Categorias
Opinião

Opinião: E aí, podemos sonhar?

Por Vicente Criscio

Amigo palestrino, depois de dois domingos ausente eis que consigo digitar poucas e mal traçadas linhas nesta coluna. Excesso de trabalho. Melhor assim.

Mas vamos lá, já que o palestrino não quer saber das minhas desventuras profissionais. Vamos falar de Palmeiras.

Falar do quê? O que esperarmos do Palmeiras – o time – no 2o semestre?

Acho que depois dos tapas e beijos do 1o semestre (mais tapas e menos beijos por parte de alguns, este que vos escreve incluído), o time parece que se acertou. Pelo menos para a disputa da série B, que é o que interessa nesse momento. E a grande novidade do time não está nas contratações. Sim, acho que Kardec caiu bem, Eguren e Mandieta devem cair muito bem, André Luis, também.

Mas me refiro à volta de Valdívia.

Criticado, empurrado morro abaixo pelo sempre apaixonado e nem sempre racional (esse que vos escreve incluído) torcedor, Valdívia quietinho foi se recuperando e agora voltou a jogar. E bem.

E se Valdívia jogar bem e com frequência. E se os novos contratados performarem como parece que vão performar. E se Kleina continuar acertando a posição de Wesley… e se… e se…

A série B – prioridade de todos lá pelos lados das alamedas – estará mais que garantida.

Mas poderemos também sonhar. Não com a série B, porque essa parece que deixou de ser a preocupação palmeirense, mas com a Copa do Brasil.

Sim, a CB’13.

O bi-campeonato (ou tri, se somarmos o saudoso ano de 1998) nos daria o prêmio máximo de disputarmos a Libertadores no ano de nosso Centenário.

O caminho? Flamengo, Internacional, Cruzeiro, Goiás, e Salgueiro (quem?) já estão lá. Botafogo RJ deve se classificar e a Ponte deve ser eliminada pelo Nacional do Amazonas. Junte a isso Atlético PR ou Paissandu. O Santos se enroscou com o CRAC e o Fortaleza e Luverdense disputam a outra vaga

Aí juntamos Palmeiras, Corinthians, São Paulo, Fluminense, Grêmio e Atlético MG.

Convenhamos, será um mata-mata emocionante. Seis partidas em três rodadas para chegarmos na final.

Dentre os adversários, tirando o Corinthians, que começa a crescer no ano e tem elenco mais arrumado que os demais, os outros times estão muito parecidos. O Inter se reforça – agora com Scocco e Alex – e vai ter um belo elenco com Dunga agora mostrando comando. E o Fluminense, que tem lá suas qualidades, mas junca sabemos se vai desempenhar. Claro, e teremos o Galo. Se ganhar a Libertadores, vem com moral. Se perder, corre o risco de virar o fio. Tirando esses quatro… os demais, estão muito nivelados.

A oportunidade para o Palmeiras é cair numa chave mais fácil – virá através de sorteio – e encontrar os tubarões apenas numa semi-final ou final. Aí todos ficam iguais e a camisa pesará. Para o bem e para o mal. Aliás, alguns estão mais iguais do que outros. Por exemplo, não se pode acreditar que SPFC, Santos, Grêmio, possam ir longe.

Olhando para nosso umbigo fica difícil avaliar qual a real chance do Palmeiras chegar. As últimas partidas deram alento ao palmeirense. Será que os times que jogamos são tão ruins assim ou o Palmeiras é que está realmente voando? Estamos competitivos para encarar os adversários da Copa do Brasil ou quando pegarmos os times “da A” a coisa vai ser bem diferente?

Só vendo prá crer. Mas chegar numa final seria um prêmio ao sofrido torcedor, com um 2o semestre de 2012 e um 1o semestre de 2013 bem doído.

Chegar numa final proporcionaria a Gilson Kleina um reconhecimento que – mesmo com uma campanha em ascensão na B – parte da torcida ainda reluta em dar.

Mas principalmente fazer uma boa campanha na CB’13 e chegar numa final seria um atestado de que as coisas estão no caminho certo para Brunoro e Nobre. Afinal, embaixo de muita pancadaria, com erros e acertos, montaram um time que está com sobra na B. E tinha que ser assim. Se emplacar uma boa campanha e quem sabe uma final – e o sonho dos sonhos, se emplacar um bi-tri-campeonato , com direito a volta olímpica, taça e uma Libertadores em 2014 – aí seria a confirmação que o caminho que foi definido nesta gestão (dentro das quatro linhas) está mais do que certo. Apesar das desconfianças.

Ser palmeirense é uma profissão de fé. E o apaixonado torcedor sempre acredita.

E assim o Palmeirense torce pelo melhor e espera.

