Categorias
Arenas

Série Arenas – Capitalizando na construção

Por Claudio Baptista Jr.        

Pessoal, 

Nossa grande expectativa gira em torno do efetivo início da
construção da Arena.

Todo o período a partir do início das obras até vê-la abrir as
portas para nossa equipe e torcida nos trará muita ansiedade.

Porém, esse tempo pode ser bem aproveitado pelo clube
trabalhando a imagem da Arena a fim de capitalizar em diversos campos.

Como exemplo para o post de hoje, gostaria de citar o que a
Juventus de Turim vem fazendo enquanto seu novo estádio não fica pronto.

O conteúdo de hoje contou com a colaboração do amigo Gabriel Manetta
Marquezin que escreve com propriedade no blog La Nostra Casa.   

A Juventus realizou mais uma vez sua pré temporada em Pinzolo.

No local, o clube monta uma mini store, faz amistosos e tudo
mais, realizando uma grande divulgação da marca em uma cidade fora de sua
região, Piemonte, e a cidade por sua vez ganha muitos turistas. 

Idéia que pode ser adotada nas pré-temporadas do Palmeiras.

Neste ano, a Juventus montou um stand mostrando algumas atrações
do estádio, como o torcedor podendo se sentar na melhor cadeira com tv acoplada
e com tv’s led ter uma noção da visão do campo.

Mas o destaque mesmo foi o lançamento do programa “accendi
una stella”, acenda uma estrela em português.

O clube fez uma enquete entre os sócios para escolher os 50
maiores ídolos da historia. Estes 50 ganhariam uma estrela cada um na calçada
que contorna o estádio e a Juventus dará a oportunidade aos torcedores de
poderem colocar pequenas estrelas com seus nomes ao lado destas dos jogadores,
transformando todo o contorno do estádio em uma enorme calçada da fama.

Uma ótima idéia e a adesão será imensa. A Juventus fará receita
em curto prazo utilizando um espaço simples como uma calçada.

Em média cada estrela de jogador ganhará 500 estrelas gold ao
preço de 250 euros, e 50 estrelas platinum ao preço de 350 euros. Caso o
programa tenha sucesso em 100% de venda, serão um total de 27.000 estrelas
“orbitando” as 50 estrelas dos maiores ídolos e totalizando uma arrecadação de 7.125.000
milhões de euros.

Seguem abaixo algumas imagens e um vídeo show de bola.

video:

http://www.youtube.com/watch?v=JCBLBZsHItY

 

cadeiras:

http://3vv.com.br/wp-content/uploads/2010/07/p1040043dg.jpg

http://3vv.com.br/wp-content/uploads/2010/07/p1040044o.jpg

mapa das estrelas:

http://3vv.com.br/wp-content/uploads/2010/07/piantinam.jpg

Um questionamento final. Caso algo parecido seja feito na Arena
Palestra, a receita, por contrato, será da WTorre com participação em
porcentagem ao Palmeiras ou seria 100% do clube?

Abraço,

Claudio Baptista Jr. – muito contrariado com a falta de
transparência nas discussões sobre a sede paulista e investimentos públicos na
cidade para a Copa de 2014.

 

16 respostas em “Série Arenas – Capitalizando na construção”

sensacional esta ação da Juve..
bom calçada não é estadio..
entao é do Palmeiras..

Abs

Quando será que começará de vez a construção da Arena. E a ação que aquele merda do Gito Avallone entrou, não parou a construção???????
Como um cara sózinho consegue barrar uma grande obra como a Arena, fundamentado em que???
Alguém me responde se já começaram as obras ????
AVANTE VERDÃO

eu nao so entendo uma coisa , no dia da assinatura de contrato eu vi e ouvi varios diretores do clube dizendo assim rsss e so alegria sexta ja inicie as obras !!!! mais cade ? mais uma vez a midia bambi ,e gamba e que falou que faltava o Alvará o tal seguro etc !! e pra completar o gilto faz mais uma besteira dessa ! que saco so !pelo que estou vendo de poucas noticias do projeto so apartir das eleiçoes do clube e que vai decidir algo ! lamentavel a falta de informaçoes !

