Bagatelas 22-07-2013: Valdívia, Copa do Brasil e futsal

Por Oberdan Fiume

​R​epetindo a semana passada e a ​​retrasada: fina​l​​​mente temos um time, com razoável conjunto e com reservas à altura dos titulares.

Se ​ ​o Kleina ​ajustar algumas peças, defesa principalmente, sobe ​facilmente.

​Q​uanto ​à Copa do Brasil, ​sendo em ​mata-mata, pode proporcionar emoções e surpresas impensáveis.

Até chegarmos às finais.​

– ​x-x-x-x-

E o Valdívia hein? Reconhecendo que se contundia muito porque não se cuidava adequadamente.

-x-x-x-x-

Falando em Valdívia, como joga bola esse chileno.

-x-x-x-x-

O clube de um lado proclama que o futsal – não sendo auto sustentável – tem que acabar.

De outro, alguns salonistas repetem que receberam a promessa de manutenção da equipe até dezembro.

Afinal quem tem razão?

-​x-x-x-x-

Poucas notícias sobre a reforma do estatuto.

E nenhuma sobre a reestruturação da​ ​dívida e nem sobre o patrocínio master.​

 

21 respostas em “Bagatelas 22-07-2013: Valdívia, Copa do Brasil e futsal”

Me impressiona a cegueira da torcidaxpdo Palmeiras. Nos ultimos anos culpavam o mal futebol os Luans e M. Leites da vida. Não, eles não são craques. Mas se eles tivesse ao seu lado bons jogadores de 400 mil eles jogariam o que vão jogar ou o que estão jogando nos seus atuais clubes. Podem buscar, os “expulsos” pela torcida sempre vão bem nos seus outros clubes. Enquanto os verdadeiros culpados vão sugando a torcida e o clube, com salarios milionarios e futebol de perebas.

Não me levem a mal, mas sou TOTALMENTE a FAVOR da eliminação de todas a smodalidades esportivas que não dão lucro. Simples assim.

Aliás, sou totalmente a favor de se acabar com o clube social e mantermos somente o Futebol….
PALMEIRAS SEM O FUTEBOL PROFISSIONAL, INEXISTE
PALMEIRAS SEM CLUBE SOCIAL, PROSPERA

Boa tarde amigos. Não me levem a mal, não sou a favor de eliminar modalidades esportivas do Palmeiras até porque o próprio nome já diz “Sociedade Esportiva” Palmeiras. Mas esse tipo de atitude não vai de encontro ao desejo de alguns em separar o “clube social” do futebol ? Entendo que, quando se fala isso, estão querendo dizer que o dinheiro do futebol não pode ser utilizado para outro fim que não seja o futebol. Nesse caso, pouco ou muito, as modalidades que não se sustentam estariam ferindo essa regra. Abraços.

A reforma estatutária, torna-se uma bandeira a ser portada pelo período que antecede o próximo pleito, mas há um porem , o simples fato de ser uma necessidade primordial, não resolve o mais difícil problema, já que o próprio e atual estatuto , possui diversos artigos que limitam as falcatruas já conhecidas e concretizadas, sim sou a favor das modificações , mas não por parte de uma fração escolhida , onde 23 conselheiros encaminhem as propostas, pois uma empresa especializada em gestão profissional, com conhecimentos práticos e teóricos, com estudos aprofundados, e sem vínculos de interesses e barganhas, possa sem duvida realizar o trabalho que terá o intuito de dar diretrizes novas ao quadro que deve-se modificar em posturas e atitudes dentro e fora da Sociedade Esportiva Palmeiras, já que se avaliarmos profundamente as ultimas sete eleições alviverde, podemos notar as trocas peculiares de chapas , pois os nomes em evidencia são os mesmos, lembrando que Vicente Criscio , que respeito pelos argumentos e postura, já vislumbrava que dos pleitos alviverdes , muitas situações desvelariam os verdadeiros demônios, que Deus ilumine a todos!

Ótimos comentários!
Parece que ninguém no Palmeiras está interessado em criar novas regras para o clube social ou em cumprir as que já existem.
O Palmeiras está em um limbo estatutário. Só as regras que limitam os direitos dos sócios e mantém as regalias e poderes dos vitalícios são cumpridas.

Boa tarde a todos, sou sócio desde 1963, e creio e compreendo a indignação de muitos que comentam no 3VV, sendo logica a estrutura de questionamentos em todos os sentidos, perante a atual gestão que se rotula profissional, hoje o sócio patrimonial que despende dinheiro na manutenção da sede , vê o descaso completo perante ao acolhimento de diversas solicitações efetuadas por muitos quanto as próprias instalações que sofrem limitações físicas devido as obras da ALLIANZ PARQUE, mas há um porem , o abandono real perante ao edifício sócio administrativo localizado defronte a Avenida Francisco Matarazzo, que entregue já há um bom tempo , permanece cru , com todo tipo de alegações que justifiquem , a não operacionalidade, e mobilha apropriada, para que os sócios patrimoniais, tenham instalações coerente aos valores que pagam , sendo esta mais uma evidencia ao modernismo fajuto que mantem blindado o atual presidente que ainda coleciona porquinhos, efetuando o fechamento de diversas modalidades esportivas ditas amadoras, e alegando que seu Staff profissional e bem remunerado, terá dentro de algum tempo competência em realizar resultados, fato que realmente eu e muitos duvidam , já que falidos clubes em diversas partes do pais, já absorvem resultados melhores, sem o tal `´profissionalismo´´, que é a perola de muitos, em detrimento de milhões!

