Categorias
Futebol com Números

O prejuízo de R$ 200 milhões do Palmeiras

Por Luis Fernando Tredinnick

Amigos, eu sei que hoje tem jogo e que ninguém está disposto a ler notícias ruins, mas às vezes é necessário para entender a situação do nosso clube.

Andei analisando o resultado dos últimos cinco anos nas finanças dos principais clubes do estado e – para variar – os números nos mostram a situação financeira do Palmeiras como a pior dentro os clubes!

Como chegamos aqui?  Bom, eu diria que seria uma má gestão por vez.

Observem no gráfico abaixo o lucro ou prejuízo acumulado pelos clubes ao longo dos últimos cinco anos.  Os valores foram retirados diretamente dos balanços dos clubes.  Mas antes, respire fundo.

lucro-prejuizo-acumulado

 

 

Então, enquanto o Corinthians conseguir acumular lucros de R$ 33 milhões, o São Paulo de R$ 4 milhões e o Santos conseguiu ter lucro nos últimos dois anos principalmente devido ao Neymar (viram só como o salário dele era barato?), o Palmeiras conseguiu acumular prejuízos de R$ 182 milhões.

Aqui cabe uma consideração sobre os números do Palmeiras.  A diretoria passada, aquela que nos rebaixou para a série B, quando assumiu refez a apresentação de resultados de 2010 e acrescentou quase R$ 82 milhões de prejuízo nesse balanço.  Infelizmente eu não sei dizer se o que eles fizeram foi – de fato – colocar os valores reais em 2010 ou simplesmente “inflaram” o prejuízo para colocar a diretoria do biênio 2009-2010 em maus lençóis.  Outra nota em 2009 existe uma perda de R$ 11,5 milhões que é o reconhecimento da dívida do IPTU.  Em 2010 existe uma perda de R$ 31 milhões referentes à reforma/destruição da estrutura antiga do estádio – esse valor de R$ 31 milhões eu não inclui na análise.

Os montantes do prejuízo acumulado explicam como o Palmeiras ficou em uma situação tão vulnerável.  E porque estamos com tanta dificuldade versus os nossos principais rivais.

O Corinthians acumulou prejuízos de R$ 140 milhões entre 2004 e 2007, mas a partir de 2008 se tornou o clube com o maior lucro do estado.

A mesma mudança precisa acontecer no Palmeiras.

É por isso que precisamos de um choque de gestão tão urgente!  É por isso que precisamos criar as novas fontes de receita.  É por isso que o nosso programa de sócio-torcedor tem que ser bem executado!  É por isso que precisamos de ações de marketing que melhorem a marca Palmeiras e façam as empresas quererem associar a marca delas ao nosso clube.

Todos nós Palmeirenses estamos angustiados com a demora de algumas ações – como por exemplo a falta de um patrocínio máster e a reforma política.  Mas existe uma frase que me marcou muito que estava afixada na escola do meu filho quando ele tinha três anos: “vamos com calma, pois mais importante que a velocidade é a direção”.  Eu concordo com a frase. Mas, convenhamos que um pouco de velocidade agora também é fundamental!

Saudações AlviVerdes

* Luís Fernando Tredinnick escreve às sextas-feiras no 3VV explicando a quem conhece, e a quem não conhece, os números do futebol

32 respostas em “O prejuízo de R$ 200 milhões do Palmeiras”

Pessoal, duas dúvidas referentes ao AVANTI:
1- Alguém sabe, ou pelo menos tem noção, qual é o número de sócios torcedores em cada plano do AVANTI (Meu Palmeiras – mensalidade de R$ 139,99; “Sou Palmeiras”- mensalidade de R$ 69,99 e “Minha Vida é Você ” – mensalidade de R$ 19,99) e
2- O dinheiro arrecadado com o AVANTI já se destina exclusivamente ao futebol?

Porque contratamos um diretor de marketing remunerado, aliás bem remunerado, se não conseguimos nada de importante. Precisamos, urgente, de um patrocínio master com valores aceitáveis e também, na minha opinião o mais importante, medidas que possam incrementar, imediatamente, o AVANTI?
Só o programa sócio torcedor nos garante renda e condiçòes para depender cada vez menos de direitos de televisão, devidamente canalizados pela “globo” com fins esquisitos para gambás e “flalidos”. O futebol pra quem não é amigo do rei (aquele do mensalão) ficou difícil.

Fácil é explicar como o curintia está ganhando tanto dinheiro, 35 milhões da CEF, terreno do estádio doado, Cids no valor de 500 milhões, até agora não consigo entender como um time que não tem patrimônio consegue pegar valores enormes de empréstimo, sem contar que este mesmo clube tem ligação com uma mafia do futebol e não venham dizer que não por que na internet tem videos e só quem é cego e surdo não sabe.

