Categorias
Verdão na Mídia

Verdão na Mídia 18-07-2013: Ponte recusa exigência financeira e desiste de contratar trio do Verdão ❘ Globo Esporte Com

NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

• Ponte recusa exigência financeira e desiste de contratar trio do Verdão

Por Heitor Esmeriz

O que parecia questão de tempo sofreu uma reviravolta e virou mais uma frustração. A Ponte Preta anunciou nesta quinta-feira que desistiu das contratações de Wellington, Tiago Real e Maikon Leite – zagueiro, meia e atacante seriam emprestados pelo Palmeiras até o fim do Campeonato Brasileiro. Novas exigências do Verdão e falta de acordo financeiro fizeram com que a Macaca recuasse e encerrasse as negociações pelo trio alviverde.

O negócio entre os clubes estava praticamente certo até a noite desta quarta-feira. A Ponte, que inicialmente queria contar só com Maikon Leite (indicado pelo técnico Paulo César Carpegiani), animou-se com a possibilidade de ter também Wellington e Tiago Real, devido à falta de jogadores com essas características no elenco. Essa foi a primeira exigência alviverde.

Mas o excesso de pedidos do Palmeiras desanimou os cartolas pontepretanos. O time da capital quis, além de incluir novos nomes no negócio, repassar uma dívida de R$ 120 mil com Maikon Leite, referente a tês meses de direitos de imagem atrasados. A Ponte, que já tinha chegado ao limite de gastos para contratar o trio (iria pagar até parte dos salários dos jogadores, conforme acertado entre os clubes), não aceitou a contraproposta e recuou definitivamente.

– Não quero entrar em polêmicas com o Palmeiras, mas já estava tudo certo. Só que o Palmeiras veio com novas determinações, e a Ponte já estava em seu limite – confirmou o executivo de futebol Ocimar Bolicenho, que viajou a São Paulo no início desta semana para negociar com dirigentes do Verdão.

A negativa da Ponte Preta, no entanto, não muda a postura do Palmeiras em relação aos três jogadores. Para diminuir o elenco, inchado com a chegada de reforços, e os gastos com o time profissional, o Verdão espera novas ofertas pelo trio. Maikon Leite também interessa ao Náutico, enquanto Real está na mira da Portuguesa.

Enquanto isso, a Macaca descarta ir ao mercado com pressa para buscar um zagueiro, um meia e outro atacante. Bolicenho não descartou a procura por reforços, mas disse que a análise será mais criteriosa a partir de agora.

– Agora, não necessariamente vamos atras de outros jogadores para essas posições. Vamos voltar a analisar o mercado com a comissão técnica antes de qualquer coisa – afirmou o executivo de futebol.

Confira na íntegra a nota oficial da Macaca:

Sem que houvesse um denominador comum em termos de valores, a Ponte Preta deu por encerradas nesta manhã as tratativas que estava realizando com a Sociedade Esportiva Palmeiras para vinda de jogadores do time da Capital ao elenco alvinegro. A Diretoria de Futebol da Macaca chegou ao limite financeiro possível nas propostas feitas ao clube da capital, no entanto o Palmeiras considera que são necessários mais recursos do que os oferecidos pela Ponte. Desta forma, a AAPP, que mantém a postura de administração responsável, na qual não ultrapassa os limites estabelecidos no orçamento da instituição, encerrou as negociações com a equipe palmeirense.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

••

NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

• Sem acerto, Ponte Preta desiste de Maikon Leite, Tiago Real e Wellington

A Ponte Preta avisou em seu site oficial que dá por encerrada a negociação com o Palmeiras por Maikon Leite, Tiago Real e Wellington. Os clubes vinham negociando nesta semana a ida dos jogadores por empréstimo até o final do ano, mas as partes não chegaram a um acordo sobre a parte financeira, e, com isso, o trio segue – ao menos por enquanto – na Academia de Futebol.

Inicialmente, a ideia da Macaca era contar apenas com o atacante, que perdeu espaço no elenco de Gilson Kleina. A ideia de diminuir o grupo alviverde, que hoje tem 44 atletas, fez com que o Verdão tentasse envolver na negociação o armador, que chegou a ser titular no começo da Série B, e o jovem zagueiro, que esteve emprestado durante o Campeonato Paulista.

“A diretoria de Futebol da Macaca chegou ao limite financeiro possível nas propostas feitas ao clube da capital, no entanto o Palmeiras considera que são necessários mais recursos do que os oferecidos pela Ponte. Desta forma, o clube, que mantém a postura de administração responsável, na qual não ultrapassa os limites estabelecidos no orçamento da instituição, encerrou as negociações com a equipe palmeirense”, anunciou a Macaca.