***

E você? Está otimista? Acha que esse elenco, esse time, o técnico, Nobre e Brunoro, estão em condições de avançar até a final? Ou é esperar muito? Deixe abaixo seu comentário.

***

Mas do meu lado, ainda espero uma reforma estatutária ousada e definitiva, que separe o futebol do condomínio de políticos de plantão (e vendedores de serviços, e aproveitadores, e etc etc etc) que é o clube onde tá cheio de gente querendo se dar bem.

Separação do futebol já.

***

Ainda sobre isso no excelente Blog do Ipê, duas colunas – uma minha e outra do Marcelo Santa Vicca – analisando seis meses de gestão de Paulo Nobre. Confiram lá. http://blogdoipe.com.br/2013/07/19/debate-seis-meses-da-gestao-nobre/. Não consegui parar para olhar a coluna nem os comentário, mas fica o convite para quem ainda não leu.

E deixe aqui seu comentário. Mas já sabe: daquele jeito. Se não nem passa pelo filtro.

Saudações Alviverdes!

23 respostas em “Opinião: E aí, podemos sonhar?”

Para mim, o trabalho está no caminho certo. Palmeiras vai sobrar na série B. Acredito até que, se caminhar na CB’13, poderemos utilizar, por algumas rodadas o time reserva na série de acesso (Bruno, Ayrton, A.Luis, Thiago Alves e M. Oliveira,, M. Araujo, Charles, F. Menezes e Serginho; Vinicius e Caio) e o time titular na CB. Mas não sei se já comentaram ou perceberam um pecado da diretoria com relação ao ultimo jogo. Se o jogo foi televisionado em rede aberta, porque não negociaram um patrocínio pontual??? Acho que um valor de R$500M a R$1MM seria muito bem vindo nesse momento, não?? Acredito que terão essa oportunidade também na próxima partida… Vão aproveitar??

Quanto ao time, sabemos que se Valdivia jogar o fino, podemos sonhar alto sim, até mesmo somente com os reforços que chegaram, temos de ser realistas, com Valdivia um time, sem ele outro, vamos torcer para ele se aguentar em campo.
Porém também espero que uma possivel boa fase do time não esconda as falhas, como negociações duvidosas (que ao ser comentado em qq lugar, traz diversas reações de fakes desesperados) e a lentidão no processo das mudanças estatutarias, que isso não seja “cozido a banho maria” para virar bandeira de campanha para mais um mandato presidencial.

Lito, vou reproduzir seu comentário só para nao se perder.
“LITOREPLYon 21/07/2013
Queiram ou não, o Nobre vem fazendo milagre sem dinheiro. Principalmente em aguentar aquele sapo-boi próximo a ele. Aqui é verdão porra. Ei Mustaphá vai …….”.
Então quer dizer que o discurso FAJUTO dos pseudo progressistas era independencia?
Que vergonha minha ter caminhado ao lado de muitos deles.
Abraço

Acredito que estamos no caminho certo. O time está se acertando e há opções de jogadores à disposição do treinador. Acho que o Palmeiras crescerá muito ainda.
Claro que se estivéssemos na Série A e quiséssemos mesmo o título – não sermos meros coadjuvantes, como fomos nos últimos anos -, precisaríamos de reforços, mas já contaríamos com uma bela base.
Quanto a Copa do Brasil, ela é o caminho mais curto para a Libertadores. Então, a disputa será acirrada. Mas, no ano passado, faturamos o título com ‘aquele’ elenco. O principal jogador operado de apendicite, expulsões e tudo o mais. O título veio com gol do Betinho (quem?), e não com um jogador renomado. Então, por que não sonhar com o título com o elenco mais equilibrado que temos agora?
Se o Kleina saberá usar o potencial que estão colocando à disposição dele, é outra história. Mas nem o Felipão soube – é o principal culpado pela nossa queda, pela insistência em escalar nomes que não rendiam, como o Patrick.
Aos poucos, o Nobre vai encontrando a caminho, embora a ausência de patrocínio master preocupe bastante (como o Palmeiras está fazendo para pagar as contas? Se o salário atrasar, os jogadores manterão o mesmo ritmo?), como também a lentidão na reforma estatutária.
Mas não há dúvidas que avançamos, graças a Deus!!!

Boa tarde a todos, Vicente tenho uma opinião próxima a sua, eu não acredito na reforma estatutária , e muito menos em alguma reestruturação por parte de um grupo que não sabe a diferença entre um parafuso e um prego, há muita firula e pouca ação pratica, pois sou sócio e o clube não mudou nada, só as velhas fofocas, que alegam ser Paulo Nobre um milagreiro, mas a realidade é outra, os progressistas são um engodo, ate nepotismo é perdoado, é onde esta a capacidade dos “profissionais´´, para reduzirem os custos sem amputarem categorias vencedoras e necessárias como o Futsal e demais modalidades que o tal CEO Brunoro esta destruindo?
Enfim mais um motivo para acreditar que o mesmo marasmo permanecera por um período que teremos mais lamentações e desculpas , um grande abraço, e admiro seu trabalho!

