futebol com Números

As finanças do Clube Social

Neste que é o terceiro post sobre as finanças do Palmeiras, vamos falar um pouco sobre as finanças do clube social.

Como já disse várias vezes por aqui, é prática comum entre os clubes utilizar o futebol para subsidiar o clube social. A lógica é bastante simples: quem vota para presidente é o associado, não é o torcedor! 

Sendo assim, aumentar o valor da mensalidade dos sócios é sempre uma medida impopular, os presidentes costumam preferir manter as mensalidades “congeladas” e utilizar o futebol para cobrir o rombo do clube social.

Infelizmente o Palmeiras não é exceção. 

Observem na tabela abaixo a evolução do prejuízo  do clube social nos últimos 3 anos.

 

Vale a pena comentar inicialmente que basicamente eu fiz as contas para o prejuízo por diferença, ou seja, separei do resultado total do clube o resultado do futebol profissional e do custo financeiro (ainda que deste parte deveria ser considerado para o clube social).  Portanto, não seria de se espantar que vocês vissem outros números por aí.

De qualquer forma, é absolutamente assustador como os custos simplesmente disparam  e o tamanho do prejuízo que o clube possui. Alguns exemplos que explicam que os custos não fazem sentido: os gastos de telefonia chegaram a R$ 442 mil em 2009.  Como se gasta tanto dinheiro em telefonia?  Será que é o pessoal do futebol profissional ligando para outros países para colher informações de jogadores?  Mesmo assim o valor me parece absurdo.  A bocha custou para o Palmeiras R$ 482 mil!  Como se gasta tanto dinheiro assim com bocha?  Eu não tenho nem ideia de como se gasta R$ 40 mil por mês com bocha?  Essa é uma explicação que eu gostaria de ter.

Enfim, dentro do processo de profissionalização que precisa ocorrer no Palmeiras, existe a necessidade de se separar financeiramente o clube social.  Depois disso é fazer com que o clube social também se mantenha com seus próprios recursos.  Só isso.  Não é possível que tenhamos um clube com mais de 8 mil sócios que não consiga se manter.

Ou seja, na busca do nosso Palmeiras grande, temos também que arrumar a casa no clube social.

Saudações Alvi-Verdes

* Luís Fernando Tredinnick escreve às sextas-feiras no 3VV explicando a quem conhece, e a quem não conhece, os números do futebol

24 respostas em “As finanças do Clube Social”

23 – Valter

o problema nao é somente o preju ..

o problema é toda estrutura com gente q acha o PH da agua mais importante q o futebol..

com gente q passa uma mão de tinta na sauna pra ganhar voto do pessoal da sauninha..

esse tipo de coisa politica..

identico ao q fazem os candidatos na politica federal ..municipal..

o cara faz um “agradinho” la dentro pra ganhar votos..

e temos o serio risco de termos no proximo ano um presidente q se preocupa mais com a piscina do q com o futebol

Separação radical tambem não concordo, o clube social é parte integrante do patrimônio do clube.
Acho que bem administrado, pode-se reduzir em muito esse índice de prejuizo e quem sabe até sair do vermelho.
Vamos ver agora com a arena, quem sabe alguns débitos que eram lançados no social e agora poderão ter outros centros de custo.
Até os próximos balanços deverão mostrar isso mais claramente.
A Sociedade Esportiva Palmeiras é tudo isso, pelo tamanho do clube que é, e por isso, nos orgulha cada vez mais.

Raul

O respeito às opiniões pessoais de cada um é muito importante.

Se vc não pensa como alguns, não significa que eles estejam errados e vc estaja certo…e vice-versa. É uma questão de opinião.

Se vc não gosta do Clube Social, não seja sócio…simples não??? Mas, tbm não opina nos direitos de quem frequenta o clube e gosta de lá.
Tbm não tem direito de opinar sobre os rumos do clube. É assim que é hj. Se mudar e quando mudar, talvez vc possa fazer diferente.

Se separa o clube social do futebol, quem fica com o nome Palmeiras (Sociedade Esportiva Palmeiras). Lembro que não é Palmeiras Futebol Clube, como outros times.

Pense nisso.

Abs

20 – Raul

ahh vi o jogo sim..

deu MEDO..
mas por culpa do treinador.. masssssss..

sobre o CLube…

os socios nao votariam para a extinção do proprio clube..

seria um grande vitoria se separarmos em todos os niveis o social do futebol

contas separadas..
conselho separados
diretorias separadas
presidencia separada..

ai sim melhoraria muitissimo..

ai deixa a turma do KIBE (mustafa e cia) cuidando das piscinas e saunas..

Sem contar que muitos sócios são/foram contra a Arena e é lá que os Mustafas da vida conseguem apoio político.

Acaba com o clube para vc ver que a coisa melhora 200%, o Palmeiras vira empresa rapidinho!!!!!!!!!!!!!

17 – Raul

calma raul..

e so separar o futebol do social…q tbm sera mais facil do que acabar com o Social…

abs

É muito fácil melhorar esta situação, é só acabar com o clube social!

Quem quer frequentar piscinas que vá para a Praia Grande, quem quer jogar bocha, vai para o Clube Tiete, quem quer levar os filhos no parquinho vai para a PQP…

É fácil de solucionar esta questão!!!!

Luis sou sócio do clube de campo apenas não temos direito a ir no turiassú……sobre essa receita e despesa que consta no balanço…..isso poderia ser melhorado com mais sócios,alugar o espaço para eventos,para festas de empresas….não sei se voce conhece aqui o clube é muito bonito…mas sem divulgação alguma…..no site do palmeiras nada consta………14000 mil sócios e mensalidade média de r$ 70,00….arrecada 980 mil reais e anualmente quase 12 milhões…..com redução de custos e cada esporte se sustentar com patrocínios não teriamos prejú………por isso digo não confunda sócio que paga e usufrui do clube e esportes amadores deficitários….