Além da Ponte, o Náutico era outro clube que havia demonstrado interesse ao menos em Maikon Leite e Tiago Real. Para o camisa 7, esta é a segunda negociação que não dá certo: o jogador tinha encaminhada sua ida para o Umm-Salal, do Qatar, mas o clube não cumpriu com aquilo antes estabelecido, e o acerto não aconteceu. Os jogadores não têm sido utilizados nesta volta da Série B.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

••

NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

Verdão tem espírito de Série B, mas testará força na Copa do Brasil

Por William Correia

Vice-líder da Série B do Brasileiro, com três vitórias consecutivas, sendo as duas últimas por goleada, o Palmeiras já sente ter incorporado a mentalidade necessária para subir, mesmo ressaltando que a vaga na primeira divisão ainda está longe de ser conquistada. Mas a expectativa do elenco, agora, é provar sua força enfrentando as principais equipes do País na Copa do Brasil.

“Sabemos que vai ser muito difícil. Por isso já pensamos em nos firmar agora e cada vez mais evoluirmos para não sentirmos tanto na Copa do Brasil. Precisamos continuar nessa luta para superarmos tudo na Copa do Brasil”, comentou o meia-atacante Serginho, admitindo a ansiedade para o torneio nacional no qual o Verdão deve entrar no próximo mês.

O regulamento da Copa do Brasil mudou para esta temporada e o Palmeiras, assim como os outros brasileiros que disputaram a Libertadores, entrará na competição somente a partir das oitavas de final ao lado dos outros dez times que se classificarem depois das três fases iniciais.

O Verdão ainda não sabe quem vai enfrentar, mas seu principal astro garante que será um duelo equilibrado. “Temos a mesma chance dos outros. Não tem mais esse papo antigo de favoritismo, isso ficou demonstrado nos 3 a 0 do chocolate que o Brasil meteu na Espanha”, lembrou Valdivia. “O último campeão da Copa do Brasil é o Palmeiras. Respeitamos os outros e os outros têm que nos respeitar”, prosseguiu o meia.

Na segunda divisão nacional, ao menos, o time se sente completamente adaptado. “Já pegamos o espírito da Série B. Sabemos como é um campeonato difícil e corrido, diferente da Série A por ser mais dinâmico”, indicou Serginho, ressaltando, contudo, a consciência de que ainda faltam 30 rodadas para o clube no torneio.

“É um passe de cada vez. Nosso primeiro objetivo é o acesso, isso é o principal de tudo para colocar o Palmeiras de volta para a Série A. Estamos com tranquilidade e os pés no chão porque tem muito jogo pela frente e precisamos manter essa sequência boa que estamos tendo”, apontou. “Trabalhando certinho, sem vaidade, com um correndo pelo outro até o final, podemos pensar no título, mas pensando sempre no acesso primeiro.”

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

••

NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

• Palmeiras pode negociar ao menos seis jogadores para enxugar elenco

Por Caio Carrieri e Fabricio Crepaldi

Com o elenco inchado (44 jogadores), o Palmeiras espera se desfazer o quanto antes de nomes que não estão nos planos de Gilson Kleina. E Maikon Leite, Tiago Real e Wellington podem definir nesta quinta-feira as suas saídas para a Ponte Preta, por empréstimo até o fim do Brasileiro.

A Macaca se interessou pelo atacante, e o Verdão propôs ao clube campineiro que levasse o meia e o zagueiro no pacote. Maikon e Tiago estão dispostos a mudar de equipe, e a Ponte aguarda uma resposta palmeirense para a manhã desta quinta.

Além deste trio, outros três jogadores podem deixar o Palestra Itália. Encostado, Weldinho desperta o interesse do Sporting (POR) e disse estar muito entusiasmado com a chance da transferência. O volante João Denoni, outro pouco aproveitado, está na mira do Catania (ITA). E o meia Edilson, ainda mais sem espaço, tem proposta de empréstimo do Boca Unidos, time da Segunda Divisão da Argentina.

Já o meia Patrik, dispensado na Coreia do Sul, acertou empréstimo até o fim do ano para o Sport.

O número excessivo de atletas tem atrapalhado a rotina do elenco no CT. Não há armários suficientes para todos os jogadores, e alguns têm de dividir os móveis. O estacionamento não comporta o grupo.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

••

NOTICIÁRIO ❘ ESPN BRASIL

• Caixa suspende novos patrocínios no futebol, e Palmeiras e Santos ‘sobram’

Após entrar com força no futebol – os investimentos já ultrapassam R$ 100 milhões – , a Caixa resolveu interromper novos patrocínios no esporte. O banco até enviou e-mails para os clubes com os quais mantinha negociações para informar que as tratativas estavam suspensas.

