Categorias
Drops

DROPS MATINAL 13/10/10: Kassab ofereceu Arena Palestra à FIFA

REDAÇÃO 3VV

Esse é um drops matinal.

As notícias pipocando nos últimos dias sobre a Arena Palestra têm um motivo muito forte. Com alguns jornalistas o Prefeito Kassab confidenciou que foi à África do Sul dizer aos dirigentes da FIFA o seguinte:

abre mão da abertura da Copa;
– quer o Centro de Imprensa para São Paulo (geralmente o Centro de Imprensa fica junto à principal Sede, abertura ou fechamento);
– oferece a Arena Palestra como estádio.

Entretanto esse posicionamento conflita com os interesses do Comitê Paulista para a Copa (trabalha ainda pelo Morumbi e as centenas de milhões de reais de dinheiro público que estão esperando em infra-estrutura no entorno). Conflita ainda com o posicionamento daqueles que querem um novo estádio, seja em Pirituba (tecnicamente fora de questão) e Guarulhos. A primeira intenção seria pela abertura da Copa. Mas seguramente há o interesse subliminar do estádio ser posteriormente cedido ao Corinthians (semelhante ao modelo Engenhão/Botafogo).

A Arena Palestra é a melhor solução para a cidade. Um estádio 100% alinhado ao caderno de encargos da FIFA, com oferta de transporte público já disponível e, o mais importante, sem usar um real de dinheiro público. Tecnicamente e financeiramente não há dúvidas sobre qual a melhor solução.

E a abertura? Por que não no Rio de Janeiro? Ou então que Belo Horizonte ou Brasília sejam felizes na disputa.

AS DÚVIDAS 

Naturalmente que uma decisão desta natureza trará reações:

– Como reagirão os defensores do lobby pró Morumbi e investimento público para revitalizar um estádio anacrônico e cheio de problemas?
– Como reagirão as empreiteiras de plantão, ansiosas pelos investimentos estimados em R$ 1 bilhão (verba que sempre necessitará de um aditamento, óbvio) pelo Piritubão ou coisa semelhante?
– Como reagirá a CBF, responsável pela escolha e – aparentemente – com rusgas com o Palmeiras pelo posicionamento político do Presidente Belluzzo na última eleição do Clube dos 13?

Os próximos capítulos deverão acontecer a portas fechadas. Que as cabeças dos dirigentes estejam iluminadas.

Saudações Alviverdes!

25 respostas em “DROPS MATINAL 13/10/10: Kassab ofereceu Arena Palestra à FIFA”

Me corrigindo: a Copa da França foi em 1998 e a da 1994 foi nos EUA, o que torna curioso ter sido o maior público médio desde então.

#20 Marcos, complementando:

Na Copa 2006 da Alemanha foram cinco partidas da primeira fase e mais duas partidas de oitavas que tiveram público inferior a 42 mil pessoas.

Na Copa 2002 da Coréia do Sul/Japão foram 26 partidas de primeira fase, mais sete partidas de oitavas e uma partida de quartas.

Na Copa 1996 da França foram 35 de primeira fase, mais cinco partidas de oitavas e duas partidas de quartas.

Na Copa 1994, o ponto fora da curva: foram poucas as partidas com menos de 70 mil pessoas!

Me chamou a atenção que as partidas da Alemanha e do Brasil sempre figuram entre as de menores público… estranho, não? E na Copa da França é mais estranho ainda: partidas da Itália com menos de 35 mil e partidas da Nigéria com mais de 60 mil!

#20 Marcos, você tem razão. Já há alguns dias estou devendo aqui nos comentários do 3VV um levantamento da Copa de 2006 para ver se temos um parâmetro um pouco melhor.

Até onde este site pode averiguar, NÃO, não ocorreu a assinatura. Estamos averiguando…

Denis,

acho interessante teu comentário. Mas temos que lembrar que essa Copa foi considerada por muitos um fracasso de público. Isso porque muitos turistas não quiseram ir á África do Sul por n motivos, inclusive de saúde.

No Brasil a Copa será muito maior, com muito mais gente e estádios lotados. Pode apostar. O Brasil é hoje um dos países turísticos mais cobiçados do mundo. Imagine na Copa…

Denis,

acho interessante teu comentário. Mas temos que lembrar que essa Copa foi considerada por muitos um fracasso de público. Isso porque muitos turistas não quiseram ir á África do Sul por n motivos, inclusive de saúde.