Pior que ligação com a mafia do futebol, é ligação com o chefe do mensalão e sua curriola. Os estádios da copa e, principalmente, o “aterro sanitário de Itaquera” certamente custarão, e já estão custando um ABSURDO (Vide Maracanã: custo R$ 1.500.000.000,00 – Custo Allianz Parque: R$ 350.000.000,00 – Puxa algo deve estar errado!!!). Estas arenas construídas com o dinheiro PÚBLICO só servem para corrupção, propina e lavagem de dinheiro. Não é a toa que o povo se revoltou, mas o partido oficial presidenta do mensalão e da “globo” está tentando, de novo, enrolar o povo com medidas e discursos vazios.

É esse o resultado dessa MÁFIA liderado pelo ex-presidente de série-b GOFFAR MARJZOB e a sua política nefasta do bom e barato e austeridade financeira.

REFORMA ESTATUTÁRIA JÁ e REFORMA POLÍTICA JÁ

Desses 4 clubes , adivinhe se ñ foi o palmeiras que contratou o maior nº de jogadores ineficientes com altos salários e longos contratos nos últimos dez anos.

Imagina! sorte nossa que a diretoria do Flamengo costuma ser muito mais incompetente do que a nossa!

Concordo com voce e nao tenho a intenção de aliviar pra lado algum. Porém não podemos esquecer que é complicado competir com o Corinthians, porque é um clube que tem sido muito ajudado nos bastidores pelo governo. Tanto que existe uma conversa ai de anistia de algumas dividas dos clubes e nesse quesito os gambás são os que mais devem. Com certeza sabem de alguma coisa que não sabemos, podem investir em outra área e largar o FISCO falando sozinho.

O Santos fecha no verde porque tinha Neymar, e, ao menos que apareça outra jóia não vejo o Santos arrecadando tanto assim.

São Paulo cada vez mais em decadência, não vejo eles entrando no caminho certo.

Palmeiras é o clube que pode crescer muito, tem uma torcida apaixonada e que tem dinheiro para gastar com o time, mas a diretoria trabalha devagar demais, esse sócio torcedor para pra estar arrebentando, não está porque não sabem formar um ST que seja interessante pro torcedor. Fora que o Nobre está claramente forçando o torcedor a aderir a uma coisa que deveria ser abraçada porque seria boa para todos, mas não é.

Segundo a reportagem da veja o SCCP deve em torno de R$ 177,1 Milhões, o SPFC deve R$ 199,7 Milhões, o Palmeiras R$ 287,2 Milhões e o Santos deve R$ 194,4 Milhões; fazendo os calculos com a tabela acima, só o Palmeiras é que está batendo receita-custos-divida= (RS182 Milhões); os demais clubes devem muito tbm, SCCP (R$60 milhões), SPFC (RS 105 Milhões) e Santos (R$142 Milhões) e não o q está publicado ai na tabela!!!

Marcelo, duas coisas:
1: o conceito de dívida pode assumir muitas formas, então conforme o conceito adotado, pode-se chegar a valores muito diferentes. Por exemplo, você pode assumir que dívida é apenas a parte que o clube tem a pagar e não considerar o que ele tem a receber no curto prazo.
2: a análise que você está fazendo de receita-custos-dívida, é incompleta. Por exemplo, o Corinthians, mesmo tendo lucro, aumentou a dívida. Esse tipo de ação você não consegue identificar olhando apenas o lucro, mas apenas olhando o balanço. Outra coisa os clubes já possuiam dívidas antes de 2008, então é preciso ter um pouco mais de cuidado com essas contas.
Em breve devo fazer uma série de posts sobre a dívida dos clubes. aí consigo esclarecer um pouco melhor.
abs,

E quanto a dívida, não dá para cobrar do Nobre que ele resolvesse essa questão da enorme dívida do Palmeiras em menos de 6 meses de gestão. Eu entendo que esse segundo semestre será crucial para o restante do mandato do presidente, se conseguirem fechar um bom patrocínio máster, se o programa Avanti deslanchar e se conseguirem diminuir a corrupção que se alastrou no Palmeiras nos últimos anos, o Palmeiras tem tudo para em menos de 5 anos estar em uma situação completamente diferente.