Patrocínio: até o Vasco, cheio de dívidas e problemas até maiores que o nosso, tem a Caixa e Nissan como patrocinadores. E eles não tem a estrutura enorme e caríssima de executivos de marketing..o que está acontecendo ??????? a diretoria deveria nos dar explicações imediatas do custo x benefício desta estrutura digna das grandes multinacionais !!

Por isso virei ST para começar a matar a carência. Por muito menos eu tenho muito mais. Por oito vezes menos do pago, tenho ingresso abaixo do preço e com direito a reservar antes. Vou segurar a associação patrimonial até aprovarem o voto do ST. Daí me livro da mnsalidade do familiar,

Porque contratamos um diretor de marketing remunerado, aliás bem remunerado, se não conseguimos nada de importante. Precisamos, urgente, de um patrocínio master com valores aceitáveis e também, na minha opinião o mais importante, medidas que possam incrementar, imediatamente, o AVANTI?
Só o programa sócio torcedor nos garante renda e condiçòes para depender cada vez menos de direitos de televisão, devidamente canalizados pela “globo” com fins esquisitos para gambás e “flalidos”. O futebol pra quem não é amigo do rei (aquele do mensalão) ficou difícil.
Com a palavra nosso presidente e nosso CEO.

Após esta gestão “profissional” assumir o clube, entrei para a turma dos “Zé Ruelas” que adquiriram o titulo de sócio familiar da SOCIEDADE ESPORTIVA PALMEIRAS, mais para judar do que frequentar as alamedas e agora além do aumento absurdo da mensalidade, fomos desprezados pelo presidente playboy PN. Afinal para ele e seu CEO é muito mais interessante ter ST pagando R$ 20,00 por mês do que associado do clube pagando R$ 160,00 sem os mesmos direitos (como por exemplo compra de ingressos para o futebol).

Sou mais um Zé ruela que pago e não freqüento, só para ajudar a instituição. O dia que sócio torcedor puder votar eu cancelo meu título no Palmeiras a mesma hora. Tem muito tonto que fala as coisas sem saber como funciona…

Os bmabis estão querendo o Luis Ricardo. Atenção Brunoro, pega o Bruno, Wendel, Márcio Araújo, André Luis, Wendel e mais uns 10 jogadores e oferecem para a Lusa e para o Atlético Paranaense e traz o Manoel para jogar ao lado do Henrique. Ai sim o time fica bom.
CADÊ O PATROCÍNIO NA CAMISA???

Patrocínio: até o Vasco, cheio de dívidas e problemas até maiores que o nosso, tem a Caixa e Nissan como patrocinadores. E eles não tem a estrutura enorme e caríssima de executivos de marketing..o que está acontencendo ???????

Os parasitas provalvelmente não pagam mais as mensalidades. Quem paga a conta são os Zé Ruelas como eu, que se associaram para ajudar a SEP e só enfiam dinheiro lá sem sequer frequentarem o clube. Daí vem um monte de caras comentando que tem que subir a mensalidade, que sócio e isso e aquilo. Como também sou ST, espero que passe o direito a voto, pois aí deixo de jogar fora mais de 160 reais por mês, como também de me aborrecer com essse tipo de comentário.

me inclua no seu comentário, aliás quem faz esse tipo de comentário não deve ser sócio, quem sabe se subir 3x o condominio dele o vizinho chato se muda, não é verdade……..

Eu também sou um Zé Ruela que arrumou mais uma despesa pra tentar ajudar, talvez se houvesse mais Zés Ruelas lá dentro a situação hoje seria outra…

Pois incluam mais um Zé Roela. Contribuo com a mensalidade do clube para ajudar e quem sabe mais pra frente participar da vida política do clube, pois atualmente não frequento o mesmo.

Poderiamos interromper o futsal, afinal não se sustenta.
Gostaria que a mesma lógica fosse usada com o clube social. Quem sabe, sendo obrigados a pagar 3x mais caro, alguns parasitas sumissem de nossas alamedas

A discussão acalorada (ou amargurada) que acabou tomando lugar neste post revela uma coisa que eu já disse aqui no 3VV no início do ano: há uma divergência clara entre os interesses dos dirigentes, conselheiros e associados com relação aos interesses do futebol. Só a separação financeira do clube social do futebol vai dar conta disso. O assunto mais importante do post, portanto, é o fato de que a reforma estatutária está às moscas.
É preciso criar o Palmeiras-Futebol como um ente distinto contábil e financeiramente do clube social e afastar a Cosanostra das decisões dele, que devem ser feitas por profissionais escolhidos pelos sócio torcedores (e nada impede que alguém seja sócio torcedor e associado comum também).

Os comentários estão desativados.