Haja mesmo.

Ouvi a entrevista com o Fronterotta na Mondo Palmeiras, e segundo ele, o Habite-se é necessário no Alvará apenas para o funcionamento.

E para conseguir o Habite-se, você precisa dos locais para replantar as árvores. Lugares estes definidos pela sub-prefeitura da Lapa.

Ele também disse que a secretaria do Meio Ambiente já fez uma vistoria no Palestra, e que consideraram tudo ok, passando um número de processo para o Palmeiras. Esse protocolo era a última coisa que faltava ao Palmeiras para iniciar as obras e após 30 dias da vistoria, o Alvará estaria nas mãos do clube.

Espero que termine logo essa novela.
Ah, e tomara que a liminar do Gilto não surta efeito.

João, o alvará refere-se a construção e está em vias de ser emitido. Não é o Habite-se que é emitido ao final da mesma.

Confesso que não sei até que ponto a secretaria do meio ambiente pode retardar o processo de emissão.

Pena que o Palmeiras não emitiu mais nenhuma nota oficial a respeito. A última informação divulgada foi que tudo estaria resolvido dentro do mês de agosto.

Haja paciência….

Abraço.

O “procede” é uma dúvida, esqueci da interrogação. ?

Mas Cláudio, o Alvará já está sendo emitido, procede

Porque, que eu saiba, o Habite-se só é necessário para a inauguração da Arena, e não para as obras.
A Secretaria do Meio Ambiente tem mais de dois anos para nos dizer aonde replantar e etc.

Não é?

João Paulo, #8.

Aguardando a emissão do alvará.
A Secretaria do meio ambiente precisa dizer onde replantar, mover, as diversas árvores que serão retiradas do local da obra.
……

Daniel, #4.

Aqui neste espaço já fizemos algumas análise e alertas. Cito alguns exemplos:

– Atenção com a extensão da cobertura do anfiteatro até o campo (ex: lugares molhados x lugares secos no campo)
– Linha de visão em função do banco de reservas padrão FIFA que não permite o fosso no banco.
– Acústica da Arena.
– Uso e manutenção do gramado natural…

Tenho confiança que nossa Arena será excelente.

Abraço.

Em relação a notícia veiculada no Lancenet sobre a proposta do estádio dos gambás 10 anos X 30 anos do Verdão. Trata-se do tipo de uma operação de leasing onde os gambás vão pagar 120 parcelas mensais e ao final tem a opção de compra por R$ 1,00. Isso é totalmente diferente do acordo que o Palmeiras fez. Outra coisa, fala-se em 30 anos de contrato (isso é verdade), mas também é verdde que cada ano que passa o Palmeiras recebe uma participação maior da exploração da arena. Assim, se fizer as contas reais, o prazo economico da cessão cai´para 20 anos. No mercado financeiro isso é chamado de “duration”

Há alguns anos, os gambás tentaram montar uma calçada com o nome dos torcedores e não funcionou. Também, esqueceram de fazer o estádio junto com a calçada… kkk

claudio baptista ,…VOCE PODERIA VER E ANALISAR ESSES FORAS DA ENGENHARIA QUE PODEM DESTRUIR UM PROGETO QUE DE INICIO SERIA MARAVILHOSO . espero que nao acontesa com a arena palestra ….

o pecado e que o engenheiro do estadio da juve estragou o progeto., colocando colunas na arquibancada [ colunas que nao tinham no progeto inicial ] para poder sustentar a cobertura . FICARA HORROROSO

Ah, cosias que me deixaram contrariado essa semana, o internacional pretende obter um receita de 100 milhões com a venda de camarotes por 10 anos, e o corithians diz ter uma proposta com tempo de cessão (escrevi certo?) de 10 anos, não sabemos quanta receita o corithians teria direito durante esse tempo mas será que essa parceiria é realmente a melhor que podemos ter?

A WTorre tem participação no estádio acho que as calçadas não estão inclusas, mas se fosse feito na parede doestádio por exempro fica complicado.

Os comentários estão desativados.