Categorias
Opinião

OPINIÃO DO CRISCIO: dívida e jogo de xadrez

Palestrino amigo, o ano acabou. Exagero? Acompanhe comigo: sete de setembro taí, feriado ponte; em seguida eleições, feriado de 12 de outubro, finados, 2o turno, Natal.

Em paralelo o Brasileirão já foi. Esquece, perdemos. Se possível brigaremos pela Libertadores. E olhe lá!

Mas não perdemos na última derrota ou na sequência de empates do retorno de Felipão. Perdemos esse título antes, quando decidiu-se manter a filosofia da gestão do futebol lá atrás, em 2009.

Sabíamos que não tínhamos um elenco forte no final do ano passado. Mas negaram três vezes esse fato. E em 2010 esse elenco mudou quase inteiramente – entre os titulares de 2009 temos apenas Marcos, Danilo e M. Ramos no time, e Pierre, mal, na reserva. Ah sim, parece que mantemos Lenny, ou não. Não importa, não faz diferença. O fato é que com o time sendo montado durante o ano não tem como ser campeão em pontos corridos. A esperança é a Sul-Americana. Vamos torcer.

Nesse ínterim que escrevo recebo uma dica: leia a coluna de Paulo Vinícius Coelho na Folha de hoje. Alguns fatos, relendo e pensando em retrospectiva, nos dá medo quanto ao futuro. Apesar de não haver qualquer novidade.

PVC começa falando sobre o porque de estarmos no atual momento: diz ele.

O elenco frágil, a diretoria cansada, a oposição burra. O clube abriu mão de 18 jogadores que começaram o ano no Parque Antarctica. Há casos como Diego Souza e Cleiton Xavier, que rechearam os cofres, outros como Paulo Henrique, Bruno Paulo e Ivo, que chegaram em abril e não emplacaram agosto. Seria motivo justo para cravar um candidato da oposição em janeiro, se os opositores fossem um pouco mais nobres.”

Vocês lembram no início do ano quando a atual diretoria de futebol afirmava que o Palmeiras tinha um bom elenco e precisava de contratações cirúrgicas? Então gostaria que os amigos do 3VV explicassem para este pobre torcedor como se faz contratações cirúrgicas desmontando 18 jogadores? Estavam errados antes? Mas quem trouxe esses 18 jogadores que saíram? Erraram agora? Continuam errando?

Vamos em frente. PVC aponta outra questão: a dívida renegociada. Boa tacada de Belluzzo e sua diretoria financeira. Dívida que foi herdada em parte quando a oposição mandava. Mesma oposição que se recusou a aceitar a reestruturação. Mas – tem que ser dito – outra parte desta dívida foi gerada pela própria gestão Belluzzo, por conta de sua diretoria de futebol, com rescisões milionárias de treinadores e uma falta de critério assustadora para se contratar. Outro trecho da coluna de PVC:

“Uma boa decisão de Luiz Gonzaga Belluzzo na presidência foi renegociar a dívida bancária de R$ 53 milhões, ainda que um dos pais desse débito seja seu vice-presidente Gilberto Cipullo. Belluzzo financiou esse valor em cinco anos e, com isso, trocou parcelas mensais de R$ 2,6 milhão, entre juros e amortizações, por R$ 1,2 milhão. O saldo positivo de R$ 1,4 milhão oferece fôlego, mas a oposição enviou carta ao BMG, que financia a dívida, afirmando que não honrará o compromisso se vencer as eleições.”

Como diria um ilustre palestrino: MEU DEUS! Impressionante como a oposição palmeirense consegue ser auto-destrutiva.

Mas igualmente fico impressionado como a “situação” demorou a perceber a perversidade desse modelo de gestão do futebol. Se é que percebeu…

***

E o futuro? Dependerá das eleições. Como vimos acima, não há perspectiva com a oposição. Se sua proposta for “dar um calote na dívida reestruturada” e “rever a Arena” então fiquem em casa. Não têm nada a agregar ao Palmeiras. O nome da vez nas alamedas é de “Pituca” (Tironinho), filho do ex-cacique palmeirense Arnaldo Tirone. Pituca é candidato de Mustafá desde que Belluzzo venceu as eleições em janeiro de 2009.

