Categorias
Arenas

Comparando projetos

Por Claudio Baptista Jr.           

Pessoal,

Aproxima-se cada vez
mais a necessidade de escolha do projeto que sediará os jogos da Copa na cidade
de São Paulo.

Sei ainda que existe uma
possibilidade de existirem duas sedes na cidade, que a Arena Palestra pode ser
uma segurança para a cidade caso qualquer outro projeto decline e tal, mas esse
não é o objetivo do post de hoje.

Em cima do que vem se
ventilando nas últimas semanas, tentei colocar em forma de matriz alguns
aspectos importantes e comprar os diversos projetos.

Escolhi quatro:

– Arena Palestra por
motivos óbvios, mas também pelo fato do estádio ter ganhado visibilidade na
disputa.

– Pacaembu em função de
ser um estádio público e que também volta a ser discutido. http://www1.folha.uol.com.br/esporte/769123-sp-e-cbf-discutem-pacaembu-como-sede-da-copa-2014.shtml
.

– Pirituba por ser o estádio dito plano B.

– Morumbi não poderia
deixar de colocá-lo, pois apesar de excluído, até que o martelo da sede não
seja batido e o estádio comece sua construção, ficará sempre com o papel de
assombrar. O lobby ainda é grande.

Como ainda faltam dados
de diversos projetos, seja por falta de detalhamento ou na divulgação, a matriz
ainda está bem crua, mas já permite uma análise macro.

Gostaria muito que vocês
ajudassem a incluir dados e até corrigissem eventuais erros e omissões. Quem
sabe não montamos uma com muito mais dados e completa que nos permita analisar
com mais propriedade a escolha da sede da cidade.

Hoje, compartilho muito
com a opinião do amigo Cunio: “Temos definida a diretriz de investimentos aqui
em São Paulo: gastar dinheiro público DE QUALQUER MANEIRA”.

 

Característica
/ Estádio

Arena
Palestra

Pacaembu

Pirituba

Morumbi

Capacidade

45000/42000 (FIFA)

44.000

45.000

65.000

Acesso

Próximo ao centro da cidade.

Facilidades de transporte público

Próximo à marginal.

Três grandes avenidas dão acesso ao estádio (Sumaré,
Matarazzo, Pompéia)

Próximo ao centro da cidade.

Facilidades de transporte público

Próximo à marginal.

Duas grandes avenidas dão acesso ao estádio (Pacembu, Dr.
Arnaldo)

Distante do centro da cidade.

Carência de transporte público.

Distante do centro da cidade.

Carência de transporte público.

Transporte
público

Estação de trem, metro e terminal de ônibus a menos de 1km do
estádio.

Previsão de construção de estação do metro linha 6 laranja
próxima ao estádio.

Duas estações de metro a aproximadamente 1km do estádio (Marechal
Deodoro e Clínicas)

Existe projeto para construção de estação de metro próximo ao
estádio.

Estação de metro Vila Sônia a ser inaugurada.

Dependência da construção de monotrilho da linha 17-ouro.

Infraestrutura
externa

Próximo a hospitais, rede hoteleira e infraestrutura de lazer
(bares, museus, teatros, restaurantes,…) do centro da cidade.

Presença de 2 shopping centers vizinhos ao estádio.

Próximo a hospitais, rede hoteleira e infraestrutura de lazer
(bares, museus, teatros, restaurantes,…) do centro da cidade

Projeto concebido para estar localizado dentro de um complexo
destinado a centro de exposições e eventos diversos.

Não há infraestrutura externa de qualidade.

Próximo a hospitais, rede hoteleira e infraestrutura de lazer
(bares, museus, teatros, restaurantes,…) da zona sul da cidade

Visibilidade

Concebida no Padrão FIFA

Incerteza em função do nível das reformas. O projeto ainda não
foi divulgado.

Concebida no Padrão FIFA

Grande distância do torcedor ao gramado e visibilidade não
adequada no anel inferior.

Muitos pontos cegos.

Areas
de Hospitalidade

Capacidade para receber jogos de copa até 4ªs de final.

Incerteza em função do nível das reformas. O projeto ainda não
foi divulgado.

Incerteza em função do nível das reformas. O projeto ainda não
foi divulgado.

Capacidade para receber jogos de copa até 8ªs de final.

Estacionamento

1400 vagas cobertas no estádio mais 3000 vagas no shopping
Bourbon e 2500 vagas no shopping West Plaza totalizando 6900 vagas cobertas.

5000 vagas para o estádio. Não está claro a quantidade de
vagas cobertas e descobertas

Incerteza em função do nível das reformas. O projeto ainda não
foi divulgado.

Poucas vagas internas.

Dependência da construção pelo poder público de estacionamento
de aproximadamente 2500 vagas em área pública externa ao estádio.