Jessé cheguei a tocar no assunto no meu segundo post do ano chamado “As dívidas do Palmeiras (ou o legado do Tirone)”. Uma das principais ações do Presidente seria justamente reestruturar a dívida – ou seja, transformar a dívida de curto prazo para uma dívida de longo prazo.
No post eu dizia que a dívida a ser paga ainda em 2013 seria de R$ 235 milhões – maior do que a receita do ano. Então, para não asfixiarmos o clube, precisamos alongar essa dívida.

O ano passado o clube teve um superavit de 32 milhoes (basicamente devido a receitas de 57 milhoes em imoveis – sabe do que se trata?)
Em 2011 o deficit foi de 23 milhoes. Esse ano ate maio-13 ja estamos nos mesmos 23 milhoes de defict. Sera que ninguem esta vendo isso?

Ricardo, esses R$ 57 milhões de imóveis são as entregas das reformas/construções da WTorre. Acontece que contabilmente para esses imóveis aparecerem no balanço do clube, ele precisa antes aparecer primeiro como receita, já que está sendo entregue por terceiro. Então, para analisarmos a situação real do clube é preciso excluir esses 57 das contas – e é essa exclusão que eu realizei.
2013 tem uma série de problemas como o atraso em obter um patrocínio master, o mal desempenho no Paulista, etc. Vamos esperar que as receitas aumentem logo.
abs,

25.731 Avanti X R$19,99 = R$514.362,69/mes = 0,17% torcida

30.000 Avanti X R$19,99 = R$599.700,00/mes = 0,20% torcida

40.000 Avanti X R$19,99 = R$799.600,00/mes = 0,27% torcida

50.000 Avanti X R$19,99 = R$999.500,00/mes = 0,33% torcida

Ola Luiz Fernando..Do ponto de vista administrativo estamos no caminho certo..com austeridade financeira e redução de gastos?? O que está falhando é a busca por novas fontes de receita certo?

José, não existe resposta fácil para uma pergunta assim. No caso do futebol existe uma grande dose de incerteza em relação ao investimento feito. Um jogador caro pode ser contratado e não dar resultado, ou se machucar, ou os dois.
Precisamos dobrar a nossa receita pois hoje estamos muito longe dos outros clubes.
E também precisamos gastar de uma maneira adequada. Aqui é que está o problema: o que dá mais retorno para o clube? contratar um craque ou quatro caras meia-boca?
Austeridade talvez não seja a palavra certa, mas talvez tenhamos que ter mais competência para gastar/investir. Em relação as administrações anteriores, isso deve ser fácil.

Formatação errada :
SóciosAvanti Mensalidade Arrecadação Mensal %daTorcida(15Milhoes) Quando
25.731 R$19,99 R$514.362,69 0,17% 12/07/2013

SóciosAvanti Mensalidade Arrecadação Mensal %daTorcida(15Milhoes) Quando
30.000 R$19,99 R$599.700,00 0,20% Quem Sabe?

SóciosAvanti Mensalidade Arrecadação Mensal %daTorcida(15Milhoes) Quando
40.000 R$19,99 R$799.600,00 0,27% Quem Sabe?

SóciosAvanti Mensalidade Arrecadação Mensal %daTorcida(15Milhoes) Quando
50.000 R$19,99 R$999.500,00 0,33% Quem Sabe?

Fica fácil perceber um dos principais motivos para a queda do Palmeiras no ano passado: A falta de profissionalismo da maioria dos jogadores do elenco do ano passado.

Leandro Amaro é mais um daqueles que não tem a menor vontade de jogar futebol, só estão nessa profissão por dinheiro, e por causa disso prefere ficar encostado no Palmeiras, mas recebendo o seu gordo salário do que ter uma oportunidade de mostrar o seu futebol no Avaí. Espero que arrumem um jeito desse cara sumir do Palmeiras.

Torcida Que Canta e Vibra…

Sócios Avanti Mensalidade Arrecadação Mensal % da Torcida (15 Milhoes) Quando
25.731 R$ 19,99 R$ 514.362,69 0,17% 12/07/2013
30.000 R$ 19,99 R$ 599.700,00 0,20% Quem Sabe ?
40.000 R$ 19,99 R$ 799.600,00 0,27% Quem Sabe ?
50.000 R$ 19,99 R$ 999.500,00 0,33% Quem Sabe ?

Conclusão : Seja lá quem for o Presidente, o Palmeiras precisa se manter grande, e para isso precisa de $$. Se cada Palmeirense doa-se R$ 2,00 (um café) por ano , teríamos um Puta Patrocinio Master. Mas ficamos discutindo coisas menores, igualzinho o povo das alamedas.
Como diria Einstein : “Não há maior sinal de loucura do que fazer uma coisa repetidamente e esperar a cada vez um resultado diferente.” Se nós, torcedores que amamos o Palmeiras não fizermos a nossa parte, não conquistaremos o que tanto sonhamos.