E na situação? O Vice-Presidente Salvador Hugo Palaia informa prá quem quiser ouvir que só não sairá candidato a Presidente se Belluzzo decidir a reeleição. Belluzzo afirma que não quer. Mas até pode mudar de ideia e sair candidato buscando “unir” a situação, um tanto dividida nessa altura do campeonato com tantas lambanças no futebol.

Ao mesmo tempo – dizem – Della Monica está se articulando com Mustafá Contursi. Se saírem juntos – incluindo Frizzo nesse grupo – podem ganhar. Lembrando que Belluzzo obteve pouco mais de 20 votos para vencer a eleição sobre Frizzo. Vindo de um ano com título Paulista, classificação prá Libertadores, partidários mobilizados.

Mas calma! Apesar de estarmos em agosto, no Palmeiras a campanha para Presidência é lançada entre o Natal e o Reveillon. Quem põe a cara prá bater antes disso apanha. Quem é lançado antes, é o chamado “boi de piranha”.

Mas pegando a sutileza proposital (ou não) de PVC (num trecho disse “Seria motivo justo para cravar um candidato da oposição em janeiro, se os opositores fossem um pouco mais nobres.“): e Paulo Nobre? Aguarda para ver como as peças no tabuleiro se posicionam. Mas nas listas da internet, nas casas palestrinas, nos bares verde-branco, o que se pergunta é o seguinte: não está na hora de uma terceira via?

Saudações Alviverdes!

29 respostas em “OPINIÃO DO CRISCIO: dívida e jogo de xadrez”

Vicente, não estou conseguindo acessar no novo endereço… pedi uma nova senha… recebi o token, no entanto, está acusando que o token é inválido… o que faço? verdaços.

Vicente

Após a leitura de seu artigo, não posso deixar de fazer 3 comentários, sem antes lembrar que não sou eleitor de Mustafá e sua turma, sou apenas um palmeirense que viu suas esperanças irem por água abaixo de uma maneira muito triste nestes últimos 2 anos:
– a dívida do IPTU, herdada da gestão Mustafá, na verdade nunca foi paga pq sempre existiu uma discussão juducial sobre os valores que a Prefeitura reajustou indevidamente. De fato, o Depto Juridico da SEP teve inúmeras vitórias neste ponto. Belluzzo apenas se comprometeu a pagar aquilo que o Palmeiras já tinha, juridicamente, retirado de seu passivo. Se Belluzzo fez certo ao pagar uma dívida que ainda estava em discussão judicial, apenas para acelerar os processos de liberação da Arena, talvez tenha feito isso por pura ingenuidade, pois o alvará ainda não saiu e provavelmente Belluzzo não tenha a honra de inaugurar o canteiro de obras.
Resumo, 30 milhões (pagos com um desconto maravilhoso) que poderiam não ser pagos e que não seriam acrescidos a nossa divida repactuada pelo BMG.
– Paulo Nobre só tem chances de ser um candidato viável se houverem mais de 5 candidatos ao pleito. O mesmo comentário vale para qq candidato que a situação lance. Torcem para que vários candidatos diminuam o número de votos necessários para ser eleito.
– Vicente, se vc será candidato a conselheiro, por qual chapa vai se candidatar? Qual a sua estratégia de marketing para conquistar seus eleitores?
Estou curioso.

Abraço

Caio bem observado.

Sem dúvida que seu eu tivesse tempo, vida econômica resolvida e principalmente estivesse habilitado pelo estatuto eu seria candidato à Presidente. Mas não porque eu acho que seja melhor do que A ou B. É porque eu trabalharia a profissionalização e separação do clube em relação ao futebol. Implementaria uma cultura de gestão por resultados (isso eu sei fazer, pedindo licença pela falta de modéstia). E mais: a gestão teria que ser profissional. E o Presidente eleito pelo voto de palmeirenses, ou seja, sócios do clube e sócios-torcedores.

Entretanto essa plataforma não me faria vencer a eleição. Lá dentro o que vale é a tal “fila” de presidenciáveis (“política tem fila” é a explicação). Ninguém votaria (em condições normais) em alguém que aparecesse e dissesse que vai mudar o pêndulo do poder e levá-lo para os sócios.