Projeto
Green Goal FIFA

Projetos de sustentabilidade, principalmente no que diz
respeito ao uso e reaproveitamento de água, energia elétrica, etc.

Incerteza em função do projeto ainda não divulgado.

Incerteza em função do projeto ainda não divulgado.

O clube tem processos ambientais contra si em função de
despejo de dejetos “in natura” em córrego da região. Não está claro
se o clube já está conectado a rede da Sabesp.

Valor
da Obra

R$ 300 milhões

R$ 500 milhões

Incerteza em função do projeto ainda não divulgado.

R$ 280 milhões

Status
do Projeto

Contrato assinado junto ao investidor e construtora.

Projeto aprovado na esfera pública.

Início das obras programado para agosto/10.

 

Alvo de licitação.

Carece de aprovação nas esferas públicas.

Sem dados sobre investidores.

Alvo de licitação.

Carece de aprovação nas esferas públicas.

Sem dados sobre investidores.

Carece de aprovação nas esferas públicas.

Cartas de intenção de investidores como garantia, mas sem
contrato assinado.

 

Modelo
de Investimento

Privado

Incerteza em função do projeto ainda não divulgado.

Incerteza em função do projeto ainda não divulgado.

Privado na sua parte interna e público em todo entorno.

 

Abraço,

Claudio Baptista Jr. –
muito contrariado com a falta de transparência nas discussões sobre a sede
paulista e investimentos públicos na cidade para a Copa de 2014.

27 respostas em “Comparando projetos”

Muito bom o quadro, Claudio.

Estádio Gambá? – Na boa, nossa cidade está brigando para abrir a Copa pq somos a maior cidade do País, maior poder econômico e etc, e vai escolher um estádio situado em ITAQUERA – bairro afastado e de nível econômico relativamente baixo?

Fica meio contraditório isso. A MAIOR CIDADE DO PAÍS E NOS ARREDORES DO ESTÁDIO DA ABERTURA UM LUGAR “POBRE” E DISTANTE?

Obs: Não me levem a mal, sempre vou à Itaquera, moro próximo, tenho amigos por lá, mas aqui estou analisando o que tem sido dito (SP não pode perder a abertura pq é a cidade mais rica, mas num estádio num bairro considerado por muitos como pobre…)

E outra: Piritubão pra 45 mil pessoas continua nao abrindo a Copa. Vai gastar mó grana pra nao abrir a Copa?

Ahhh!

Arena Palestra é, para o bolso de qqr paulistano, a MELHOR OPÇÃO.

muito bom esse quadro Claudio… mais uma vez vc nos trazendo importantes e claras informações sobre o tema.

parabéns!!!

e os comentários aqui deixados tb… todos oportunos e interessantes!

verdaços.

Governador??? q governador??

esse cara ai sai em dezembro..

como ele pode sair falando q vai bancar monotrilho ou bambineira na Copa…

acho q temos q ter calma..

depois das eleições tudo isso muda.. pq aki e um pais de politicagem..

se fosse um pais serio o Morumbi NUNCA seria cogitado para a COPA..

pq so nao vê quem nao quer… q as diferenças tecnicas sao gritantes..

Abs

Claudio #21

Distâncias segundo google maps:

Itaquera (bairro): 21 km do centro.
Panetone, que consideramos longe: 12 km.
Pacaembu: 6,7 km
Palestra Itália: 7,7 km

Marcos, #20, Itaquera é tão longe quanto o morumbi.

Quanto a infraestrutura, tem uma estação de metro próxima e um shopping, do outro lado do rio.
O governo saiu da reunião de ontem prometendo investir o que for necessário em infraestrutura para o entorno.

Claro, não dá para comparar com a infraestrutura do entorno e região do Palestra que é muito melhor, mais completa e existente.

Porém, como mencionei no post: “Temos definida a diretriz de investimentos aqui em São Paulo: gastar dinheiro público DE QUALQUER MANEIRA”.

Meus caros,

Itaquera não ficaria longe demais do centro?? Não conheço bem São Paulo, mas tenho a impressão que fica muito mais longe que o próprio Panetone.

Outra coisa que ninguém falou. Qual a infraestrutura da região pra receber uma abertura? Tem hotéis, shoppings, estacionamentos, lojas, restaurantes…? Isso tudo também deve ser levado em conta e passado ao Comitê.

Quanto mais comérico de médio e alto nível ao redor, mais lucros para a cidade. A cidade receberá turistas do mundo inteiro. Muitos deles com alto poder aquisitivo.. acho loucura jogar a abertura num local distante e sem infra..

Claudio, fico feliz que intencionam mostrar o quadro ao Comitê. É uma maneira de pressioná-los e mostrar que a opinião pública está de olho. Do contrário, todo trabalho em fazer o quadro teria sido em vão.