O mais importante depois destas tristes informações,é termos na consciência que não podemos deixar na mão de presidentes incompetentes ou agindo como torcedores a administração do clube.
Tudo passa por uma única palavra que aqui no Brasil não estamos acostumados que se chama “PLANEJAMENTO” e ADMINISTRAÇÃO DE NEGÓCIOS. Sem contar os interesses pessoais, que todos nós gostaríamos de saber como é a CAIXA PRETA da ADMINISTRAÇÃO DOS CLUBES.
lucchesi il capo

Os numeros são extremamente preocupantes mesmo. Entretanto outros clubes sairam de situações semelhantes( como explicado no exelente texto do Luis Fernando) tomando as medidas e atitudes tecnicas necessarias. É o que precisa fazer o PALMEIRAS. Simples assim. Seria se não fosse a inercia dos nossos gestores. Não conseguem renegociar a divida,não conseguem um patrocinador master, não conseguem fazer o AVANTI ir avanti. Enfim não conseguem NADA. So uma coisa eles conseguem…. deixar os torcedores P….s da vida. Isso eles conseguem!!! Precisamos OXIGENAR a gestão do PALMEIRAS. Gente nova, com propostas concretas e que sejam COMPETENTES. Ai vai. Com tudo isso eu sou socio do AVANTI porque quero entrar no ano do nosso centenario participando das coisas do PALMEIRAS. E aqui pelo interior de SP o AVANTI tem um espaço gigantesco para crescer. Pena que ELES tb não conseguem ver esse potencial que o clube tem. Mas vamos em frente, com direção e se possivel com pé na tabua. O tempo urge!!!

Já ouviu aquela história de que cobramos mais de quem sabemos que pode dar mais? Então, Tirone em momento nenhum convenceu de que era capaz de fazer alguma coisa e também não prometeu nenhum milagre quando eleito. Já no caso de Paulo Nobre, tudo o que o autor cobra no texto são promessas que o mesmo fez quando em campanha. Que honre sua palavra e comece a mostrar resultados.

Bom dia a todos, em especial a você, Luís que manteve os dados corretos, mas há uma questão importante, qual clube tem um acréscimo de 200 % em seu valor de patrimônio, dentre os quatro mencionados?
Lembrando que estão adicionando em 59.451 metros quadrados da sede social Palestra Itália, que possui 93.279 metros quadrados, um empreendimento que totaliza 93.129 metros quadrados, em área privilegiada, em mobilidade, serviços, e comodidade, um centro de entretenimento , com variáveis opções de eventos e receitas.
Desta maneira nota-se que a evolução patrimonial do Palmeiras é concreta, com a realização da ALLIANZ PARQUE, mas este fato por si só, não ameniza os erros contínuos que são resultado da ausência de um planejamento coerente, sem que sejam implantados programas que acionem estratégias, que ofereçam alternativas viáveis de receitas com etapas definidas sem os já conhecidos atropelos , que permitam adequações a cada etapa, com avaliações diretas sobre resultados , na medida que haverão interessados em incluir serviços e produtos a estrutura, já viabilizada.
Exemplos de êxito e fracasso, estão disponíveis, em diversos veículos , mas termos alguém que traduz ao pé da letra os caminhos a serem percorridos, ainda torna-se uma epopeia, mesmo em se tratando de uma gestão que vem rotulada de “profissional´´, com atitudes ainda amadoras , pois já estamos fartos das alegações que encontraram o clube “quebrado´´, sendo visível que a paura é maior que a coragem, pois ontem foi noticiado que um “profissional´´ de mercado foi contratado pela “meritocracia´´, com salários bem altos para uma situação, que mostra-se caótica em palavras argumentadas desde fevereiro deste ano, mas o Marketing com diretoria estatutária e remunerada, qual resultado tem em pratica e conceito?
Sermos críticos , principalmente no Palmeiras ,torna-se objetivamente argumento a atual gestão, que posiciona-se de forma defensiva , como argumentadora de velhas e ineficazes frases , com desculpas e pontos de vista bem antagônicos, aos que foram expostos , perante aos eleitores, que eram somente conselheiros, no pleito de 21 de Janeiro, pois as medidas tomadas, sempre ate hoje, são eficazes no papel, já que temos resultados pífios, nas proximidades do primeiro semestre de gestão, que determina a muitos, um teor de paciência forçada , dentro de um quadro ao qual o próprio artista ainda esta comprando a tela , sem ter ideia da imagem que ira retratar.

Os comentários estão desativados.