E mais: como pode alguém da oposição mandar uma carta ao BMG dizendo que não vai honrar um compromisso financeiro? Isso é o fim da picada. Deveriam ser expulsos do clube.

Não sou o único que pensa assim. Algumas pessoas pensam. E estão se candidatando ao Conselho palmeirense. Temos que comer pelas beiradas. Fazer novos sócios, os sócios ganharem condições de votarem, elegermos muitos conselheiros verdadeiramente palmeirenses e quem sabe um dia, quem sabe um dia, eu ou alguém que pensa como queremos, tenha condições de sair candidato a Presidente.

Antes disso eu sairei candidato ao Conselho do Palmeiras em 2011.

Abraços,

Vicente, como sempre sua análises e todas do 3vv em geral são tão boas e completas que nada mais sentimos desejo de expressar. Agora, uma brincadeira: do jeito que a coisa é tumultuada lá no Palmeiras e todos vêem adversáriso em todos, cuidado, a frase final do texto pode fazer alguns “gênios” que frequentam as alamedas do clube espalharem que você quer se candidatar, que está tentando pôr todos contra todos para seu benefício em campanha futura…, Duvida?

Vitórias esporádicas vamos conseguir,muito pelo competência do Felipão,mas,e quando ele se for?

É por isso que insisto,a mídia palestrina tem muita gente capacitada.É preciso pensar em algo para se conseguir na justiça uma eleição direta para o Futebol do Palmeiras.E também a separação de clube e futebol.Não adianta a Fanfulla entregar um monte de boas sugestões,e,em sua maioria elas serem ignoradas.A Fanfulla poderia tomar atitudes legais mais radicais.Criem um movimento,espalhem pela net,por onde der.O futebol do Palmeiras precisa do seu torcedor.Garanto que ele não vai faltar.

O Mustafá,seus amiguinhos e os outros grupos de bestas quadradas que disputam o poder no Palmeiras não terão o menor interesse em administrar apenas o clube social.Por que será?

Será o “amor genuíno”?Deve ser por isso,afinal,nenhum deles tira um centavo do Palmeiras.

Até por isso precisamos dessa separação.Pra tirar a escória de lá.

Acho que a separação do futebol do clube é a única saída pois não é justo a paixão de 15 milhões de torcedores ficar na mão de 300 velhinhos egoístas, vaidosos, picaretas e ainda por cima gambás e bambis que moram perto do clube. Nada garante que porque tiveram avôs e pais palmeirenses estes conselheiros também sejam palmeirenses. Veja se nos bambis ou nos gambás existe este tipo de oposição atrapalhando?

Pra variar concordo com o Cássio. Segundo o que meu pai me contou acrise no palmeiras começou por culpa de 2 momentos da nossa estória: a morte em um ano só de 7 conselheiros chave, que sabiam administrar o futebol e injetavam dinheiro no clube e depois do desfalque do sacomani em 77, os pés-de-chinelo tomaram conta do clube pois os grandes empresários e industriais paulistanos e palestrinos não queriam colocar dinheiro num clube onde havia ocorrido desvio de dinheiro. “Coincidentemente” é justamente apartir de 77 que um senhor de origem turca começou a agir no palmeiras. Clube onde mandou por 12 anos. Só vejo duas saídas pro palmeiras:

1- Separação total do futebol do clube
2- Eleições diretas para se eleger novos conselheiros e presidente do FUTEBOL com o voto dos sócios-torcedores.
3- Musgambá e seus 120 ladrões podem ficar com o clube que tanto amam mas deixem o FUTEBOL para os 15 milhões de legítimos palmeirenses.
Por incrível que pareça não desejo na presidência do clube nenhum dos 3 possíveis candidatos. Belluzzo, pois continuará com Cipullo. Tirone porque é da turma do turco maldito e Palaia não precisa nem dizer né? O gênio dos gloriosos anos 80 do palmeiras.