Tredinnick

Eu concordo plenamente com a falta de transparencia…parece que é cronico no nosso clube.

A comunicação interna é péssima, sempre foi.

Rezemos para que isto melhore algum dia.

Abs

Existem 3 tipos de socios no Palmeiras, que torce para o futebol, o que e Palmeirense, mas nao gosta de futebol e o que e socio , mas nao torce pro Palmeiras, o qual so e socio por residir proximo do clube, mas torce por outros times. Pra esses nao interessa a separacao do social e futebol, devido eles gastarem pouco e terem o previlegio de gosas de um bom clube social. Sao esses caras que elegem esse conselho velho e autoritario.

O futebol não pode sustentar os outros setores. Se hj o Palmeiras é o clube grande com uma das menores dívidas, imagine se não tivesse que cobrir outros esportes amadores e o clube social?
Todos perdem com isso.

as principais despeas do estaido (que sao os dos dias de jgoos noturnos) sao pagas diretamente da receita do jogo. (descontadas do borderô)
a bocha era profissional ate dezembro de 2009, jogaodres contratados vindos do exteiror.
Voces todos devem lembrar que fomos para a Paulista comemorar o ultimo titulo paulista de bochas -conquisitado pelo trio feminino.
O Palmeiras tem 14 mil socios e não 8 mil………JOTA

no balanço o clube de campo tem receitas de 91 mil e custo de 396 mil. Ou seja, é incompreensível. O balanço precisa ser mais transparente. Abs

sérgio, o balanço do Palmeiras não faz essa separação. Para vc ter uma idéia de luz o total é 1,6mm.

Srs

O Clube Social não dá prejuizo, se retirarmos das despesas imputadas como sendo dele os valores de manutenção, pessoal e insumos (água, luz, etc.) relativos ao Estádio em dias de jogos, veremos que é bem equilibrado..

Por favor, não queiram fazer do Clube Social o vilão pelos masu resultados financeiros do clube. Temos problemas administrativos sim, mas quem é socio e frequenta o clube, leva os filhos…sabe do que estou falando.

Abs

pagar 3 técnicos………
pagar 240 mil por mês pro Edmilson
pagar 140 mil pro Mozart
pagar 4 anos de contrato pro capixaba,max,enilton contrato renovado mesmo não jogando no clube estranho né,washington orelha,edmilson do pantanal,emprestar o Saconny e antes renovar o contrato dele..
Se colocar a mão na ferida,redução de custo,desenvolver parceiros de mkt para o clube social como tem os clubes europeus…………não precisava separar nada e isso serve como desculpa pelos gastos do futebol errado…….quem pagava 620 conto pro Luxa…

Acho que tem que separar totalmente o futebol do clube.
O presidente eleito administra o futebol e nomeia ou contrata alguém para ser o “presidente” do clube.Este alguém teria que,além de administrar o clube social teria que buscar receitas para que o clube andasse com as próprias pernas.
Até concordo que conste em estatuto que o futebol destine 1% de sua receita para o clube social até que o mesmo consiga se sustentar sozinho.

Essa pessoa,de preferência um administrador de fora do clube,se reportaria ao presidente eleito para o futebol e apresentaria todo anos seus resultados.

Sabe quando isso vai acontecer?Quando um burro voar.

Os sócios e conselheiros querem o clube bem administrado,mas não querem abrir mão do poder.Tanto no clube, quanto no futebol.

O seo Seraphin disse que o maior problema do Palmeiras é a política.É a mais pura verdade,eu acrescentaria vaidade e sede pelo poder.

Sds.

Tredinnick

Acho que nas despesas do clube social estão lançadas todas as despesas e manutenção do Estádio, que é utilizado apenas pelo Futebol… a não ser em caso de shows.

Mas, concordo que o clube social tenha que se sustentar sózinho… é um absurdo essa despesa de telefonia…em qualquer empresa privada o responsável já teria sido chamado a dar uma solução para reduzir isso e depois mandado embora.

Mas, novos tempos virão…avabei de ler no Painel que o Diretor Administrativo está usando gravadores para demitir funcionários infiéis.

Estamos passando ao ridículo dos ridículos.

Abs

e muita burrice pra um clube só..

mas o rogerio dezembro disse q nao pensam em dar poder de voto pro associado do futebol (Avanti)..

ou seja nem estam pensando em separar o futebol do social..

e muita burrice, incompetencia e falta de atitude num mesmo lugar

abs

Tem que explicar direito sócio e esportes amadores que gastam demais……….sou sócio do clube de campo pago 56 conto por mês e só vou no clube sabado de manhã jogar uma bolinha….
Agora bocha gastando 40 mil por mês é investimento em esporte amador sem retorno……agora boa gestão no futebol e enxugar um pouco essa estrutura seria pedir muito…..se não pagasse 3 técnicos,se não fizesse contratos de 4 anos com jogadores medíocres como capixaba,max,edimilson canhão do pantanal e trabalho de base correto…a venda de 1 garoto paga essa conta…

Vai ser dificil, por isso que esses caras nao querm perder a boquinha na diretoria. Por mais boa vontade do Beluzzo fazer isso ele nao vai conseguir, mas enquanto nao acontecer vamos ficar nesse lenga lenga.. Sao 30, 8 milhoes de prejuizo nos ultimos 3 anos.

Os comentários estão desativados.