As informações são da coluna Painel FC, do jornal Folha de S.Paulo, desta quinta-feira. Entre os clubes afetados com a paralisação estão Palmeiras e Santos. O time do litoral perdeu oportunidade de assegurar o patrocínio máster do banco no mês de junho.

O clube havia conseguido a Certidão Negativa de Débito (CND), documento necessário para fechar acordo com o banco. No entanto, as negociações travaram no valor que seria pago. A Caixa ofereceu R$ 15 milhões anuais. O Santos recusou.

Do lado do Palmeiras, os valores sequer chegaram a ser discutidos. Apesar das conversas estarem esquentando, o clube ainda não possui a CND, o que inviabiliza o negócio.

Os times que estavam em negociações avançadas com o banco, por outro lado, não irão perder o patrocínio. Estão neste ‘bolo’ Vasco, Cruzeiro, Atlético-GO e Chapecoense. Os acordos devem ser anunciados em breve.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ ESPN BRASIL

••

NOTICIÁRIO ❘ FOLHA ONLINE

• Palmeiras acumula R$ 21 milhões de prejuízo

Por Fabio Leite

Enquanto comemora os resultados do time na Série B e o ambiente político pacífico no clube, o Palmeiras pena para reerguer suas finanças.

Nos cinco primeiros meses do ano, quando disputou o Paulista e a Libertadores, o clube acumulou prejuízo financeiro de R$ 21,3 milhões. O déficit é três vezes maior do que o registrado no mesmo período em 2012: R$ 7,2 milhões de prejuízo.

A explicação para o alviverde estar ainda mais no vermelho é que, entre janeiro e maio, o repasse do patrocinador máster de camisa despencou até deixar de existir.

A Kia, que pagava R$ 1,4 milhão por mês em 2012, passou a destinar R$ 500 mil mensais até o fim do contrato, no início de maio.

O clube sente ainda no cofre o fato de mais de 60% das cotas de TV desta temporada terem sido antecipadas em 2012 pelo ex-presidente Arnaldo Tirone.

“Há um claro impacto da falta de receita no clube. Mas é possível reverter. O segundo semestre sempre traz perspectivas melhores de arrecadação”, diz Pedro Daniel, consultor da BDO Brazil.

O problema é que o clube deve fechar o terceiro mês seguido sem uma fonte de receita fixa com a camisa. Até agora houve só o patrocínio pontual da Allianz Seguros, dona do “naming rights” da nova arena, em dois jogos da Série B, em junho.

Segundo o presidente Paulo Nobre, a demora ocorre porque as empresas só querem discutir valores a partir de setembro, quando planejam seus orçamentos. Oficialmente, o clube diz que não comenta suas finanças pela imprensa.

Enquanto isso, Nobre usa seu prestígio no mercado financeiro para levantar dinheiro e emprestar ao clube. Já foram cerca de R$ 10,4 milhões que ajudaram o Palmeiras a realizar contratações como a do meia paraguaio Mendieta e do volante uruguaio Eguren, do Libertad-PAR.

Em outra frente, o cartola palmeirense corre para reduzir os gastos. Hoje, ele apresenta ao COF (comitê de fiscalização do clube) um plano de corte de despesas em todos departamentos.

Outra meta urgente é reduzir o elenco alviverde dos atuais 44 para 34 jogadores. O atacante Maikon Leite, o mais caro dos negociáveis, e o meia Tiago Real foram oferecidos à Ponte Preta. Patrik foi emprestado ao Sport e o lateral Weldinho interessa ao Sporting-POR.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ FOLHA ONLINE

••

BLOG DO ALEX MÜLLER

• Márcio Araújo é muito gente boa, mas…

O camisa 18 do Palmeiras, Márcio Araújo, já fez 222 jogos com a camisa do clube e na grande maioria dessas partidas ele foi titular.

Nesta quarta-feira, ele concedeu entrevista coletiva na Academia de Futebol e, mais uma vez, tive a mesma impressão de sempre. O cara é muito gente boa.

Márcio Araújo é do tipo filho perfeito, aparenta ser o marido ideal, pai dedicado, amigo leal, bondoso, caridoso, generoso, calmo, sereno, equilibrado, muito paciente e temente a Deus. Enfim, o genro que eu quero ter daqui uns anos…com a ressalva que ele não o imite jogando bola, senão será criticado todos os dias pelo sogrão aqui…

Sinceramente eu fico com um certo remorso em criticá-lo constantemente depois de ver o jogador dando uma entrevista como ele concedeu nesta quarta. Ainda mais que o filhinho de 6 anos dele, que é a sua cópia, também estava lá. Isso aumenta ainda mais o meu peso na consciência de ser muito duro nas críticas rotineiramente.

