Categorias
Arenas

As estatísticas do Palestra Itália

Nesta próxima sexta-feira, dia 9, teremos a despedida oficial do Palestra Itália. A partir daí ficaremos cerca de dois anos aguardando uma nova casa.

O colaborador do 3VV e Diretor do Departamento de Acervo Histórico e Memória da SE Palmeiras, Luciano Pasqualini, preparou um conjunto de estatísticas a respeito do Palestra Itália ao longo da sua história.

Vejam abaixo:

CRONOLOGIA

1917 – Primeira partida do
Palestra no Parque da Antarctica

21/04/1917 – Palestra Itália 5 x 1 Internacional
S.C. [da capital]
Palestra: Flosi, Bianco, Grimaldi, Bertolini, Picagli, Fabbi, Caetano,
Ministro, Heitor, Orlando, Martinelli.
Gols: Heitor (4) e Caetano (1)

1917 – Primeiro jogo contra o Corinthians

06/05/1917 – Palestra Itália 3×0 Corinthians
Palestra: Flosi; Grimaldi e Bianco; Picagli, Bertolini e Fabbi; Caetano,
Ministro, Heitor, Orlando e Martinelli.
Gols: Caetano
(3)

1920 – Compra do Parque da
Antarctica

26/04/1920 –
O presidente David Menotti Falchi, o Secretario Geral  Eurico Belli e o Tesoureiro em exercício  Luigi Izzo, devidamente autorizados pelo
Conselho Deliberativo, comparecem em cartório para assinar a lavratura da
escritura de compra e venda, redigida pelo 11º Tabelião de São Paulo.



1920 – Primeiro jogo como proprietário do Palestra Italia

16/05/1920 – Palestra Italia 7 x 0 Mackenzie
Palestra: Primo, Bianco, Pedretti;  Bertolini, Picagli, Fabbi; Caetano, Ministro,
Heitor, Imparato I e Imparato II.
Gols:
Caetano (3), Heitor (2), Fabbi e Imparato.

1920 – Maior Goleada e Recorde de Artilheiro em uma partida

08/08/1920 – Palestra Italia 11 x 0
Internacional S.C. [da capital]
Palestra: Flosi; Bianco, Pedretti; Bertolini, Picagli, Fabbi; Caetano,
Ministro, Heitor, Imparato I e 
Martinelli.
Gols:
Ministro (2), Imparato I (2), Caetano e Heitor (6)
Obs.: Com os 6 gols marcados Heitor estabeleceu o recorde nunca batido.
Curiosamente o próprio Heitor igualou o recorde de 6 gols em uma mesma partida,
sete anos depois, em 17/07/1927 em goleada de 11 a 2 contra o Corinthians de
Santo André. Os dois jogos foram oficiais valendo pelo Campeonato Paulista.

1921 – Primeiro jogo contra
o Santos no Palestra Italia

20/11/1921 – Palestra Italia 6×1 Santos F.C.
Palestra: Primo; Bianco e Gasperini; Bertolini, Picagli e Italo; Zanelli,
Forte, Heitor, Imparato I e Martinelli.
Gols:
Bertolini, Imparato I (3), Heitor e Forte

1922 – Primeiro jogo
Internacional – Taça Guarany

26/10/1922 –
Palestra Italia 4×1 Seleção do Paraguai
Palestra: Primo, Nigro, Gasperini, Bertolini, Xingo, Fabbi, Ministro, Forte,
Heitor, Imparato I e Martinelli.
Gols: Heitor (3) e Imparato I (1)

1926 – Campeão Paulista
Invicto

29/08/1926 –
Palestra Italia 5×0 São Bento [da capital]
Palestra: Primo; Bianco e Loschiavo; Xingo, Amilcar e Serafini; Mathias I,
Carrone, Heitor, Imparato Ii e Melle. T: Amilcar Barbuy
Gols: Mathias I, Heitor, Carrone (2) e Nico (contra)

1927 – Campeão Paulista
Extra

13/02/1927 –
Palestra Italia 1×0 Syrio
Palestra: Primo; Bianco e Pepe; Xingo, Amilcar e Serafini; Tedesco, Heitor,
Miguelzinho, Carrazzo e Perillo. T: Amilcar Barbuy
Gol: Amilcar.

1927 – Campeão Paulista

18/09/1927 –
Palestra Italia 7×2 Portuguêsa
Palestra: Nani; Bianco e Pepe; Xingo, Amilcar e Serafini; Tedesco, Carrone, Heitor,Lara
e Melle. T: Amilcar Barbuy
Gol: Lara (3) Heitor (2) Carrone e Serafini.

