Categorias
Arenas

Pegando no pé

POR CLAUDIO BAPTISTA  

Pessoal,

Pegando no pé, travando, usem a expressão que vocês
quiserem. Mais uma vez observamos ações com a tentativa de frear o início da
construção da nossa Arena.

O novo agente chama-se Promotoria de Habitação
questionando prefeitura, Palmeiras e WTorre sobre se houve estudo prévio de
impacto de vizinhança Vejam a matéria no link abaixo. Isso é o que chamo de
terrorismo.

http://www1.folha.uol.com.br/esporte/781051-arena-do-palmeiras-e-alvo-da-promotoria.shtml

Para informação, o estudo de impacto foi realizado e o
projeto foi concebido melhorando consideravelmente a circulação de pessoas no
entorno bem como as condições de ruído, iluminação e que tais.

Agora, porque a Promotoria de Habitação, o Conselho de
Segurança da região e moradores não agem com tanta veemência a respeito da Prefeitura ter recebido nos últimos quinze anos algo em torno
de
R$74,8
milhões para investimentos na região

através da emissão de Certificados de Potencial Adicional de Construção
(Cepacs) que permitem a construção de área superior à permitida pela Lei de
Zoneamento

Deem uma olhada no post que abordamos o assunto.

http://www.3vv.com.br/3vv/post.aspx?p0=7&p1=3790

Faz muito tempo que o projeto existe e a Promotoria da
Habitação vem se pinicar agora? É ou não algo bem torto?

Abraço,

Claudio Baptista Jr. – muito contrariado com a falta
de transparência nas discussões sobre a sede paulista e investimentos públicos
na cidade para a Copa de 2014.

10 respostas em “Pegando no pé”

estou muito preocupado com essa vota’cao dia 19!!!!!! espero que o palmeiras e w torre esteja armada ate os dentes !!!! pra defender nossas cores!!!

“Promotoria da Habitação vem se pinicar agora? ”

me lembra a penicao.. q me lembra a Bambineira..

pq a promotoria nao cuida das enchentes q temos na turiassu..???

tanta coisa pra arrumar na cidade..

e vao mexer com oq?

bom a WTorre q entregue todos os documentos e laudos e autorizacoes da prefeitura..

e faça essa promotora engulir tudo a seco..

Abs

Sinto cheiro de cervídeos…
O Palmeiras tem que tomar providencias contra essa perseguição sofrida… isso tem que parar!

a representação ao MP foi feita por uma senhora chamada Anna Claudia Salles, presidente do Conseg Perdizes Pacaembú.
Acessem o blog http://ideiasoeste.blogspot.com/search/label/Barulho
e conheçam um pouco do “trabalho” dessa senhora.
A propósito postei um comentário lá questionando a postura da presidente do Conseg.
“Não” gostaria que sua iniciativa fosse “equivocadamente” tratada como “oportunista”.
Mas, caro Cláudio, a “participação” do MP no processo de construção da ARENA infelizmente já era prevista.

Claudio, parece que não vai ter jeito: nossa Arena só sai do papel se o Palmeiras oficializar a desistência em sediar partidas da copa 2014. Está mais do que claro que tudo isso vem de encontro ao que SPFW e o time da marginal querem.
Ou se oficializa o penicão (com seus milhões de defeitos), ou se dá de presente para os gambás um estádio (assim como já deram título mundial, brasileiros, copas do brasil…).
Quero acreditar também que o MP, a pedido dos mesmos idiotas, opa, perdão, dos mesmos senhores tão preocupados com o bem estar do povo da pompéia, fez as mesmas investigações quando das construções do Shopping West Plaza e Bourbon. Ou será que não?
Isso me lembra muito a situação do Aeroporto de Congonhas. Ele está lá há século, as pessoas foram morar ao redor dele e hoje reclamam que o Aeroporto é um perigo para quem mora lá. Ué? Quem chegou primeiro? Estão incomodados? Aqui no Ipiranga não tem Aeroporto… nem em Guaianazes… nem na Moóca… é só mudarem-se para lá.
A Arena incomoda? Venham morar no Ipiranga!!!! Posso garantir a vocês que os “butecos” e “risca-facas” causam mais transtorno do que uma Arena multi uso…
Abraços.

Por que o Ministério Público não vai atender às reclamações dos moradores do Morumbi?O SPFW se apropriou de área pública.Prometeu que iria canalizar um córrego que passa embaixo do estádio.
Por que não interditam o Morumbi por descumprimento do que foi acordado?

Marco, repasso aqui a interpretação a qual achei bem sensata de um colega, Marcelo Santa Vicca.

“Se temos todas as certidões e autorizações necessárias para a obra, o
MP pode até investigar (o que eu entendo ser analisar os documentos)
mas jamais interromper a obra uma vez que a obra estaria dentro da
legalidade. Cabe ao poder executivo municipal e estadual autorizar e
regulamentar as obras civis e isso me parece ter sido feito dentro dos
procedimentos regulamentares. Ao MP cabe apenas investigar em caso de
irregularidade; se estiver tudo dentro da lei, os “moradores” vão ter
que chorar em outro lugar, pois o direito de seguir estaria
assegurado. Qualquer coisa diferente disso, o MP estaria rasgando o
direito constirucional. Os tais estudos são preliminares às
concessões. Se as concessões foram dadas é porque a obra atende à
legislação.
Com a palavra os advogados do Palmeiras”.

Abraço.

Querem engessar o Progesso e a Modernidade de um bem hitórico e centenário da Cidade de São Paulo porque vai prejudicar o já caótico trânsito da Cidade de São Paulo ????

Então é inviável a contrução de qualquer outro Estádio ou Mega Construção em SP ????

Lamentável….

Mas Claúdio, qual é o real perigo dessa “investigação” ?

Engraçado.Vamos levantar um monte de irregularidades para a promotoria correr atrás,ou não tem nada mais importante?

E a situação do Bourbon como está?

Manda esse cara procurar o que fazer.Vamos entrar com trator e tudo e tocar a reforma.Só parem na hora que o oficial de justiça chegar com o papel.Assim mesmo,se encontrar alguém.

Liguem o botão do FODA-SE e comecem a todo vapor .Dane-se o resto.

O que aconteçe com o Palmeiras hein, como esse tipo de coisa pode apareçer aos 48 do 2º tempo.

Os comentários estão desativados.