Vicente, boa tarde, hoje de manha recebi um presente de um amigo, o manto, para o mesmo ensinei eletrica predial, por consequencia do destino ele hoje trabalha na SEP, apesar de ser apenas um empregado e não um dos mandantes acredito que por essa razão não tenha motivos para mentir e nem inventar, fiquei abismado quando ele me disse que dificilmente a ARENA vai sair ainda esse ano e o pior, ano que vem o Mustafa voltara ao poder, dessa forma a Arena não sai e o que é pior segundo ele a SEP virou uma prefeitura, todos querem ganhar sobre qualquer serviço realizado lá, o setor de limpeza ja foi tercerizado e também parte da segurança, antes era apenas um que levava vantagem agora todos querem levar algum, infelizmente, abraços de um palmeirense desmotivado por perceber que muito poucos que estão no comando desejam o bem da SEP

ah e tem mais… trocar uma divida mensal de 2.6 MI para 1.2MI..
e uma maravilha q somente o Belluzzo poderia fazer…

mas nem isso essa oposicao MALDITA sabe elogiar..

meu deus… enviar carta pro banco dizendo q nao honrara as dividas se vencer E O FIM DA PICADA….

Belluzzo ou paulo nobre… sao esses dois ou nao teremos saida…
]
Palaia me da medo..
Piraci´s, tironi´s e Frizzo´s ME DAO VONTADE DE VOMITAR..

pq o belluzzo nao expulsa esses CONS. vitalicios???

e o seu Cipullo… q ele nao esteja em 2011 na diretoria.. contrata mal d+… da ate vergonha…

Abs

10 – Cássio Andrade 29/08/2010
vc matou a [pau disse tudo !!!!!!!!! parabens !!!!!!

EU NUNCA VI UM CLUBE TAO DIVIDIDO COMO PALMEIRAS ! TEM partido verde partido amarelo aprtido vermelho partido do cao !!!! partido do raio que o parta !!!! com todo respeito eu ja cansei nao da pra entender !

O que me enfurece mais ainda é ver não só esse racha político, mas também entre a torcida! Algumas organizadas parecem que torcem por elas mesmas, não pela SEP. Com seus escudos, seus ideia, suas filosofias…protestam de maneira errada a maneira que lhes julga certo.

Lamentável.

Por tudo que foi apresentado pelo Criscio e pelos comentários aqui postados, tudo me lave a crer que a unica solução é conseguir com que se tenha eleções diretas, a qualquer custo, por bem ou por mal. Por bem já vimos que será impossivel, o negocio é boicotar o Palmeiras e todos os sentidos e fazer protestos de verdade! Que dêem efeito!

Será que 2002 terá que se repetir pra tirar alguma lição??

13-É verdade Rodrigo,a torcida comum precisa fazer alguma coisa.

Talvez tenhamos algum advogado que leia o 3VV ou alguém capacitado para nos dar um norte sobre o que fazer.Não podemos é ver uma das coisas mais importantes das nossas vidas(e não adianta negar,é mesmo)ser corroído por gente que só pense em si.

Qual a sua opinião a respeito Vicente?Você é alguém que já esteve lá dentro,você acha que podemos ser atingidos por um raio divino de bom senso,competência e amor de verdade e bem direcionado ao clube?

Ou é pelo como você vem dizendo a muito tempo nebuloso pra pior?

O que o Cássio escreveu aí é o que eu penso e não consigo expressar com palavras. Assino embaixo.

Está na hora de debatermos mais seriamente o que podemos fazer como torcedores, sem ser sócios. Eu também não sou sócio, e não tenho condições para isso no momento. Vamos só assistir 300 pessoas, divididas em dois ou três grupos brigando entre si durante 30 anos (imagino que essa briga política infernal coincida com o início da fila, depois do título de 76) ?

Só um detalhe,as obras no estádio dos gambás já vinha sendo feita na surdina junto com o CT deles.
As do Palmeiras também já vem sendo feitas.

É que pra grande parte da mídia só interessa denegrir o Palmeiras

E o que os 15 milhões de torcedores do Palmeiras que não são sócios nem conselheiros podem fazer?

Eles amam o clube e vêem o clube que amam ser destruído por 300 pessoas?Aonde isso vai levar o Palmeiras?

Que futuro teremos com esse bando de vaidosos pra dizer o mínimo tomando conta do futebol do clube?

As organizadas poderiam se manifestar mas tem interesses estranhos e conselheiros infiltrados nesse meio podre.Além disso,sem poder usar as bandeiras,ultimamente só serve para sujar a imagem do time.