Possível Copa BR? Sim. Provável? Nem tanto. É mata-mata, mas pra ter chances reais dependemos de a sequência do Valdivia continuar, o q convenhamos q só dá pra reconhecer olhando em retrospectiva em dezembro, de o Kleina não inventar e errar feio neste meio tempo e de algumas peças fundamentais não se machucarem.
Só acho q dá pra realmente focar sim na Copa BR, pq a série B, felizmente, está muitíssimo bem encaminhada. Respeito mas não concordo com este discurso q vejo de alguns de q tem q focar em subir logo, este é o único objetivo etc. Kct, são apenas 8 jogos! 8 jogos, 4 com estádio cheio e alucinado. Com um pouco de ambição, competência e tb fé dá pra sonhar sim com um centenário na Liberta.

Na minha opinião o grande diferencial do Palmeiras de hoje é o comprometimento dos jogadores, comissão técnica e diretoria, ao que tudo indica as vaidades não trazem mais problemas, coisa que do outro lado do muro anda feia demais (segundona chegando).

Como sempre acontece…e já vem há alguns anos….por isso, não somos considerados pelas mídia e pelas empresas (por isso, falta patrocínios) time de ponta, que brigará pelo título… e não sendo um dos favoritos na Copa Brasil. Faltarão justamente esses nomes (que poderiam ser contratados por nós, mas, acabaram indo pra outros clubes)…e o ruim, é que são jogadores bem acima da média, e em posições que cairiam como uma luva no verdão, pois, ainda hj, o Palmeiras precisa:
1- Uma ala/lateral esquerdo (poderia ter sido o Cortez dos Bambis) que foi pro Benfica (de graça). 2- Um super volante que saiba marcar forte e sair jogando (poderia ter sido o Guinazu) que assinou com o Vasco.
3-Precisamos de um meia-esquerda pra jogar ao lado do Valdívia…que chute bem, que saiba armar (poderia ter sido o Alex …que voltou pro Inter).
4- Precisamos de outro atacante pra jogar ao lado do Kardec, pois, o Leandro é jovem e seria uma boa opção pro banco…e um excelente nome seria o Saviola (que está negociando com o Santos).
Seria um time pra brigar com o Inter, Flu, Atlético-MG e Gambás nessa Copa Brasil.
Prass, Luis Felipe, Vilson, Henrique e Cortez. Egúren, Guinazú, Valdívia e Alex. Saviola e Kardec.
Time forte pra papar títulos, atraindo a mídia e faturando milhões em patrocínios, vendas de camisas + milhares e milhares de novas adesões ao Avanti. Mas…
Esperamos que tenhamos muuuuita sorte nos sorteios, pois, caso pegamos qualquer um desses 4 times mencionados acima, acho que teremos sérios problemas.

Acho que o time está bem.
Um time titular assim: Prass, L. Felipe, Vilson, Henrique e Juninho; Eguren. Wesley, Valdivia e Mendieta; A. Kardec e Leandro; não é inferior à ninguém no Brasil.

Queiram ou não, o Nobre vem fazendo milagre sem dinheiro. Principalmente em aguentar aquele sapo-boi próximo a ele. Aqui é verdão porra. Ei Mustaphá vai …….

e se vacilar pegamos o SANTOS logo de cara, assim já nos da moral..

e como não poderia deixar de ser, pelo gancho do post fui informado que diante das manifestações que pipocaram pelo páis, O VALDIVIA TAMBÉM É A FAVOR DE MAIS HOSPITAIS….
aqui é na elgria e na tristeza pra nego não reclamar kkkkkkkkk

E vc acredita que com esse time podemos aspirar algo maior que a serie B, VICENTE? Se se se te conheço um pouco eu sei a resposta. Eu acho que temos um longo caminho a percorrer dentro e fora dos gramados. Vamos voltar a serie A no ano do centenario com certeza. Depois é outra historia. O elenco precisa de reforços ( e não sao poucos) e a DIRETORIA precisa mostrar se pretende modernizar o clube ou vai continuar sendo amadora como tantas outras. Assim eu fico com o ditado popular que diz ” cautela e caldo de galinha não faz mas pra ninguem”.

Pois é…as coisas estão se ajeitando. No nosso ritmo, mas estão indo.
Tmabém espero uma reforma estatutária ousada e definitiva, que separe o futebol do condomínio de políticos de plantão.
Será que é absurdo pensar que estamos na SEGUNDA queda e isto já deveria ter sido resolvido lá atrás? O time do governo, das vantagens e dos conchavos se resolveu nesse aspecto bem mais rápido que o Palmeiras.
Já que finalmente o time começou a navegar num mar um pouco mais calmo, gostaria que o presidente chutasse o pau da barraca e deixasse claro que essa será a nossa ULTIMA incursão `a série B.

