Categorias
Direto da Fonte

Palmeiras considera absurdo preço de ingressos cobrado no Barradão


 
Agência Palmeiras 
Marcelo Cazavia
11/08/2010 18h05
A disparidade de preços dos ingressos cobrados pelo Vitória para o duelo desta quarta-feira [11], em Salvador, pela primeira fase da Copa Sul-Americana, deixou a diretoria do Palmeiras inconformada. O clube baiano estipulou o valor mínimo de R$ 160 para a arquibancada da torcida visitante, enquanto o bilhete mais barato para a torcida local sai por R$ 40. 

“Nós lamentamos muito este fato. Isso afugenta o torcedor dos estádios, o que é muito ruim para o futebol. Antes de tudo, trata-se de preconceito. A única justificativa para isso é se fosse um ingresso para camarote ou alguma cadeira especial, mas é para o pior lugar do estádio e com um preço 300% mais caro do que o cobrado na arquibancada da torcida local. Um absurdo”, afirmou o gerente administrativo Sérgio do Prado. “O que eles fizeram é irregular e inadmissível. É um ato injusto, incoerente e incorreto”, completou o dirigente. 

No entanto, para a partida de volta, em São Paulo, o Alviverde não deve tomar a mesma atitude do Vitória e inflacionar o preço dos ingressos. “A princípio, isso não requer revanchismo desta natureza, pois estaríamos agindo igual a eles e iríamos penalizar os torcedores de um co-irmão. Nossas atitudes são baseadas na grandeza do Palmeiras”, finalizou Prado. 

O departamento jurídico do clube será acionado para fazer a denúncia contra a atitude do Vitória tanto na Confederação Brasileira de Futebol (CBF) quando na Confederação Sul-Americana (Conmebol).