O que preocupa é que Palmeiras eu terei pra torcer daqui a 10 anos?Um time moderno e bem administrado?
Ou,uma Portuguesa com torcida grande?Grande,mas,até quando?

Até quando vamos ter paciência pra isso tudo?Até quando as próximas gerações vão querer torcer pelo Palmeiras?E falo das próximas gerações de palmeirenses mesmo?Não dos filhos de conselheiros que já nascem achando que são donos do clube.

Essas coisas é que entristecem.Eu cresci na época da fila,mas,eu era o único palmeirense do meu grupo de amigos adolescentes,o Palmeiras só ganhava Euro América na época.Assim mesmo,eu era insuportável quando o assunto era o Palmeiras.Chegando a gerar uma pequena manifestação na minha rua quando o Palmeiras perdeu para os bambis em 92,de tanto que eu fiquei enchendo a paciência de todo mundo zoando e dizendo que o Palmeiras ia sair da fila em cima deles.

Naquela época eu não ligava e não conhecia a política do Palmeiras.Abençoada ignorância.Hoje eu conheço e desanimo.Nunca vou deixar de defender o Palmeiras,mas,infelizmente como a grande a maioria da nossa torcida, não tenho condições de ser sócio nem conselheiro,ou seja,vou ter que ver a destruição do clube que amo sem poder fazer nada?

É triste.É a pergunta que me faço o que eu posso fazer?Já não escuto jogo do Palmeiras em rádio porque fico tenso ao extremo.Boto um episódio repetido do House pra me divertir e relaxar.Só ligo o rádio depois do jogo acabado pra saber o resultado.

O que nós torcedores comuns podemos fazer?Eu sinceramente não sei.O que eu sei é o grau de importância que o Palmeiras tem na minha vida.A ligação vem da infância,de boas lembranças e alegrias.E ver o clube que amo ser destruído anos após ano, por essa gente, é devastador pra qualquer um.

É triste,mas se algo não foi feito por quem tem influência e conhecimento(talvez uma ação na justiça pra dividir o futebol do clube,alegando que o futebol do Palmeiras não pertence aos sócios e conselheiros e nesta ação alegar que esses conselheiros estão destruindo algo que não lhes pertence)vamos ver(e já estamos vendo) muito rapidamente o Palmeiras encolher.

Fico imaginando,e se a Parmalat não tivesse dado certo?Onde estaria o Palmeiras hoje?

É repetitivo,mas é o que consigo dizer,É TRISTE.

Ps.Felipão não é o Messias.A paciência dele tem limite,ele não precisa passar por esse tipo de coisa a essa altura da vida dele.Como ele mesmo disse na Gabi,ele veio porque GOSTA BASTANTE DO PALMEIRAS.
Mas, deve gostar mais da paz dele e da família dele.

É melancólico mas é o que sinto agora pelo Palmeiras.

Opa, li agora o que você comentou no pré jogo sobre a Arena Vicente. Sem muita novidade infelizmente.

Eu achei que você estava guardando o assunto para a coluna de hoje, com alguma boa notícia sobre a Arena Palestra.

Já passou da hora de uma terceira via. O problema é que até ela tomar corpo dentro do Palmeiras seriam necessárias décadas, quiçá um século! Eu não sei no que o Palmeiras irá se transformar em pouco tempo se não mudar tudo lá dentro. E pior, não vejo possibilidades de isso acontecer.

Vicente, até agora não vi você nem o Claudio Baptista Jr dizerem um “a” sobre a notícia dos gambás sediarem a Copa. Isso está me deixando ainda mais preocupado!