No Brasil a Copa será muito maior, com muito mais gente e estádios lotados. Pode apostar. O Brasil é hoje um dos países turísticos mais cobiçados do mundo. Imagine na Copa…

Se tem um item que não se pode questionar sobre a Arena Palestra na Copa é sua capacidade de público.

Das 64 partidas da Copa 2010, 33 (51.56%) tiveram público igual ou inferior a 42 mil pessoas, que é a capacidade da Arena Palestra para eventos FIFA.

Foram 27 partidas da primeira fase (incluindo partidas com Inglaterra, Alemanha, Espanha, Brasil, Itália), quatro partidas das oitavas (incluindo Alemanha x Inglaterra com 40510 pessoas), uma partida das quartas de final (Holanda x Brasil, com 40186) e até mesmo a disputa de terceiro lugar entre Uruguai x Alemanha com 36254 pessoas.

Não me recordo onde li a informação, mas me lembro que seria um evento para apenas alguns convidados no salão nobre do palestra italia e seria a noite.
Se alguem souber de algo mais concreto poderia postar aqui para nos informar.

ESSA INFORMACAO É DE UM FORISTA DO PDT (EXTRA OFICIAL)

16 – Claudio

concordo com vc cara…

Vicente..

a assinatura occorreu HJ?

nao achei nenhuma noticia sobre a assinatura do contrato..

Abs

Gilberto Giangiulio Junior, #5.

Compartilho da mesma opinião.

Politicamente o Palmeiras não tem bala, mas tem gente próxima que tem.

Tecnicamente, a Arena teria condições, faltando obras no entorno além das contrapartidas negociadas, que certamente seriam muito, mas muito menos dispendiosas aos cofres públicos quando comparadas aos projetos aproveitadores do Morumbi ou uma eventual nova Arena na cidade.

E honestamente, gostaria muito que todos os representantes do spfc e corínthians, formais e informais, viessem bater na nossa Arena. Seria uma enorme oportunidade de rebater a peitar a todos, resgatando a contundência histórica do Palmeiras.

30 paus o Tobogã e 40 paus o ingresso mais barato no Pacaembu é brincadeira né diretoria.No Pacaembu cabe mais gente,podiam perfeitamente botar uns 20 contos a arquibancada.Com chuva ainda.Ñão vai lotar de novo.

Só um pitaco sobre treinador da seleção.Se eu fosse o presidente da CBF chamaria o Luxemburgo e diria pra ele o seguinte:

” Eu quero o Luxemburgo do primeiro semestre de 96.Entrega seus negócios,todos sem exceção,na mão de terceiros.Durante quatro anos você vai viajar o país e o mundo e montar o melhor time que você já montou na sua vida e botar para jogar futebol do jeito que só aquele treinador de 96 sabia.
Aceita?Sim o cargo é seu,não um abraço e segue sua vida.

Se ele resolver se reciclar, com todas as opções possíveis,tem tudo para montar um time imbatível.

Felipão por Arena na copa nem a pau.
Aliás,o Felipão já deu duas entrevistas para o seu assessor de imprensa negando seleção agora.
Tá bem claro,ele só não fica no Palmeiras durante os dois anos e meio se o Palmeiras o liberar.E se o Belluzzo o liberar será execrado eternamente.

Eu também acho essa idéia bem interessante.O Centro de Imprensa aqui e a abertura e encerramento no Maracanã.

O problema é que agora a imprensa cor de rosa vai esculhambar de todas as formas a arena.Vão alegar que vai ser pequena.Que a maior metrópole do país não pode ficar sem a abertura.Que seria uma vergonha.Fora que vão achar todos os defeitos possíveis e imagináveis na nova Arena.

De qualquer forma,seria bem interessante se a Fifa abrisse mão e permitisse pelo menos uma semifinal na arena.

Também queria ter informações sobre a escritura. Não achei em nenhum lugar nada a respeito.

O marketing deveria ter feito uma coletiva com a assinatura da escritura, para falar sobre a arena, informar detalhadamente o cronograma oficial e responder o que resta de dúvidas para a imprensa. Isso é sim muito importante, assinar a escritura “escondido” tem muito menos impacto.

