Categorias
Corneta do Cunio

Vuvuzela do Cunio – Jabulani e Jabá no Bambi

POR ALBERTO CUNIO

Jabulanis alviverdes, já
estou com os patacoás cheios de culparem a bola de tudo nessa Copa. É falha do
goleiro, Jabulani. É golaço de efeito, Jabulani. É tropeção, Jabulani. Mas é a
primeira vez que vejo ruindade ter nome. Fazer cacas homéricas agora é mais do
que permitido. Afinal, a Jabulani não fala, não tem advogados (exceção feita ao
fabricante) e ninguém ousou ainda defendê-la abertamente. Até em túnel de vento
já colocaram a coitada, como se quisessem provas científicas de que a grossura
futebolística não tem causas humanas. O próprio Luis Pipoqueiro, que chamou a
bola de “sobrenatural” antes da Copa, ontem deve ter mudado de ideia. Então,
vamos deixar esse papo chato para lá.

A grande notícia da
semana na verdade, para delírio de um fanático colunista do 3VV (que se
dependesse dele mandava o Ahmadinejad fazer testes nucleares no centro de um campo de futebol nas imediações da Vila Sonia), foi o veto ao Penicão Leonor de sediar a Copa de 2014. Decisão que
envolveu obviamente muito mais um caráter político do que técnico, mas imaginem
se este elefante branco fosse público e não tivéssemos alternativas aqui. A
esta hora teríamos pessoas acorrentadas às colunas apodrecidas do Coliseu do
Natel, fazendo greve de fome e exigindo da FIFA que voltasse atrás.

Para aqueles corvos,
coiotes, chacais e outras aves e mamíferos de rapina que estavam de plantão e
aguardavam ansiosamente por esta notícia, achando que a Arena Palestra Itália
seria a beneficiada, as perspectivas parecem sinistras. Outro dia saiu no
Painel F.C., coluna predileta de nosso editor-chefe na Folha de São Paulo, que os
amigos íntimos do Ditador da CBF dizem que as chances de nossa Arena sediar
jogos da Copa são as mesmas da Argélia alcançar as semifinais na África do Sul.
Motivo? Nosso estimado presidente estaria “de mal” com o Nabucodonosor da Rua
da Alfândega… Ops, da Barra da Tijuca (lógico que ele mudou a sede para um
lugar mais nobre).

Que situação. Piritubão,
só com 1 bilhão. Penicão, sem “acordão”. Arena Palestra Itália, tão popular
como o Ciro Gomes para presidente. Vai sobrar o quê?

Enquanto isso, minha
sugestão seria continuarmos a nos preocupar em conseguirmos a milionésima
licença, o centésimo laudo (não o Natel, esse eu não quero) e começarmos a
entrada em procissão dos tratores, guindastes e bate-estacas para acabar esta
grandiosa obra o quanto antes. Aí poderemos barganhar algo com o Saddam da
Guanabara.

Como VUVUZELA é bom e eu
gosto, deixo uma zunindo no ouvido de alguns cidadãos que ficaram histéricos
essa semana com a história do Panetone jogado às traças: M.A.C., J & J,
Wanderley Nogueira, … Por favor, continuem a lista para mim!

8 respostas em “Vuvuzela do Cunio – Jabulani e Jabá no Bambi”

#3 Zambon, muito bem lembrado… Com esse FS já quebrei pau feio. Bambi imundo.

#5 Edson, o Nilson César acho que é um dos poucos que se salvam na JP. Nunca o vi detonar o verdão. Mas… Não ponho a mão no fogo. Agora, o Quesada é palmeirense! Esse eu tenho certeza, conheci um primo dele que é gambá e me disse.

Cunio, a propósito do termo “Penicão”, o mensageiro do JK publicou em seu blog:

Dinheiro só para quem tem esgoto

O BNDES informou nesta semana que só emprestará dinheiro para os estádios que se comprometerem a cuidar do meio ambiente.

Entre as determinações está o rigoroso tratamento da água e do esgoto.

Os são-paulinos que me perdoem.

Mas é impossível não lembrar do Morumbi.

Acrescente também Fernando Sampaio, Flavio Prado, Nilso César, além de outros menos “notáveis” (todos JP), Leandro Quesada (Band)….

A respeito da bola, a melhor análise foi do Romário: “bola nunca me atrapalhou”.

Cunio,
Pode incluir na sua lista o Marcelo Lima (JP) e o Vitor (Bam)Birner (CBN).

olha a mensagem que ele deixou em ameaça:
AVISO AOS ADVERSÁRIOS: Não admitimos o uso do termo “bambi”. Vamos até as últimas consequências contra quem insistir com essa bobagem

Patético tanto quanto àquele bêbado que chamam de presidente da casa das bonecas…

Os comentários estão desativados.