Uma casa dividida contra si mesma não pode permanecer.
Esta célebre frase foi proferida por Abraham Lincoln, notável presidente americano em 1858, e nos últimos anos parece retratar o mal maior que assola a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Segue o texto completo do PVC:

PAULO VINICIUS COELHO pvc@uol.com.br

Dois lados da crise
Uma semana após a noite divina contra o Vitória, o Palmeiras voltou à realidade

NICK HORNBY descreve, em “Febre de Bola”, o que é torcer por um time grande em jejum de títulos. O sonho de ganhar o campeonato se transforma numa crença semelhante à que se tem em Deus. Há os que simplesmente não acreditam. E há os que têm fé, ainda que não tenham nenhum indício concreto para acreditar em sua existência.
A descrição de Hornby é o retrato falado do Palmeiras hoje.
Uma semana depois da noite divina contra o Vitória, o palmeirense voltou à realidade com a derrota para o Atlético-GO. Sobram motivos para ser ateu. O elenco frágil, a diretoria cansada, a oposição burra. O clube abriu mão de 18 jogadores que começaram o ano no Parque Antarctica. Há casos como Diego Souza e Cleiton Xavier, que rechearam os cofres, outros como Paulo Henrique, Bruno Paulo e Ivo, que chegaram em abril e não emplacaram agosto. Seria motivo justo para cravar um candidato da oposição em janeiro, se os opositores fossem um pouco mais nobres.
Uma boa decisão de Luiz Gonzaga Belluzzo na presidência foi renegociar a dívida bancária de R$ 53 milhões, ainda que um dos pais desse débito seja seu vice- -presidente Gilberto Cipullo. Bel-luzzo financiou esse valor em cinco anos e, com isso, trocou parcelas mensais de R$ 2,6 milhão, entre juros e amortizações, por R$ 1,2 milhão. O saldo positivo de R$ 1,4 milhão oferece fôlego, mas a oposição enviou carta ao BMG, que financia a dívida, afirmando que não honrará o compromisso se vencer as eleições.
O argumento é que Belluzzo empurrou o débito para seu sucessor. A pergunta é: por que a oposição atual deixou como herança dívidas fiscais superiores a R$ 40 milhões e de IPTU de R$ 30 milhões? O IPTU atrasado foi um dos agentes a emperrar o início das obras da nova arena.
A guerra política interfere no futebol do clube, porque tira energia e atenção daqueles que deveriam oferecer a Felipão as condições ideais de trabalho. Quando chegou ao Palmeiras pela primeira vez, em 1997, Felipão era o técnico. Hoje, em 13º lugar no Brasileirão, precisa ser o Messias.
Em 15º lugar, no dia em que visita o líder Fluminense, o São Paulo é a antítese da tese de Hornby. O presidente Juvenal Juvêncio sabe que tem um problema e não sabe como solucioná-lo. Se o São Paulo não vencer hoje, pode ser obrigado a demitir Sérgio Baresi. Mas a crise tem duas diferenças: 1. sabe-se quem manda; 2. a alma são-paulina duvida do fracasso. A palmeirense não acredita no sucesso.

Amigos,

O Palmeiras tem inimigos demais dentro de si. é muita gente que jamais construiu algo, muita gente cuja maior credencial é ser filho ou neto de palestrinos de outrora.

PELA DIVERSIFICAÇÃO DOS SOBRENOMES NAS ALAMEDAS!!!

Em relação à temporada atual, acho inviavel esperar algo se for verdade que jogadores estão com atrasos salarias e de direitos de imagem. Estamos igualzinho ao Flu de temporadas passadas (não por acaso, brigava contra o rebaixamenteo mesmo tendo times razoaveis).

Abraços,

Marcos

O problema central do Palmeiras é essa guerra por poder.

Guerra infame e desvirtuada.

De um lado uma diretoria pensando no futebol, do outro, uma diretoria pensando no clube.

A única solução seria separar futebol de clube.

E como o futebol sustenta o clube, que façam um contrato de envio de verbas. E ponto final.

A oposição é medonha. Tanto pela baixeza como pela falta de projeto e propostas. Nojento.

E é por estas e outras que o Palmeiras hoje mais perde em tudo do que ganham. A diretoria dos gambas se uniram e a nossa continua esta bagunça hoje eles veem os resultados e a gente parou no tempo. Sinceramente não sei o que vai ser nosso futuro.

eleiçoes direta ja esa e a , soluçao !!!!! cansei desses nome !!!! ME FALE UM PROJETO DO CLUBE QUE FOI A FRENTE ? OS GAMBAS VAO INEUGURAR UM BELO CT ETC !
cade nossos projetos ? partido a ou b ou c todos ridiculos !!!!!!

Os comentários estão desativados.