Depois de tantos adiamentos seria uma forma de informar oficialmente que tudo está realmente resolvido. Com certeza muitos palmeirenses estavam esperando algo desse tipo, eu inclusive.

Só não assinou a escritura ainda pois faltou caneta, foram na padaria comprar e não tinha, agora estão indo em uma papelaria…

Daniel #7 o que vc queria , que houvesse transmissão ao vivo para todo Brasil???

Vicente!!

E a assinatura!!? Marcada para hoje!?!

Sai mesmo ou foi adiada novamente!?!?

Nem no site oficial do clube fala sobre!!

Avanti Palestra!

Em tempo – o “w” no meio do haverão foi mero erro de digitação. Não há qualquer conotação maldosa nisso.

Este fato é pedra cantada há algum tempo, não é mesmo Seo Vicente? Somente após a certeza de assinatura da escritura é que a Dona do Empreendimento Arena Palestra iria começar o lobby .

O Comitê Paulista (ou do são paulo) perde força diante dos interesses das empreiteiras e aí não podemos esquecer que a WTorre também tem poder e influência no meio.

Já o Piritubão padece de outro problema, não menos grave:
1 – Falta de previsão orçamentária para o exercício de 2.011. (ainda está em tempo de incluir, mas é necessário dizer de qual teta sairá a verba de 1Bi)
2 – Fiscalização da Câmara, do MP, da Sociedade e, principalmente da FIFA com relação a padrão e prazo (coisa dificílima em obras públicas)
3 – Niguém conseguirá bancar sozinho, haverá necessidade de consórcio de empreiteiras e nestas horas, todos se sentam à mesa com a faca nos dentes.
4 – Minha modesta opinião – Piritubão está fora.

Conforme avança o tempo, sem dinheiro para encantar empreiteiros, e negando-se a fazer parcerias, o spfw vai tirando o pé e passa a torcer contra (a Copa como um todo – coisa típica delas).

Daqui pra frente, encerram os interesses clubísticos e regionais e passa a mandar o interesse político e econômico.

O Palmeiras, evidentemente está fora dessa briga. Mas a WTorre, o Santander e a Traffic, não.

Caso a Arena prevaleça como sede, ainda assim havwerão de ser destinados alguns milhões de reais – dinheiro público, uns trinta ou quarenta, talvez – para obra “nenhuma” no entorno.
Se não tiver isso, a Arena não vai mesmo!

Por outro lado, o spfw passa a concentrar os esforços para sediar a chave paulista do futebol olímpico de 1016, já que o COI é menos exigente que a Fifa, e as obras do entorno virão da mesma forma.

Ronei, a licença prévia da Arena Palestra já tem uns 3 anos. Isso não quer dizer nada além de que o projeto está cru.

E assim vai…

O fato é que a cidade de SP não pode ficar sem abrigar jogos. A escolha do estádio se dará de forma política, de acordo com o costume brasileiro.
A escolha da Arena Palestra deve prevalecer, como todos nós sabemos, mas acho que 45 mil lugares pra cidade de SP é muito pouco.
Enfim, se abrigarmos a Copa, será fantástico.
Mas acho muito dificil isso acontecer, principalmente pelo tiro no pé dado pelo Beluzzo contra a CBF.

Pensando numa cidade como São Paulo, acredito ser muito mais vantajoso receber o centro de imprensa do que a abertura.

Na abertura teríamos 65 mil pessoas no estádio. Sendo otimista, 30 mil sendo turistas e ficando na cidade 2 ou 3 dias. Com o centro de imprensa são no mínimo 10 mil jornalistas que ficarão em São Paulo ao menos 30 dias, fora que o centro de imprensa demanda muito mais serviços diariamente.

A abertura só faz sentido para cidades turísticas, pois o ganho de marketing é enorme. Como esse não é o caso de São Paulo, a lógica diz que a abertura também deveria ser no Rio de Janeiro.

Sobre a Arena Palestra na Copa, ela é e sempre foi a única opção real da cidade. Politicagem a parte, alguma hora iriam bater na porta do Palmeiras pedindo para oferecer a Arena como sede.

Os comentários estão desativados.