Marco, #16, vou tentar.
Marcio, #17, fiquei com a mesma impressão. Lembre que logo após a Copa, o presidente do corínthians disse que a questão do estádio deles estará resolvida até setembro.

Não sei, não. Não vi a rápida entrevista do Teixeira, do governador-TAMPÃO e do Kassab após a reunião, apenas li em sites, mas fiquei com a impressão que o Teixeira, meio a contra-gosto, atendeu algum pedido dos outros dois de esperar mais um pouco para que tentem viabilizar um estádio novo. Hoje, no Jornal da Tarde, já estão especulando que o estádio novo seria o dos Gambás, provavelmente em Itaquera.
Agora, tenho que concordar que é estranho o governador-TAMPÃO ser gambá e ficar defendendo os interesses das moças.

Claudio, uma pergunta importante:
Este quadro será apresentado em algum momento a alguém do Comitê Organizador?

Claudio, vc mostrou bons argumentos. Espero que argumentos assim predominem na decisão, o que acho dificil. Abraços.

Marcos, realmente temos limitação de espaço dentro da Arena, contudo tenho um opinião que pode muito bem ser estudada.

Ao lado temos o shopping Bourbon. Vagas de estacionamento, qualidade de infra estrutura e muitos espaços que podem ser locados durante o período.

Estes espaços serviriam tanto para o centro de imprensa como para os espaços de hospitalidade.

A limitação disso seria a negociação junto aos logistas, porém certamente os custos destas instalações seriam muito inferiores aos que seriam investidos tanto em uma nova Arena como no assombroso morumbi.

A questão seria se essas instalações fossem provisórias ou definitivas.

Na minha opinião, seriam definitivas em uma Arena nova como no ventilado complexo de eventos de Pirituba.

Sem uma Arena nova, não existriam motivos para instalar o centro de imprensa no estádio do morumbi com a reforma “pés no chão” no lugar do novo e adequado Palestra Itália e seu entorno, JÁ INSTALADO.

Abraço.

Amigos,

Creio que na matriz poderiamos incluir mais um fator: o Centro de Imprensa. Infelizmente o Palestra Italia fica em uma área apertadinha, e creio que o Centro precise de muito espaço.

Não é mandatório ter um Centro de Imprensa ao lado do Estádio, mas isso é bem tradicional nas ultimas Copas.

Não sei dizer o peso do Centro de Imprensa na disputa.

Mas sei dizer que o lobby bambi é fortissimo. No ultimo mês a imprensa toda (à exceção da globo) questionou a CBF e suas exigências, coisa que não vinham fazendo quando falavam em monotrilho no Morumbi… E o lobby nos corredores publicos é tão ou mais forte, apenas mais discreto.

Abraços,

Marcos

Cunio, faço outra leitura.

Faz muito tempo que o governo estadual e municipal afirma e reafirma que não haverá dinheiro público para estádio aqui.
O projeto do Morumbi para semifinal e candidato a abertura está descartado, pelo clube e por não haver dinheiro público para o estádio.
O presidente do corinthians disse que a questão do estádio deles estará resolvida até setembro.

Na reunião de hoje, no momento em que enfatizam , CBF e governo, que a abertura será aqui e que não há o estádio definido, presume-se a partir do comentário acima que estão esperando as definições do corinthians. Caso naufrague, estamos prontos.

Morumbi? Com projeto pés no chão e a Arena Palestra batendo de frente, não tem chances. São dependentes de infra estrutura que dificilmente estararia pronta até a Copa.

PENICÃO ABRE A COPA: EU JÁ SABIA!

Galera, acabei de ver a reportagem na Globo. Ricardo Teixeira, com aquela cara de merda, contrariado. Kassab, bambi em todos os sentidos, com cara de pinto no lixo, sorrisinho de canto de boca. Goldman, que não sei o apito que toca futebolisticamente, com cara de satisfação por dar um nó nos outros e garantir a Abertura para São Paulo. Em seguida as imagens aéreas e as narrações:

Panetone: ” o único com capacidade para abrir a Copa, mas foi vetado pela FIFA”
Pacaembu: há projeto, mas envolve recursos públicos e abrir a Copa seria inviável, pois o projeto para mais de 60 mil parece teórico.
Palestra: projeto da Arena, mas sem capacidade para a abertura.