1929 – Primeiro jogo contra
equipe Européia no Palestra Italia

14/07/1929 –
Palestra Italia 5×2 Ferencvaros da Hungria
Palestra: Nascimento; Bianco e Miguel II; Pepe, Gogliardo e Serafini;
Ministrinho, Carrone, Miguelzinho, Lara e Osses. T: Amilcar Barbuy.
Gols: Miguelzinho (4) e Ministrinho (1)

1932 – Campeão Paulista
Invicto

11/12/1932 –
Palestra Italia 8×0 Santos
Palestra: Nascimento; Loschiavo e Junqueira; Tunga, Gogliardo, Adolfo; Avelino,
Sandro, Romeu, Lara e Imparato IV. T: Humberto Cabelli
Gols: Romeu (2) Imparato IV (2) Lara, Sandro, Avelino e Gogliardo

1933 – Inauguração do Estádio Palestra Italia em Concreto
Armado

13/08/1933 –
Palestra Italia 6 x 0 Bangu
Palestra: Nascimento, Carnera, Junqueira, Tunga, Dula (Zico), Tuffy, Avelino,
Gabardo, Romeu, Lara, Armandinho – T: Humberto Cabelli
Gols: Gabardo (2), Avelino (2), Romeu (2).

1933 – Maior Goleada sobre o Corinthians 8×0

05/11/1933 –
Palestra Italia 8 x 0 Corinthians
Palestra: Nascimento, Carnera, Junqueira, Tunga, Dula, Tuffy, Avelino, Gabardo,
Romeu, Lara, Imparato IV – T: Humberto Cabelli
Gols: Romeu (4) Imparato IV (3) e Gabardo.

1933 – Campeão Paulista

12/11/1933 –
Palestra Italia 1×0 São Paulo [da Floresta]
Palestra: Nascimento, Carnera, Junqueira, Tunga, Dula, Tuffy, Avelino, Gabardo,
Romeui, Lara, Imparato IV – T: Humberto Cabelli
Gol: Avelino

1933 – Campeão do 1º Campeonato Nacional de Clubes
Profssionais

10/12/1933 –
Palestra Italia 2×1 Fluminense
Palestra: Nascimento, Carnera, Junqueira, Tunga, Dula, Tuffy, Avelino, Gabardo,
Romeui, Lara, Imparato IV – T: Humberto Cabelli
Gols: Gabardo e Dula.

1935 – Primeiro jogo contra
o São Paulo no Palestra Italia

10/03/1935 –
Palestra Italia 2×2 São Paulo F.C.
Palestra: Batatais; Carnera e Machado; Tunga, Dula e Tuffy; Ministrinho,
Mendes, Gabardo, Carnieri e Imparato IV. T: Ventura Cambon
Gols: Gabardo e Mendes.

1937 – Campeão Paulista de 1936

09/05/1937 – Palestra Italia 2×1 Corinthians
Palestra: Jurandyr; Carnera e Begliomini; Tunga, Dula e Del Nero; Frederico,
Luizinho, Niginho, Moacyr e Imparato IV.
T: Matturio Fabbi
Gols: Luizinho e Moacyr

1937 – Primeira Experiência
de Iluminação Noturna

15/07/1937 –
Palestra Italia 0x0 Vasco da Gama
Palestra: Jurandyr; Carnera e Begliomini; Tunga, Dula e Del Nero; Lara,
Luizinho, Moacyr, Rolando e Imparato IV. T: Matturio Fabbi

1938 – Campeão Paulista
Extra

18/09/1938 –
Palestra Italia 2×1 Corinthians
Palestra: Jurandyr; Carnera e Junqueira (Begliomini);Ruiz, Gogliardo e Del
Nero; Filó, Luizinho, Barrilote, Rolando e Mathias III. T: Ramon Platero.
Gols: Barrilote e Rolando

1964 – Inauguração do Jardim Suspenso

07/09/1964 –
Palmeiras 2 x 0 Esportiva de Guaratinguetá
Palmeiras: Valdir, Caetano, Djalma Dias, Valdemar Carabina, Ferrari, Dudu,
Tupãzinho, Gildo, Ademar Pantera, Picolé, Rinaldo. T: Silvio Pirilo
Gols: Ademar Pantera e Rinaldo.

1971 – Primeiro jogo de
Copa Libertadores no Palestra Italia

03/03/1971 –
Palestra Italia 3×0 Deportivo Galicia da Venezuela
Palmeiras: Leão, Eurico, Luis Pereira, Nelson, Dé; Dudu e Ademir; Fedato,
Hector Silva (Odair), Cesar e Pio. T: Rubens Minelli
Gols: Cesar, Fedato e Hector Silva

1976 – Campeão Paulista e Recorde de Público

18/08/1976 –
Palmeiras 1×0 XV de Piracicaba
Palmeiras: Leão, Valdir, Samuel, Arouca, Ricardo, Pires, Ademir da Guia, Edu,
Jorge Mendonça, Toninho, Nei.  T. Dudu
Gol: Jorge Mendonça
Público: 40.283 pagantes

1990 – Recorde de Invencibilidade

02/09/1990 –
Palmeiras 0x0 Santos
Palmeiras: Velloso; Marques, Toninho, Aguirregaray, Dida; Elzo, Betinho e
Ranielli; Jorginho, Roger e Careca (Edson). T: Telê Santana
Obs.: Neste jogo o Palmeiras completou 68 jogos invictos no Palestra Italia,
registrando um Recorde de Invencibilidade reconhecido internacionalmente, que
durou 4 anos.