Mas o que eu posso fazer se, a cada jogo que vejo dele, eu fico mais e mais convencido de que ele não pode ser titular de um Palmeiras por mais de 3 anos?

Apesar de roubar bolas e nunca se machucar, não é o volante que joga de cabeça erguida, acerta passes, enxerga o jogo, arma jogadas, finaliza, se impõe, enfim, no futebol de hoje, aquele famoso carregador de piano de tempos idos não tem ou não poderia ter mais tanto espaço em clubes grandes que queiram vencer suas disputas. Mas no Palmeiras ele ainda tem.

Deixo bem claro aqui que não é nada pessoal, aliás até gostaria de ser amigo dele, mas eu não posso trair minhas convicções e mentir para mim mesmo ao analisar o futebol de um jogador.

Márcio, te peço perdão pelas vezes em que peguei mais pesado com você, mas somente tento deixar claro que não o considero um atleta de nível de titularidade de um Palmeiras. Para a reserva até pode ser, mas não titular e com cadeira cativa há tanto tempo assim.

De qualquer maneira, enquanto você estiver em campo, terá a minha torcida para que acerte sempre. Só não sei se um dia você irá me fazer mudar de opinião a respeito do seu futebol. Mas…..quem sabe. Depende só de você…

E aproveito para reiterar a informação, que eu já trouxe aqui, que o meio campo idealizado por Gílson Kleina, com todos os atletas no seu mais perfeito estado, é formado por Eguren, Charles, Mendieta e Valdívia.

Enquanto isso, vamos indo de Márcio Araújo….

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO ALEX MÜLLER

••

COLUNA DE PRIMA ❘ LANCE!

• Boletim

Entre as metas e projetos do novo plano estratégico do Palmeiras, ainda não anunciado, um item contempla maior cuidado com a educação e formação de atletas. A meta é incentivar atletas a fazer cursos à distância, e monitorar o desempenho escolar na base.

••

COLUNA DO JORGE NICOLA ❘ DIÁRIO DE S.PAULO

• Armário dividido…

Apenas 15 jogadores do Palmeiras iniciaram a semana com direito a armários individuais no CT. Outros 30 foram obrigados a dividi-los, já que existem apenas 30 armários na Academia de Futebol.

• …e vaga apertada

O estacionamento alviverde também está concorrido, graças ao grande número de atletas — são só 30 vagas cobertas e 28 para os funcionários. O problema é quando o treino do time de basquete coincide com o horário do futebol.

••

OUTRAS NOTÍCIAS :

ESTADÃO ONLINE → Ponte Preta desiste de contratar trio do Palmeiras
 
GAZETA ESPORTIVA NET → Pelo “limite financeiro”, Ponte Preta desiste de três palmeirenses
 
TERRA → Pelo “limite financeiro”, Ponte Preta desiste de três palmeirenses
 
ESPN BRASIL → Por ‘limite financeiro’, Ponte Preta desiste de contratar três jogadores do Palmeiras
 
E BAND → Ponte Preta desiste de trazer trio do Palmeiras
 
AGORA SP → Vilson ganha a chance de reconquistar a vaga no time
 
JP ONLINE → Com Henrique suspenso, Vilson deve ser a novidade contra o Figueirense
 
E BAND → Márcio Araújo vê chegada de Eguren como ‘saudável’ ao Palmeiras
 
GLOBO ESPORTE COM → Contestado, Márcio Araújo desabafa: ‘Camisa do Palmeiras vale a pena’
 
R7 → Márcio Araújo minimiza críticas da torcida no Palmeiras
 
ESPN BRASIL → Embalado na Série B, Palmeiras mostra ansiedade por estreia na Copa do Brasil
 
IG → Palmeiras tem espírito de Série B, mas testará força na Copa do Brasil
 
GLOBO ESPORTE COM → De titular a esquecido no Palmeiras, Tiago Real perde espaço e cogita sair
 
ESTADÃO ONLINE → Antes hostilizado pela torcida, Wesley curte o ‘recomeço’ no Palmeiras
 
GAZETA ESPORTIVA NET → Márcio Araújo rejeita marketing e torcida e diz: Verdão vale a pena

••

10 respostas em “Verdão na Mídia 18-07-2013: Ponte recusa exigência financeira e desiste de contratar trio do Verdão ❘ Globo Esporte Com”

Nossa como tá difícil se livrar desses “jogadores”. Olha o Cruzeiro como os caras são espertos, trouxeram o Willian que era dos gambás, os caras jogam pra caramba.
E nós ainda ficamos com BRUNO, WENDEL, MÁRCIO ARAÚJO, WELDINHO, JUNINHO, VINÍCIUS, ANDRÉ LUIS E MAIS UNS 18.
Coitado do Nobe que buxa hein. Será que não tem lugar pros caras no restaurante do Frizzo ou do Tirone?
Ei Mustaphá vai…….