Aí veio a palavra final. APÓS A SAÍDA DE TODOS, GOLDMAN VOLTA AO MICROFONE E DECLARA: “NÃO HAVERÁ UM CENTAVO DE DINHEIRO PÚBLICO PARA CONSTRUIR ESTÁDIO. MAS GASTAREMOS TODO DINHEIRO PARA INFRA NOS ENTORNOS, BLÁ, BLÁ, BLÁ…”

GALERA, JUNTANDO O “LÉ COM CRÉ”, PARA POUCO ENTENDEDOR MEIA PÁ BÁ: BAMBINERA COM O PROJETO “BARATINHO”, GRANA DO BNDES, ENTORNOS GARANTIDOS PELO KASSABAMBI E TUDO ISSO ENFIADO GOELA ABAIXO NO TEIXEIRA, QUE SAIU PUTO DA VIDA POR TER QUE CONVENCER O VALCKE DISSO TUDO. TÁ DECIDIDO!!!!!!!!!!!

eu perco a paciencia com isso e tantas informacoes , qual e a verdade ? w torre nao tem seguro !
palmeiras ainda nao tem o alvara !!!! e de desanimar ! porque nao ve e explica a torcida que esta acontecendo ! paciencia tem limite ! depois ficam falando que a midia bambis e chata damos motivo !!!!!!!!

hahaha

Acho curioso que tem gente que sabe até o gosto musical do irmão do empresário do Valdívia, mas ninguém sabe realmente qual é a briga política que está ocorrendo em relação à abertura da copa em SP.

Tenho a impressão de que o comitê de SP desistiu da abertura.. todas as notícias da semana passada apontavam isso. Muito esquisito eles voltarem todos animados com a certeza da abertura e sem nehuma proposta concreta.

Talvez essa reunião e re-escolha do Morumbi seja apenas blefe.. podem estar querendo jogar a responsabilidade pela perda da abertura pra FIFA, que dará outro não. E também queiram ganhar moral pra poder exigir que a imprensa fique em São Paulo..

Só sei que to muito incomodado.. essa opacidade de informações é nojenta. O processo está se dando de maneira totalmente anti-democrática.

Muito disse disse. Vcs nâo acham que a melhor coisa a se fazer, a respeito do Estadio em São Paulo para abertura da Copa, seria repassar o Projeto ao Dr. Paulo Maluf??? alguém acha que não!!!!

João Paulo #3, ouvi que o alvará deverá sair dentro de 20 dias.
A questão do seguro acreditava que já estava contornada. O próprio presidente já disse que os recursos estão garantidos.

Agora, seria muito importante esses esclarecimentos nesse momento de definições sobre o estádio da cidade.

O resultado da reunião de hoje ainda está gerando muitas informações desencontradas.

Falei para vocês no post que o morumbi continuará assombrando até o momento que se bater o martelo e o estádio sede começe a ser construído.

Abraço.

Pra mim o Lula vai bancar a reforma de 700 milhões dos bambis.Só uma manifestação contrária muito grande para impedir isso.

Esse negócio da Arena vai gerar muitas notícias fajutas ainda.Os repórteres de jornal cassam notícias bestas.
O Belluzzo disse que a Arena é irreversível.É nisto que acredito.É resto é especulação.Aliás,ele disse que falta um alvará para que as obras comecem.Segundo ele,os recursos financeiros já estão provisionados,e tem multa de 10 mil reais por dia de atraso na entrega da obra,em contrato.Depois duzentos mil passos burocráticos,um seguro não travaria o começo da obra.

Algúem aqui sabe sobre a sede de SP?

Teixeira e Kassab afirmaram categoricamente que a cidade abrirá a Copa, mas que não será co o projeto de 200 mi do Morumbi, nem com a Arena Palestra.

Detalhe que o projeto do SPFW de 600 mi foi recusado pela FIFA.

E agora José?

Falta uma peça nesse quebra-cabeça.. alguém sabe de algo?

Cláudio, duas perguntas…

1. Você tem alguma informação sobre esse Alvará? Os canteiros de obras já estão sendo montados no clube?

2. Esse papo de que uma seguradora precisa aparecer em 120 dias, ou então nossa escritura perde a validade. Procede?

Grato!

Lí na lance que a reforma do pacaembu seria baseada em um projeto de alguns anos atrás, mas que não segue o caderno da fifa e custaria 250 milhões.
Também duvido que qualquer um desses projetos seja insuficiente para as quartas de final.

Ouvi agora na CBN que a reunião do Ricardo Teixeira com o Governador e o prefeito está ocorrendo a mais de uma hora.
Segundo o repórter o que o governador quer empurrar de qualquer jeito é o Morumbi.
Agora,a dúvida é quem vai arcar com os 400 milhões que faltam para completar o projeto do Morumbi aprovado pela Fifa.

O São Paulo é sujo,é,mas temos que reconhecer,são muito fortes nos bastidores.É muita sujeira.Ainda vão conseguir que o estádio seja completamente reconstruído,pela 2.vez com dinheiro público.
Não podemos ficar calados com essa sujeira toda.Nosso dinheiro não pode ser usado para reconstruir aquele lixo.

Os comentários estão desativados.