1996 – Campeão Paulista

02/06/1996 –
Palmeiras 2×0 Santos
Palmeiras: Velloso; Cafu, Sandro, Cleber (Claudio) e Junior (Elivelton); Amaral
(Marquinhos), Galeano, Djalminha e Rivaldo; Muller e Luisão. T: Luxemburgo
Gols: Luisão e Cleber

1998 – Campeão da Mercosul

29/12/1998 –
Palmeiras 1×0 Cruzeiro
Palmeiras: Velloso; Arce, Junior Baiano, Roque Junior e Junior; Tiago Silva,
Rogerio, Alex (Almir), Zinho (Aguinaldo); Paulo Nunes e Oseas (Pedrinho). T:
Felipão
Gol: Arce

1999 – Campeão da Libertadores

16/06/1999 –
Palmeiras 2×1 Deportivo Cali
Palmeiras: Marcos; Arce (Evair), Junior Baiano, Roque Junior e Junior; Cesar
Sampaio, Rogerio, Alex (Euller) e Zinho; Paulo Nunes e Oseas. T: Felipão
Gol: Evair e Oseas
Penaltis:  Junior Baiano, Roque Junior,
Rogerio e Euller.

1999 – Campeão da Libertadores

16/06/1999 –
Palmeiras 2×1 Deportivo Cali
Palmeiras: Marcos; Arce (Evair), Junior Baiano, Roque Junior e Junior; Cesar
Sampaio, Rogerio, Alex (Euller) e Zinho; Paulo Nunes e Oseas. T: Felipão
Gol: Evair e Oseas
Penaltis:  Junior Baiano, Roque Junior,
Rogerio e Euller.

2008 – Campeão Paulista

04/05/2008 –
Palmeiras 5×0 Ponte Preta
Palmeiras: Marcos (Diego Cavalieri); Elder Granja, Gustavo, Henrique, Leandro;
Pierre, Martinez, Diego Souza e Valdivia; Kleber (Denilson) e Alex Mineiro
(Lenny). T: Luxemburgo.
Gols: Alex Mineiro (3), Valdivia e Ricardo Conceição (contra).

 

CURIOSIDADES

Eventos

  • 29/05/2010 – show do Aerosmith
  • 13/03/2010 – show do Guns N´Roses
  • 05/04/2008 – show do Ozzy Osbourne com abertura do Korn e Black
    Label Society
  • 04/04/2008 – show do Rod Stewart
  • 02/03/2008 – show do Iron Maiden
  • 21/04/2007 – show do Evanescence
  • 06/12/1997 – show do Charlie Brown Jr, Whitesnake, Megadeth e
    Queensryche
  • 01/05/1993 – show do Mettalica
  • 01/08/1992 – show do Iron Maiden
  • 23/09/1990 – show do David Bowie
  • 10/08/1990 – show do Legião Urbana [gravação ao vivo]
  • 12/10/1988 – show do Bruce Springsteen

 

10 respostas em “As estatísticas do Palestra Itália”

Em 1976 cabiam 40 mil pessoas no Palestra, hoje cabem 26 mil.
Detalhe: não existia a arquibancada do setor família e também tinha um vão entre a ferradura e a numerada descoberta.
Ou o estádio encolheu ou o palmeirense engordou.

Fui no show do Mettalica em 93 na pista, o show foi bom, mas a organização foi uma merda, estava entre os primeiros da fila, derepente uma confusão, a PM sentando a borrachada em todo mundo, virou uma zona e fiquei pra trás. Depois deste show desencanei de ir ver bandas de rock em estádio, pagar caro pra apanhar da polícia não dá!

Perguntas:

1- Este recorde de 68 jogos (4 anos) já foi batido?
2- O jogo de 1976 foram mais de 40 mil PAGANTES mesmo?

Vai dar saudades do velho palestra! Espero que sejamos tão felizes na nova arena, quanto fomos no velho palestra.

E depois ainda temos que ouvir sobre “Fantasma do Palestra”… e o pior é que os jogadres cabecinhas fracas embarcam nessa!!

tem q levantar esse post e enviar pra imprensinha sempre q vierem com papinho de “fantasma do Palestra”

obs: é impressao minha ou ta devagar a venda de ingressos para a despedida?

Estou so esperando o dia da inauguracao,quando estarei com 71 anos, mas pretendo estar la.

Que historia temos hein!!! simplesmente é de nos encher de orgulho,muito orgulho!!! Palestra rumo a modernidade!!!! Scoppia Palestra

Os comentários estão desativados.