O Alex Müller foi excelente nesse texto. Humano, mas crítico. Realmente não deve ser fácil ser tão crítico para quem vive a cristandade no nível em que ele vive.
E deve ser mais duro ainda para o Márcio Araújo ler o que escrevem dele. O que será que ele pensa quando lê algo assim?

Tem que emprestar a molecada mesmo…….Hernanes que é um grande jogador jogou emprestado no Santo André……………………..

Coitado do Nobre………..

– pagar 200 conto pro Milk Leite………..não joga porra nenhuma
– pagar uns 80 pro Tiago Real ……..jogador de sintético
– empresta o Vitor e tem que pagar salários….esse é do tempo do Cipullo…….
– o craque Leandro Amaro nosso zagueiro em 2 derrotas de 3 para o Bugre que está a passos largos a série DDDDDDDDD……
– Luan quando voltar tem que pagar……….
– Patrick Barriga de Cavalo também………….

As peripécias das gestões de Cipullo com Vitor,Mozart e tantas outras pérolas…………………Tirone e Felipão que gastaram milhões com jogadores que hoje vão para Naútico, Bahia, Criciúma, Sport, Lusa e cia…. fora a série B…………………..precisa de anos para reerguer esse clube!!!!!!!!!!!

O PALMEIRAS PAGOU 2 MILHÕES DE LUVAS PARA O DANIEL CARVALHO!!!!! É MOLE!!!!!!!!!!!!!!
O PALMEIRAS CONSEGUE A PROEZA DE SE FERRAR, QUANDO TENTA SE PLANEJAR…VIDE

– AYRTON – pré contrato não joga nada!!!!
– MILK LEITE- pré contrato não joga nada!!!!!!!!
– MARQUINHOS E WILLIANS – contratados 6 meses antes e não jogavam nada!!!!!
– Thiago Neves e Marinuccio – tomamos chapéu!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Posso ficar até amanhã citando as proezas dos gênios Cipullo, Beluzzo, Tirone,Frizzo,Galeano e Felipão!!!

Resolve as buchas CEO!!!!! RSRSRSRSRSRSRSRSRSRS

Por causa de R$ 120 mil vamos ter que bancar o Maikon Leite por mais um mês? Os únicos interessados eram a Ponte e o Náutico, se a Ponte não tem grana para bancar os jogadores, duvido que o Náutico terá.

Subsidiar parte do salário do Maikon Leite para o Náutico eu aceito. Para a Ponte Preta não. É só o Palmeiras querer um jogador que este timeco engrossa, faz jogo duro. Para os gambás eles cedem com gosto. Bom até título eles já vanderam para o timinho.

Ta osso esse negócio de 50 jogadores, o time sem dinheiro e um monte de cabide de emprego, mas aos poucos a pessoal vai saindo. Essa idéia de emprestar os jovens é ótima vide Luis Felipe, e o Kleina já mostrou que para a série B ele conta com os mais experientes.

Fez muito bem a diretoria em fazer jogo duro com a Ponte Preta…timinho cheio de não me toque!

Também fez bem em emprestar o Denoni….se for realmente bom, que prove jogando.

Difícil essa história de patrocínio…Isso está me cheirando Bode….nada bom

Denoni já foi pro Oeste.

Pra mim uma burrice, mesmo que seja bom pro jogador. Hoje, Denoni é uma opção direta pra volante de contenção, das opções que temos ele é um dos que melhor jogou ano passado colocando Caramujo no banco. Agora, se o Eguren não jogar bem, é Caramujo, Vilson (zagueiro) ou Wendel, 3 jogadores que não foram bem na posição.

Não estou gostando desse interesse pelo Denoni. Há grande chance de perdermos um jogador promissor.

Parece que ele foi para o Oeste até o fim do ano que vem, e se o Palmeiras quiser pode traze-lo antes, após o paulista…. acho que a solução foi melhor do que vender agora, ou deixa-lo mofando na roda do bobinho

Os comentários estão desativados.