Bom dia Vicente e fratellis Palmeirenses:

Entendo que para a série B, este time tem tudo para fazer uma caminhada tranquila; quanto a Copa do Brasil, eu já prefiro pegar grandes times logo de cara, até para não ficarmos sofrendo com falsas ilusões; a base montada deste time neste segundo semestre é boa, só que, para a Copa do Brasil, teremos que jogar muita bola e sem nenhum desfalque, pois continuamos sem laterais confiaveis (por mais que o Luis Felipe venha jogando bem) e nosso ataque ainda não me convence (Kardec é bom jogador mais está longe de ser um Evair e Leandro, embora tenha potencial, ainda é uma promessa). Entendo ser muito dificil um milagre igual ao do ano passado, mais estarei sempre na arquibancada torcendo pelo nostro Verdão!

Eu acredito que se o time for:
Prass, luis felipe, henrique, vilson e juninho(por falta de outro), eguren, wesley, mendieta e valdivia, Kardec e leandro ou ananias ou vinicius da pra sonhar sim..
não fica atrás de muito time não e vai que… alguém ta inspirado no dia do jogo

concordo acho que podemos sonhar com o título da CB13, alias que lindo seria hein.centenário e libertadores. 🙂

Criscio, certeza sobre o SPFC na CB13? tava lendo as regras desse ano,e lá consta que se o campeão da sul americana 2012, for um brasileiro o mesmo não participaria da CB13.

O São Paulo não está na Copa do Brasil. Os bambis vão disputar a sulamericana. No lugar dos bambis entra o Vasco,

Acho que as chances do Palmeiras são pequenas. Prefiro que o time se concentre em garantir logo o acesso. se no início de novembro já estivermos garantidos na série A, a diretoria pode começar a pensar (digo contratar efetivamente, pq pensando já deveria estar desde já) o time do centenário.

As contratações feitas p este segundo semestre já foram melhores que o desastre do primeiro. Se mantiver as peças (imagino que leandro volte p o grêmio, que não é bobo… mas charles e vilson devem renovar… não há espaço para perder henrique, eguren, nem mendieta), limpar o elenco inchado (wendel, caio, weldinho, marcio araujo, etc etc etc) e trouxes três ou quatro titulares (um lateral, um meia – se conseguir vender valdivia, dois – e dois atacantes) podemos sonhar com a conquista do paulistão e boas campanhas do brasileiro e da copa do brasil do próximo ano.

Na copa do Brasil desse ano a sorte precisaria conspirar, e muito, a nosso favor. Primeiro, não pegar um grande nas oitavas, p ganhar moral e ver alguns grandes cairem já nas oitavas. Depois, nas quartas, pegar um grande em fase oscilante (pois mata-mata não perdoa esse tipo de variação). Aí semi-final e final seriam aquela loteria de sempre.

Meu caro Criscio, gosto dos seus textos porque me identifico com seu pensamento. O elenco não é ruim, tem vontade e isso é bom. Mas acho que o Kleina escala mal, ainda não tem um esquema definido, não sabe se solta o time ou se prende, insiste em escalações de alguns que todos nós sabemos que na hora da onça beber água entregam. O nosso famoso volante por exemplo não era titular na CB do time do Felipão que de bobo não tem nada.
Meu medo maior é este, a teimosia de um técnico que não tem nome nem currículo para ser teimoso, ainda mais de um time da camisa como a do Palmeiras. Nove entre 10 palmeirenses, é só levantar nossa mídia, querem Vilson ao lado do Henrique, sabemos que o Eguren de 1º volante e o Wesley de 2º é o melhor pra nós, tambem pedimos o Mendieta ao lado do Valdivia, pois sonhamos com maiores criatividade para o ataque que deve ter Leandro e Kardec.
Talvez se o nosso técnico atender nossa carente e ansiosa torcida, poderemos sim ter boas chances na CB, e conseguirmos a Libertadores em nosso centenário, porque a série B, acho que está encaminhada.

Acho que estamos no caminho certo e não poderia ser diferente. É o que se espera de uma gestão que inicia, com erros mas com mais acertos, uma proposta mais inteligente e profissional. Infelizmente ainda temos que conviver como os antagonismos somente explicados pelas questões políticas que envolvem nosso time, quase nunca ao alcance do torcedor e por oposições gratuitas dentro e fora do palestra (infelizmente parte do próprio torcedor, de forma irracional). O importante é que os resultados apareçam dentro de campo e que se fortaleça no clube, livrando as categoria de base e os esporte olímpicos de aproveitadores.

Os comentários estão desativados.