Bagatelas: Oberdan Fiume está de volta

Por Oberdan Fiume

FESTA DE DESPEDIDA: ERRARAM

Erraram na escolha do adversário;
Erraram na escolha da bola;
Erraram na escolha do juiz;
Erraram na divulgação do jogo;
Erraram nos preços;
Erraram na distribuição das revistas;
Erraram na logística das atrações e eventos;
Erraram em não apresentar os veteranos um por um;
Erraram na organização da troca de ingressos comprados pela internet;
Erraram na expectativa do valor a ser arrecadado;
Erraram na organização das filas na entrada;
Erraram na presença de sapos no gramado;
Erraram na locutora, totalmente perdida;
Erraram e corrigiram tocando o hino nacional somente no intervalo dos
masters;
Erraram em não fazer as homenagens no centro de campo para todo mundo ver;
Erraram ao executar a gravação do hino, no final – interrompido na metade;
Erraram no tempo e na oportunidade  dos diversos foguetórios;
Erraram em permitir que os,  alheios, fiscais da FPF quase
estragassem a festa;
Erraram no tamanho e na posição do telão.

FESTA DE DESPEDIDA: ACERTARAM (quer dizer, acabou dando certo…)

O público foi fantástico!
Aplaudiu, interessou-se, vibrou e chorou na despedida.
As atrações; a Escola de Samba Mancha Verde e o Marcos Kleine foram
magníficos.
Os veteranos mostrando amor a camisa e mostrando o respeito pelo
torcedor palmeirense.
Evair trocando passes com Ademir da Guia sendo aplaudido do lado
de fora do gramado  por Madurga.
Dudu , sem condições, físicas, mas fazendo questão de jogar um pouco e
sendo aplaudido de pé ao ceder o lugar para Evair, que entrou e fez dois
golaços; um dos quais cabeceando uma bola rasteira.
Marcos  homenageado por Valdir Joaquim de Morais, pena que
poucos viram; e Pierre, participativo
com as crianças.

JOGO

11 em cada 10 torcedores que estavam
assistindo o jogo na curvinha falavam a mesma coisa. Felipão vai ter
trabalho.

FUTEBOL

Esquisita essa conversa  do nome
do Kleber ter sumido do BID por causa de dividas do Cruzeiro. Os jogadores
que o Cruzeiro contratou recentemente continuam.

FELIPÃO

Vejam no site www.fellegger.com.br entrevista
em que Felipão liquida , de uma vez, com essa conversa de seleção brasileira.

ESCRITURA

Amanhã, terça feira, Palmeiras e W.Torre
assinam a escritura que possibilita o inicio imediato das obras principais
da Arena .

POLITICA

Descoordenada, para dizer o mínimo, as
conversas politicas da situação. A oposição dividida entre Frizzo e Tirone
Junior, também conhecido pelo apelido: Pituca.

***

*Bagatelas é
uma coluna
semanal do 3VV. Do italiano “bagatella” (ninharia) a seção vai ao ar
toda segunda-feira para falar sobre as mesquinharias, as baixezas,
as coisas sem valor
do mundo do futebol. Sempre com uma pitada de veneno, e sem muito
compromisso com as fontes criteriosamente consultadas. Mas com um
enorme compromisso com aquilo que o torcedor pensa.

Os
personagens centrais são Oberdan Fiume, e Cáspite Rossi Cairo.

13 respostas em “Bagatelas: Oberdan Fiume está de volta”

Mas dizem que o Perone não é um cara confiavel esta informação é dele.

Torcida organizada pagando meia é piada de mau gosto.Depois querem o que?Aí o cara vai lá e se acha no direito de descer a porrada em jogador e a diretoria não faz nada.

Dá nojo dessa relação promíscua.Inclusive do Belluzzo,se tem alguém que não precisaria disso,esse alguém é ele.

Sobre o Felipão,resumindo,se o Felipão sair do Palmeiras antes do fim do contrato é porque a diretoria deixou.

Tá claro no áudio,o Felipão não faz a menor questão de ser a seleção brasileira em 2014.Ele dirige até a Argentina se for convidado.

Acertaram no que então?

Eu desisto.Alguém ganha com a bagunça e não quer mudar isso,com ou sem arena.

Já ouvi um monte de gente dizer que compra ingresso pela internet aqui,pra jogo na Europa.Chega lá no dia e na hora e é recebido com o maior conforto.
Então,de duas uma,ou aqui não tem gente competente para organizar essas coisas(e isso é a mesma coisa que acreditar no curupira)ou alguém ganha com isso.
Um time que tinha conselheiro cambista vai se esperar o que

Pois é, esta chegando o dia da assinatura da tão sonhada escritura que da o direito de legalmente iniciar as obras da nossa arena.
Por outro lado, só para aqueles que são mais críticos, saiu no jornal folha de são paulo, coluna da Mônica Bergamo.

Sexta-feira, Julho 09, 2010
MÔNICA BERGAMO
PLANO P
MoNICA BERGAMO
FOLHA DE SÃO PAULO – 09/07/10

O governo de SP já trabalha seriamente com a possibilidade de a Arena Palestra, que o Palmeiras começa a construir na semana que vem, ser usada na Copa de 2014. O presidente do clube, Luiz Gonzaga Belluzzo, e Walter Torre, da construtora WTorre, que fará a obra, foram ao Palácio dos Bandeirantes, na terça-feira, mostrar o projeto para o secretário de Planejamento, Francisco Luna, do comitê paulista para o Mundial.

ME CHAMA QUE EU VOU
Belluzzo e Torre disseram que a arena palmeirense será construída de acordo com os padrões da Fifa e a colocaram à disposição do Estado para a Copa -mas não para a abertura, já que ela terá capacidade para 45 mil pessoas, inferior à exigida para o jogo inaugural.

Laerte não sei se você foi, mas que deixou a desejar, deixou, quando a moça falava, não conseguia conversar com o amigo ao lado…
abr

Se valeu alguma coisa, foi mostrar para meu filho como jogou e ainda joga o Evair.
Na hora da falta, falei pra ele;
uma vez no morumbi, ele fez um gol dali contra o curintia e ganhamos de 1×0
dito e feito o matador guardou.
No domingo ainda cantava eo eo evair é um terror.
abr

Não acho que erraram no adversário, erraram mesmo nas contratações. Mauricio Ramos, Edinho, Everton, meu Deus, ainda bem que vi o Evair jogar

“Erraram no tamanho e na posição do telão.”

e verdade… na estreia do uniforme AZUL contra o Inter eu estava lá e o telão era maior e melhor posicionado..

na boa… ta precisando de novos profissionais nessa diretoria de marketing..

abs

Seja bem vindo de volta Felipão!

E essa quinta feira que não chega logo Cazzo!

Os comentários estão desativados.